PLANO DE NEGÓCIOSPLANO DE NEGÓCIOS
Poços de Caldas
PLANO DE NEGÓCIOSPLANO DE NEGÓCIOS
Prof. Luciel Henrique de Oliveira
lu...
Objetivos do módulo de Plano de NegóciosObjetivos do módulo de Plano de Negócios
Discutir o conceito de “capitalismo de ri...
Conteúdo ProgramáticoConteúdo Programático
Conceitos e Aplicações
. O que é um Plano de Negócios
. As suas diferentes apli...
Programa das aulasPrograma das aulas
Aula 1Aula 1
–– Conceitos básicos, exploração do material de trabalho.Conceitos básic...
Avaliação do móduloAvaliação do módulo
Definição do grupos de trabalho (n<=5 integrantes).
Cada grupo vai imaginar e criar...
Trabalho a ser desenvolvidoTrabalho a ser desenvolvido
OO trabalhotrabalho éé umum planoplano dede negóciosnegócios..
AA a...
Material de trabalhoMaterial de trabalho
001001.. PN_VisãoPN_Visão GeralGeral - Visão geral do curso, conceitos básicos
00...
Material de trabalhoMaterial de trabalho
011011..Entrevista_FernandoEntrevista_Fernando DolabelaDolabela - Fundação Dom Ca...
Material de trabalhoMaterial de trabalho
PLANOS DE NEGÓCIOS COMPLETOS (PLANOS DE NEGÓCIOS COMPLETOS (exemplos para discuss...
Material de trabalhoMaterial de trabalho
020.020.Plano_de_Plano_de_ Negocios_v203_SEBRAENegocios_v203_SEBRAE--PRPR
– Plani...
SugestõesSugestões –– modelosmodelos
Para elaboração do PN o grupo deverá basear-se no PLANO DE
NEGÓCIOS DA GMA – Goiabada...
Visão InicialVisão Inicial
1: Pai Rico1: Pai Rico
2: Análise Estratégica2: Análise Estratégica
3: Elaboração de Planos de ...
AA diferençadiferença entreentre ricosricos ee pobrespobres
nãonão éé aa quantidadequantidade dede dinheirodinheiro
queque...
Pai Rico / Inteligência FinanceiraPai Rico / Inteligência Financeira
Robert Kiyosaki Sharon Lechter
14
Robert Kiyosaki Sha...
Pai Rico / Inteligência FinanceiraPai Rico / Inteligência Financeira
DISPONÍVEL NO GOOGLE BOOKS para consultaDISPONÍVEL NO...
Pai Rico / Inteligência FinanceiraPai Rico / Inteligência Financeira
DISPONÍVEL NO GOOGLE BOOKS para consultaDISPONÍVEL NO...
Aviso aos empreendedoresAviso aos empreendedores
As propostas de Kiyosaki & Lechter, mais
conhecidas como propostas do “pa...
A fábula da cidade que precisava de águaA fábula da cidade que precisava de água
Era uma vez uma cidade precisava de água....
A fábula da cidade que precisava de águaA fábula da cidade que precisava de água
REFLEXÃO
O que você está fazendo com sua ...
Segredos dos ricosSegredos dos ricos
A questão não é “o que fazer” paraA questão não é “o que fazer” para
tornartornar--se...
Pai rico, pai pobrePai rico, pai pobre
RobertRobert KiyosakiKiyosaki passoupassou aa infânciainfância nono HawaiHawai,, ee...
Pai rico, Pai pobre: FILOSOFIASPai rico, Pai pobre: FILOSOFIAS
22
Robert Kiyosaki & Sharon Lechter
Segredo dos Ricos (1)Segredo dos Ricos (1)
OsOs ricosricos nãonão trabalhamtrabalham porpor dinheirodinheiro
OsOs ricosric...
Segredo dos Ricos (2)Segredo dos Ricos (2)
OsOs ricosricos nãonão trabalhamtrabalham porpor dinheirodinheiro..
–– GrandeGr...
Segredo dos Ricos (3)Segredo dos Ricos (3)
EducaçãoEducação financeirafinanceira éé tudotudo..
–– NãoNão procureprocure “d...
Segredo dos Ricos (4)Segredo dos Ricos (4)
EducaçãoEducação financeirafinanceira éé tudo!!tudo!!
–– SerSer ricorico nãonão...
Quadrantes econômicosQuadrantes econômicos
DiagramaDiagrama KiyosakiKiyosaki ee LechterLechter de classificação econômica....
A qual quadrante uma pessoa pertence?A qual quadrante uma pessoa pertence?
PodePode--se identificar o quadrante em que ums...
Empresas D/BEmpresas D/B ×× A/SA/S
A/S => dono do próprio emprego.A/S => dono do próprio emprego.
A empresa é o próprio in...
Empresa tipo S ≠ Empresa tipo BEmpresa tipo S ≠ Empresa tipo B
Empresa tipo S
(Self-Employed)
– A empresa é o próprio dono...
Balanço (demonstração financeira)Balanço (demonstração financeira)
• Definições práticas• Definições práticas
focadas no f...
Balanço típico de E ou A/S (lado esquerdo)Balanço típico de E ou A/S (lado esquerdo)
32
Balanço típico de D/B ou I (lado direito)Balanço típico de D/B ou I (lado direito)
33
Segredo dos Ricos (5)Segredo dos Ricos (5)
CuideCuide dosdos seusseus negóciosnegócios (mind your own businesses)
–– QualQ...
OsOs ricosricos inventaminventam dinheirodinheiro::
–– QuandoQuando sese tratatrata dede dinheiro,dinheiro, aa maioriamaio...
ImpostosImpostos ee oo poderpoder dada sociedadesociedade anônimaanônima
HáHá formasformas legaislegais dede pagarpagar me...
Trabalhar para aprender, não pelo dinheiro.
– Exemplo: trabalhe como vendedor, até que você perca o medo da
rejeição.
