Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial 
PROJETO-PILOTO: 
(RE)APROVEITAMENTO DE 
ÓLEOS ALIMENTARES USADOS 
Gr...
TÓPICOS DA APRESENTAÇÃO: 
1. Introdução 
2. Modo de apresentação 
3. Motivação do mini-projeto 
4. Dificuldades encontrada...
INTRODUÇÃO 
 No começo desta nova etapa da nossa vida foi-nos apresentado um mini-projeto, 
que visa a procura de utiliza...
APRESENTAÇÃO 
4 
Projeto: 
• Tema; 
• Motivação; 
• Objetivos; 
• Organização. 
Projeto-piloto: 
• Estratégia/plano; 
• Pr...
MOTIVAÇÃO DO MINI-PROJETO (PROJETO PILOTO) 
 O aproveitamento das diferentes caraterísticas de 
cada elemento do grupo; 
...
DIFICULDADES ENCONTRADAS: 
 Organizar a apresentação do PowerPoint de 
modo que a nossa apresentação oral não 
ultrapassa...
7
REUTILIZAÇÃO 
DE ÓLEOS 
ALIMENTARES 
8
9
A receita do detergente ecológico, é: 
- 3 litros de óleo de cozinha usado; 
- 1 litro de etanol; 
- 10 litros de água fer...
11 
ENERGIA 
Processo: O vegawatt é um sistema que transforma 
óleos alimentares usados em energia e água quente. O 
óleo ...
BIODIESEL 
12 
• Cada vez mais os óleos alimentares usados têm surgido como um 
resíduo a partir do qual é possível produz...
SABÃO 
1. Nota: Para obter um sabão de 
boa qualidade recomenda-se: 
- Não utilizar o óleo da fritura de peixes 
e outros ...
Domínio 
transversal: 
Dominar todas as competências relacionadas com as outras 
unidades curriculares a fim de realizar u...
ESTRATÉGIA/PLANO E ORGANIZAÇÃO 
1. Distribuir tarefas de forma equilibrada pelos membros do 
grupo; 
2. Reunir frequenteme...
CONCLUSÃO 
 Fazendo um ponto da situação, devemos dizer que em parte os nossos objetivos foram 
conseguidos uma vez que r...
BIBLIOGRAFIA 
 https://www.google.pt/search?q=%C3%B3leos+usados&espv=2&biw=1366&bih=600&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=hbAh...
BIBLIOGRAFIA 
PALAVRAS-CHAVE 
SITE DE PESQUISA: GOOGLE, YOUTUBE. 
 Processos para a reutilização de oleos alimentares usa...
19
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

G4 mini projeto, grupo4

596 visualizações

Publicada em

Apresentação do Grupo 4

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
596
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
311
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

