Plano de Gestão e Funcionamento do Polo UAB Jaguariaíva

1.501 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.501
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
162
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de Gestão e Funcionamento do Polo UAB Jaguariaíva

  1. 1. Ministério de Educação e Cultura Estado Paraná Prefeitura Municipal de Jaguariaíva Secretaria Municipal de Educação e Cultura Polo de Apoio Presencial UAB Jaguariaíva-Pr PLANO DE GESTÃO E FUNCIONAMENTO Jaguariaíva- 2012
  2. 2. 1. APRESENTAÇÃO O presente Plano de Gestão do Polo de Apoio Presencial UAB de Jaguariaíva, envolve os aspectos administrativos e pedagógicos da entidade, servirá para avaliar periodicamente seus objetivos e metas. 2. IDENTIFICAÇÃO DO POLO Nome: Polo UAB de Jaguariaíva-Pr Sede: João Tracz – s/nº Condomínio Matarazzo Chamada UAB: UAB Par Código INEP: RS01032108 CEP: 84200000; Fone: (43) 35351844 e (43) 35351200 E-mail: jaguariaiva@nutead.org 2.1 Mantenedora A Prefeitura Municipal de Jaguariaíva, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ, sob o nº 76910900000138, na cidade de Jaguariaíva, PR, representado pelo seu Prefeito, Sr. Otélio Renato Baroni, é a mantenedora do Polo de Apoio Presencial UAB de Jaguariaíva. A Secretaria Municipal da Educação e Cultura será responsável pela gestão administrativo-financeira dos Acordos e Convênios necessários para a implantação, operacionalização, implementação e sustentação do Polo. 2.2 Estabelecimento O estabelecimento onde se localiza o Polo é feito de alvenaria, localiza-se na Rua João Tracz, s/nº – Bairro Cianê- Condomínio Matarazzo. Ocupa uma área de 1.291,44 m²– Pavimento localizado no prédio do Condomínio Matarazzo , este
  3. 3. pertencente a Prefeitura Municipal de Jaguariaíva-Pr, onde as salas serão ocupadas pelo polo UAB e Campus UEPG. 2.3 Atos Legais a. Diário Oficial da União processor nº 23123.000867/2006-78, quinta feira, 18 de agosto de 2009 – seção 1, página 16 –Portaria Nº 803 de agosto de 2009 – Chamada pública para seleção de Pólos Municipais de Apoio Presencial e de cursos superiores de instituiçõs federais de ensino superior na modalidade de educação a distância para o “sistema Universidade Aberta do Brasil –UAB”. b. Termo de Cooperação Técnico-Científica e/ou Convênio que entre si celebram a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)e o Município de Jaguariaíva- Pr,para fins que especifica – assinado em 1º de abril de 2008. c. Termo de Compromisso para Implantação do Polo UAB de Jaguariaíva-Pr- 21 de maio de 2009. d. Lei de Criação do Polo nº 2390/2012 de 12 de fevereiro de 2012 – Dispõe sobre a oferta de cursos na modalidade a distância, bem como dispõe sobre a implantação do Polo de Apoio Presencial no âmbito do Município e dá outras providências. 3. CARACTERIZAÇÃO DO POLO 3.1 A comunidade/ Município Um breve histórico Jaguariaíva,Surgiu como um ponto de parada no Caminho das Tropas, uma rota de tropeiros de Gado que ligava a região sul do Brasil a Sorocaba, SP no século XVIII. O povoado as margens do rio Jaguaryahiba (em Tupi: "Rio da onça brava" ou "Rio do cão bravo"; Jaguar = cão ou onça; i = rio; aiba = ruim, bravo) foi elevado a
  4. 4. Freguesia por Alvará de Dom Pedro I, a 15 de setembro de 1823. Os fazendeiros Coronel Luciano Carneiro Lobo e sua mulher Isabel Branco e Silva, proprietários da Fazenda Jaguariaíva, localizada onde hoje está o Santuário do Senhor Bom Jesus da Pedra Fria e a Praça Dona Isabel Branco começaram a organizar a povoação ao redor de sua capela e sede e com seus contatos políticos conseguiram em 24 de abril de 1875 elevar a Vila, pela Lei Provincial 423. Em 16 de abril de 1886 foi criada a Comarca. Foi elevada à categoria de Município em 21 de maio de 1892. No dia 5 de maio de 1908 