Câmara Municipal de Coimbra colabora com o IPN no
desenvolvimento da internet do futuro
O executivo da Câmara Municipal de...
postos de trabalho diretos e 5000 indiretos. O surgimento, em Coimbra, do Internet Innovation
Hub Portugal vai permitir à ...
de 63.000 euros, pelo que o esforço líquido do município será de 21.000 euros durante a
duração do projecto.
O projeto enq...
próximo. Para a atribuição destes 60 mil euros, os serviços da autarquia tiveram em linha de
conta a atividade teatral e o...
Doação de artigos publicados no estrangeiro sobre Torga
Maria da Conceição de Morais Sarmento propõe-se doar à Câmara Muni...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reunião do executivo da Câmara Municipal de Coimbra | 16 de Março de 2015

245 visualizações

Publicada em

Informação sobre a reunião do executivo da Câmara Municipal de Coimbra, a realizar dia 16 de Março de 2015, com destaque para os seguintes temas:

- CMC colabora com o IPN no desenvolvimento da internet do futuro
- Coimbra adere a novo projeto da Rede Cencyl
- Apoio de 60 mil euros para a companhia O Teatrão
- Apoios à Feira Popular totalizam perto de dez mil euros
- Doação de artigos publicados no estrangeiro sobre Torga

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
245
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reunião do executivo da Câmara Municipal de Coimbra | 16 de Março de 2015