– Em...
Modelo de empresaModelo de empresa
38
Algumas lições do pai ricoAlgumas lições do pai rico
Ricos buscam liberdade ao invés de
segurança (quadrante direito).
Tod...
Julgue a origem dos conselhosJulgue a origem dos conselhos
Há uma diferença entre “conselheiro” e “mentor”.
– Um conselhei...
Pense como investidor (1)Pense como investidor (1)
OO objetivoobjetivo dodo donodono dede empresaempresa éé construirconst...
Pense como investidor (2)Pense como investidor (2)
Conselhos de Warren Buffet
42
Pense como investidor (2)Pense como investidor (2)
Conselhos de Warren Buffet
Examine os balanços das empresas.
Calcule o ...
Fatores de realizaçãoFatores de realização
Excesso de DinheiroExcesso de Dinheiro
ExperiênciaExperiência
44
ExperiênciaExp...
Primeiro passo: sair da corrida dos ratosPrimeiro passo: sair da corrida dos ratos
45
Análise EstratégicaAnálise Estratégica
SWOTSWOT StrengthsStrengths,, WeaknessesWeaknesses,, OpportunitiesOpportunities,,
T...
Análise EstratégicaAnálise Estratégica -- SWOTSWOT
47
Análise EstratégicaAnálise Estratégica –– Matriz BCGMatriz BCG
48
Matriz BCG (na sua empresa)Matriz BCG (na sua empresa)
Exercício:Exercício:
ListeListe osos principaisprincipais produtosp...
Modelo 5 forças de PorterModelo 5 forças de Porter
50
O que é um Plano de Negócios?O que é um Plano de Negócios?
É um documento de planejamento que demonstra a viabilidadeÉ um ...
Em que situações típicas deveEm que situações típicas deve--se elaborar umse elaborar um
Plano de NegóciosPlano de Negócio...
Eventos que marcaram a economia no BrasilEventos que marcaram a economia no Brasil
Milagre Brasileiro
Período marcado pela...
Notícias veiculadas em Janeiro de 2010Notícias veiculadas em Janeiro de 2010
Folha de SãoFolha de São
PauloPaulo
659.364
V...
Mortalidade de empresas no BrasilMortalidade de empresas no Brasil
Pesquisa/monitoramentoPesquisa/monitoramento SEBRAESEBR...
Por que devemos ter um Plano de Negócios?Por que devemos ter um Plano de Negócios?
Causas de insucesso no primeiro ano de
...
... Por que devemos ter um Plano de Negócios?... Por que devemos ter um Plano de Negócios?
Maiores armadilhas no gerenciam...
O Plano de Negócios no contexto do cursoO Plano de Negócios no contexto do curso
Plano de Negócios
Missão /Missão /
Visão ...
PúblicosPúblicos--alvo de um Plano de Negócioalvo de um Plano de Negócio
Para estabelecer acordos e obter
recursos para o ...
Elaboração deElaboração de
Plano de NegóciosPlano de Negócios
60
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Visão EsquemáticaVisão Esquemática
Providencio uma
pesquisa de mercado e
análise da con...
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Visão EsquemáticaVisão Esquemática
Providencio uma
pesquisa de mercado e
análise da con...
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Visão EsquemáticaVisão Esquemática
Providencio uma
pesquisa de mercado e
análise da con...
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Visão EsquemáticaVisão Esquemática
Providencio uma
pesquisa de mercado e
análise da con...
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Visão EsquemáticaVisão Esquemática
Providencio uma
pesquisa de mercado e
análise da con...
Pesquisa Direta:Pesquisa Direta:
–– Elementos quantitativos de oferta x demanda e relativosElementos quantitativos de ofer...
Componentes do Plano de NegócioComponentes do Plano de Negócio
NegócioNegócio
(Resultado)(Resultado)
7) Plano Financeiro
5...
1) Sumário Executivo1) Sumário Executivo
O Sumário Executivo deve sintetizar os seis componentesO Sumário Executivo deve s...
2) Missão / Visão do Negócio2) Missão / Visão do Negócio
É uma declaração sintética da oportunidade do negócioÉ uma declar...
É uma visão de futuro que descreve onde e como oÉ uma visão de futuro que descreve onde e como o
negócio deve estar num ho...
CARACTERÍSTICAS DA MISSÃO CARACTERÍSTICAS DA VISÃO
Identifica o negócio
É a partida
É o que se sonha para o negócio
É insp...
MISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIOMISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIOMISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIOMISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIO
... 2) Missão/Visão d...
EXEMPLOS DE MISSÃOEXEMPLOS DE MISSÃO
DucôcoDucôco
... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio
73
“Ofertar...
“Sermos a empresa reconhecida por todos“Sermos a empresa reconhecida por todos
FrigoríficoFrigorífico CerattiCeratti
... 2...
VisãoVisão
SerSer líder,líder, inovarinovar ee tornartornar--sese referênciareferência parapara aa sociedadesociedade ee p...
Produzir e comercializar cigarros legalmente é uma atividade lícita.
... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do ...
3) Equipe de Gestão3) Equipe de Gestão
Deve mostrar claramente a capacidade da equipe paraDeve mostrar claramente a capaci...
4) Análise Estratégica4) Análise Estratégica
É o dimensionamento da oportunidade do negócio dentroÉ o dimensionamento da o...
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
HojeHoje
AmeaçasAmeaças
Pontos FracosPontos Fracos
Visão do NegócioVi...
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
•• Forças potenciais internasForças potenciais internas
− Recursos fi...
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
•• Fraquezas internas potenciaisFraquezas internas potenciais
− Falta...
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
•• Oportunidades potenciais externasOportunidades potenciais externas...
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
•• Ameaças externas potenciaisAmeaças externas potenciais
− Entrada d...
