Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas

1.497 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.497
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas

  1. 1. DISCIPLINA Contabilidade Aplicada Curso: PG Turma: 1º Período Prof.: Vinícius Souto Maior
  2. 2. Balanço Patrimonial Grupo de Contas
  3. 3. Objetivo: Agrupar contas de mesma característica (de mesma natureza) para facilitar a leitura do balanço. BALANÇO PATRIMONIAL Ativo Passivo Circulante Não Circulante Circulante Não Circulante Patrimônio Líquido Legislação brasileira:
  4. 4. CONCEITO DE CURTO E LONGO PRAZO NA CONTBAILIDADE Curto Prazo Longo Prazo 31.12.12 Término do Exercício Social 31.12.13
  5. 5. CONCEITO DE CURTO E LONGO PRAZO NA CONTBAILIDADE Outro conceito de curto prazo, em caráter de exceção, está relacionado ao ciclo operacional da empresa. Ciclo operacional: Tempo que demora para se produzir, vender e receber o produto. Exemplos: empresa que fabrica navios pecuária
  6. 6. GRUPOS do ATIVO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE Dinheiro e itens que se transformarão rapidamente em dinheiro Itens que serão transformados em dinheiro a longo prazo.
  7. 7. ATIVO CIRCULANTE O ativo circulante é o grupo que gera dinheiro para empresa pagar suas contas a curto prazo. É conhecido como capital de giro ou ativo corrente. Principais classificações: • Disponíveis: Dinheiro em Caixa, Dinheiro em Bancos, Aplicações de Liquidez Imediata; • Duplicatas a receber: dinheiro a receber de terceiros; • Estoques: estoques de mercadorias; • Despesas antecipadas do exercício seguinte:
  8. 8. ATIVO NÃO CIRCULANTE Classificações: • REALIZÁVEL A LONGO PRAZO • INVESTIMENTOS • IMOBILIZADO • INTANGÍVEL Dificilmente se transformarão em dinheiro, pois não se destinam a venda. Ativo Fixo
  9. 9. ATIVO NÃO CIRCULANTE REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Contas a receber a longo prazo, empréstimos a sócios, ... INVESTIMENTOS Aplicações que não têm nada a ver com a atividade da empresa. Exemplo: Compra de ações de outras empresas, obras de arte, terrenos para futura expansão, prédio para renda (aluguel).
  10. 10. ATIVO NÃO CIRCULANTE IMOBILIZADO Bens tangíveis destinados à manutenção da atividade principal da empresa ou exercidos com essa finalidade. Exemplos: máquinas, móveis e utensílios, instalações, veículos. INTANGÍVEL Bens incorpóreos destinados a manutenção da empresa ou exercidos com essa finalidade. Exemplos: fundo de comercio, marcas e patente.
  11. 11. Ativo Passivo 31-12-11 31-12-12 - -2011 - -2012 Circulante Circulante Disponível 800 500 Duplicatas a Receber 6.200 4.500 Estoque 10.000 8.000 Não circulante Não circulante Realizável a L. Prazo Títulos a Receber 11.000 5.000 Investimentos Ações em outras Cias 4.000 2.000 P.L. Terrenos p/ expansão 6.000 4.000 Imobilizado 18.000 9.000 Intangível 7.000 4.000 Total 63.000 37.000 Total Cia. MAGNUS BALANÇO PATRIMONIAL Em $ mil
  12. 12. GRUPOS do PASSIVO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE Dívidas com terceiros que serão pagas a curto prazo. Dívidas com terceiros que serão pagas a longo prazo. (Exigível a Longo Prazo)
  13. 13. Ativo Passivo 31-12-11 31-12-12 - -2011 - -2012 Circulante Circulante Disponível 800 500 Fornecedores 5.000 2.000 Duplicatas a Receber 6.200 4.500 Salários a Pagar 6.000 4.000 Estoque 10.000 8.000 Empréstimos 5.800 7.000 Não circulante Contas a Pagar 200 1.000 Realizável a L. Prazo Não circulante Títulos a Receber 11.000 5.000 Exig. a L. Prazo Investimentos Financiamentos 20.000 - Ações em outras Cias 4.000 2.000 P.L. Terrenos p/ expansão 6.000 4.000 Capital 20.000 20.000 Imobilizado 18.000 9.000 Reserva de Lucros 6.000 3.000 Intangível 7.000 4.000 Total 63.000 37.000 Total 63.000 37.000 Cia. MAGNUS BALANÇO PATRIMONIAL Em $ mil