a sede é elevada à categoria de Cidade. A economia de criação de gado nos Campos Gerais foi alterada com a chegada da estrada de ferro. Jaguariaíva tornou-se um entroncamento ferroviário com a chegada da Estrada de Ferro São Paulo - Rio Grande em 1902, e do ramal Paranapanema em 1910, o que permitiu a instalação de um grande número de indústrias como a do Conde Francisco Matarazzo, que possibilitaram o crescimento da cidade. Sua área é de 1.524 km² representando 0.7645 % do estado, 0.2704 % da região e 0.0179 % de todo o território brasileiro. Sua população segundo o censo 2007 era de 31.865 habitantes. O município dispõe de riquezas naturais belíssimas. Por essa razão possui um grande potencial turístico. Águas límpidas em abundância como rios, riachos, corredeiras, cascatas, formando lagos e represas. Cannions, vales, grutas, lagoas e florestas completam a paisagem da região. Além de uma história cultural riquíssima, com arquitetura de época. Atrações naturais  Parque Estadual do Cerrado;  Parque Estadual do Vale do Codó;  Parque Linear;  Parque Ruy Cunha;  Lago Azul;  Canyons de Jaguariaíva  Cachoeira Véu de Noiva;  Cachoeira do Butiá;  Cachoeira do Rio Capivari;
  5. 5.  Cachoeirão;  Morro da Mandinga - 1100 m;  Escarpa da Serra das Furnas; Na área da educação conta o Município com 10 escolas Municipais Urbanas de Educação Infantil e Ensino Fundamental Completo, 6 Escolas Municipais Rurais, 4 CEMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil), 6 Escolas Estaduais e 5 Escolas Particulares, Universidade Estadual: Campus UEPG, Faculdade Privadas: FAJAR; UAB desde 2008 oportunizando o Ensino Superior para o Município e região e o Instituto Federal do Paraná a partir de 2013. DADOS ESTATÍSTICOS  ALTITUDE....................... 840 m (segundo IPARDES)  SUPERFÍCIE..................................... 1.456,401 km².  ÁREA URBANA.............................................. 24 km²  ÁREA RURAL.................................... 1.432,401 km².
  6. 6. 3.2 O Polo O município sempre primou pela educação de seus munícipes, contudo, possuía, ainda, uma carência enorme de cursos de nível superior gratuitos, fazendo com que muitos jovens partissem para outros centros maiores em busca de novas oportunidades de estudo e, consequentemente, de novas fontes de trabalho. A instalação do Polo teve início no ano de 2008 com os três Cursos do Prolicen ( História, Letras e Geografia; Mas o funcionamento efetivo do Polo da UAB em Jaguariaíva deu-se a partir de 2009, com o processo seletivo do Curso de Licenciatura em Pedagogia pela UAB e com a nova Gestão do Município, (2008- 2012), que quando assumiu, teve conhecimento da existência do Polo UAB no Município, estando em instalações inadequadas, sem documentação, sem conhecimento da sociedade,onde havia coordenação, tutores e alunos dos respectivos cursos; Após o conhecimento do fato, o Polo passou a ter uma nova coordenação e apoio do mantenedor, pois necessitava de documentação para funcionamento e recursos humanos para receber os acadêmicos. Já em 2009 o Prefeito do Município assinou o Acordo Técnico com a Instituição que ofertava os Cursos ao Polo, a partir de agosto de 2009 sai em Diario Oficial da União, o Polo UAB em Jaguariaíva-Pr, em 2010 inicia no Polo mais cursos Ofertados pela UEPG, agora três cursos de Pós Graduação: Gestão Pública Municipal, Gestão em Saúde e Gestão Pública, e ainda mais um Cursos de Graduação: Bacharelado em Administação Pública, todos pelo PNAP/UEPG, agora com mais cursos, o Polo precisava de mais equipamentos, no mesmo ano participamos do processo de equipamentos –Capes, onde o Polo recebeu em Outubro de 2010, 36 terminais de acesso completos (CPU,monitor LCD,mouse,teclado,fone)e 2 impressoras, já em 2011, recebemos Livros para