Aula 51 abordagem desenvolvimentista e integração econômica

1.409 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 51 abordagem desenvolvimentista e integração econômica

  1. 1. Abordagem Desenvolvimentista e Integração Econômica
  2. 2. Integração e Desenvolvimento As propostas de integração econômica antes de 1950 eram limitadas A influência da concepção da infant industry ( List) nas teses desenvolvimentista da CEPAL Importância da CEPAL – elaborou um amplo e original sistema analítico Origem – Presbisch – deterioração dos termos de intercâmbio e a interpretação estruturalista da inflação. PET-Economia FEAC-UFAL
  3. 3. Crítica ao Modelo Primário- Exportador  limitação do progresso técnico às atividades primárias  identificação do processo de industrialização anárquico  baixo grau de diversificação da estrutura produtiva  baixa produtividade exceto nos setores exportadores (heterogeneidade estrutural)  queda do poder de compra das exportaçõesProposta: modernização da estrutura produtiva com aumentoda produtividade. Industrialização PET-Economia FEAC-UFAL
  4. 4. Atuação da CEPAL Objetivos da CEPAL: dar suporte as medidas governamentais (planejamento e políticas protecionistas) Proposição política: alterar os rumos da economia dos países subdesenvolvidos da América Latina PET-Economia FEAC-UFAL
  5. 5. CEPAL e Integração Econômica A integração neste contexto assumiria um papel secundário. Era vista como uma estratégia que compensaria os exíguos mercados domésticos (pg. 86. Ver nota 171, pg. 87) Integração latino-americana funcionaria , num segundo momento, como uma estratégia de concentração demográfica dos setores urbanos propiciando o desenvolvimento de atividades fabris e aumento dos mercados. A integração seria uma das condições para a possibilidade de avançar no desenvolvimento de setores industriais de maior porte. PET-Economia FEAC-UFAL
  6. 6. CEPAL e Integração Econômica (cont.) Resultados esperados: Industrialização superaria o atraso no desenvolvimento econômico e tecnológico Os problemas básicos da industrialização na região seriam removidos (limitações dos mercados nacionais) PET-Economia FEAC-UFAL
  7. 7. Retrospectiva histórica do processo de integração na América Latina Simon Bolívar – integração latina – séc. XVIII I protocolo de intenções de integração das A.L. Tratado de União, Liga e Confederação Perpétua (1836) PET-Economia FEAC-UFAL
  8. 8. Etapas dos Processos de Integração Econômica Etapa Voluntarista (1950/60) – influência da Cepal Objetivos:  união dos mercados internos para possibilitar ganhos de escala industrial  redução de barreiras tarifárias e não-tarifárias para estimular a concorrência, criando assim possibilidade de diversificação produtiva  possibilitar os Estados nacionais das condições de financiamento de certas estratégias desenvolvimentista PET-Economia FEAC-UFAL
  9. 9. Etapas dos Processos de Integração Econômica (cont.) 1957 – Comitê de Comércio/Grupo de Trabalho para o Mercado Regional Latino-Americano 1959 – Mercado Comum Latino-Americano !960 – ALALC – metas pré-estabelecidas e compromissos rígidos (pg. 94) A desaceleração do processo de liberação comercial foi a causa central do fracasso da integração (não foram negociadas listas de concessão e listas comuns de produtos sujeitos a comércio preferencial) Faltou também mecanismos compensadores das perdas sofridas pelos países menos desenvolvidos (desigualdade econômica) PET-Economia FEAC-UFAL
  10. 10. Etapas dos Processos de Integração Econômica (cont.) Etapa Revisionista (pós-1970)  Adoção de políticas neoliberais em alguns países da região atrapalhou os planos de integração econômica  Os processos de integração foram abandonados em sua concepção original desenvolvimentista PET-Economia FEAC-UFAL
  11. 11. Etapas dos Processos de Integração Econômica (cont.) Etapa Pragmática (pós-1980)  Abandono das metas pré-fixadas e os objetivos ambiciosos  Foi criada a ALADI com a manutenção de criação de uma mercado comum no futuro  Estimulou-se acordos bilaterais e sub-regionais  Princípios norteadores da nova proposta  pluralismo  flexibilidade  convergência e tratamento diferenciado  multiplicidade PET-Economia FEAC-UFAL

×