G4 mini projeto, grupo4

  1. 1. Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial PROJETO-PILOTO: (RE)APROVEITAMENTO DE ÓLEOS ALIMENTARES USADOS Grupo 4: Alexandra Duarte André Cruz Bruno Lopes Gonçalo Pereira João Pedro Dinis Margarida Ribeiro Rita Brites Tânia Melo PLE – Universidade do Minho 2014/2015
  2. 2. TÓPICOS DA APRESENTAÇÃO: 1. Introdução 2. Modo de apresentação 3. Motivação do mini-projeto 4. Dificuldades encontradas 5. Apresentação do Blog 6. Resultados da pesquisa 7. Objetivos para o projeto 8. Estratégia/Plano e organização 9. Bibliografia 10. Conclusão 2
  3. 3. INTRODUÇÃO  No começo desta nova etapa da nossa vida foi-nos apresentado um mini-projeto, que visa a procura de utilizações existentes na reutilização de óleos alimentares usados comercialmente, bem como outras formas de os reutilizar, sendo estas industrialmente exploradas. Sendo assim, vamos abordar os processos mais importantes que encontramos e, posteriormente dedicar-nos-emos a um só. 3
  4. 4. APRESENTAÇÃO 4 Projeto: • Tema; • Motivação; • Objetivos; • Organização. Projeto-piloto: • Estratégia/plano; • Problemas/Dificuldades; • Organização. Blog: • Estratégia/plano; • Problemas/Dificuldades; • Organização; • Exposição do conteúdo.
  5. 5. MOTIVAÇÃO DO MINI-PROJETO (PROJETO PILOTO)  O aproveitamento das diferentes caraterísticas de cada elemento do grupo;  O saber estar, aprender e colaborar;  A procura da criação de uma equipa forte e coesa;  Adquirir conhecimentos acerca do tema do mini-projeto;  O contributo para a resolução de alguns problemas ambientais;  A procura do reconhecimento de um excelente trabalho. 5
  6. 6. DIFICULDADES ENCONTRADAS:  Organizar a apresentação do PowerPoint de modo que a nossa apresentação oral não ultrapassasse os 10 minutos;  Dificuldades em encontrar informação concreta e do nosso agrado relativamente ao tema;  Distribuir tarefas;  Gestão de tempo durante a tarefa; 6
  7. 7. 7
  8. 8. REUTILIZAÇÃO DE ÓLEOS ALIMENTARES 8
  9. 9. 9
  10. 10. A receita do detergente ecológico, é: - 3 litros de óleo de cozinha usado; - 1 litro de etanol; - 10 litros de água fervente, sem cloro; - 500 g de soda cáustica; - Misture os ingredientes num balde de plástico até achar a consistência desejada; - Adicione a essência, de preferência cítrica; - Misture tudo novamente. 10 DETERGENTE NOTA: O processo de transformação do óleo em velas ainda não foi muito explorado portanto trata-se de algo bastante simplista que consiste, basicamente, em juntar-lhe um pavio a arder (agarrado a um clip, para não cair).
  11. 11. 11 ENERGIA Processo: O vegawatt é um sistema que transforma óleos alimentares usados em energia e água quente. O óleo usado é “despejado” diretamente no vegawatt e passa por um processo automático de limpeza que compreende 4 etapas. O sistema entra nos sistemas de electricidade e água quente existente, fornecendo energia adicional. VANTAGENS REDUZ o desperdício de óleos alimentares usados REDUZ os custos de água quente. REDUZ os custos de eletricidade. PROMOVE a imagem do restaurante na medida em que evita problemas ambientais.
  12. 12. BIODIESEL 12 • Cada vez mais os óleos alimentares usados têm surgido como um resíduo a partir do qual é possível produzir biocombustíveis. Este facto constitui uma alternativa renovável, que resolve simultaneamente dois problemas ambientais: a reutilização/valorização de resíduos e a diminuição da dependência energética de combustíveis fósseis. VANTAGENS *A queima do biodiesel gera baixos índices de poluição, não contribuindo para o aquecimento global; *Existe uma melhor lubrificação interna do motor dos veículos relativamente aos outros combustíveis *Produzido em larga escala e com uso de tecnologias, o custo de produção pode ser mais baixo do que os derivados de petróleo.
  13. 13. SABÃO 1. Nota: Para obter um sabão de boa qualidade recomenda-se: - Não utilizar o óleo da fritura de peixes e outros frutos do mar; - Filtrar o óleo para remover os resíduos sólidos e impurezas sólidas; - Lavar o óleo com água comum na proporção de 1/1 antes do uso. 13 • Colocar a soda cáustica no fundo do balde cuidadosamente, usando luvas plásticas; •Adicionar a água, mexendo até dissolver completamente a soda, deixando em seguida a solução em repouso até ficar sensivelmente a temperatura ambiente; • Despejar o óleo no balde onde o sabão será preparado. • Adicionar a soda cáustica diluída durante 20 minutos; • Introduzir lentamente o amaciador e mexer por mais 20 minutos até homogeneizar a mistura. Caso deseje, deixar em repouso por 10 minutos e adicionar a essência, mexendo novamente até homogeneizar; • Despejar na forma e deixar em repouso por 1 dia. • Cortar e desinformar as barras, deixando descansar por 30 dias antes do uso. O sabão produzido por este processo é mais vantajoso económica e ambientalmente.
