Catálise Evolutiva

4 visualizações

Publicada em

Ponte de Luz ASEC

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Catálise Evolutiva

  1. 1. Catálise Evolutiva O Impulsionar da Evolução Luísa Cristina 16/03/2016
  2. 2. Estrutura da Palestra 1- Introdução Teórica 2-Modelo Biológico de Catálise vs Modelo de Catálise Evolutiva 3-Catálise Evolutiva
  3. 3. Introdução Teórica Base bibliográfica: Livro dos Espíritos – Allan Kardec – Terceira Parte – Leis Morais Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec – Cap. XXIV – Não ponhais a candeia debaixo do alqueire
  4. 4. Introdução • Uma das missões do Homem na Terra é evoluir. • A Lei natural é a Lei de Deus; é a única verdadeira para a felicidade do Homem. • Indica-lhe o que deve fazer ou não fazer e ele só é infeliz quando dela se afasta. • As Leis de Deus são perfeitas.
  5. 5. • A Harmonia que regula o universo material e o universo moral é fundamentada nas Leis que Deus estabeleceu para toda a eternidade. • Todas as Leis da Natureza são Leis Divinas. • O Homem precisa de muitas vidas para aprofundar as Leis Naturais da matéria e as Leis Naturais da alma.
  6. 6. • As Leis Morais compreendem as regras da vida do corpo e as da vida da alma. • Leis da Alma: referem-se às relações do Homem com Deus e com os seus semelhantes. • Todos os Homens podem conhecer a Lei Natural mas nem todos a compreendem.
  7. 7. • Os que melhor a compreendem são os Homens de bem e os que QUEREM INVESTIGÁ-LA. • Todos a compreenderão um dia, pois É PRECISO QUE O PROGRESSO SE EFETUE. • A Lei de Deus está escrita na consciência.
  8. 8. • Lei Moral: Lei do Progresso ou Lei da Evolução. • Modelo de Progresso (e Guia) que Deus ofereceu ao Homem: Jesus. • No seu tempo as pessoas simples não o entenderam, utilizou alegorias e parábolas (falava de acordo com os tempos e os lugares) para explicar as teorias mais abstratas e complexas.
  9. 9. • No essencial todos tiveram a capacidade de entendê-lo na mensagem do amor e na importância da caridade e da humildade no alcance da moralidade. • É diferente evoluir intelectualmente de evoluir moralmente. • O Espiritismo visa continuar a ajudar no esclarecimento das ideias de Jesus.
  10. 10. • Podemos aprender a evoluir se colocarmos esse objetivo e se utilizarmos facilitadores desse propósito. • Jesus utilizava alegorias, nós vamos utilizar uma metáfora científica ou um modelo por analogia.
  11. 11. Modelo Biológico de Catálise vs Modelo de Catálise Evolutiva
  12. 12. Definições • Catálise - Ação provocada pelos catalisadores. • Catalisador - Substância que acelera, retarda ou regulariza a velocidade das reações, sem nelas se consumir. • Existem catalisadores inorgânicos (dióxido de manganês) e orgânicos, estes fazem parte dos seres vivos e também são chamados de enzimas. O termo enzima foi introduzido por Kühne (do grego en zyme = na levedura).
  13. 13. Modelo de atuação enzimática
  14. 14. Catálise Evolutiva vs Catálise Biológica
  15. 15. Modelo do Encaixe Induzido
  16. 16. • Há enzimas que só funcionam na presença de certos cofatores. • A atuação de certas enzimas pode ser inibida.
  17. 17. Catálise Evolutiva
  18. 18. • Catalisadores Evolutivos - “Ferramentas” de ampliação da lucidez, discernimento e moralidade sobre o estado evolutivo individual. • Catálise Evolutiva - Conjunto de processos através dos quais o indivíduo ganha mais lucidez sobre a sua evolução e a aplica com ética e moralidade, impulsionando a sua evolução e a dos outros. O Homem somente evolui mais depressa quando ajuda os outros Homens a evoluírem.
  19. 19. • É impossível não evoluir. Tudo evolui. Até os seres mais simples (exemplo: vírus). Pode-se estagnar, mas em termos de evolução ninguém perde o que já adquiriu de positivo. • 1º Passo: aceitar que a evolução é um processo natural. Resistir e não querer mudar leva ao sofrimento.
  20. 20. Há duas formas de evoluir: Sem lucidez – pelo sofrimento. Com lucidez – pelo auto-conhecimento. Necessidade de auto-amor e auto-respeito. • Evolução: passagem de um estado de menor autoconhecimento para um de maior autoconhecimento, mantendo, cada vez mais, o equilíbrio e a serenidade íntimas.
  21. 21. Tipos de Catálise Evolutiva • Autocatálise; • Heterocatálise; • Intrapessoal; • Grupal; • Institucional; • Natural; • Técnica; • Circunstancial; • (…)
  22. 22. Agentes de Catálise Evolutiva • Intrapessoais: talentos (conquistas evolutivas) e nível de moralidade alcançado. Exemplos: humildade, disponibilidade para o outro (caridade), gosto pelo estudo, gosto por melhorar, coragem, conexão com a espiritualidade superior, hábitos sadios de saúde mental e física, determinação, resignação, vontade, disciplina, neofilia, autoinvestimentos, (…) • Externos à pessoa: Sincronicidades, Família, Duplas e Grupos de catálise, Instituições, Viagens, Ambiente (…)
  23. 23. “Metabolismo evolutivo” da alma • A evolução na vida espiritual e física depende de inúmeras “reações catalíticas” que ocorrem multidimensionalmente, através dos atributos, vivências e corpos, numa abordagem multiexistencial.
  24. 24. • Catalisar a evolução é estar atento a ela. Há, portanto, a passagem de um nível de menor maturidade para um de maior maturidade. E como é que ela se vê? • Pelo grau de paz interior que conseguimos alcançar e sentir. A HARMONIA.
  25. 25. OBRIGADA! Páscoa feliz…

×