EstabelecimentoEstabelecimento
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
84
dos Objetivosdos Objetivos
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
CONCEITOS BÁSICOS BALANCED SCORECARD (BSCCONCEITOS BÁSICOS BALANCED S...
Exemplo de Objetivos e IndicadoresExemplo de Objetivos e Indicadores
... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica
...
5) Marketing e Venda5) Marketing e Venda
Descreve como se pretende vender os produtos/serviços eDescreve como se pretende ...
Para escolher uma posição competitiva precisamos decidir em que competir ePara escolher uma posição competitiva precisamos...
Custo mais baixoCusto mais baixo DiferenciaçãoDiferenciação
Liderança no custo
Diferenciação
Nicho
... 5) Marketing e Vend...
Exemplo:Exemplo: Laboratório FleuryLaboratório Fleury
Para quem?Para quem?
–– População de alta renda ou com planos de saú...
Cadeia de valores desenhada para atingir oCadeia de valores desenhada para atingir o mínimo custo dentro demínimo custo de...
Liderança em DiferenciaçãoLiderança em Diferenciação
Cadeia de valores desenhada para desenvolver atributos pelos quais os...
6) Estrutura e Operação6) Estrutura e Operação
Esta seção deve incluir:Esta seção deve incluir:
O organograma da empresa o...
Atendimento dasIdentificação de
As macroAs macro--funções são grupamentos de atividadesfunções são grupamentos de atividad...
7) Plano Financeiro7) Plano Financeiro
Os principais elementos desta seção são:Os principais elementos desta seção são:
In...
Evolução dos ResultadosEvolução dos Resultados
Discriminação 1 2 3 4 5
Receita líquida
Custos operacionais
Margem de contr...
ANÁLISE DE PONTO DE EQUILÍBRIOANÁLISE DE PONTO DE EQUILÍBRIO
Volume de produção em que não existe lucro nem prejuízoVolume...
Os três principais instrumentos de avaliação econômica no fluxo de caixa deOs três principais instrumentos de avaliação ec...
Públicos de interessePúblicos de interesse
Negócio/Negócio/
ResultadoResultado
7) Plano Financeiro
4) Análise Estratégica
...
Cálculo do Valor Presente Líquido (VPL)Cálculo do Valor Presente Líquido (VPL)
e da Taxa Interna de Retorno (TIR)e da Taxa...
ReferênciasReferências onon lineline
http://www.planodenegocios.com.brhttp://www.planodenegocios.com.br
http://www.empreen...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

001.pn visão geral

289 visualizações

Publicada em

pn

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

001.pn visão geral

  1. 1. PLANO DE NEGÓCIOSPLANO DE NEGÓCIOS Poços de Caldas PLANO DE NEGÓCIOSPLANO DE NEGÓCIOS Prof. Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Escola de Administração de Empresas de São Paulo Fundação Getúlio Vargas
  2. 2. Objetivos do módulo de Plano de NegóciosObjetivos do módulo de Plano de Negócios Discutir o conceito de “capitalismo de risco”.Discutir o conceito de “capitalismo de risco”. • Estudar como elaborar um plano de negócios• Estudar como elaborar um plano de negócios (Business(Business PlanPlan)) –– Conceitos básicos.Conceitos básicos. –– Estudar planos de negócios clássicos.Estudar planos de negócios clássicos. –– Ferramentas de apoio a elaboração de planos de negócios.Ferramentas de apoio a elaboração de planos de negócios. 2 • Praticar o capitalismo de risco• Praticar o capitalismo de risco –– apresentação de um negócio para um investidorapresentação de um negócio para um investidor –– discussão com investidor a respeito da viabilidade de umdiscussão com investidor a respeito da viabilidade de um negócio, a partir dos dados contidos no plano de negócios.negócio, a partir dos dados contidos no plano de negócios.
  3. 3. Conteúdo ProgramáticoConteúdo Programático Conceitos e Aplicações . O que é um Plano de Negócios . As suas diferentes aplicações . Características de um bom Plano de Negócios Plano de Negócios no Contexto do Curso . Planejamento Estratégico . Módulo de Marketing . Módulo de Produção . Módulo de Finanças Estrutura de um Plano de Negócios . Estrutura geral de um Plano de Negócios . Apresentação, discussão e aplicação em sala 3 de Negócios . Apresentação, discussão e aplicação em sala de cada elemento de um Plano de Negócio Revisão dos Conceitos Utilizados na Elaboração de um Plano de Negócios . Planejamento Estratégico . Plano de Marketing . Organização e Processos . Plano Financeiro Análise de Caso de um Plano de Negócio Completo . Escolhido pelo grupo ou indicado pelo Professor. Desenvolvimento de um Plano de Negócios . Trabalho em grupo na elaboração de um Plano de Negócio orientado para oportunidades de negócio identificadas pelos alunos
  4. 4. Programa das aulasPrograma das aulas Aula 1Aula 1 –– Conceitos básicos, exploração do material de trabalho.Conceitos básicos, exploração do material de trabalho. –– Formação dos grupos (máx. 5 integrantes).Formação dos grupos (máx. 5 integrantes). –– Geração da idéia inicial e desenvolvimento do Plano de TrabalhoGeração da idéia inicial e desenvolvimento do Plano de Trabalho Aula 2Aula 2 –– Apresentação e análise de um Plano de NegóciosApresentação e análise de um Plano de Negócios completo.completo. –– Desenvolvimento do PNDesenvolvimento do PN –– discussão e orientação com o professordiscussão e orientação com o professor 4 –– Desenvolvimento do PNDesenvolvimento do PN –– discussão e orientação com o professordiscussão e orientação com o professor –– Formatação de uma versão preliminar do PN do grupo e discussãoFormatação de uma versão preliminar do PN do grupo e discussão com o professor.com o professor. Aula 3Aula 3 –– Desenvolvimento do PNDesenvolvimento do PN –– discussão e orientação com odiscussão e orientação com o professor.professor. Aula 4Aula 4 –– Apresentação dos PN desenvolvidos pelosApresentação dos PN desenvolvidos pelos grupos.grupos. –– Entrega do PN completo (versão digitalEntrega do PN completo (versão digital) de cada grupo.) de cada grupo. IMPORTANTE: Para aproveitar bem o tempo de aula os grupos deverão manter contato por e- mail com o professor, para tirar dúvidas e enviar versões preliminares do PN em desenvolvimento.