  1. 1. Câmara Municipal de Coimbra colabora com o IPN no desenvolvimento da internet do futuro O executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) vai analisar e votar, na sua reunião da próxima segunda-feira, uma proposta de apoio ao Instituto Pedro Nunes (IPN) – Incubadora, no valor de 110 mil euros, a repartir entre o presente ano e 2019. O IPN – Incubadora vai acolher o Internet Innovation Hub Portugal, no âmbito do projeto I3H – Incubating Innovation Internet Hubs, tendo sido escolhido pelas plataformas europeias FI-ware (Future Internet) e EIT ICT Labs. No espaço europeu, a EIT ICT Labs é a organização líder para a Inovação e Educação na área das Tecnologias de Informação e Comunicação. Foi criada em 2010, por iniciativa da União Europeia, como uma das primeiras Comunidades de Conhecimento e Inovação do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia. A afirmação de Coimbra na área das tecnologias de informação e comunicação é notória. Neste sector em particular, estima-se que o IPN tenha contribuído para a criação de cerca de 2000
  2. 2. postos de trabalho diretos e 5000 indiretos. O surgimento, em Coimbra, do Internet Innovation Hub Portugal vai permitir à cidade uma projeção nacional e internacional que só projetos deste nível permitem, contribuindo, igualmente, para a diferenciação positiva da cidade no que toca à atração deste tipo de empresas. Permitirá ainda a Coimbra condições únicas para a projeção das suas empresas, tornando este território mais apetecível na captação de futuros investimentos. Na sequência deste apoio, e no espirito de bom relacionamento existente entre as duas instituições, o IPN deverá também colaborar com a CMC na montagem do espaço partilhado de trabalho e estrutura de incubação de empresas culturais e criativas que será criado no edifício da antiga ala central no Pátio da Inquisição. Coimbra adere a novo projeto da Rede Cencyl A CMC prepara-se para aderir a um novo projeto no âmbito da sua participação fundadora na Rede de Cidades CenCyl. Denominado REDE URBANA CENCYL, o novo projeto tem como objetivos o desenvolvimento e coordenação de planos estratégicos transfronteiriços da rede; integração institucional para a governança transfronteiriça; integração do espaço social transfronteiriço; estabelecimento de mecanismos de gestão conjunta para a valorização do património; gestão e coordenação; e comunicação. O REDE URBANA CENCYL terá uma duração de três anos, entre 1 de outubro próximo e 30 de setembro de 2018, e um orçamento total de 1.314.000 euros, sendo que esse montante terá um apoio FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) de 985.000 euros. No caso de Coimbra, a comparticipação prevista é de 84.000 euros, que terão uma comparticipação FEDER
  3. 3. de 63.000 euros, pelo que o esforço líquido do município será de 21.000 euros durante a duração do projecto. O projeto enquadra-se no Eixo Prioritário 4, de melhoria da capacidade institucional e eficiência da administração pública através da cooperação transfronteiriça. Enquadra ações imateriais orientadas para a consolidação da Rede de Cidades CenCyl (RCC) como organismo de cooperação e modelo de governação transfronteiriço, para fazer face aos principais desafios e oportunidades do espaço urbano fronteiriço. Além de Coimbra, a RCC inclui Figueira da Foz, Aveiro, Viseu, Guarda, Ciudad Rodrigo, Salamanca e Valladolid, as administrações dos portos de Aveiro e Leixões e a Associação Cylog. Nesta altura, a RCC é presidida pela cidade de Viseu. Note-se que este projeto se revela de importância estratégica para a afirmação de Coimbra no âmbito do corredor europeu rodoferroviário nº 7. Apoio de 60 mil euros para a companhia O Teatrão A CMC propõe-se apoiar a companhia profissional de teatro O Teatrão no montante de 60 mil euros. Este valor deverá ser pago em três tranches, de 20 mil euros cada, a liquidar, a primeira, até ao final deste mês, a segunda até final de agosto próximo; e a última até ao final de outubro
  4. 4. próximo. Para a atribuição destes 60 mil euros, os serviços da autarquia tiveram em linha de conta a atividade teatral e o projeto pedagógico que a companhia desenvolveu no ano passado. No plano da programação, destaque para a exibição das peças O Contrabaixo (coprodução), O Alvazil de Coimbra; À Direita de Deus Pai; e Tempus. Após análise do plano de atividades, do relatório de atividades e dos mapas de programação, os serviços camarários concluíram que foram cumpridos os objetivos programáticos definidos por O Teatrão. Apoios à Feira Popular totalizam perto de dez mil euros Na sequência do pedido enviado pela União de Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas, a Câmara Municipal de Coimbra (CMC) prepara-se para apoiar a realização da Feira Popular de 2015, no valor total de 9672,40 euros. A CMC reconhece, assim, o interesse municipal deste evento, previsto para o período entre 3 a 19 de julho próximo. Dentro do apoio a conceder por parte do município, o maior, no valor de 5376,60 euros, diz respeito à Divisão de Ambiente, que fará a limpeza e a recolha de resíduos no tradicional recinto da Praça da Canção. Seguem-se o serviço da Polícia Municipal, calculado em 2410,80 euros; o Gabinete de Serviços Especiais, onde se incluem os consumos de eletricidade, avaliados em 1100 euros; a divisão de infraestruturas, espaço público e trânsito (525 euros), a divisão de Atendimento e Apoio aos Órgãos Municipais (170 euros); e a divisão de Espaços Verdes e Jardins (90 euros).
  5. 5. Doação de artigos publicados no estrangeiro sobre Torga Maria da Conceição de Morais Sarmento propõe-se doar à Câmara Municipal de Coimbra (CMC) um conjunto de recortes da imprensa estrangeira sobre Miguel Torga, a par de outros textos. Esta doação constitui um importante núcleo para se perceber o testemunho e o reflexo da vida e obra do escritor na imprensa estrangeira, contribuindo ainda para o enriquecimento do espólio de que a CMC já é detentora, bem como para os estudiosos/investigadores de Torga. Não é a primeira vez que Maria da Conceição de Morais Sarmento faz uma doação ao município. No passado, doou 19 dossiers, compilados desde 1960, contendo recortes de imprensa e diversos artigos, revistas, documentos avulsos, um LP de poesia datado de 1959 com o registo da voz de Miguel Torga e a sua emblemática boina à espanhola. Trata-se de uma pessoa que elaborou alguns estudos sobre Miguel Torga e que, na qualidade de vizinha e amiga da família, conheceu hábitos, gostos e costumes dos seus membros. Desde a abertura da Casa Museu Miguel Torga, tem sido ainda uma prestimosa memória viva do quotidiano que ali se viveu.

×