Biblioteca, sala para coordenação, sala para secretaria e coordenação e 1 auxiliar para biblioteca do Polo.Na Bibloteca do polo o mantenedor nos cedeu alguns equipamentos necessários, a disposição da Bibliotecária do Munícipio para auxiliar na Biblioteca do Polo, realizando juntamente com a auxiliar de Biblioteca resposnsavel no Polo todos os cadastros de Livros e Programas necessários. Em 2011, ofertamos os Cursos de Aperfeiçoamento em Relações Étnico Racial (UFPR) e o Curso de Qualificação em Direitos Humanos (UFPR), ainda em 2011 deu inicio a complementação do Curso de Licenciatura em Pedagogia- Oferta
  7. 7. Especial (para os alunos da Vizivale), atendendo 150 acadêmicos; No início de 2012, foi aprovado pela Câmara Municipal a Lei de Criação do Polo UAB de Jaguariaíva-Pr, neste ano ainda está sendo construido o Conselho do Polo e Regumento Interno. 3.2.1- Descrição da Infraestrutura física e logística de funcionamento O Polo UAB de Jaguariaíva-Pr desenvolve suas atividades em um prédio situado na Rua João Tracz, s/nº, localizado no Bairro Cianê, nas dependências do Condomínio Matarazzo, este pertencente à Prefeitura Municipal de Jaguariaíva-Pr, sendo um prédio antigo de alvenaria, com uma área de 1.291,44 m², onde o espaço do polo é compartilhado com o Campus UEPG. Tem o Polo à sua disposição, nos turnos manhã, tarde e noite: • 1 ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA ACADÊMCOS (HALL DE ENTRADA)-ÁREA 228,61m²; • 1 SALA PARA LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA-ÁREA 117,37m²; • 1 SALA PARA AUDITÓRIO WEB CONFERÊNCIA-ÁREA 158,66m²; • 1 SALA -PARA A BIBLIOTECA DO POLO-ÁREA 65,36 m²; • BANHEIROS HALL DE ENTRADA: 1 BANHEIRO FEMININO- ÁREA 1,44m²; • 1 BANHEIRO MASCULINO – ÁREA 1,44m² ; • 1 PARA ACESSIBILIDADE – ÀREA 2,95m²; • BANHEIROS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS: 1 MASCULINO- ÀREA 4,78m²; E 1 FEMININO - ÀREA1,26m²; • BANHEIROS COM LAVABO SALA WEB CONFERÊNCIA: 2 MASCULINO- ÀREA 1,68m² E 2 FEMININO – ÀREA 1,68m² ; • 1 SALA COORDENAÇÃO E SECRETARIA POLO- ÀREA 15,37m²; • 1 SALA COORDENAÇÃO E SECRETARIA CAMPUS UEPG-ÁREA 27,08 m²; • 1 SALA DE PROFESSORES-SECRETARIA-ÁREA 8,28m²; • 1 COZINHA-ÀREA 6,92m²; • 1 SALA ARQUIVO MORTO-PARA SALA DE ALMOXARIFADO-ÀREA 13,53m²; • 1 SALA DE AULA POLO E CAMPUS UEPG – ÁREA 54,55 m²; • 1 SALA DE AULA POLO E CAMPUS UEPG – ÁREA 47,30 m²; • 1 SALA DE AULA POLO E CAMPUS UEPG – ÁREA 47,30 m²; • 1 SALA DE AULA POLO E CAMPUS UEPG – ÁREA 56,37 m²; • 1 SALA DE AULA POLO E CAMPUS UEPG – ÁREA 56,37 m²; • 1 SALA DE AULA POLO E CAMPUS UEPG – ÁREA 45,57 m²;
  8. 8. 5 com acomodação para 30 alunos; uma sala de vídeo e webconferência com capacidade para aproximadamente 200 pessoas,1 laboratório de informática com 47 computadores ligados a internet, 1 sala para Secretaria e Coordenação Polo UAB,1sala Coordenação e Secretaria Acadêmica UEPG, 3.2.3 Descrição de recursos materiais distribuídos nos ambientes do Polo Laboratório de Informática: 4 fones de ouvido com microfone bright, 2 wirelles D- Link, 3 web cam, 36 monitores positivo, 18 noobreak, 18 CPUs positivo, 36 fones de ouvido com microfone, 2 impressoras samsung laser, 36 teclados Positivo, 36 mouse Positivo, 43 cadeiras, 1 mesa redonda 4 lugares, 17 mesas brancas para 2 computadores, 2 mesas azuis grandes para 2 computadores cada, 1 armário azul com chave para tv, 1 Televisão PHILIPS, 1 DVD PHILIPS; Sala de Web Conferência: 1 monitor samsung, 1 CPU Kolke, 1 teclado kolke, 1 mouse kolke, 1 caixinha de som kolke, 1 caixinha de som , Secretária: 1 escrivania, 4 cadeiras, 1 armário, 1 telefone, rede internet com fio, 1 notebook. Coordenação: 1 escrivania, 5 cadeiras, 1 mesa redonda pequena, Biblioteca: 6 prateleiras, 4 mesas redondas, 16 cadeiras, 1 notebook, rede wirelles, Sala de Aula 1: 35 cadeiras, 37 carteiras,2 ventiladores e 1 quadro; Sala de Aula 2: 35 cadeiras, 27 carteiras, 2 ventiladores e 1 quadro 3.2.4. - Descrição dos Recursos Humanos O Polo de Apoio Presencial UAB de Jaguariaíva, conta com os seguintes recursos humanos: - Coordenadora do Polo:
