Coerente, consistente, suportável                       Por Wes Widner                    www.reasontostand.orgO Cristiani...
É coerente?A primeira questão a colocar diante de qualquer visão demundo, é se oferece alguma explicação sobre o mundo à n...
proposições representariam um problema de lógica, poisviolariam uma das leis fundamentais da lógica, a saber, a lei danão-...
seus seguidores é pedido que creiam que tanto a Bíblia, como oCorão foram dados por Alá, muito embora ambos contenhamafirm...
seguidores   de   Jesus   Cristo   terem      falhado   em   viverconsistentemente, os ensinos de Cristo encontrados no No...
Contudo, muitos escolhem, pelo contrário, continuar a crer quea vida é digna de ser vivida. Que tem significado e que o qu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Artigo 3 - Coerente, consistente, suportável

462 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
462
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigo 3 - Coerente, consistente, suportável

  1. 1. Coerente, consistente, suportável Por Wes Widner www.reasontostand.orgO Cristianismo é um modo de vida – ou “visão de mundo” – umaforma de vermos o mundo em que vivemos. Isto inclui crençasmetafísicas, como a origem do Universo, o significado epropósito da vida e o que nos acontece após a morte. Tambéminclui coisas como a forma como vemos a família, o casamentoe a carreira. Engloba até decisões mundanas, como o queescolhemos vestir, que entretenimentos preferimos e comogastamos o nosso tempo livre.A maioria das pessoas não se importa realmente com as suasvisões de mundo e, como consequência, acaba por ter umamisturada de crenças. Muito poucas pessoas tomam tempopara, criticamente, considerarem as crenças que defendem eexaminarem se a sua visão de mundo passa em três testesbásicos:
  2. 2. É coerente?A primeira questão a colocar diante de qualquer visão demundo, é se oferece alguma explicação sobre o mundo à nossavolta e quão precisa essa descrição é. Nem todas as visões demundo se preocupam em descrever minuciosamente o mundoque nos rodeia. No Budismo e Hinduísmo, por exemplo, arealidade é vista como um mito, de modo que, naturalmente, asdescrições que estas oferecem não pretendem fornecer umadescrição muito precisa do mundo.O Naturalismo/Materialismo (defendido por muitos ateus)contém descrições do mundo que colapsam desde o princípio efalham em explicar como algo pode surgir do nada.O Cristianismo é único nisto. Não só oferece explicaçõesrazoáveis em relação à origem do Universo, como tambémfornece explicações razoáveis acerca de eventos históricosconfirmados, como a ressurreição de Jesus Cristo.É consistente?A próxima questão que devemos fazer sobre uma visão demundo, é se contém proposições contraditórias. Tais
  3. 3. proposições representariam um problema de lógica, poisviolariam uma das leis fundamentais da lógica, a saber, a lei danão-contradição.Algumas visões de mundo como o Budismo, Hinduísmo, NovaEra, Wicca, Islão e Mormonismo abraçam paradoxos comoparte das suas doutrinas padrão, e, portanto, não têm apretensão de serem consistentes no que diz respeito aos seusensinos. De certa forma, o foco nestas visões de mundo é maisexperiencial do que informativo. O Cristianismo, contudo,preocupa-se com ambos.As religiões orientais assentam fortemente em contradições demodo a atrair os adeptos a uma meditação mais profunda. OBudismo Zen, por exemplo, tem uma categoria inteira deensinos conhecidos como Kōan, que são expressamentedefinidos para combater o pensamento e discurso racional, queé frequentemente visto pelos místicos orientais como umainvenção ocidental.O Islão abraça contradições tanto nos ensinos dos seus livrossagrados – Bíblia, Corão e Hadith – como nos seus rituais. Aos
  4. 4. seus seguidores é pedido que creiam que tanto a Bíblia, como oCorão foram dados por Alá, muito embora ambos contenhamafirmações mutuamente exclusivas. Mais recentemente, tambémlhes tem sido dito que o Islão é uma religião de paz e tolerante avisões de mundo opostas, o que contradiz a história e aspalavras do fundador (Maomé).O Naturalismo/Materialismo abraça a contradição inerente dasregressões infinitas, no que diz respeito à origem do universo,dado que são categoricamente rejeitadas de imediato asexplicações sobrenaturais. Isto também coloca o problema deonde estão firmados – numa visão de mundo puramentenaturalista – a moral, o significado e o propósito.O Cristianismo é único nesta área, não impondo nenhumacontradição inerente, quer dentro do texto que se crê conter arevelação inspirada por Deus, quer nas práticas aí descritas.Existem, certamente, dificuldades que requerem algum esforçoe estudo, e muitos ensinadores cristãos têm conseguido introduzirfilosofias externas no Cristianismo, fazendo com que pareçalogicamente inconsistente ou contraditório. Apesar de muitos
  5. 5. seguidores de Jesus Cristo terem falhado em viverconsistentemente, os ensinos de Cristo encontrados no NovoTestamento estão em perfeita consistência com o que seencontra no Velho Testamento.O cristão, ao contrário dos adeptos de outras visões de mundo,não precisa aceitar um paradoxo lógico para harmonizarqualquer ensino do Cristianismo com outro ensino, ou história,ou achado científico.É suportável?Uma visão de mundo pode ser internamente consistente efornecer uma explicação do mundo, e ainda assim, não sersuportável. O ateísmo, por exemplo, oferece uma visão demundo sucinta, onde somos meramente acidentes cósmicos:acasos da natureza, cuja existência não tem qualquer propósitoou significado. Alguns, como Friedrich Nietzsche, aceitaram oniilismo que acompanha logicamente a visão naturalista douniverso. Infelizmente, Nietzsche acabou por ficar louco aotentar ser consistente com as suas crenças.
  6. 6. Contudo, muitos escolhem, pelo contrário, continuar a crer quea vida é digna de ser vivida. Que tem significado e que o quefazemos aqui na terra importa e tem ecos de alguma forma deeternidade. Crenças tão pertinazes assim, não são suportáveisnuma visão de mundo naturalista, e têm que ser pedidasemprestadas a alguma outra.Coerente, consistente e suportávelO Cristianismo é a única visão de mundo que passa a estestestes com distinção, e recomendo fortemente a quem seja sériona sua busca pela verdade, a que considere o Cristianismo.Podes perceber que a verdade que procuras, esteve sempre à tuaespera de braços abertos.Original:www.apologetics315.comTradução:www.portal-cristao.blogspot.comTítulo original: “Does God exist?” In “Is Christianity true? – 23 essaysexploring the truth of Christianity.” Traduzido por PortalCristão, 2012.Usado com permissão de Apologetics315.

×