Aula 03 matemática financeira

3.540 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.540
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
517
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
140
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 matemática financeira

  1. 1. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 TÉCNICO EM LOGÍSTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA Aula 03
  2. 2. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 AULA 03 Juros Simples e Juros Compostos
  3. 3. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Podemos definir juros como o rendimento de uma aplicação financeira, valor referente ao atraso no pagamento de uma prestação ou a quantia paga pelo empréstimo de um capital. Atualmente, o sistema financeiro utiliza o regime de juros compostos, por ser mais lucrativo. Os juros simples eram utilizados nas situações de curto prazo, hoje não utilizamos a capitalização baseada no regime simples. Mas vamos entender como funcionava a capitalização no sistema de juros simples.
  4. 4. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 No sistema de capitalização simples, os juros são calculados baseados no valor da dívida ou da aplicação. Dessa forma, o valor dos juros é igual no período de aplicação ou composição da dívida. Aqui a aplicação dos juros se dá como uma Progressão Aritimética onde a razão de um elemento para outro é constante. Vejamos o exemplo de uma PA: 10, 12, 14, 16 - é uma PA de razão 2 O valor de cada elemento corresponde ao elemento anterior somado a 2 60, 90, 120, 150 - é uma PA de razão 30 O valor de cada elemento corresponde ao elemento anterior somado a 30
  5. 5. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Embora raramente se veja operações financeiras utilizando juros simples, é importante entender como ele funciona pois facilitará a compreensão dos juros compostos.
  6. 6. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Cálculo do juros J = C . i . t Onde: J = valor dos juros C = capital ou valor presente I = taxa de juros T = tempo FÓRMULAS DE JUROS SIMPLES Cálculo Montante M = J + C Onde: M = montante J = valor dos juros C = capital ou valor presente
  7. 7. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 CONVERTENDO O TEMPO 1 ano = 360 dias 1 ano = 4 semestres 1 ano = 12 meses 1 mês = 30 dias CONVERTENDO AS UNIDADES DE MEDIDAS Em MATEMÁTICA FINANCEIRA o ano possui sempre de 360 dias e o mês possui sempre de 30 dias Para igualar a unidade de tempo de todas as sentenças, basta seguir a tabela ao lado. Exemplo: 4% am e prazo de 2 anos. Como a taxa está expressa “ao mês” e sabemos que 1 ano possui 12 meses, basta multiplicar (2 X 12) que teremos 24 meses
  8. 8. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 CONVERTENDO A TAXA X% am = 12x aa X% aa = x/12 am X% aa = x/6 as X% at = 4X aa CONVERTENDO AS UNIDADES DE MEDIDAS Em MATEMÁTICA FINANCEIRA o ano possui sempre de 360 dias e o mês possui sempre de 30 dias Para igualar a unidade de tempo de todas as sentenças, basta seguir a tabela ao lado. Exemplo: 4% am e prazo de 2 anos. Como a taxa está expressa “ao mês” e sabemos que 1 ano possui 12 meses, basta multiplicar (4 X 12) que teremos 48%aa
  9. 9. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 01 – Um capital de R$5.000,00 é aplicado a uma taxa de 1,35% am durante 36 meses. Qual o valor dos juros? C = 5.000,00 I = 1,35%am T = 36 meses EXERCÍCIOS RESOLVIDOS J = C . i . t J = 5.000,00 . 0,0135 . 36 J = 2.430,00 Observação 01 – ao levar a taxa para dentro da formula, SEMPRE colocá-la em forma decimal. Observação 02 – Atenção quanto a forma em que a taxa esta expressa pois deve estar com a mesma unidade de medida que o tempo. Neste caso tanto a taxa quanto o tempo estão expressos em meses. Caso esteja diferentes, é necessário transformá- los na mesma unidade.
  10. 10. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 02 – Um capital de R$5.000,00 é aplicado a uma taxa de 1,35% am durante 2 anos. Qual o valor dos juros? C = 5.000,00 I = 1,35%am T = 2 anos EXERCÍCIOS RESOLVIDOS J = C . i . t J = 5.000,00 . 0,0135 . 24 J = 1.620,00 Observação – antes de colocar os valores na fórmula, deve-se transformar a taxa e/ou o tempo numa mesma unidade. Neste caso transformamos o tempo que era de 2 anos em 24 meses ficando assim compatível com a expressão da taxa. (am)
  11. 11. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 03 – Com base no exercício anterior, qual o montante da aplicação? C = 5.000,00 I = 1,35%am T = 2 anos EXERCÍCIOS RESOLVIDOS M = C + J M = C + (C . I . T) M = 5.000,00 + (5.000,00 . 0,0135 . 24) J = 6.620,00
