Adam Smith & LiberalismoEscola Secundária Quinta Do MarquêsOeiras, 18 de Março de 2012
Mercantilismo
MercantilismoMáquina a Vapor          Revolução Francesa e                             Americana                          ...
Adam Smith          Fife, Escócia, 5 de junho       Edimburgo, Escócia, 17          de 1723                         de Jul...
Divisão social do trabalho
Vantagens da divisão do trabalho• Produção com mais qualidade• Produção mais rapidez• Estímulo à invenção de máquinas que ...
O liberalismo  É um sistema político-económico que defende a  maximização da liberdade individual, mediante o           ex...
Criticou o mercantilismo,afirmando que a economia deveria                                                  O mercado autor...
Vantagens da liberalização económica  •   Estimulo à industrialização  •   Estimulo ao investimento  •   Maior liberdade i...
Excesso oferta    Economia clássica                                                   em relação à                        ...
Originada pela falência do banco                        americano “Lehman Brothers”   Ao contrário da                     ...
Milton Friedmanhttp://www.youtube.com/watch?v=jgK11FkBJ0U
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Adam smith e a Revolução Industrial

3.197 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • O mercantilismo carateriza-se pelo objetivo do estado em arrecadar o máximo de capital no país, sob a forma de ouro e prata. O mercantilismo tinha como princípios a diminuição das importações, através de medidas protecionistas como o aumento das taxas alfandegárias ou leis pragmáticas, que são leis que que condicionam o consumo de determinado tipo de bens. O mercantilismo preconizava também o aumento das exportações através do desenvolvimento das manufaturas, pois estas acrescentam valor à matéria-prima fazendo aumentar o valor das exportações. Como a maior parte destes países não tinha matérias-primas em abundância, aproveitavam-se das colónias para receberem as matérias-primas.
  • Depois das revoluções políticas que instauraram o liberalismo como forma de governação, seguiu-se a revolução industrial que ocorreu primeiro lugar em Inglaterra.
  • Até à data, grande parte da população era agricultora ou artesã.Antes da Revolução Industrial, a atividade produtiva era feito manualmente. Na maior parte dos casos, era um artesão que detinha todo o processo produtivo. Era ele que comprava a matéria-prima, que a transformava e que a comercializava. Com a Revolução Industrial os trabalhadores perderam o controlo do processo produtivo, uma vez que passaram a trabalhar para um patrão, perdendo assim a parte de lucros gerados, pois o trabalho começou a ser feito de forma mais especializada.
  • O que Adam Smith pretende demonstrar é que o egoísmo e o individualismo pode ser benéfico para a sociedade. Porque se eu for um produtor de telemóveis, eu não produzo telemóveis bons para agradar o consumidor. Eu faço telemóveis bons porque o meu objetivo é lucrar o máximo possível. Mas para lucrar o máximo possível terei que fazer os melhores telemóveis, ao preço mais atrativo, pagando salários suficientes para que o trabalhador tenha a máxima produtividade. Logo, sem que esse seja o meu objetivo final, estou a satisfazer da melhor forma as necessidades do consumidor. Adam Smith defende que visto que o sere humano deve ser livre de escolher e o estado não deve influenciar ou controlar as suas opções, porque desta forma não está a
  • Apresentamos agora um vídeo do economista Milton Friedman, um defensor do capitalismo e da divisão internacional do trabalho.
  • Adam smith e a Revolução Industrial

    1. 1. Adam Smith & LiberalismoEscola Secundária Quinta Do MarquêsOeiras, 18 de Março de 2012
    2. 2. Mercantilismo
    3. 3. MercantilismoMáquina a Vapor Revolução Francesa e Americana Liberalismo 1ª Revolução Industrial (Inglaterra) 2ª Revolução Industrial (França, Estados Unidos e Alemanha)
    4. 4. Adam Smith Fife, Escócia, 5 de junho Edimburgo, Escócia, 17 de 1723 de Julho de 1790 “Pai” da Economia Moderna O mais importante teórico do liberalismo económicoAutor de "Uma investigação sobre a natureza e a causa da riqueza dasnações", a sua obra mais conhecida e, que continua a ser utilizadacomo referência para gerações de economistas.
    5. 5. Divisão social do trabalho
    6. 6. Vantagens da divisão do trabalho• Produção com mais qualidade• Produção mais rapidez• Estímulo à invenção de máquinas que substituam o homem
    7. 7. O liberalismo É um sistema político-económico que defende a maximização da liberdade individual, mediante o exercício dos direitos e da lei. o Um sistema de governo democrático o O primado da lei o Livre concorrência económica
    8. 8. Criticou o mercantilismo,afirmando que a economia deveria O mercado autorregula-se ser dirigida pelo livre jogo entre a oferta e a procura. Mão Invisível
    9. 9. Vantagens da liberalização económica • Estimulo à industrialização • Estimulo ao investimento • Maior liberdade individual • Mercado de concorrência mais perfeito • Livre-Cambismo
    10. 10. Excesso oferta Economia clássica em relação à procura Aumento do Grande Depressão desemprego O estado foi Falências Provando-se que uma obrigado a economia apenas sujeita repensar o seu aos mecanismos decomportamento mercado não consegue não autorregular-seintervencionista
    11. 11. Originada pela falência do banco americano “Lehman Brothers” Ao contrário da Sendo assim possível Europa, bem como dizer que a crisede outras regiões do actual foi globo, que se encontram com sérios problemas económicos Crise inicialmente provocada pelo liberalismo ainda presente nos E.U.A Atual Contudo hoje em dia, os E.U.A encontram-se praticamente “recuperados” economicamente
    12. 12. Milton Friedmanhttp://www.youtube.com/watch?v=jgK11FkBJ0U

    ×