UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA S...
Justificativa <ul><li>A Política de Saúde Mental, em seu escorço teórico passou por importantes e significativas transforma...
Objetivo <ul><li>Geral </li></ul><ul><li>Analisar a produção individual e coletiva em áudio para ser veiculada na tecnolog...
Origem da investigação <ul><li>Percurso  acadêmico, </li></ul><ul><li>Tendo vista a parceria à atenção mental existente de...
Cenário que desdobra a realidade 10/06/11
Problema 10/06/11 ?
Locus 10/06/11
Relevância do Estudo <ul><li>Este debate abre a inserção de práticas terapêutica alternativas (acompanhando a tendência da...
Dimensão <ul><li>A priori no cenário maceioense, em especial no Centro de Atenção Psicossocial Dr. Rostan Silvestre; </li>...
Fundamentos Teóricos e Conceituais 10/06/11
Pontos Convergentes e Divergentes 10/06/11
Resultados de Pesquisas na Temática <ul><li>UFRGS.  Programa de Pós Graduação em Psicologia Social e Institucional  (Maras...
Tendências 10/06/11
Caracterização do problema 10/06/11 http://www.oeuqueeuera.blogspot.com [email_address] Projeto Criando Laços em Saúde Men...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Criando Laços em Saúde Mental

426 visualizações

Publicada em

Criando Laços em Saúde Mental

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
426
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
84
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Criando Laços em Saúde Mental

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA SEMINÁRIO DE PESQUISA EM TIC NA EDUCAÇÃO Maceió 2011
  2. 2. Justificativa <ul><li>A Política de Saúde Mental, em seu escorço teórico passou por importantes e significativas transformações, evoluindo em definitivo de um modelo centrado na referência hospitalar, para um modelo de atenção diversificada . </li></ul><ul><li>Autonomia dos CAPS para produção/aplicação de oficinas terapeuticas. </li></ul>10/06/11
  3. 3. Objetivo <ul><li>Geral </li></ul><ul><li>Analisar a produção individual e coletiva em áudio para ser veiculada na tecnologia webrádio no CAPS Dr. Rostan Silvestre com o fim de que possa fazer parte das práticas terapêuticas no processo de reinserção social dos sujeitos com sofrimento psíquico. </li></ul><ul><li>Específico </li></ul><ul><li>Verificar o potencial da produção radiofônica como elemento viabilizador de saúde mental em sujeitos com sofrimento psíquico; </li></ul><ul><li>Analisar como se dá o protagonismo dos usuários do serviço de saúde mental no uso de webrádio como estratégia de ampliação de suas redes sociais; </li></ul><ul><li>Ampliar os canais de interação para a produção e divulgação de questões de saúde mental para a sociedade alagoana. </li></ul>10/06/11
  4. 4. Origem da investigação <ul><li>Percurso acadêmico, </li></ul><ul><li>Tendo vista a parceria à atenção mental existente desde o ano de 2010 com o desenvolvimento de projeto de extensão com oficinas de aplicativos de informática na prática terapêutica financiado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Pesquisa Ação – PIBIP-AÇÃO 2010 e um projeto de revisão de literatura sobre rádio e saúde mental financiado pelo programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica – PIBIC 2010, ambos os programas desenvolvidos em conjunto com o Centro de Educação (CEDU) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). </li></ul>10/06/11
  5. 5. Cenário que desdobra a realidade 10/06/11
  6. 6. Problema 10/06/11 ?
  7. 7. Locus 10/06/11
  8. 8. Relevância do Estudo <ul><li>Este debate abre a inserção de práticas terapêutica alternativas (acompanhando a tendência da Legislação em Saúde Mental e os preceitos da reforma psiquiátrica) de socialização do sujeito acompanhando a tendência da reinserção social, pois novas aplicações são experiencadas em diversos setores da sociedade com dispositivos digitais. </li></ul>10/06/11
  9. 9. Dimensão <ul><li>A priori no cenário maceioense, em especial no Centro de Atenção Psicossocial Dr. Rostan Silvestre; </li></ul><ul><li>A posteriori nos 47 CAPS alagoanos a partir da parceria com o Conselho Municipal de Saúde Mental. </li></ul>10/06/11
  10. 10. Fundamentos Teóricos e Conceituais 10/06/11
  11. 11. Pontos Convergentes e Divergentes 10/06/11
  12. 12. Resultados de Pesquisas na Temática <ul><li>UFRGS. Programa de Pós Graduação em Psicologia Social e Institucional (Maraschin, Cleci  e AXT, Margarete; Analice de Lima Palombini); </li></ul><ul><ul><ul><li>Informática e produção da subjetividade </li></ul></ul></ul><ul><li>Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI – Santo Ângelo. Extensão (FRANCISCO, Deise Juliana); </li></ul><ul><ul><ul><li>Prática Radiofônica em Saúde Mental </li></ul></ul></ul>10/06/11
  13. 13. Tendências 10/06/11
  14. 14. Caracterização do problema 10/06/11 http://www.oeuqueeuera.blogspot.com [email_address] Projeto Criando Laços em Saúde Mental Web Criando Laços

×