  12. 12. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 04 – João emprestou R$ 800,00 para seu irmão participar de um congresso em São Paulo. Seu irmão se comprometeu a devolver o valor presente em 4 meses e que pagaria também R$ 16,00 por mês de juros. Qual o valor da taxa dessa operação ? C = 800,00 I = ? T = 4 meses J = 16,00 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS J = C . I . t 16,00 = 800,00 . I . 1 800,00 i = 16,00 I = 16,00 / 800,00 I = 0,02 I = 2,00 % Observação – como se trata de juros simples e o enunciado nos falou que os R$ 16,00 correspondem aos juros de um mês, o valor do tempo será 1.
  13. 13. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 05 – Um container tem uma vida útil de aproximadamente 15 anos. Considerando que hoje, 6 anos após a compra, o container seja vendido por R$ 3.800,00, que a desvalorização foi calculada a uma taxa de juros simples e que o valor anual de desvalorização foi de R$ 660,00, qual foi o valor de compra desse container quando foi adquirido novo? M = ? J = 660,00 aa T = 6 anos C = 3.800,00 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS M = C + J M = 3.800,00 + 3.960,00 M = 7.760,00 Considerando o valor de J = 660,00 aa e que o valor de T = 6 anos, multiplicaremos esses elementos para encontrar o valor total que o container desvalorizou neste período. Portanto: Juros total = 660,00 . 6 Juros total = 3.960,00
  14. 14. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Assista ao vídeo “Juros Simples 2” Assistam ao vídeo identificado abaixo para fixação do conceito. Basta clicar no link abaixo desta aula. Assista ao vídeo “Juros Simples 1”
  15. 15. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO Exercício de Fixação – Aula 03
  16. 16. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 O atual sistema financeiro utiliza o regime de juros compostos, pois ele oferece uma maior rentabilidade se comparado ao regime de juros simples, onde o valor dos rendimentos se torna fixo, e no caso do composto o juro incide mês a mês de acordo com o somatório acumulativo do capital com o rendimento mensal, isto é, prática do juro sobre juro. As modalidades de investimentos e financiamentos são calculadas de acordo com esse modelo, pois ele oferece um maior rendimento, originando mais lucro. JUROS COMPOSTOS
  17. 17. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Considere que uma pessoa aplique R$ 500,00 durante 8 meses em um banco que paga 1% de juro ao mês. Qual será o valor ao final da aplicação? A tabela demonstrará mês a mês a movimentação financeira na aplicação do regime de juros compostos. JUROS COMPOSTOS
  18. 18. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Note que o capital do mês 2 equivale ao montante do mês 1, que o capital do mês 3 equivale ao montante do mês 2 e assim sucessivamente. Deste modo, o valor do capital sempre estará atualizado para que o juros sejam calculados novamente JUROS COMPOSTOS
  19. 19. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 FÓRMULAS DE JUROS COMPOSTOS Cálculo Montante M = C . (1 + i)ᵗ Onde: M = montante C = capital ou valor presente I = taxa T = tempo PMT = parcela J = Juros Cálculo Montante M = C + J Cálculo da Parcela
  20. 20. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Podemos perceber que na fórmula de Juros Compostos há o incremento de uma potência. Quando falamos anteriormente que a unidade da taxa (i) e do tempo (t) tinham de ser iguais. Aqui no Juro Compostos esse é um detalhe IMPORTANTÍSSIMO. Portanto sempre que houver diferenças, devemos igualar tais sentenças antes de iniciar a operação. Outro detalhe que devemos estar atentos é que a taxa deve estar expressa em número decimal para ser calculada na fórmula, ou seja: 10% = 10/100 = 1/10 = 0,10
  21. 21. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 1) João deseja comprar um carro que custa R$ 24.500,00. Ele pretende financiar o carro em 48 meses. Sendo a taxa de 1,49% am, qual o valor das prestações? EXERCÍCIOS CORRIGIDOS C = 24.500,00 T = 48 meses I = 1,49% Pmt = 24.500 . 0,0149 / 1 – ( 1 / (1+0,0149)^48) Pmt = 365,05 / 1 – 0,4917 Pmt = 365,05 / 0,5083 Pmt = 718,18
  22. 22. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 2) Qual o total a ser pago por um empréstimo tomado no Banco Y no valor de R$ 1.500,00 a uma taxa de 4,98%am e com 5 parcelas? EXERCÍCIOS RESOLVIDOS C = 1.500,00 T = 5 meses I = 4,98% M = c . (1 + i)^n M = 1.500,00 . (1 + 0,0498) ^5 M = 1.912,60
  23. 23. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Assista ao vídeo “Juros Simples e Juros Compostos” Assistam ao vídeo identificado abaixo para fixação do conceito. Basta clicar no link abaixo desta aula. Assista ao vídeo “Matemática Financeira - Juros Compostos”
  24. 24. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO Exercício de Fixação – Aula 03
  25. 25. Prof. Esp. Cláudio PinaJulho/2013 Aula 03 Chegamos ao final de nossa terceira aula. Façam os exercícios de fixação, não deixe de assistir aos vídeos e vamos em frente que as próximas aulas já estão chegando!! Até mais meus caros!!!

×