  5. 5. Avaliação do móduloAvaliação do módulo Definição do grupos de trabalho (n<=5 integrantes). Cada grupo vai imaginar e criar um negócio: produção e/ou serviços. Desenvolvimento durante o curso / aulas práticas – trabalho em equipe com orientação do professor. Apresentação o trabalho como se fosse vendê-lo para um investidor (peso 50%) - última aula. 5 Entrega do plano de negócios completo (peso 50%) - última aula. Os trabalhos são concepções de negócios; Deve-se citar os conceitos estudados e discutidos nesse módulo. Dar preferência, a atividade econômica alvo da apresentação deve ser aquela em que os membros do grupo tenham interesse. Ao longo do módulo, os grupos podem (devem) fazer consultas sobre os trabalhos da avaliação.
  6. 6. Trabalho a ser desenvolvidoTrabalho a ser desenvolvido OO trabalhotrabalho éé umum planoplano dede negóciosnegócios.. AA apresentaçãoapresentação dodo trabalhotrabalho éé aa simulaçãosimulação dada vendavenda dessedesse planoplano parapara umum investidorinvestidor (capitalista(capitalista dede risco)risco).. 6 (capitalista(capitalista dede risco)risco).. HáHá váriosvários modelosmodelos dede planoplano dede negóciosnegócios queque podempodem (devem)(devem) serser consultadosconsultados..
  7. 7. Material de trabalhoMaterial de trabalho 001001.. PN_VisãoPN_Visão GeralGeral - Visão geral do curso, conceitos básicos 002002.. PaiPai Rico,Rico, PaiPai PobrePobre -- Cap. 1 do Livro - sensibilização 003003.. OO que_éque_é umum PlanoPlano dede Negócio_PNNegócio_PN – Def. básicas – NESOL/USP 004004.. BUSINESSBUSINESS PLANPLAN DornelasDornelas – Prof. Dornelas (FIA/USP) – Slides – como escrever um bom business plan 005005..PlanoPlano dede Negócio_SEBRAENegócio_SEBRAE--20092009 – Manual: Como elaborar um plano de negócio – SEBRAE Brasília 7 – Manual: Como elaborar um plano de negócio – SEBRAE Brasília 006006..Como_Escrever_um_Business_PlanComo_Escrever_um_Business_Plan – Principais passos para elaborar um "Business Plan" 007007..ModeloModelo dede PlanoPlano dede NegóciosNegócios -- MarceloMarcelo AidarAidar – Estrutura básica, Modelo – Prof. Marcelo Aidar, EAESP/FGV 008008..PN_FinalidadePN_Finalidade--ee--eficaciaeficacia – Conceitos - Prof. Dornelas (FIA/USP) 009009..EstruturaEstrutura dede PN_FGVPN_FGV – Estrutura padrão, EAESP/FGV 010010..PN_Estrutura_SEBRAEPN_Estrutura_SEBRAE – Guia para desenvolvimento da idéia preliminar.
  8. 8. Material de trabalhoMaterial de trabalho 011011..Entrevista_FernandoEntrevista_Fernando DolabelaDolabela - Fundação Dom Cabral, ex- professor da UFMG. Educação empreendedora. 012012..FernandoFernando DolabelaDolabela -- PlanoPlano dede NegóciosNegócios – Tópicos do modelo de plano de negócios para comércio, indústria e serviços. Texto completo (62p.) 013013..FernandoFernando DolabelaDolabela -- OO SegredoSegredo dede LuísaLuísa 8 013013..FernandoFernando DolabelaDolabela -- OO SegredoSegredo dede LuísaLuísa – Livro completo (356p.) – ver principalmente os apêndices: – (1) PLANO DE NEGÓCIOS DA GMA – Goiabadas Maria Amália LTDA – p.297 (PN completo) – (2) TESTANDO O EMPREENDEDOR Teste 1 - VOCÊ ESTÁ PRONTO PARA EMPREENDER? (p.340) Teste 2 - AVALIE O POTENCIAL DO SEU NEGÓCIO (p.349)
  9. 9. Material de trabalhoMaterial de trabalho PLANOS DE NEGÓCIOS COMPLETOS (PLANOS DE NEGÓCIOS COMPLETOS (exemplos para discussão)exemplos para discussão) 014.PN Recanto Verde014.PN Recanto Verde LodgeLodge – Hotel ecológico, ecoturismo 015.015.PN_EasyBuyingPN_EasyBuying – REDE DE INTERMEDIAÇÃO DE NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO VAREJO, ATRAVÉS DO MODELO DE LEILÃO ON-LINE 016.016.PN_LojaPN_Loja de roupas femininasde roupas femininas – proposta diferenciada e inovadora - serviços relacionados à moda - uma 9 – proposta diferenciada e inovadora - serviços relacionados à moda - uma “empresa de modas”, além da “loja de roupas femininas” – Porto Alegre. 017.017.PN_Faro_FinoPN_Faro_Fino – Intermediação do processo de comercialização de produtos e/ou serviços de pequenas e médias empresas por meio da Internet. 018.018.PN_CafeteriaPN_Cafeteria Café CulturaCafé Cultura – Cafeteria, CyberCafé, Espaço Cultural – João Pessoa/PB 019.PN Empresa de Internet019.PN Empresa de Internet – Modelo ABC Commerce – para empresas de Internet.