  14. 14. Domínio transversal: Dominar todas as competências relacionadas com as outras unidades curriculares a fim de realizar um projeto o mais completo possível. OBJETIVO PARA O PROJETO 14 1. Expor as nossas ideias de forma a mudar mentalidades e alertar para a necessidade da reciclagem dos óleos; 2. Familiarizarmo-nos sobre o mundo complexo da reutilização dos óleos alimentares; 3. Desenvolver e aperfeiçoar o espírito de grupo e de entreajuda; Adquirir experiências que nos irão preparar para a nossa vida profissional; Alertar para as necessidades de reutilização dos óleos alimentares e para as suas potencialidades. Domínio social: Domínio pessoal: Domínio ambiental:
  15. 15. ESTRATÉGIA/PLANO E ORGANIZAÇÃO 1. Distribuir tarefas de forma equilibrada pelos membros do grupo; 2. Reunir frequentemente de modo a que todas as decisões sejam unânimes; 3. Estabelecer um número mínimo de horas diárias que cada interveniente deve ocupar na realização do projeto; 4. Criar um grupo no facebook; 5. Definir claramente os nossos motores de busca. 15
  16. 16. CONCLUSÃO  Fazendo um ponto da situação, devemos dizer que em parte os nossos objetivos foram conseguidos uma vez que referimos várias utilizações que existem para a reutilização de óleos alimentares usados e descrevemos o processo da sua reutilização.  Contudo, não é nosso objetivo plagiar estas reutilizações. O que queremos é inovar neste ramo e pensar nalgum tipo de material que possa servir de produto final para o óleo alimentar. Para isso, ainda falta muita pesquisa, nomeadamente, os processos que permitirão a transformação, se as vantagens associadas ao processo serão superiores às desvantagens, escolher um produto… Será que já escolhemos mas ainda nos falta muita informação para vos poder apresenta-lo já? Será que vamos pegar em transformações já existentes mas cujo processo de transformação é desconhecido? Quem sabe… 16
  17. 17. BIBLIOGRAFIA  https://www.google.pt/search?q=%C3%B3leos+usados&espv=2&biw=1366&bih=600&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=hbAhV Mn6KszY7Abqr4HoCg&ved=0CAYQ_AUoAQ#facrc=_&imgdii=_&imgrc=3gjBc1VMrQvmPM%253A%3Bq4SDrb0E6CZ8CM %3Bhttp%253A%252F%252Fwww.jornaldoalgarve.pt%252Fwp-  content%252Fuploads%252F2014%252F09%252Foleo.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.jornaldoalgarve.pt%252Faguas-do-algarve- alerta-para-os-perigos-dos-oleos-alimentares-usados%252F%3B500%3B200  https://www.google.pt/search?q=%C3%B3leos+usados&espv=2&biw=1366&bih=600&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=hbAhV Mn6KszY7Abqr4HoCg&ved=0CAYQ_AUoAQ#facrc=_&imgdii=_&imgrc=rZ54BVE29ndz2M%253A%3B7DTze9FVaRqmAM% 3Bhttp%253A%252F%252F4.bp.blogspot.com%252F__OjYzYKW0bQ%252FShxxb7dCr0I%252FAAAAAAAAB18%252Fw0a08 Emhi5c%252Fs400%252Funtitledbg.bmp%3Bhttp%253A%252F%252Fsabormaria.blogspot.com%252F2009%252F05%252Frecicl agem-de-oleos-usados.html%3B203%3B187  https://www.google.pt/search?q=%C3%B3leos+usados&espv=2&biw=1366&bih=600&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=hbAhV Mn6KszY7Abqr4HoCg&ved=0CAYQ_AUoAQ#tbm=isch&q=proibido&facrc=_&imgdii=_&imgrc=YQfWZCacM4qjdM%253A% 3BBUoLc495HHecNM%3Bhttps%253A%252F%252Fc2.staticflickr.com%252F4%252F3085%252F2606702700_89e199496d.jpg %3Bhttps%253A%252F%252Fwww.flickr.com%252Fphotos%252Felilza%252F2606702700%252F%3B413%3B413  https://www.google.pt/search?q=%C3%B3leos+usados&espv=2&biw=1366&bih=600&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=hbAhV Mn6KszY7Abqr4HoCg&ved=0CAYQ_AUoAQ#tbm=isch&q=vegawatt&facrc=_&imgdii=_&imgrc=lmphXiju7UszkM%253A%3 BGq4oZvE5EnrQiM%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.natradinghouse.com%252Fimagenes%252FVegawatt%252520Refinery%2 52520Picture.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.natradinghouse.com%252Fsolutions_sub.php%253Fid%253D36%2526cat_id %253D25%3B452%3B362  http://www.google.pt/imgres?imgurl=&imgrefurl=http%3A%2F%2Fgartic.uol.com.br%2Fathos%2Fdesenho-jogo% 2F1294701567&h=0&w=0&tbnid=T6iYZpNiSvQPWM&zoom=1&tbnh=218&tbnw=231&docid=PVgpZG2lHd5lRM&tbm= isch&ei=-MUhVJ_6NoSjyATTioH4Dw&ved=0CAQQsCUoAA  https://www.google.pt/search?q=velas&biw=1366&bih=600&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=lskhVJiEDejCsASu6YCgDw&ve d=0CAYQ_AUoAQ#imgdii=_  www.vegawatt.com  http://www.fula.pt/PT/Produtos/Oleo Alimentar_Usado.aspx  https://www.youtube.com/watch?v=MWh2RgzdCZw 17
  18. 18. BIBLIOGRAFIA PALAVRAS-CHAVE SITE DE PESQUISA: GOOGLE, YOUTUBE.  Processos para a reutilização de oleos alimentares usados  Used Cooking oils  Utilizações dos oleos alimentares  OAU  UCO  Reutilização dos oleos de cozinha  Frito Limpio  Oleos alimentares  Biodiesel  Alternativas para reciclar oleo usado  Sabão Neutro 18
  19. 19. 19

×