10 m3

1.307 visualizações

Publicada em

Informação do Workshop de 3h: “Dez M ao Cubo” dia 30 de Abril (Sábado) na XX Convenção da Promofitness

Publicada em: Esportes
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.307
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
176
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

10 m3

  1. 1. 10M3<br />Paulo Sena<br />www.paulosena.com<br />pjrsena@gmail.com<br />
  2. 2. As Razões<br />
  3. 3. Várias articulações e grupos musculares.<br />Rentabilizam tempo.<br />Funcionalidade<br />Aumentar força.<br />Mais impacto sobre outros sistemas. <br />Movimentos mais amplos.<br />Ferramentas simples.<br />> 100 anos.<br />Equilíbrio muscular.<br />Maior gasto energético.<br />
  4. 4. Intenções<br />
  5. 5. Principais grupos musculares<br />Erros e correcções<br />Experimentar os movimentos<br />
  6. 6. Movimentos<br />
  7. 7. Agachamento<br />Peso Morto<br />Flexões de Braços<br />Supino<br />Press acima da cabeça<br />Afundos nas paralelas<br />Elevações na barra<br />Curl com barra<br />Abdominais<br />Movimentos combinados<br />Powerclean<br />Thruster<br />Cleanandpress<br />Bear<br />
  8. 8. CONSULTE UM MÉDICO ANTES DE INICIAR UM PROGRAMA DE EXERCÍCIO FÍSICO.<br />TERMINE O EXERCÍCIO SE SENTIR DORES NO PEITO, TONTURAS, VISÃO TURVA OU GRANDE FALTA DE AR.<br />
  9. 9. Posição de Base<br />
  10. 10. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Pés à largura dos ombros.<br />Contrair ligeiramente os glúteos para efectuar uma ligeira retroversão da bacia.<br />Deslizar ligeiramente as omoplatas para trás e puxar um pouco o peito para fora.<br />Olhar em frente.<br />Manter a curvatura natural das regiões lombar e cervical da coluna.<br />
  11. 11. Agachamentopeso do corpo<br />
  12. 12. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Pés mais afastados do que a largura dos ombros.<br />Peso nos calcanhares que estão SEMPRE em contacto com o solo. <br />Peito elevado, ombros para trás.<br />Iniciar flectindo a anca como se fosse sentar-se.<br />Joelhos alinhados pelas pontas dos pés.<br />Baixar até as ancas estarem abaixo dos joelhos.<br />Minimizar movimento das canelas.<br />
  13. 13. Agachamentobraços acima da cabeça<br />
  14. 14. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Esta alternativa ao agachamento, implica mais equilíbrio e mais trabalho postural e de cintura.<br /><ul><li> Manter os braços extendidos acima da cabeça.</li></li></ul><li>Agachamentocom barra<br />
  15. 15. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante do agachamento, utiliza-se uma barra para aumentar a dificuldade.<br /><ul><li> Barra apoiada nos trapézios.
  16. 16. Mãos com afastamento confortável para os ombros.</li></li></ul><li>Agachamentobarra acima da cabeça<br />
  17. 17. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante do agachamento, o peso situa-se acima da cabeça.<br /><ul><li> Pega com o afastamento necessário.
  18. 18. Braços completamente extendidos.
  19. 19. Barra situada por cima das escápulas.
  20. 20. Olhar oblíquo.
  21. 21. Ao subir, imaginar que quer tocar com os ombros nas orelhas. “Encolher os ombros”.</li></li></ul><li>Agachamentofrontal<br />
  22. 22. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante do agachamento, o peso situa-se nos ombros.<br /><ul><li>Cotovelos elevados.</li></li></ul><li>Peso Mortocom barra<br />
  23. 23. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Colocar a parte média dos pés debaixo da barra.<br />Pés à largura das ancas, na posição mais vantajosa para efectuar um salto vertical.<br />Pega com as mãos por fora dos joelhos.<br />Flectir os joelhos até as canelas tocarem a barra.<br />Peito elevado e ombros para trás.<br />Omoplatas por cima da barra.<br />Puxar suavemente a barra sem hiper-extender os joelhos.<br />A descida inicia-se flectindo a anca e os joelhos, mantendo a barra próxima do corpo.<br />Baixar até a barra estar ligeiramente abaixo dos joelhos e subir de novo.<br />
  24. 24. Peso Mortotipo sumo<br />
  25. 25. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Esta variante do peso morto tem menor participação da zona lombar.<br /><ul><li> Mãos situam-se por entre os joelhos.
  26. 26. Peito elevado.
  27. 27. Os pés muito afastados apontando para fora.
  28. 28. Joelhos alinhados pelas pontas dos pés.
  29. 29. Baixar a barra quase até pousar no chão.</li></li></ul><li>Peso Mortopernas extendidas<br />