  10. 10. Material de trabalhoMaterial de trabalho 020.020.Plano_de_Plano_de_ Negocios_v203_SEBRAENegocios_v203_SEBRAE--PRPR – Planilha Excel para orientar a montagem de um PN, desenvolvida pelo SEBRAE-PR. 021.Plano de Negócios021.Plano de Negócios – Planilha Excel para orientar a montagem de um PN e para a avaliação de projetos para incubação. Desenvolvida pela INEV — Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Varginha - MG 10 Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Varginha - MG 022.022.PN_Plano_FinanceiroPN_Plano_Financeiro – Planilha Excel para auxiliar o desenvolvimento do Plano Financeiro do Plano de Negócios.
  11. 11. SugestõesSugestões –– modelosmodelos Para elaboração do PN o grupo deverá basear-se no PLANO DE NEGÓCIOS DA GMA – Goiabadas Maria Amália LTDA – que está completo e detalhado no livro “O Segredo de Luisa”, p.297. [Arquivo n.13] Complementa e explica este PN o modelo de plano de negócios para comércio, indústria e serviços, elaborado pelo Prof. Fernando Dolabela [Arquivo n.12]. 11 Fernando Dolabela [Arquivo n.12]. Podem ser usados planilhas auxiliares, e o PN deve ser desenvolvido durante o curso e discutido passo-a-passo com o professor, utilizando conceitos e ferramentas vistas nas outras disciplinas. Cada grupo deverá discutir o desenvolvimento da idéia e do PN com o professor.
  12. 12. Visão InicialVisão Inicial 1: Pai Rico1: Pai Rico 2: Análise Estratégica2: Análise Estratégica 3: Elaboração de Planos de Negócios3: Elaboração de Planos de Negócios 12 3: Elaboração de Planos de Negócios3: Elaboração de Planos de Negócios
  13. 13. AA diferençadiferença entreentre ricosricos ee pobrespobres nãonão éé aa quantidadequantidade dede dinheirodinheiro queque possuempossuem:: éé aa mentemente.. 13 RobertRobert KiyosakiKiyosaki
  14. 14. Pai Rico / Inteligência FinanceiraPai Rico / Inteligência Financeira Robert Kiyosaki Sharon Lechter 14 Robert Kiyosaki Sharon Lechter KIYOSAKI, Robert T. Pai Rico - Desenvolva Sua Inteligência Financeira. 5 Estratégias para Aumentar seu Patrimônio, Rio de Janeiro: Campus. 2008. KIYOSAKI, Robert T.; LETCHER, Sharon L. Pai Rico, Pai Pobre. O Que Os Ricos Ensinam a seus Filhos sobre Dinheiro. Rio de Janeiro: Campus. 2000.
  15. 15. Pai Rico / Inteligência FinanceiraPai Rico / Inteligência Financeira DISPONÍVEL NO GOOGLE BOOKS para consultaDISPONÍVEL NO GOOGLE BOOKS para consulta = Clique no link abaixo == Clique no link abaixo = KIYOSAKI,KIYOSAKI, RobertRobert TT.;.; LETCHER,LETCHER, SharonSharon LL.. PaiPai Rico,Rico, PaiPai PobrePobre.. OO QueQue OsOs RicosRicos EnsinamEnsinam aa seusseus FilhosFilhos sobresobre DinheiroDinheiro.. RioRio dede JaneiroJaneiro:: CampusCampus.. 20002000.. 15 seusseus FilhosFilhos sobresobre DinheiroDinheiro.. RioRio dede JaneiroJaneiro:: CampusCampus.. 20002000.. http://books.google.com/books?id=ODZxFxy0YgcC&http://books.google.com/books?id=ODZxFxy0YgcC&printsecprintsec==frontcover&dqfrontcover&dq=pai=pai +rico+pai++rico+pai+pobre&hlpobre&hl==ptpt-- BR&eiBR&ei=vo13Tf_gHNKF0QHb3ojaBg&=vo13Tf_gHNKF0QHb3ojaBg&sasa==X&oiX&oi==book_result&ctbook_result&ct==result&resnumresult&resnum=1=1 &&vedved=0CD0Q6AEwAA#v==0CD0Q6AEwAA#v=onepage&qonepage&q&f=&f=falsefalse
  16. 16. Pai Rico / Inteligência FinanceiraPai Rico / Inteligência Financeira DISPONÍVEL NO GOOGLE BOOKS para consultaDISPONÍVEL NO GOOGLE BOOKS para consulta Educação financeira para criançasEducação financeira para crianças = Clique no link abaixo == Clique no link abaixo = 16 KIYOSAKI,KIYOSAKI, RobertRobert TT.;.; LETCHER,LETCHER, SharonSharon LL.. PaiPai RicoRico emem quadrinhosquadrinhos.. ComoComo educareducar seusseus filhosfilhos parapara sese tornaremtornarem ricosricos;; ComoComo ensinarensinar seusseus filhosfilhos aa lidarlidar comcom dinheiro,dinheiro, seguindoseguindo osos conselhosconselhos dodo paipai ricorico.. RioRio dede JaneiroJaneiro:: ElsevierElsevier,, 20052005.. PAI RICO, PAI POBREPAI RICO, PAI POBRE EM QUADRINHOSEM QUADRINHOS Por ROBERT T. KIYOSAKI,SHARON L.Por ROBERT T. KIYOSAKI,SHARON L. LECHTERLECHTER http://books.google.com/books?id=WT0zhttp://books.google.com/books?id=WT0z-- eXAjIYC&printseceXAjIYC&printsec==frontcover&dqfrontcover&dq=pai+rico+pai+=pai+rico+pai+pobre&hlpobre&hl==ptpt-- BR&eiBR&ei=vo13Tf_gHNKF0QHb3ojaBg&=vo13Tf_gHNKF0QHb3ojaBg&sasa==X&oiX&oi==book_result&ctbook_result&ct==result&resnumresult&resnum=2=2 &&vedved=0CEMQ6AEwAQ#v==0CEMQ6AEwAQ#v=onepage&qonepage&q&f=&f=falsefalse
  17. 17. Aviso aos empreendedoresAviso aos empreendedores As propostas de Kiyosaki & Lechter, mais conhecidas como propostas do “pai rico”, tem o potencial de alterar convicções enraizadas profundamente na sua conciência. 17 profundamente na sua conciência. É necessário estar preparado(a) para aceitar o desafio de repensar por completo a forma como você ganha a vida.
