40.junho 2012 revista

295 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

40.junho 2012 revista

  1. 1. 40ª edição, junho de 2012 Qualidade de vida, moda, sustentabilidade, design de interiores, shows e eventos você encontra aqui!Confira também as novidades:Sabor Gourmet e Passaporte!!!
  2. 2. No happy hour, no almoço ou jantar. Para beber, petiscar ou comer. Com os amigos ou com a família. Não importa. Bangalô é a melhor pedida de Águas Claras. Uma casa diferente e surpreendente. Seguralta Seguros Seguralta Seguros A gente assume o risco por você A gente assume o risco por você KidsSEGUROS INDIVIDUAIS E EMPRESARIAIS: SEGUROS INDIVIDUAIS E EMPRESARIAIS:•AUTOMÓVEL •RESIDENCIAL •VIDA •PREVIDÊNCIA •CONSÓRCIO IMOBILIÁRIO •AUTOMÓVEL •RESIDENCIAL •VIDA •PREVIDÊNCIA •CONSÓRCIO IMOBILIÁRIO•CONDOMÍNIO •FIANÇA LOCATÍCIA •RESPONSABILIDADE CIVIL E OUTROS •CONDOMÍNIO •FIANÇA LOCATÍCIA •RESPONSABILIDADE CIVIL E OUTROS Reservas: 3047-2444Faça uma cotação e ganhe um brinde ! Faça uma cotação e ganhe um brinde ! Posto Ipiranga Park Way Av. Parque Águas ClarasSeguralta Brasília - (61) 3202-2041 PiratasCentro Empresarial- Brasília - SRTVS Qd 701 Seguralta Brasília (61) 3202-2041 Av. das CastanheirasBloco B Sala 626 – Brasília – DFSRTVS Qd 701 Centro Empresarial Brasília - Estação METRÔ Bloco B Sala 626 – Brasília – DFseguraltabrasilia@seguralta.com.br www.seguralta.com.br seguraltabrasilia@seguralta.com.br www.seguralta.com.br Av. Parque Águas Claras - Qd. 301 - Cj. 6 - Lt. 02 2
  3. 3. . 06 ............ ............ 1 ............ ....... 1 ............ ............ .. ............ .. ............ .. 12 ............ ............ ............ ............ ............ ............ ... 14 ........ ............ ...... ............ ........ ............ ............ mu ndo .. .. ............ .... ............ .... ............ . 15Eu no ............ ............ ............ ............ ............ ............ .. ............ .. ............ do + lizado ............ ............ ......... 1 6Corren ersona ............ ............ ............ m ento P .... ............ ............ ............ .. . 20 Treina sitiva ............ ............ ............ ão po ............ ............ ............ 2 Alim entaç ........ ............ ........ ............ ...... ............ ...... ........ 2 -up ............ .... ............ .... ............ .... ............ . 26 Check ............ ............ ............ ............ a mo da ...... .... ............ .. ............ .. ............ 8 Você n ............ ............ ............ ........ 2 t ........ ............ ............ ............ G ourme .... ............ ............ .. ............ .. . 30 Sabor ............ ............ ............ ............ ade.... ............ ............ ............ 3 Pós Ativid .......... ............ ...... ............ ...... ............ ...... ......... 3 om Estilo .... ............ .... ............ .... ............ . 34 Viver c ............ ............ ............ ............ ............ ............ ............ ............ porte .. ............ .... ............ .. ............ .. Passa emas.. ............ ............ n os Cin .. ............ .. ............ Breve ............ ............ ............ ............ Éo Bicho.. .. ............ ............ ce...... Aconte Espaço reservado ao leitor para envio de sugestões, dúvidas e críticas através do e-mail: revistaposiatividade@yahoo.com.br A Roberta Sá arrasou no último show que fez em Brasília! Ainda bem que a POSIATIVIDADE estava presente para fazer a cobertura do evento! Parabéns a todos! Mariana J. Jornalista Responsável Mel Simões Colunista Fábio Jr. Página 22 Acácio Tolentino Colunista “Eu no mundo“ Rafael Ajuz Colunista “Você na Moda” Equipe Finíssimo Colunista “Viver com Estilo” Sandra Tumelero Colunista “É o Bicho” Ricardo Antônio Colunista “Correndo +” Renato André Colaborou nesta edição: Karen Moreno, Elcio Vieira e Ronia Alves Fotografia Equipe POSIATIVIDADE Projeto Gráfico e Diagramação Azê Marketing Impressão Athalaia Gráfica e Editora Contato Comercial (61) 9261-2778 revistaposiatividade@yahoo.com.br www.posiatividade.com.br A Revista POSIATIVIDADE não se responsabiliza pelos anúncios veiculados, como também não se responsabiliza pelas matérias publicadas, que são de responsabilidade de seus autores.