  30. 30. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante do peso morto, os joelhos não se movimentam.<br /><ul><li> Iniciar o movimento como um peso morto normal.
  31. 31. Baixar suavemente de acordo com a flexibilidade, enquanto conseguir manter a coluna rectilínea.
  32. 32. Iniciar a subida lentamente.
  33. 33. Os joelhos devem manter-se minimamente flectidos e rígidos.</li></li></ul><li>TIPOS DE PEGAS<br />Pega em supinação: palmas das mãos voltadas para cima.<br />Pega em pronação: palmas das mãos voltadas para baixo.<br />Pega mista: palmas das mãos em sentidos opostos.<br />
  34. 34. Flexões de Braçosjoelhos apoiados<br />
  35. 35. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante das flexões de braços, os joelhos apoiados diminuem a dificuldade.<br /><ul><li> Corpo rígido em prancha.
  36. 36. Ombros, ancas e joelhos formam uma linha recta.
  37. 37. Mãos ao lado do tronco, abaixo da linha dos ombros e afastadas do tronco.
  38. 38. Manter a amplitude total de movimento.</li></li></ul><li>Flexões de Braçosapoiado num banco<br />
  39. 39. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante das flexões de braços, as mãos apoiadas num banco ou na parede num plano inclinado, diminuem a dificuldade.<br /><ul><li> Corpo rígido em prancha.
  40. 40. Ombros, ancas e joelhos formam uma linha recta.
  41. 41. Mãos ao lado do tronco, abaixo da linha dos ombros e afastadas do tronco.
  42. 42. Manter a amplitude total de movimento.</li></li></ul><li>Flexões de Braçoshorizontal<br />
  43. 43. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Corpo rígido em prancha.<br />Ombros, ancas, joelhos e tornozelos formam uma linha recta.<br />Mãos ao lado do tronco, abaixo da linha dos ombros e afastadas do tronco.<br />Manter a amplitude total de movimento.<br />
  44. 44. Supinocom barra<br />
  45. 45. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Pés bem assentes no solo.<br />Deitar com a cabeça por baixo da barra.<br />Segurar a barra com as mãos um pouco mais afastadas do que a largura dos ombros.<br />Peito bem levantado.<br />Manter o olhar no tecto e não na barra.<br />Baixar a barra até tocar suavemente o peito.<br />Regressar à posição inicial.<br />O percurso da barra deverá ser vertical.<br />
  46. 46. Press de Ombroscom barra<br />
  47. 47. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Barra por cima dos ombros.<br />Peito elevado.<br />Pega ligeiramente mais afastada do que a largura dos ombros.<br />Cotovelos à frente da barra.<br />Pés afastados à largura dos ombros.<br />Cabeça ligeiramente afastada para trás.<br />Empurrar a barra para cima da cabeça.<br />Manter abdominal tenso.<br />
  48. 48. PushPresspress com impulso<br />
  49. 49. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante do press de ombros, utiliza-se um impulso das ancas e das pernas.<br /><ul><li> Flectir ancas e joelhos mantendo o tronco vertical.
  50. 50. Realizar um pequeno afundo (um quarto de um agachamento).
  51. 51. Sem parar em baixo, extender forçadamente ancas e pernas. Só depois se extendem ombros e braços.</li></li></ul><li>Afundos nas paralelasassistidos<br />
  52. 52. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante dos afundos nas paralelas, utiliza-se uma máquina que nos ajuda a realizar o movimento ou um companheiro que nos alivia a carga, segurando nos pés.<br />
  53. 53. Afundos nas paralelaspeso do corpo<br />
  54. 54. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Subir para as paralelas, utilizando os degraus ou um banco.<br />Procurar a posição mais forte e confortável e uma posição mais natural dos cotovelos. <br />O peso deverá ser equilibradamente distribuído. Peito elevado.<br />Começar o exercício com os braços extendidos ou ligeiramente flectidos. <br />Descer dobrando os cotovelos até que os braços estejam paralelos ao chão (dependendo da flexibilidade).<br />Iniciar a subida de forma suave.<br />O movimento termina com os braços extendidos mas não hiper-extendidos.<br />Sair utilizando os degraus.<br />
  55. 55. Elevaçõesassistidas<br />
  56. 56. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante das elevações, utiliza-se uma máquina que nos ajuda a realizar o movimento ou um companheiro que nos alivia a carga, segurando nos pés.<br />
  57. 57. Elevaçõespeso do corpopega em supinação<br />