  18. 18. A fábula da cidade que precisava de águaA fábula da cidade que precisava de água Era uma vez uma cidade precisava de água. Dois empresários apareceram para solucionar o problema. Um montou um negócio de venda de água mineral em galões, outro construiu um duto. 18
  19. 19. A fábula da cidade que precisava de águaA fábula da cidade que precisava de água REFLEXÃO O que você está fazendo com sua vida? Construindo dutos ou vendendo galões? Que riscos e problemas ocorrem para quem opta por cada uma das opções? 19
  20. 20. Segredos dos ricosSegredos dos ricos A questão não é “o que fazer” paraA questão não é “o que fazer” para tornartornar--se rico.se rico. 20 É mais uma questão de “o que ser”.É mais uma questão de “o que ser”. KIYOSAKI, Robert T. Pai Rico - Desenvolva Sua Inteligência Financeira. 5 Estratégias para Aumentar seu Patrimônio, Rio de Janeiro: Campus. 2008.
  21. 21. Pai rico, pai pobrePai rico, pai pobre RobertRobert KiyosakiKiyosaki passoupassou aa infânciainfância nono HawaiHawai,, ee “teve“teve 22 pais”pais”.. OO “pai“pai pobre”pobre” éé oo paipai biológicobiológico.. QueQue teveteve destacadadestacada formaçãoformação acadêmica,acadêmica, ee trabalhoutrabalhou muitomuito tempotempo comocomo chefechefe dodo setorsetor dede educaçãoeducação públicapública dodo estadoestado dodo HawaiHawai.. AoAo fimfim dada vidavida estavaestava endividadoendividado.. 21 OO “pai“pai rico”rico” éé oo paipai adotivo,adotivo, ee paipai dodo melhormelhor amigoamigo.. FoiFoi obrigadoobrigado aa deixardeixar osos estudosestudos enquantoenquanto aindaainda jovemjovem.. AoAo fimfim dada vidavida estavaestava milionáriomilionário..
  22. 22. Pai rico, Pai pobre: FILOSOFIASPai rico, Pai pobre: FILOSOFIAS 22 Robert Kiyosaki & Sharon Lechter
  23. 23. Segredo dos Ricos (1)Segredo dos Ricos (1) OsOs ricosricos nãonão trabalhamtrabalham porpor dinheirodinheiro OsOs ricosricos fazemfazem oo dinheirodinheiro trabalhartrabalhar parapara eleseles.. PorPor vezesvezes osos ricosricos trabalhamtrabalham parapara aprenderaprender.. TrabalharTrabalhar porpor umum chequecheque nono fimfim dodo mêsmês colocacoloca oo indivíduoindivíduo numanuma corridacorrida semsem linhalinha dede chegadachegada.. ÉÉ aa “corrida“corrida dosdos ratos”ratos”.. EssaEssa corridacorrida éé umauma armadilhaarmadilha criadacriada porpor duasduas emoçõesemoções:: medomedo ee desejodesejo.. Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 23 desejodesejo.. OsOs professoresprofessores nãonão estãoestão muitomuito preocupadospreocupados emem ficarficar ricosricos.. AA maioriamaioria dosdos professoresprofessores nãonão éé rico,rico, ee trabalhatrabalha porpor dinheirodinheiro.. ÉÉ difícildifícil aprenderaprender aa serser ricorico nana escolaescola.. MuitosMuitos ricosricos aprendemaprendem aa serser emem casa,casa, comcom osos pais,pais, ee nãonão nana escolaescola.. OO dinheirodinheiro nãonão éé emem geralgeral ensinadoensinado emem escolasescolas.. AsAs escolasescolas sese concentramconcentram nasnas habilidadeshabilidades acadêmicasacadêmicas ee profissionais,profissionais, masmas nãonão nasnas habilidadeshabilidades financeirasfinanceiras..
  24. 24. Segredo dos Ricos (2)Segredo dos Ricos (2) OsOs ricosricos nãonão trabalhamtrabalham porpor dinheirodinheiro.. –– GrandeGrande parteparte dasdas pessoaspessoas passapassa aa vidavida atrásatrás dede contracheques,contracheques, aumentosaumentos salariaissalariais ee segurançasegurança nono emprego,emprego, porpor causascausas dasdas emoçõesemoções dede desejodesejo ee medo,medo, semsem sese questionarquestionar realmenterealmente ondeonde essesesses pensamentospensamentos conduzidosconduzidos pelapela emoçãoemoção asas estãoestão levandolevando.. Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 24 –– ÉÉ comocomo aa históriahistória dodo burroburro queque movimentamovimenta oo carrocarro enquantoenquanto seuseu donodono ficafica balançandobalançando umauma cenouracenoura àà frentefrente dede seuseu nariznariz.. OO donodono dodo burroburro provavelmenteprovavelmente estáestá indoindo aondeaonde desejadeseja ir,ir, masmas oo burroburro estáestá correndocorrendo atrásatrás dede umauma ilusãoilusão.. AmanhãAmanhã haveráhaverá apenasapenas maismais umauma cenouracenoura parapara oo burroburro.. –– Para ser rico é preciso terPara ser rico é preciso ter controle sobre as próprias emoções.controle sobre as próprias emoções.