  9. 9. Profª Daniele da Silva Pinto Micalowski - Secretária Acadêmica: Márcia Antônia Mascarenhas - Auxiliar de Biblioteca: Profª Marisa Ferreira Terres Costa -Bibliotecaria: Agda - Tutores presenciais: Michele da Silva Monteiro (Bacharelado em Administração Pública-PNAP-UEPG) Caren Priscila Pulquerio Alves (Curso Licenciatura em História - Prolicen) Sandra Regina Silverio Jayme (Curso Licenciatura em Pedagogia-Oferta Especial- UEPG/UAB) Marisa Ferreira Terres Costa (Curso Licenciatura em Pedagogia-Oferta Especial- UEPG/UAB) Glaci Ferraz (Curso Licenciatura em Pedagogia-UAB-UEPG) -Técnico em Informática: Pedro Holtz 4. Atribuições do Coordenador de Polo e do Tutor Presencial O Coordenador de Polo – O coordenador será um professor da rede municipal e/ou estadual, com experiência comprovada de, no mínimo, três (03) anos no Magistério, na Educação Básica. No exercício de sua função, será um importante interlocutor em assuntos e temas relativos às políticas públicas para a área educacional, abrangendo desde a educação básica até o Ensino Superior. Deverá buscar a consolidação de ações, programas do MEC, no nível municipal, zelando junto aos demais servidores públicos municipais e estaduais, para que o Polo seja um espaço social, acadêmico e cultural determinante para as metas do desenvolvimento regional sustentável. Diante disso, faz-se necessário que o Município amplie o tempo desse profissional no Polo, conforme ofício da CAPES de 16 de outubro de 2008 e conforme Manual de Orientações para Mantenedores e Gestores da CAPES e da DED.
  10. 10. 5. O Tutor Presencial O tutor presencial é aquele professor motivador, comprometido com a educação, ativador dos alunos, assegurando uma aprendizagem efetiva. A instituição interessada deverá escolher um professor da rede municipal ou estadual, residente no Município de Agudo, com formação de nível superior – Licenciatura – e experiência comprovada de no mínimo um ano no magistério, na educação básica. Será selecionado um (01) tutor para cada turma de 25 alunos. A seleção dos tutores fica a cargo da IES contemplando o que tiver o melhor currículo e demais critérios que por ela serão estabelecidos, conforme edital. No exercício da função, cabe criar um ambiente agradável e seguro para que os alunos sintam-se confiantes, integrandos ao grupo, estabelecendo um ambiente de apoio e segurança necessária, alcançando desta forma um grau de comprometimento com as tarefas propostas pelos tutores e professores a distância, buscando soluções construtivas para todo e qualquer problema surgido ao longo do desenvolvimento do curso. 6- A PROPOSTA DE POLO DE APOIO PRESENCIAL 6.1- Objetivos O Polo, respeitados seus valores institucionais que se espelham nos parâmetros e normas contidos em documentos oficiais do Ministério da Educação, e das IES Públicas, convergirão para os fins mais amplos da educação, preconizados pela legislação de ensino, tem por objetivos: I - oferecer, prioritariamente, cursos de licenciatura e de formação inicial e continuada aos professores da Educação Básica; II - contribuir para o desenvolvimento e promoção de conhecimento, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão. II - auxiliar na formação de profissionais competentes nas áreas em que atuam. III - oportunizar condições para o aperfeiçoamento, formação continuada, atualização e a especialização profissional, através do acesso virtual, quando assim o acadêmico desejar, salvo os momentos presenciais obrigatórios.