  58. 58. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Subir utilizando os degraus ou um banco.<br />Segurar a barra com as palmas das mãos voltadas para cima e mantendo-as diante dos ombros.<br />Iniciar o exercício encostando as omoplatas uma à outra.<br />Puxar o peito em direcção à barra. <br />Voltar à posição inicial sem relaxar os ombros nem hiper-extender os cotovelos.<br />
  59. 59. Elevaçõespeso do corpopega em pronação<br />
  60. 60. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Subir utilizando os degraus ou um banco.<br />Segurar a barra com as palmas das mãos voltadas para baixo mantendo-as ligeiramente mais afastadas do que os ombros.<br />Iniciar o exercício encostando as omoplatas uma à outra.<br />Puxar o peito em direcção à barra. <br />Voltar à posição inicial sem relaxar os ombros nem hiper-extender os cotovelos.<br />
  61. 61. Curlcom barra<br />
  62. 62. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Na posição de base, segurar a barra com as palmas das mãos voltadas para a frente.<br />Fixar os cotovelos ao lado da cintura.<br />Começar a flectir os cotovelos. <br />Evitar que os cotovelos se movimentem para a frente. Manter o braço na vertical.<br />Baixar até a barra se aproximar das coxas e os cotovelos estarem quase completamente extendidos.<br />
  63. 63. Encolhimentos Abdominaisbraços no peito<br />
  64. 64. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Deitar de barriga para cima.<br />Flectir os joelhos mantendo os pés ligeiramente afastados e apoiados no chão.<br />Cruzar os braços no peito.<br />Elevar ombros e parte superior do tronco, expirando todo o ar.<br />Regressar à posição inicial mas sem voltar a tocar o solo com os ombros ou a cabeça.<br />Manter o queixo afastado do peito.<br />
  65. 65. Encolhimentos Abdominaisbraços acima da cabeça<br />
  66. 66. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante dos encolhimentos abdominais, os braços situam-se extendidos acima da cabeça para criar mais dificuldade.<br />
  67. 67. Encolhimentos Abdominaisinvertidos<br />
  68. 68. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Nesta variante dos encolhimentos abdominais, a dificuldade aumenta bastante devido ao peso das ancas e pernas que se movimentam.<br /><ul><li> Deitar de barriga para cima. Mãos ao lado das ancas.
  69. 69. Elevam-se as ancas para trás com alguma ajuda dos braços.
  70. 70. Não permitir que as pernas balancem para baixo quando as ancas regressam à posição inicial.</li></li></ul><li>Elevações de Troncopeso do corpo<br />
  71. 71. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Neste movimento assumimos que o recto abdominal actua sobretudo como estabilizador nos movimentos desportivos e na manutenção da nossa postura.<br />Braços extendidos com as mãos acima dos ombros.<br />Iniciamos o movimento elevando as mãos no sentido vertical.<br />As pernas flectidas durante todo o percurso do movimento.<br />No final o tronco está vertical e braços acima da cabeça.<br />
  72. 72. Elevações de Troncoassistidas com barra<br />
  73. 73. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Neste movimento assumimos que o recto abdominal actua sobretudo como estabilizador nos movimentos desportivos e na manutenção da nossa postura. <br />Utiliza-se uma barra para aumentar a dificuldade e um companheiro para ajudar a fixar os pés no solo.<br />
  74. 74. Prancha<br />
  75. 75. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Este exercício é uma posição estática.<br />Cotovelos apoiados no solo e directamente por baixo dos ombros.<br />Manter uma linha desde os tornozelos, passando pelas ancas até aos ombros.<br />Corpo completamente rígido.<br />Manter uma respiração normal ventilando constantemente com a boca entreaberta.<br />
  76. 76. PowerCleancom barra<br />
  77. 77. PONTOS FUNDAMENTAIS<br />Segurar a barra com as mãos ao lado das coxas.<br />Flectir a anca e os joelhos de forma que a barra desça até meio das coxas.<br />Extender as ancas e os joelhos de forma explosiva.<br />Os braços não puxam enquanto as ancas e joelhos não estiverem completamente extendidos.<br />Encolher os ombros antes de flectir os braços.<br />Consoante a barra sobe, flectir ancas e joelhos para colocar o corpo por baixo da barra. “Apanhar” a barra nos ombros.<br />Extender ancas e joelhos até ficar com o corpo direito.<br />Voltar à posição inicial de forma controlada.<br />
  78. 78. Movimentos Combinados<br />
  79. 79. Thrustercom barra<br />1. agachamento frontal2. push press<br />
  80. 80. Bearcom barra<br />1. peso morto2. thruster (agachamento frontal+pushpress)3. agachamento4. push press<br />

×