  25. 25. Segredo dos Ricos (3)Segredo dos Ricos (3) EducaçãoEducação financeirafinanceira éé tudotudo.. –– NãoNão procureprocure “dicas“dicas quentes”quentes” dosdos ricosricos (em(em queque investir?investir? Ações,Ações, imóveis?)imóveis?).. EduqueEduque--sese financeiramente!financeiramente! –– OO éé precisopreciso fazerfazer parapara ficarficar rico?rico? NãoNão éé umauma questãoquestão dede oo queque éé precisopreciso fazer,fazer, masmas oo queque éé precisopreciso serser.. Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 25 –– DinheiroDinheiro semsem educaçãoeducação financeirafinanceira éé dinheirodinheiro queque desaparecedesaparece depressadepressa.. –– InteligênciaInteligência financeirafinanceira nãonão éé quandoquando dinheirodinheiro vocêvocê ganha,ganha, masmas quantoquanto dinheirodinheiro vocêvocê conserva,conserva, oo quantoquanto oo seuseu dinheirodinheiro trabalhatrabalha porpor você,você, ee porpor quantasquantas geraçõesgerações consegueconsegue conserváconservá--lolo.. –– AprendaAprenda aa distingüirdistingüir ativosativos ((assetasset)) dede passivospassivos ((liabilityliability)).. •• CompreCompre e/oue/ou construaconstrua ativosativos.. •• PaguePague seusseus luxosluxos (seus(seus passivos)passivos) aa partirpartir dede seusseus ativosativos
  26. 26. Segredo dos Ricos (4)Segredo dos Ricos (4) EducaçãoEducação financeirafinanceira éé tudo!!tudo!! –– SerSer ricorico nãonão éé serser frugalfrugal ((cheapcheap)).. HáHá situaçõessituações justificáveisjustificáveis parapara aa frugalidade,frugalidade, masmas quemquem possuipossui muitomuito dinheirodinheiro ee éé frugalfrugal vendeuvendeu suasua almaalma parapara oo dinheirodinheiro.. –– LembreLembre--sese dada regraregra dede ouroouro:: “quem“quem temtem oo ouroouro fazfaz asas regras”regras” –– EfeitoEfeito manadamanada:: comcom muitamuita freqüência,freqüência, emem vezvez dede confiarconfiar nono seuseu Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 26 –– EfeitoEfeito manadamanada:: comcom muitamuita freqüência,freqüência, emem vezvez dede confiarconfiar nono seuseu julgamentojulgamento íntimo,íntimo, aa maioriamaioria asas pessoaspessoas seguesegue oo comportamentocomportamento dada multidãomultidão.. –– ParaPara quemquem temtem boaboa educaçãoeducação financeira,financeira, osos períodosperíodos dede recessãorecessão sãosão períodosperíodos dede excitaçãoexcitação aa ee dede inúmerasinúmeras oportunidadesoportunidades dede negóciosnegócios.. EmEm períodosperíodos dede recessãorecessão muitamuita gentegente entraentra emem pânicopânico ee vendevende bonsbons ativosativos porpor baixosbaixos preçospreços..
  27. 27. Quadrantes econômicosQuadrantes econômicos DiagramaDiagrama KiyosakiKiyosaki ee LechterLechter de classificação econômica.de classificação econômica. 27
  28. 28. A qual quadrante uma pessoa pertence?A qual quadrante uma pessoa pertence? PodePode--se identificar o quadrante em que umse identificar o quadrante em que um indivíduo atua pela forma como ele obtém o seuindivíduo atua pela forma como ele obtém o seu dinheiro.dinheiro. Outra forma é observar os problemas queOutra forma é observar os problemas que interessam ao indivíduo.interessam ao indivíduo. –– E => Como conseguir um emprego com melhorE => Como conseguir um emprego com melhor 28 –– E => Como conseguir um emprego com melhorE => Como conseguir um emprego com melhor salário e melhores benefícios?salário e melhores benefícios? –– A/S => Quanto o mercado está pagando a hora (ouA/S => Quanto o mercado está pagando a hora (ou consulta) de um profissional com minha qualificação?consulta) de um profissional com minha qualificação? –– D/B => Como consigo contratar um bom presidenteD/B => Como consigo contratar um bom presidente para minha empresa?para minha empresa? –– I => Quanto meus investimentos estão rendendo?I => Quanto meus investimentos estão rendendo? Que risco estou correndo?Que risco estou correndo?
  29. 29. Empresas D/BEmpresas D/B ×× A/SA/S A/S => dono do próprio emprego.A/S => dono do próprio emprego. A empresa é o próprio indivíduo. – Depende de pessoas específicas (insubstituíveis) – Faz pouco sentido vender a empresa. – Menor escalabilidade (difícil de crescer rapidamente) – Exemplo: profissionais liberais: médicos, engenheiros, advogados. 29 • D/B => dono de um sistema de negócios.• D/B => dono de um sistema de negócios. Pode ficar um ano fora da empresa, que a empresa segue crescendo. – Não tem pessoas insubstituíveis, somente cargos. – A empresa tem bom valor de mercado. – Maior escalabilidade (relativamente fácil crescer rapidamente) – Exemplo: investidores de grandes empresas como Garantia, Ambev, Globo, Embraer, Weg. Investidores preferem investir em empresas D/B, e não em A/S.Investidores preferem investir em empresas D/B, e não em A/S.
  30. 30. Empresa tipo S ≠ Empresa tipo BEmpresa tipo S ≠ Empresa tipo B Empresa tipo S (Self-Employed) – A empresa é o próprio dono – O dono possui o próprio emprego – Se o dono faltar, a empresa acaba Empresa tipo B (Business owner) – A empresa é um sistema de negócios que funciona independente de pessoas específicas – A empresa não depende de o 30 – A empresa tem pequeno valor de venda. – A empresa não depende de o dono trabalhar diretamente – A empresa tem bom valor de venda.