  4. 4. RIO, mais ou te, com a alteração do Código Florestal, as quais garantiriam a preservação dos mananciais e a qualidade de nossaseu no mundo águas. Vejam bem, na década de 60 já menos 20? havia essa preocupação no Código Flo- restal e apesar de toda comunidade científica alertar para os danos desta medida, o governo reduziu essas áreas. Por Rafael Ajuz Apesar disto, alguns setores da mídia, P retrataram o governo como protetor do assados 20 anos da meio ambiente, ao vetar parcialmente Eco 92, voltaremos a alguns artigos esdrúxulos do “novo” refletir sobre as ques- Código Florestal. tões ambientais, ago- senvolvimentista era o lema para avançarmos Se o ritmo do novo governo se ra em junho, na Rio +20. A pri- sobre tudo e contra todos. Com o discurso de mantiver, com a criação de 0 (zero) m2 meira reunião realizada na cidade que o país precisa “crescer” e que os críticos de novas áreas de Unidades de Conser- do Rio de Janeiro, com a presen- são os países desenvolvidos que já destruíram vação, e ao contrário desafetar as áreas ça dos principais líderes mun- suas florestas, o Brasil retomou a construção já criadas para permitir a exploração diais, significou um marco im- de obras faraônicas e de impactos irreversíveis enérgica e mineral (Medida Provisória portante no desenvolvimento de na Amazônia, estimulou a ocupação desorde- 558/2012), assumiremos a “vanguarda” temas como educação ambien- nada e pouco fez para evitar os desmatamen- de nadar contra a maré, enquanto o tal, desenvolvimento sustentável tos irregulares, sempre pensando no grande mundo busca alternativas ambiental- e conservação da biodiversidade. lucro do agronegócio, das empreiteiras e do mente mais sustentáveis, avançaremos O mundo demonstrava sua setor elétrico. sobre nossos recursos em busca do de- para garantir o futuro saudável das próxi- Contrariando a própria Lei de Crimes Am- senvolvimento a qualquer preço. preocupação com as questões ambientais e mas gerações. Ironicamente, o Brasil, até bientais, por meio de uma portaria do Ibama Será que esses 20 anos desde a Eco com os rumos do nosso planeta já naquela então visto como modelo para o mundo (N° 17 de 2010), o fiscal só pode embargar um 92 realmente foram para somar? época, fruto do amadurecimento das discus- nas questões ambientais, parece ter esco- empreendimento danoso ao meio ambiente sões da conferência de Estocolmo, em 1972, lhido um outro caminho ao longo destes caso o dirigente do órgão autorize. No mesmo considerada a primeira ação organizada 20 anos que se passaram. sentido de dificultar a execução desta Lei, uma mundialmente para repensar a nossa relação Até o fim da década de 90 ainda houve nova portaria do Ibama (N° 1362 de 2011) re- com o planeta. O diferencial da Eco 92 em algum avanço no que diz respeito às ações tirou a competência de fiscalização dos que relação a Estocolmo foram os documentos políticas brasileiras, com a edição da Lei de trabalham no Licenciamento Ambiental Fede- formulados neste último evento, os quais co- Crimes Ambientais (Lei N° 9605 de 1998), do ral. Já em relação ao SNUC, onde era expresso locaram as questões ambientais na pauta Sistema Nacional de Unidades de Conserva- o valor para compensação ambiental no valor política dos países signatários, apresentando ção - SNUC (Lei N° 9985 de 2000) e da Políti- de no mínimo 0,5% do valor de referência dos definições e ações que deveriam ser imple- ca Nacional de Recursos Hídricos ( Lei N° empreendimentos, um Decreto (N° 6.848 de mentadas para garantir o desenvolvimento 9433 de 1997). Essas Leis vieram em conso- 2009) alterou essa lógica para que agora seja sustentável e a conservação da biodiversida- nância com o pensamento da época, desde a no máximo 0,5%. Finalmente, em relação aos de. Dentre os principais documentos formu- edição da Política Nacional de Meio Ambien- Recursos Hídricos, assistimos recentemente à lados na Eco 92 vale destacar a Carta da Ter- te (Lei 6938 de 1981) e até mesmo ao pensa- redução das Áreas de Preservação Permanen- ra, a Agenda 21 e as Convenções sobre mento da década de 60 quando foi editado o Biodiversidade, Desertificação e Mudanças Código Florestal, recentemente assassinado Climáticas. (Lei N° 4771 de 1965). Desde então a grande maioria dos paí- Em contrapartida, desde meados de Rafael Ajuz é biólogo, mestre em Biologia Animal pela UnB. Atua no Licenciamen- ses signatários procurou avançar em medi- 2000 temos observado uma série de retro- to Ambiental de empreendimentos de infraestrutura de energia, com a análise do das que conciliassem o desenvolvimento cessos que nos colocam de volta à concep- componente biótico. com a proteção dos recursos ambientais ção da década de 70, onde o discurso de- Contato: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br 7