  11. 11. IV - abrir espaços para a formação do espírito crítico e participativo e o contato com as tecnologias que possibilitem a inclusão digital. 7 - NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO/PARCERIAS CONQUISTADAS: Dentro deste Sistema, a primeira instituição a ser parceira com nosso município foi a Universidade Estadual de Ponta Grossa-, cujo convênio foi assinado no ano de 2009. CURSO UNIVERSIDADE TIPO DE CURSO TOTAL DE ALUNOS Licenciatura em História- Prolicen UEPG Licenciatura 25 04 Licenciatura em Geografia- Prolicen UEPG Licenciatura 20 Licenciatura em Letras- Prolicen UEPG Licenciatura 17 Licenciatura em Pedagogia UEPG Graduação Licenciatura 50 35 Licenciatura em Pedagogia- Oferta Especial UEPG Graduação - Licenciatura 149 Administração Pública UEPG Bacharelado 50 29 8. POLÍTICA DE FUNCIONAMENTO 8.1 - Horário de Funcionamento Segunda-feira a sexta-feira Manhã: 8h às 12h Tarde: 13h e 30min às 17h e 30min Noite: 18h às 22h **Sábado: Pela manhã, tarde e noite, quando necessário e/ou de acordo com as atividades previamente agendadas pelas IFES. Mensalmente, ou sempre que necessário, far-se-á uma reunião com a coordenadora, tutores presenciais e funcionários. A reunião terá registro em Ata.
  12. 12. 8.2- Horário de Atendimento da Equipe de Trabalho do Polo: Os integrantes da Equipe de trabalho do Polo desenvolverão suas atividades diariamente, estando à disposição dos acadêmicos no horário de funcionamento do Polo, inclusive aos sábados, quando convocados. 8.3 - Funcionamento da Biblioteca: A Biblioteca possui um Regulamento Interno (Anexo 02) que estabelece as normas para o seu funcionamento. O horário de atendimento da Biblioteca obedece àquele estabelecido para o funcionamento do Polo. 8.4- Aulas e / ou provas presenciais: As aulas e provas presenciais são realizadas de acordo com o agendamento prévio pelas instituições parceiras. Quando houver mais de um curso, as datas serão acordadas conforme o dia e horário disponível para cada disciplina. As provas presenciais serão aplicadas pelos professores tutores presenciais e/ou a distância com a presença do coordenador do Polo. As provas chegam ao Polo pelas tutoras a distância ou professores já impressas, via e-mail ou por SEDEX. Eventualmente também são realizadas avaliações na Plataforma Moodle. Será lavrada uma ata de presença a ser enviada à instituição juntamente com as provas no próximo dia útil ao de sua realização. Uma cópia xérox da ata deverá ser arquivada no Polo. 9. Orçamento para as despesas do Polo Descrição das despesas do Polo * Conforme LDO (anexo 3)
  13. 13. 10 - Outras Deliberações Cabe à Administração Municipal contratar os recursos humanos que atendam às seguintes funções: Secretário (a) Acadêmico (a), Bibliotecário, Técnico em Informática, Auxiliar de Serviços Gerais. É de responsabilidade da Equipe de trabalho do Polo e da Coordenação, respeitando cada uma das funções, repassar todas as orientações enviadas pelo MEC e/ou Instituições de Ensino Superior parceiras do projeto UAB a Secretaria Municipal de Educação e/ou ao Executivo Municipal. No final do ano letivo, o Polo encaminhará ao Executivo Municipal e à Secretaria Municipal da Educação e Cultura, um Relatório das atividades desenvolvidas. Jaguariaíva/ 2012. Alcione Lemos Sec.Mun.Educação, Cultura e Esportes Decreto nº488/2010 de 16/06/2010 Daniele da Silva Pinto Micalowski Coordenadora Polo UAB – Jaguariaíva-Pr Portaria 06/2009 de 31/03/2009

×