  14. 14. Ativo Passivo 31-12-11 31-12-12 - -2011 - -2012 Circulante Circulante Disponível 800 500 Fornecedores 5.000 2.000 Duplicatas a Receber 6.200 4.500 Salários a Pagar 6.000 4.000 Estoque 10.000 8.000 Empréstimos 5.800 7.000 Total do Circulante 17.000 13.000 Contas a Pagar 200 1.000 Não circulante Contas a Pagar 17.000 14.000 Realizável a L. Prazo 11.000 5.000 Não circulante Investimentos 10.000 6.000 Exigível a L Prazo 20.000 - Imobilizado 18.000 9.000 P. L. 26.000 23.000 Intangível 7.000 4.000 Total do Não Circulante 46.000 24.000 Total 63.000 37.000 Total 63.000 37.000 Cia. MAGNUS BALANÇO PATRIMONIAL Em $ mil
  15. 15. ATENÇÃO!! Capital Circulante Líquido (CCL) Representa a saúde da empresa; quanto maior o CCL, maior será a flexibilidade financeira da empresa Representa a saúde da empresa; quanto maior o CCL, maior será a flexibilidade financeira da empresa É a parte do Ativo Circulante que não está comprometida com terceiros (Passivo Circulante)
  16. 16. Capital Circulante Líquido (CCL) Ativo Passivo Circulante 1.000 Não Circulante 1.000 Circulante 600 Não Circulante 4.000 P.L. 1.000 Total: 2.000 Total: 2.000 CCL = 1.000 – 600 CCL = 400
  17. 17. Ilustração ATIVO PASSIVO Circulante 200 ELP (Não Circulante) 370 P. Líquido 430 Total 1.000Total 1.000 ATIVO PASSIVO Circulante 390 ELP (Não Circulante) 10 P. Líquido 600 Total 1.000Total 1.000 BP - Empresa A BP - Empresa B Quantidade da Dívida: Qualidade da Dívida: 570 / 1.000 = 57% (alta) 200 / 570 = 35% (boa) Quantidade da Dívida: Qualidade da Dívida: 400 / 1.000 = 40% (baixa) 390 / 400 = 97,5% (ruim)
  18. 18. Ilustração ATIVO PASSIVO Circulante 200 ELP (Não Circulante) 370 P. Líquido 430 Total 1.000Total 1.000 Circulante 280 Não Circulante RLP 20 Imobilizado 700 BP - Empresa A BP - Empresa B ATIVO PASSIVO Circulante 390 ELP (Não Circulante) 10 P. Líquido 600 Total 1.000Total 1.000 Circulante 300 Não Circulante RLP - Imobilizado 700 Situação Financeira de Curto Prazo: AC > PC (Situação Favorável) Situação Financeira de Curto Prazo: AC < PC (Situação Desfavorável)
  19. 19. INDICADORES DA SITUAÇÃO FINANCEIRA Liquidez Corrente Ativo Circulante Passivo Circulante = Liquidez Geral (financeira) Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo = Liquidez Seca Ativo Circulante (-) Estoques Passivo Circulante = Liquidez Imediata (absoluta) Disponível (Caixa e Bancos) Passivo Circulante = Espera-se que a Liquidez Corrente seja superior a 1,0 para Indústria e Comércio O ideal é comparar com o desenvolvimento de outras empresas do mesmo ramo de atividade. Desta forma vamos está avaliando o indicador No caso de empresas prestadoras de serviço, a LC poderá ser menor que 1,0 e, ainda assim, ser Situação Liquida Favorável. Por que? Quanto maior esse índice, o tesoureiro terá mais dinheiro disponível para pagar as dívidas a curto prazo. E o Administrador Financeiro? Este índice pode ser bastante útil para um banqueiro
  20. 20. Liquidez Corrente (Melhores e Maiores / Exame 2008) SETORES 2004 2005 2006 2007 2008/9 1 Atacado 1,26 1,21 1,33 1,28 1,32 2 Auto-indústria 1,50 1,60 1,50 1,42 1,38 3 Bens de Capital 1,68 1,56 1,52 1,48 1,45 4 Bens de Consumo 1,19 1,18 1,27 1,25 1,28 5 Eletroeletrônicos 1,40 1,90 1,63 1,82 1,31 6 Energia 0,93 0,97 1,11 1,09 1,05 7 Farmacêutico 1,53 1,97 2,33 2,26 1,88 8 Indústria de Construção 1,94 2,09 2,31 2,12 2,03 9 Indústria Digital 1,98 1,84 1,82 1,82 1,87 13 Serviços 0,99 1,07 1,11 1,05 1,08 MEDIANA DOS SETORES 1,40 1,45 1,51 1,38 1,32
  21. 21. EXERCÍCIO Fase pré-operacional – Cia. Tempos Modernos (fabricante de patins) Quantia inicial (Capital) de R$ 280.000.000, aplicados da seguinte maneira Financiamento a Longo Prazo de R$ 200.000.000, utilizados da seguinte maneira. A empresa adquire matéria-prima, a prazo, no valor de R$ 260.000.000 para iniciar a produção de patins Bancos conta movimento Caixa Máquinas e Equipamentos Aquisição de “marca” de patins $ 100.000.000 $ 10.000.000 $ 70.000.000 $ 100.000.000 Instalações Ações Móveis e Utensílios $ 170.000.000 $ 20.000.000 $ 10.000.000