  5. 5. COOPER e seu método mirabolante F Por Renato André oi no final dos anos 70 que o as- lo de vida promove uma maior longevidade. Segundo Clau- tuto Kenneth H. Cooper promo- dio Coutinho (1978), Cooper atuou como um apóstolo da veu uma revolução no paradig- aptidão física, da valorização do ser humano e do equilíbrio ma do exercício. Historicamente orgânico. os exercícios ginásticos mantinham-se restri- O “método” Cooper descreve a necessidade de se tos aos programas educacionais e de prepa- praticar os mais diversos tipos de exercício, que englobem ração física desportiva e militar e, pouco se força, flexibilidade e agilidade. Entretanto, dá ênfase aos discutia sobre os benefícios do exercícios físi- exercícios cardiovasculares aeróbios, ou seja, exercícios cos para a saúde da população. Foi então que cíclicos com intensidades de leve a moderado. o Dr. Cooper decidiu criar o Instituto Cooper Segundo o estudioso, os exercícios aeróbios são ca- e desenvolver pesquisas científicas acerca do pazes de melhorar não somente a aptidão muscular, más binômio exercício-saúde. também, a funcionalidade dos pulmões, coração e vasos “É mais barato e eficiente manter a boa sanguíneos. Com esses treinamentos amplia-se a o con- saúde do que recuperá-la depois de perdida.” sumo de oxigênio, que é vital para nossa sobrevida! A jus- O Dr. Cooper pregava, inclusive, que o esti- tificativa da oferta contínua de oxigênio para o corpo agigante-se em função de que o oxigênio não é estocável em nosso organismo, tal como outras fontes energéticas oriundas da ingestão alimentar. Nesta direção, destacam-se a caminhada e a corrida como exercícios que devem ser praticados em intensidades aeróbias de forma contínua. Entretanto, o ciclismo e o remo também podem ser utilizados nestas mesmas condições. “É simples! Se não consegue encontrar tempo para uma atividade física, então encontre tempo para ficar doente.” Testes de capacidade aeróbia, como o clássico Teste de Cooper de 12 minutos, são necessários para relacionar o condicionamento físico com a saúde e as intensidades de exercício. Procure orientação profissional para fazê-los! Após esse recordatório histórico, o que achas de sair para fazer um COOPER? Renato André Silva é graduado, mestre e doutorando em Educação Física (CREF 1114G/DF). Atua como fisiologista do exercício e coordenador de exames de desempenho humano do Centro de Excelência em Medicina do Exercício (CEMEx/ Golden Spa) . Contatos: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br10 11
  6. 6. ENVELHECIMENTO ca intensidade devido ao impacto nas articulações, além do desconforto que a obesidade gera. Entretan- to, a musculação, por diversas vantagens, de uns anos E OBESIDADE: para cá vem assumindo maior preferência entre os que se encontram com excesso de peso. Dentre os vários pontos favoráveis à musculação para idosos obesos, entenda porque vencer destacam-se os seguintes fatos: além do aumento da massa muscular representar uma proteção às articula- ções, o gasto calórico do metabolismo basal passa a o sedentarismo é ser maior, ou seja, o corpo passa a consumir mais calo- rias estando parado justamente por ter mais músculos importante para não se aumentando o gasto calórico, favorecendo o emagre- cimento. Um estudo realizado na University of Colora- do, nos EUA, pesquisou a taxa de metabolismo basal e tornar um idoso obeso. o ganho de peso com o passar dos anos, e a boa notí- cia é que os pesquisadores descobriram que o declínio no metabolismo basal não é observado em pessoas Por Acácio Tolentino que se exercitam regularmente! C Portanto, praticar exercícios físicos, principalmente acredita que precisa suar horas em ombater o sedentarismo, princi- cer é a diminuição do metabolismo basal aqueles que exigem força, como a musculação, man- uma academia veja só essa pesquisa: palmente a partir dos 60 anos, (valor de referência do quanto o corpo gasta tém o metabolismo funcionando por um tempo pro- Pesquisadores da Universidade da Ca- vêm sendo o grande desafio da de calorias para se manter funcionando) longado, além de serem importantes em áreas como rolina do Norte, nos Estados Unidos, saúde pública no Brasil para au- onde sua redução se estabiliza entre 60 e 70 equilíbrio, flexibilidade e estabilidade. E para quem descobriram que apenas 30 minutos mentar a qualidade de vida ao envelhecer. anos, ficando cada vez mais difícil não acu- de exercícios por dia podem evitar o Com o passar dos anos muitas limitações físi- mular gordura. No caso das mulheres essa aumento de peso. Durante 15 anos, cas vão surgindo como diminuição das capa- redução do ritmo metabólico fica bem evi- eles acompanharam a rotina de cinco cidades funcionais do dia a dia e redução da dente e ganha potência com a chegada da mil pessoas entre 18 e 30 anos e o gru- mobilidade para andar e pegar objetos. Toda- menopausa, quando as alterações hormo- po que se exercitava diariamente dei- via, a questão do ganho de peso com a idade nais podem fazer com que a gordura se acu- xou de ganhar 450 gramas por mês. vem ganhando muita importância, pois tal mule mais facilmente. Driblar o ganho de Ou seja, será que é tão difícil assim questão está sendo um dos responsáveis pela peso, no entanto, é possível mesmo em ida- conseguir 30 minutos do seu dia para fragilidade e alta mortalidade de idosos. O des avançadas. cuidar da saúde??? peso extra não é resultado