O TEXTO       POÉTICO NOÇÕES DEVERSIFICAÇÃO
Ser PoetaSer poeta é ser mais alto, é ser maiorDo que os homens! Morder como quem beija!É ser mendigo e dar como quem seja...
dito por Ricardo Gil      Soeiro
Cântico negro"Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos docesEstendendo-me os braços, e segurosDe que seria bom que eu ...
Se ao que busco saber nenhum de vós respondePor que me repetis: "vem por aqui!"?Prefiro escorregar nos becos lamacentos,Re...
Ide! Tendes estradas,Tendes jardins, tendes canteiros,Tendes pátria, tendes tetos,E tendes regras, e tratados, e filósofos...
Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,Ninguém me peça definições!Ninguém me diga: "vem por aqui"!A minha vida é um vend...
dito por João Villaret
No texto poético há um “eu” que fala das suasemoções, do que sente em relação ao que orodeia.É um texto onde há subjetivid...
VERSO: linha de uma composição poética, dotada de um ritmo e      cadência determinados.ESTROFE: grupo de versos que forma...
CLASSIFICAÇÃO DAS ESTROFES QUANTO AO NÚMERO DE                      VERSOS  N.º de versos             Designação       1  ...
Vejamos os principais tipos de rimas:                                Tipos de rimas                  A             A      ...
Exemplo de rima:• Exemplo:Tão comprido o Inverno, a   (atribui-se a cada som final uma letra)chuva, lama, pobreza,   bÉ da...
De acordo com a posição na estrofe, a         rima pode apresentar-se:Emparelhada – quando os versos que rimam se encontra...
Rimas ricas e pobres   De acordo com o critério gramatical, a    rima pobre ocorre entre palavras    pertencentes à mesma ...
Nasce o sol e não dura mais que um dia          Depois da luz se segue a noite escura,         Em tristes sombras morre a ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O texto poético 2012

3.546 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.546
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
233
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O texto poético 2012

  1. 1. O TEXTO POÉTICO NOÇÕES DEVERSIFICAÇÃO
  2. 2. Ser PoetaSer poeta é ser mais alto, é ser maiorDo que os homens! Morder como quem beija!É ser mendigo e dar como quem sejaRei do Reino de Aquém e de Além Dor!É ter de mil desejos o esplendorE não saber sequer que se deseja!É ter cá dentro um astro que flameja,É ter garras e asas de condor!É ter fome, é ter sede de Infinito!Por elmo, as manhãs de oiro e cetim…É condensar o mundo num só grito!E é amar-te, assim, perdidamente…É seres alma e sangue e vida em mimE dizê-lo cantando a toda a gente! (Florbela Espanca, «Charneca em Flor», in «Poesia Completa»)
  3. 3. dito por Ricardo Gil Soeiro
  4. 4. Cântico negro"Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos docesEstendendo-me os braços, e segurosDe que seria bom que eu os ouvisseQuando me dizem: "vem por aqui!"Eu olho-os com olhos lassos,(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)E cruzo os braços,E nunca vou por ali...A minha glória é esta:Criar desumanidades!Não acompanhar ninguém.— Que eu vivo com o mesmo sem-vontadeCom que rasguei o ventre à minha mãe José RégioNão, não vou por aí! Só vou por ondeMe levam meus próprios passos...
  5. 5. Se ao que busco saber nenhum de vós respondePor que me repetis: "vem por aqui!"?Prefiro escorregar nos becos lamacentos,Redemoinhar aos ventos,Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,A ir por aí...Se vim ao mundo, foiSó para desflorar florestas virgens,E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!O mais que faço não vale nada.Como, pois, sereis vósQue me dareis impulsos, ferramentas e coragemPara eu derrubar os meus obstáculos?...Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,E vós amais o que é fácil!Eu amo o Longe e a Miragem,Amo os abismos, as torrentes, os desertos...
  6. 6. Ide! Tendes estradas,Tendes jardins, tendes canteiros,Tendes pátria, tendes tetos,E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...Eu tenho a minha Loucura !Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém!Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;Mas eu, que nunca principio nem acabo,Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.
  7. 7. Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,Ninguém me peça definições!Ninguém me diga: "vem por aqui"!A minha vida é um vendaval que se soltou,É uma onda que se alevantou,É um átomo a mais que se animou...Não sei por onde vou,Não sei para onde vouSei que não vou por aí! José Régio
  8. 8. dito por João Villaret
  9. 9. No texto poético há um “eu” que fala das suasemoções, do que sente em relação ao que orodeia.É um texto onde há subjetividade e que,normalmente, aparece escrito em verso.
  10. 10. VERSO: linha de uma composição poética, dotada de um ritmo e cadência determinados.ESTROFE: grupo de versos que formam, geralmente, sentido completo num poema. As estrofes do mesmo poema são separadas umas das outras por um espaço em branco.POEMA: conjunto de estrofes.RIMA: é a semelhança de sons no final ou no meio de versos.
  11. 11. CLASSIFICAÇÃO DAS ESTROFES QUANTO AO NÚMERO DE VERSOS N.º de versos Designação 1 MONÓSTICO 2 DÍSTICO 3 TERCETO 4 QUADRA 5 QUINTILHA 6 SEXTILHA 7 SÉTIMA 8 OITAVA 9 NONA 10 DÉCIMA mais IRREGULAR
  12. 12. Vejamos os principais tipos de rimas: Tipos de rimas A A A A A A B B B BEsquema CRimático B A B C B B A A DClassificação Emparelhada Cruzada Interpolada Versos soltos (intercalada) ou brancos
  13. 13. Exemplo de rima:• Exemplo:Tão comprido o Inverno, a (atribui-se a cada som final uma letra)chuva, lama, pobreza, bÉ das coisas, da gente, cE da própria natureza. b rima cruzada - o 2.º e o 4.º versos rimam de forma cruzada.
  14. 14. De acordo com a posição na estrofe, a rima pode apresentar-se:Emparelhada – quando os versos que rimam se encontram juntos (A,A);Cruzada – quando os versos que rimam são separados por um único verso(A,B,A);Interpolada – quando os versos que rimam se encontram separados pordois ou mais versos (A,B,C,A);Solta ou branca – quando não existe rima entre os versos;Interna – quando a palavra final de um verso rima com outra no meio doverso seguinte.
  15. 15. Rimas ricas e pobres De acordo com o critério gramatical, a rima pobre ocorre entre palavras pertencentes à mesma categoria gramatical (dois substantivos, dois adjetivos, dois verbos, etc.). E a rima rica acontece entre termos pertencentes a diferentes categorias gramaticais.Company Logo
  16. 16. Nasce o sol e não dura mais que um dia Depois da luz se segue a noite escura, Em tristes sombras morre a formosura, Em contínuas tristezas, a alegria (“À instabilidade das cousas do mundo”, Gregório de Mattos)Company Logo

×