  22. 22. EXERCÍCIO ATIVO PASSIVO 20-03-13 20-03-13 Circulante Circulante Total Circulante Não Circulante Não Circulante Patrimônio Líquido Total Não Circulante Total do Ativo Total do Passivo + PL BALANÇO PATRIMONIAL Cia. Tempos Modernos Em $ milhões Notas Explicativas: O BP apresentado refere-se à fase pré-operacional da Cia. Tempos Modernos. Por esse motivo, deixamos em branco a coluna do exercício anterior, bem como não apresentamos o Resultado (Lucro ou Prejuízo) e Outras Demonstrações Financeiras
  23. 23. EXERCÍCIO ATIVO PASSIVO 20-03-13 20-03-13 Circulante Circulante Disponível 110 - Fornecedores 260 - Estoques 260 - Não Circulante Total Circulante 370 - Financiamentos (ELP) 200 - Não Circulante Investimento 20 - Imobilizado 250 - Patrimônio Líquido Intangível 100 - Capital 280 - Total Não Circulante 370 - Total do Ativo 740 - Total do Passivo + PL 740 - BALANÇO PATRIMONIAL Cia. Tempos Modernos Em $ milhões Notas Explicativas: O BP apresentado refere-se à fase pré-operacional da Cia. Tempos Modernos. Por esse motivo, deixamos em branco a coluna do exercício anterior, bem como não apresentamos o Resultado (Lucro ou Prejuízo) e Outras Demonstrações Financeiras
  24. 24. AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO 1. Para uma indústria, qual o conjunto de contas é classificado no Circulante a) Caixa, Estoque, Duplicatas a Receber, Máquinas. b) Fornecedores, Caixa, Bancos c/ movimento, Estoque. c) Bancos, Caixa, Duplicatas a Receber, Investimentos. d) Estoque, Contas a Pagar, Salários a Pagar, Capital. 2. O Ativo Circulante também é conhecido como: a) Capital de Movimentação. b) Capital Corrente Fixo. c) Capital de Giro Próprio. d) Capital de Giro
  25. 25. AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO 3. Ciclo Operacional refere-se ao período: a) De um ano. b) Do início da industrialização até as vendas das mercadorias. c) Do início da industrialização até o recebimento das duplicatas. d) De atividade operacional da empresa. 4. Ativo Não Circulante significa: a) Ativo Fixo. b) Ativo Total. c) Ativo Real. d) Ativo que não é usado para Giro.
  26. 26. AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO 5. O Não Circulante subdivide-se em: a) Investimentos, Imóveis e RLP. b) Investimentos, Imobilizado e Imóvel. c) Investimentos, Imobilizado, Intangível e RLP. d) Investimentos, Imobilizado e Fixo. 6. Como exemplo de Intangível, temos: a) Marcas comerciais. b) Gastos de Administração. c) Gastos Financeiros. d) Gastos de Assessoria.
  27. 27. AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO 7. Curto Prazo significa: a) Período de até um ano. b) Período de até um ano ou o ciclo operacional, valendo o menor. c) Período de até um ano ou o ciclo operacional, valendo o maior. d) Depende dos diretores da empresa. 8. Em grau de liquidez decrescente, temos: a) Caixa, Estoque, Investimentos... b) Caixa, Estoque, Duplicatas a Receber... c) Bancos, Estoque, Caixa... d) Estoques, Intangível, Investimentos...
  28. 28. AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO 9. Um empréstimo obtido com prazo de seis anos será classificado como: a) Realizável a Longo Prazo (Não Circulante) b) Exigível a Longo Prazo (Não Circulante) c) Patrimônio Líquido. d) Intangível. 10. O ciclo operacional da Cia. A é de 18 meses. Para essa empresa, Curto Prazo será de: a) Um ano. b) Um ano e meio. c) Dois anos. d) Cinco anos.
  29. 29. AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO Gabarito: 1. B 2. D 3. C 4. D 5. C 6. A 7. C 8. A 9. B 10.B

×