apenas do proces- Durante anos pensou-se, e ainda hoje não “Você não deixa de ser saudável so de envelhecimento, mas é principalmente é incomum, que o exercício mais indicado a porque envelhece. Você envelhece fruto de mudanças de hábitos como exercitar- quem está carregando peso extra, seja o aeró- porque deixa de ser saudável.” Adap- -se menos e comer a mesma quantidade mes- bio justificando o maior gasto calórico e prati- tado Christopher McDougall (Livro mo quando o ritmo do metabolismo diminui. cidade. Problemas articulares, como artrite, Nascido para Correr). Portanto, os motivos, além de fisiológicos, são são comuns em idosos limitando a prática de também comportamentais. A faixa de risco de exercícios aeróbios e consequentemente res- pico do ganho de peso está entre 50 e 60 anos tringindo o gasto calórico. Isso sem contar o O Personal Trainer Acácio Tolentino é especialista em programas de exercícios físicos de idade, exigindo assim uma atenção redo- excesso de peso que limitam os movimentos. para idosos. Pós graduado em reabilitação cardíaca e grupos especiais (obesidade, brada na alimentação e atividade física. Essas condições podem ser um impeditivo hipertensão, osteoporose e diabetes). Membro da Sociedade Brasileira de Atividade Uma das grandes mudanças ao envelhe- para a prática de exercícios mesmo com pou- Física e Saúde. Palestrante sobre qualidade de vida, emagrecimento e exercícios físi- cos para idosos. Coach Profissional pela Academia Brasileira de Coaching. Contato: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br12 13
  7. 7. Óleo de coco Desmistificando realmente emagrece? o RONCO S Dra. Fernanda Vieira Por Karen Moreno em dúvida alguma o ronco O é o distúrbio do sono que óleo de coco está de coco induziria a uma resistência à in- mais incomoda. Na grande na mira daqueles sulina. Além disso, o óleo maioria dos casos, a solu- que querem ema- de coco é gordura ção pode estar no dentista. Diante deste grecer rapidamen- saturada, que favo- cenário, listamos alguns mitos, que ge- te. No entanto, será que ele traz re- rece o aumento do ralmente permeiam a vida do paciente almente todos os benefícios LDL e a diminuição roncador e sua família. aclamados atualmente? Esta é uma do HDL!!! Por conta . O que é apnéia do sono? Apnéia significa “sem ar” ou “parada da respira- questão que divide opiniões, pois de resultados tão contro- ção”. É um problema respiratório, que assim como vários outros alimentos versos, ainda é difícil afirmar acontece enquanto dormimos, caracte- ronco é um distúrbio do sono de natureza crônica, assim como ou suplementos que foram utiliza- que o óleo de coco realmente au- rizada por interrupções breves e repeti- a apnéia e podem ser tratados com um aparelho intra-oral, dos no intuito de emagrecer, o óleo xilia no alcance da boa forma. das da respiração (com duração de pelo como o PLG, que é indicado para esses tratamentos com eficácia de coco pode cair no esquecimento E quando se afirma que o óleo de menos de 10 segundos em uma fre- comprovada e bastante conforto. caso não surjam pesquisas que coco é processado mais rapidamente, isso não necessaria- . Aparelhos intra-orais não tem eficácia no tratamento qüência maior que 05 episódios por comprovem sua eficácia. mente é uma vantagem. Pois gerar energia mais rápido não hora de sono). do ronco e apnéia do sono? Mito. Os aparelhos intra-orais tem- Alguns estudos têm demons- significa perdê-la na forma de calor. Na verdade, se o óleo for . Quem ronca pode ter apnéia -se tornado grandes aliados no tratamento do ronco e apnéia trado que o óleo de coco, por con- consumido em excesso (quando o organismo não demanda também? Sim. A pessoa que ronca tem do sono. Eles tem-se destacado também por proporcionar faci- ter fitosteróis (substâncias que auxi- tanta energia) ele será armazenado como gordura no corpo grandes chances de apresentar apnéia, lidade no uso diário, inclusive em viagens em grupo, sendo pe- liam na redução do LDL – colesterol assim como o excesso de qualquer outro nutriente calórico são duas condições que são associadas, queno, de fácil manuseio e adaptação. Lembre-se sempre de ruim) e TCM (triglicerídeos de ca- (carboidrato, proteína ou as outras gorduras “comuns”). progressivas e degenerativas. Quem procurar um profissional habilitado para realizar seu tratamento. deia média – gordura de rápida me- Portanto, o que há de certeza quando o assunto é óleo ronca e não trata, provavelmente vai . O Dentista do Sono está habilitado para diagnosticar e tabolização, que teoricamente não de coco é a incerteza quanto aos seus benefícios ou malefí- evoluir para apnéia. tratar ronco e apnéia do sono? Verdade. O Dentista do Sono, com seria estocada no corpo como gor- cios. São necessários mais estudos antes de recomendá-lo . Ronco não tem solução? Mito. O uma formação sólida, e conhecimentos substanciais na área do dura), ajudaria na redução de cir- como um aliado da saúde e do emagrecimento, principal- sono, é habilitado para, em conjunto com o médico do sono, parti- cunferência abdominal, redução do mente avaliando dose adequada, tempo de suplementação e cipar do diagnóstico e tratamento do ronco e apnéia do sono. LDL e aumento do HDL (colesterol avaliação dos riscos coronarianos a longo prazo. E lembre-se Tratar do ronco e da apnéia do sono lhe trará mais saúde, bom). No entanto, nos mesmos es- que, antes de qualquer suplemento, a SUA ALIMENTAÇÃO qualidade de vida, bem estar, além de melhorar seu relaciona- mento com as pessoas que você ama. Vença o preconceito! Ron- tudos os pesquisadores observa- FAZ A DIFERENÇA, pois são hábitos adequados e contínuos co tem tratamento! ram que o consumo regular de óleo que promovem um emagrecimento duradouro. Para saber mais acesse: http://drafernandadentistadosono.blogspot.com Karen Moreno é nutricionista formada pela Universidade de Brasília, Especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho e Sócia-proprietária de Odontologia/Psicologia Clínica 449 – Nutrição esportiva - desde 2001. Contato: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br Águas Claras Shopping, Sala 412, 4o Andar, Fones: 61-39644412 / 61-81263638.14 15
  8. 8. Bases protegem e nutrem. Conheça algumas no mercado! Por Alê dos Santos U ma mulher que trabalha o edição da São Paulo Fashion Week e apareceu nos desfi- dia todo, geralmente faz a les de Alexandre Herchcovitch, Juliana Jabour, Tufi Duek, maquiagem pela manhã e Huis Clos, Patachou, entre outros. Abaixo, veja alguns apenas dá uma retocada produtos, que vale a pena investir e conhecer. durante o dia. Depois de perceber este comportamento, a indústria cosmética passou a se preocupar mais não só em 01. esconder as imperfeições dos rostos fe- mininos, mas também em tratar a pele. 03. 02. 06. Fotos : Reprodução 07. 04. Beleza dos Desfiles de Juliana Jabour e Tufi Duek Hoje é muito mais fácil ter um pro- 05. duto que consegue prevenir rugas, pro- teger do sol, hidratar e ainda estimular a 01- Base Teint Radiance, Yves Saint Laurent. A marca pelo do rosto. E se você não pensa ape- promete hidratação prolongada. 02- Base Renew, transformadora intensiva FPS 15, atenua nas em produtos estéticos, a dica é pro- linhas finas, rugas e poros. curar marcas que já são conhecidas no 03- Natura UMA Base Fluida Efeito Natural FPS 15. Preveni envelhecimento precoce e danos as estruturas da pele. mercado pelo tratamento de pele e tam- 04- Teint Miracle FPS 15, Lancôme. Hidrata por até 18 horas. bém pela maquiagem. 05- Forever FPS 25, Dior. Faz um trabalho conjunto, regulando a pele entre regiões oleosas e secas do rosto. Outra preocupação que vem toman- 06- Repairwear Laser Focus All Smooth Makeup SPF 15, do conta dos fabricantes de bases é que Clinique. Minimiza linhas e rugas. a nova moda são as peles mais naturais. 07- Base Cremosa Anti-idade FPS 25, Payot. Promete mais hidratação e redução das rugas de expressão. A tendência veio com tudo na última ´ W W W . F I N I S S I M O . C O M . B R16 17
  9. 9. DENSE FILLER * Produto para uso externo, não deve ser ingerido. A CÁPSULA DO TEMPO COM EFEITO PREENCHEDOR PROLONGADO. Dense Filler é o lançamento da ADCOS, que oferece inovação e praticidade no tratamento rejuvenescedor facial. Contém ácido hialurônico em cápsulas* na medida certa para a sua aplicação. Promove efeito preenchedor e uma pele revitalizada, radiante e iluminada. TAGUATINGA SHOPPING | 61 3033.5303 BRASÍLIA SHOPPING | 61 3036.6262 PARKSHOPPING | 61 3047.5678 ASA SUL | 61 3244.2777 - SCLS 307, Bl. A - Lj 2518 19
  10. 10. sabor gourmet BANHO E TOSA VIGIADOS Puro deleite Por Ronia Christina Freire presente clássico com chocolate Cacahuá combinando nozes, avelãs, pista- 207 Sul Bloco A Loja 37 – Asa Sul O ches, castanha-do-Brasil ou mara- (61) 3443-0430 chocolate adoça mui- A arte de Eliane é encontrada cujá. O exotismo fica por conta tos romances e, quen- em sua loja Cacahuá, na comer- das criações com manjericão, flor te na xícara, é apre- cial da 207 Sul. O primeiro andar de sal, gorgonzola e pimenta-da- ciando nas cafeterias, é dedicado aos bombons, trufas, -jamaica, uma explosão gustativa nas frias noites de inverno. Em mi- caixas decoradas, barras dese- que reúne cravo, canela e noz- nha opinião, junho é o mês ideal nhas e frutas desidratadas ba- -moscada. para reverenciá-lo. nhadas. Lá, é possível montar um Na varanda da loja funciona a Eliane Valladão faz isso como cafeteria da marca, o chocolate ninguém e sua história profissional, é a atração (claro!). Preparado com o cacau, prova por A+B que a quente com os mais variados in- guloseima é uma das jóias gastro- gredientes dá para espantar o nômicas da modernidade – desco- frio. O menu apresenta também berta há mais de 3 mil anos pelos uma comedida variedade de qui- povos maias, astecas e toltecas. ches com minissalada, croissants Há 4 anos, a hoje chocolatière recheados e tortas doces. profissionalizou a caseira produção de ovos de Páscoa com o pâtissier e chocolateiro suíço Carlo Möckli, Ronia Christina Freire Alves é jornalista com especialização na área autor de uma exclusiva seleção de gastronômica (Cátedra Ferran Adrià de Cultura Gastronómica y Ciencias de chocolates com o selo da rainha da la Alimentación). Sócia do site Brasília no Prato há 8 meses, Ronia possui Inglaterra. vasta experiência no ramo. Contato: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br20 21
  11. 11. FÁBIO JR. EM BRASÍLIA E m comemoração ao dia das (Roberto Carlos), Você é linda (Caetano mães, o consagrado cantor de Veloso), Paciência (Lenine e Dudu Fal- músicas românticas, Fábio Jr., cão) e Esquinas (Djavan). esteve em Brasília com seu mais Com um público basicamente femi- novo trabalho denominado Íntimo. O nino, composto por mulheres de todas show, que aconteceu no dia 31 de maio, as idades, Fábio não poupou charme, reuniu centenas de fãs no Auditório Mas- nem beijos. Prova disso é que algumas ter do Centro de Convenções Ulisses Gui- fãs não se conteram e conseguiram marães. Acompanhado por uma equipe subir no palco para abraçar o ídolo composta de 25 pessoas, sendo sete mú- que, além de retribuir o abraço, sur- sicos, Fábio já passou por mais de 60 ci- preendeu com um beijo! Parecia que o dades do país. A turnê, que estreou em Fábio Jr. era o Jorge Tadeu e que o Jor- fevereiro do ano passado, será encerrada ge Tadeu era o Fábio Jr. (Jorge Tadeu com um show que acontecerá no Rio de foi um personagem misterioso e sedu- Janeiro. tor que Fábio interpretou, na novela Mantendo a fama de galã, o ator, can- tor e compositor Fábio Jr., como sempre, se apresentou com um terno muito ele- gante, e claro, com o tradicional gesto de passar a mão nos cabelos. O repertório do show contou com os sucessos, O que é que há, Senta aqui, Felicidade, Sem limites para sonhar , Quando gira o mundo, entre outras canções de grandes músicos brasi- leiros, como Epitáfio (Titãs), Não vou ficar22 23
  12. 12. apresentação, que foi encerrada ao som de Caça e Caçador , e “Deus te abençoe” com o famoso “Obrigadú!”, sem direito a bis. Algumas fãs conseguiram ir até o camarim para tirar fotos e estar lado ao lado com o ídolo, outras o espera- ram do lado de fora do local do even- to, e dentre elas destacou-se Tatiana Moreira, de 29 anos, que ganhou um da Globo, “Pedra sobre Pedra”). Po- beijo do cantor! Ela nos contou que rém, já pensando na probabilidade de ao contrário do que normalmente isso acontecer a produção do evento acontece, não foi sua mãe que a levou reforçou a segurança, evitando assim, para o show do cantor, ela é que, des- um alvoroço maior! Embalado pelo romantismo e se- de pequena, sempre gostou do Fábio dução do cantor, o público suspirou e e certa vez, pediu para sua mãe levá- cantou o tempo inteiro! Algumas fãs -la ao show do músico, pois ainda era chegaram a levar cartazes variados, muito pequena para ir sozinha. De porém a maioria era pedindo para ti- uma forma ou de outra, o fato é que, rar uma foto com o cantor. Fábio viu sorrisos deslumbrados e ouviu gritos com certeza, essa foi uma noite ines- da platéia do tipo “Lindo! Gostoso! Eu quecível para algumas fãs do artista, e te amo!!!” do começo ao fim de sua Tatiana Moreira é prova disso!24 25
  13. 13. A PSICOLOGIA DO DESIGN DE INTERIORES por Sandra Tumelero A Psicologia Ambiental é uma área ganização dos ambientes residenciais e co- da Psicologia iniciada por volta merciais, individuais e coletivos, conside- dos anos 60 que estuda a relação rando-se não apenas o aspecto funcional de reciprocidade entre o compor- provido pela ergonomia, mas também o tamento humano e o ambiente físico, empe- desenvolvimento de espaços que propor- nhando-se na produção de conhecimentos cionem emoções positivas. A Psicologia do cria um elo emocional importante com rente nos estudos sobre os efeitos do espaço sobre o aplicáveis à melhoria das condições de vida Design de Interiores é baseada na crença o imóvel. Outros estudam comprovam ser humano. A falta de privacidade, por exemplo, con- das pessoas. de que é possível identificar, desenvolver e que mudanças em algumas caracterís- tribui para o estresse. Esta falta de privacidade pode A Psicologia do Design de Interiores é um promover os mecanismos necessários para ticas da casa melhoram a percepção ser provocada pelo posicionamento inadequado das rao recente da Psicologia Ambiental, que estu- vivermos de maneira significativamente subjetiva dos moradores e dão lugar a aberturas (janelas e portas) ou ausência de cortinas e da como os seres humanos reagem emocional satisfatória, usando conhecimentos propi- sentimentos positivos. A necessidade persianas. Estudos sugerem que as áreas de transição e cognitivamente à forma com que os espaços ciados pela Psicologia Positiva. de privacidade é um aspecto recor- interiores são organizados. Visa-se alavancar o A Psicologia Positiva não se refere entre o espaço público (coletivo) e a casa (o espaço bem estar e a qualidade de vida a partir da or- apenas a um pensamento positivo, como individual) devam ser bem planejadas, para que haja a abordado em temas de auto-ajuda, possui sensação de tranquilidade e segurança. um conceito muito mais abrangente sobre Nesta abordagem mais recente, o foco do am- a investigação das condições que favore- biente passa a ser o indivíduo e não apenas o as- cem a felicidade, de que escolhas devemos pecto funcional e estético do design de interiores. fazer para termos uma vida plena. Todos estes aspectos, entretanto, não são exclu- O estudo destas áreas empenha-se em dentes tampouco independentes. A funcionalidade descobrir o que nos torna mais felizes, o essencial pode ser a psicológica. Respeitar as carac- que promove a felicidade na interação do terísticas e anseios do morador é fundamental. homem com o seu ambiente. Ao decorar A aplicação prática da universalidade dos conhe- seu ambiente, o ser humano busca mostrar cimentos e a integração deles promove sem dúvida quem é, busca expor elementos que o iden- tifique e outros que o idealize. Sua residên- maior qualidade de vida. Quanto maior nosso acer- cia é, portanto, um refúgio psicológico, e não vo mental, mais recursos dispomos para projetar apenas físico. Outros estudos identificam ambientes que proporcionem bem-estar, chegando que a possibilidade que os moradores têm ao maior resultado desejado, nossa felicidade. de fazer mudanças na disposição dos móveis de sua moradia cria uma sensação de bem- -estar. Pesquisas mostram que os proprietá- Sandra Tumelero é designer de interiores e engenheira eletricista gradu- ada pela Napier University, em Edinburgh UK, tendo realizado mostras rios costumam ser mais satisfeitos com suas como Morar Mais e Casa Cor, atua no mercado de design de interiores casas do que os inquilinos, pois a autonomia em Brasília. decisória sobre a organização dos ambientes Contato: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br26 27
  14. 14. orte passap DICA: O CHARME E A HISTÓRIA o que fazer: passeios de charrete e de DO CARIBE chiva, um ônibus em que músicos tocam rumbas per- Por Elcio Vieira correndo a cidade até che- gar a um verdadeiro baile sobre o muro; massagens do Le Petit Spa com calda de tos desde a sua fundação, em 1933. chocolate, iogurte, especia- Construído ao longo de 200 anos, o muro rias, extrato de frutas – mais cumpriu a sua função de preservar o local, em parecem experiências culiná- 1984, a Unesco declarou o local Patrimônio rias para despertar o apetite. Histórico Cultural da Humanidade. Caminhar pela cidade amuralhada, como é o que trazer: conhecida a parte histórica da Cartagena, é Esmeraldas: Cartagena é co- um programa que seduz e surpreende os tu- nhecida pelas esmeraldas e ristas. Em cada rua, há um misto de história e há inúmeras lojas que ven- contemporaneidade. Lojas, bares e restauran- dem jóias com a pedra. tes ocupam, com o máximo de charme, as construções coloniais, oferecendo total acon- o que provar: chego. E não é raro a cidade estar tomada por Frutas: as barracas de rua eventos culturais – festivais de jazz, de música oferecem uma grande varie- E clássica, de bolero, de cinema, de literatura, de dade de frutas tropicais e m Cartagena das Índias, além um muro, e a razão está também na gastronomia, entre outros, reúnem personali- elas são também utilizadas do azul do mar, o centro his- história: como principal porto do cari- dades internacionais nas ruas do centro histó- tórico encanta com seus ho- na alta gastronomia, em mis- be colombiano, Cartagena foi muito rico em todas as estações do ano. téis-butique. atacada por piratas, corsários e exérci- turas com frutos do mar e Em junho, tradicionalmente, há o festival Para quem procura um caribe com temperos excêntricos. de verão, com atividades diversas. algo mais, Cartagena das Índias, na Co- Uma boa notícia para Brasília, é o início em lômbia, tem se revelado uma excelente junho do voo direto a Bogotá, operado pela Cartagena é totalmente opção. Lá, além das praias maravilhosas, Lacsa/Taca, com conexão direta a Cartagena. surpreendente! de águas calmas e areia fina e do verde Não deixe de conhecer o charme e a história das reservas ecológicas, há um centro de Cartagena das Índias. histórico que se torna cada vez mais efervescente. Suas ruas estreitas ,com casarios co- loridos, muitos monumentos, praças, Elcio Vieira é formado em Pedagogia e Turismo, Pós Graduado em Psicopedagogia fortes e museus, num belo conjunto ar- Clínica e Institucional, atua no mercado de turismo em Brasília há 26 anos, tendo vi- sitado mais de 15 paises. Morou 3 anos na itália e na França e atualmente trabalha quitetônico herdado da colonização es- na Sanchat Tour operadora. panhola. Esse centro é todo cercado por Contato: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br28 29
  15. 15. Confira aqui alguns filmes que estrearão em Breve nos cinemas PARA SEMPRE Sinopse: O filme acompanha Kim e Krickitt Carpenter, um casal que so- freu um grave acidente de carro logo após o casamento, e Kim ficou em coma por algum tempo. Quanto desperta, ela não se lembrar de nada ocorrido em sua vida nos últimos meses. Os dois terão de reconstruir todo o amor após o acidente. Gênero: Drama Direção: Michael Sucsy Elenco: Rachel McAdams, Channing Tatum, Sam Neill, Jessica Lange, Scott Speedman Distribuidora: Columbia Tristar A ERA DO GELO 4 Sinopse: A louca perseguição de Scrat sempre à caça de sua noz inquieta, persegui- ção à qual ele tem se dedicado desde os primórdios dos tempos, tem consequências que mudam o mundo e causam um cataclismo continental que leva Manny, Diego e Sid a viverem a maior aventura de todos os tempos. Nessa maré de mudanças, Sid acaba reencontrando sua Avó turrona, e o bando ainda tem de lidar com uma horda de piratas decididos a impedi-los de voltar para casa. Gênero: Infantil Direção: Carlos Saldanha Distribuidora: Fox Filmes SOMBRAS DA NOITE Sinopse: Barnabas é rico, poderoso e um playboy inveterado, até que ele comete o erro grave de quebrar o coração de Angelique, uma bruxa, em todos os sentidos da palavra, Angelique condena-o a um destino pior que a morte, transformando-o em um vampiro e enterrando-o vivo. Dois séculos mais tarde, Barnabas é libertado de seu túmulo, e surge nos dias modernos. Gênero: Comédia Direção: Tim Burton Elenco: Johnny Depp, Michelle Pfeiffer, Helena Bonham Carter, Eva Green, Jackie Earle Haley, Jonny Lee Miller, Chloë Moretz Distribuidora: Warner Bros O ESPETACULAR HOMEM ARANHA Sinopse: : ´O Espetacular Homem-Aranha´ serve como reboot. Peter Parker volta com uma história totalmente nova, sem levar em conta os três primeiros filmes da franquia. Neste, Parker é um estudante do ensino médio que terá de lidar com superpoderes. Gênero: Aventura Direção: Marc Webb Elenco: Andrew Garfield, Emma Stone, Martin Sheen, Rhys Ifans, Sally Field, Denis Leary, Chris Zylka Distribuidora: Columbia Tristar30 31
  16. 16. A OBSERVAÇÃOTOSA VIGIADOS BANHO E DO COMPORTAMENTO ANIMAL COMO FORMA DE IDENTIFICAR A PRESENÇA DE DOR Por Ricardo Antônio Silva rada – aquela manifestada por sinais in- tensos; ou ainda crônica – a que persiste por longos períodos. A chave para a sua identificação, mesmo levando em conta que existem evidências si- lenciosas de dor, está na observação e descrição de O comportamentos atípicos, como: estudo da fisiologia da dor • Nos casos de dor aguda: vocalização, tem como uma de suas rolamentos, quietude ou agressividade in- medidas a análise do com- justificável; portamento animal. O co- • Nos casos de dor moderada: altera- nhecimento dos hábitos normais de cada ções na postura, locomoção, alimentação, espécie permite-nos traçar um comparati- padrões de sono e autolimpeza; e vo com alguma manifestação indesejada a • Em casos de dor crônica: comporta- ponto de identificar e até quantificar a dor mentos extremos e recusa de alimentos. com ligeira segurança. O que poucas pes- Sintomas clássicos que variam de soas sabem é que por mais subjetivo que acordo com a espécie animal, o sexo, o pareça, o reconhecimento de um compor- condicionamento físico, o tipo e extensão tamento doloroso não é assim tão difícil e da lesão, além de fatores ambientais, mas qualquer um que cuide de animais, pode que caracterizam o desconforto de manei- ajudar o profissional veterinário no mo- ra bem clara. mento da consulta. Se a dor ‘’é uma emoção que mora no A presença de dor é semelhante ao cérebro’’ cabe a nós seres pensantes e pro- que ocorre nas pessoas e está associada a tetores dos animais não a negligenciar. um dano tecidual real ou potencial. A dor Portanto, cuidado com aquele olhar triste pode ser física ou emocional; aguda – de do animal para sua própria patinha, ele início recente e duração limitada; mode- pode estar querendo dizer alguma coisa. Ricardo Antonio Silva é Médico Veterinário CRMV/GO Nº 5283, Especialista e Mestrando em Ciência Animal. Atua como Fiscal Estadual Agropecuário da Agência Goiana de Defesa Agropecuária – AGRODEFESA. Contato: 61 9261-2778 ou revistaposiatividade@yahoo.com.br32 33
  17. 17. acontece shows Gonzagão 100 anos Como parte das comemorações do centenário de Luiz Gonzaga, será apresentada série musical “Gonzagão, 100 anos”. Considerado o “Rei do Baião”, um estilo musical, ele foi um ícone da cultura nordestina ao retratar o cotidiano do sertão e outros temas relevantes como a seca. Com direção musical de Daniel Gonzaga, serão apresentados quatro espetáculos inéditos com o vasto repertório do compositor, cantor e instrumentista. gonzagão 100 anos Programação: • 24/6: Abertura em apresentação única com Moraes Moreira, Carlos Malta e Pife Muderno nos Jardins (Área externa do CCBB) - Horário: 20h (Entrada Franca) • 29, 30/6 e 01/07 - Chico Cesar, Quinteto da Paraíba e Marcelo Caldi • 06, 07 e 08/07 - Otto, Casuarina e Bebe KramerI • 13, 14 e 15/07 - Daniel Gonzaga e As Chicas Hora: Sexta e sábado, às 21h. Domingo, às 20h Local: Teatro do CCBB - SCES, Tr. 2, Conjunto 22 Valores: R$ 6,00 (inteira) - R$ 3,00 (meia) INFORMAÇÕES: (61) 3108-7600. Brasília INDOOR Está chegando o Brasília Indoor 2012! Dias 13 e 14 de julho com Ivete Sangalo, Asa de Águia, Tomate e Banda Eva em um evento 100% Trio no Estacionamento do Mané Garrincha. BRASÍLIA INDOOR Data: 13 e 14 de Julho. Hora: 17h. Local: Estacionamento do Mané Garrincha. PONTOS DE Vendas: FNAC (Park Shopping); Free Corner (Brasília Shopping);Cool Cat (Taguatinga Shopping). A POSIATIVIDADE limita-se apenas à divulgação das informações fornecidas pelas empresas promotoras de eventos aos meios de comunicação.34

×