  31. 31. Balanço (demonstração financeira)Balanço (demonstração financeira) • Definições práticas• Definições práticas focadas no fluxo defocadas no fluxo de caixacaixa ((cashcash flowflow)) –– Ativo: é o que põeAtivo: é o que põe dinheiro no seu bolsodinheiro no seu bolso –– Passivo: é o que tiraPassivo: é o que tira 31 –– Passivo: é o que tiraPassivo: é o que tira dinheiro no seu bolsodinheiro no seu bolso • Reflexão: seu imóvel é um• Reflexão: seu imóvel é um ativo ou um passivo?ativo ou um passivo?
  32. 32. Balanço típico de E ou A/S (lado esquerdo)Balanço típico de E ou A/S (lado esquerdo) 32
  33. 33. Balanço típico de D/B ou I (lado direito)Balanço típico de D/B ou I (lado direito) 33
  34. 34. Segredo dos Ricos (5)Segredo dos Ricos (5) CuideCuide dosdos seusseus negóciosnegócios (mind your own businesses) –– QualQual oo negócionegócio dodo McDonald`McDonald`s?s? VendaVenda dede comida?comida? Não,Não, sãosão imóveisimóveis.. – Cerca de 60% da receita mundial da companhia McDonald's provém dos imóveis e os 40% restantes da operação de fast food. – Dos 544 restaurantes da rede no Brasil, cerca de 15% operam em imóveis próprios. Nos outros estabelecimentos, a rede tem controle sobre o ponto Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 34 próprios. Nos outros estabelecimentos, a rede tem controle sobre o ponto (paga luvas), mas não tem a propriedade do imóvel. Algumas vezes a rede compra o imóvel ao lado da loja para posterior locação, já que o terreno se valoriza por ser vizinho a um McDonald‘s. –– VocêVocê podepode estarestar empregadoempregado numanuma empresaempresa ee trabalhartrabalhar comcom vendasvendas nãonão pelopelo dinheirodinheiro nono fimfim dodo mês,mês, masmas parapara aumentaraumentar suassuas habilidadeshabilidades dede vendedorvendedor.. QuandoQuando suassuas habilidadeshabilidades estiveremestiverem suficientementesuficientemente boas,boas, vocêvocê podepode voltarvoltar aoao seuseu negócionegócio (o(o queque querquer queque seja)seja).. OO seusseus negóciosnegócios devemdevem fazerfazer aumentaraumentar seusseus ativosativos..
  35. 35. OsOs ricosricos inventaminventam dinheirodinheiro:: –– QuandoQuando sese tratatrata dede dinheiro,dinheiro, aa maioriamaioria dasdas pessoaspessoas prefereprefere aa segurançasegurança.. –– AsAs pessoaspessoas ricasricas freqüentementefreqüentemente sãosão criativascriativas ee assumemassumem riscosriscos calculadoscalculados.. –– OsOs negóciosnegócios realmenterealmente quentesquentes nãonão sãosão oferecidosoferecidos aosaos novatosnovatos.. –– QuantoQuanto maiormaior suasua inteligênciainteligência financeira,financeira, maismais fácilfácil éé reconhecerreconhecer umum Segredo dos Ricos (6)Segredo dos Ricos (6) Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 35 –– QuantoQuanto maiormaior suasua inteligênciainteligência financeira,financeira, maismais fácilfácil éé reconhecerreconhecer umum bombom negócionegócio.. • As grandes oportunidades não são vistas com os olhos, mas com a• As grandes oportunidades não são vistas com os olhos, mas com a mente.mente. –– Tipos de investidores:Tipos de investidores: • Os que investem nos negócios inventados por outros • Os que inventam os próprios negócios
  36. 36. ImpostosImpostos ee oo poderpoder dada sociedadesociedade anônimaanônima HáHá formasformas legaislegais dede pagarpagar menosmenos impostosimpostos aa partirpartir dodo operaçãooperação dede sociedadessociedades anônimasanônimas.. ContrateContrate bonsbons contadores,contadores, advogadosadvogados ee outrosoutros profissionaisprofissionais dodo gênero,gênero, parapara lhelhe apoiarapoiar nana estruturaçãoestruturação dede seusseus negócios,negócios, comcom vistasvistas aa minimizarminimizar legalmentelegalmente oo pagamentopagamento dede impostosimpostos.. Segredo dos Ricos (7)Segredo dos Ricos (7) Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 36 BuscarBuscar formasformas dede minimizarminimizar oo pagamentopagamento dede impostosimpostos LEGALMENTELEGALMENTE..
  37. 37. Trabalhar para aprender, não pelo dinheiro. – Exemplo: trabalhe como vendedor, até que você perca o medo da rejeição. – Empresas de comprometimento mínimo: “os empregados trabalham apenas o suficiente para não serem Segredo dos Ricos (8)Segredo dos Ricos (8) Robert Kiyosaki & Sharon Lechter 37 “os empregados trabalham apenas o suficiente para não serem demitidos, e os empregadores pagam apenas o suficiente para que os trabalhadores não vão embora.” – Recomenda-se, especialmente aos jovens, que procurem emprego mais pelas oportunidades de aprendizado que pelo pagamento no fim do mês.
  38. 38. Modelo de empresaModelo de empresa 38
  39. 39. Algumas lições do pai ricoAlgumas lições do pai rico Ricos buscam liberdade ao invés de segurança (quadrante direito). Todo dono de negócios deve ser um líder. Pessoas inteligentes contratam pessoas mais inteligentes que elas próprias. 39 Muitos gerentes acreditam que devem garantir seus postos de trabalho evitando deixar entrar na organização pessoas mais inteligentes e competentes que ele próprio. Esse comportamento gera um ciclo de mediocridade. O líder deve identificar e eliminar esse comportamento. B’s contratam S’s (D’s contratam A’s).
  40. 40. Julgue a origem dos conselhosJulgue a origem dos conselhos Há uma diferença entre “conselheiro” e “mentor”. – Um conselheiro é alguém que lhe diz como fazer algo, mas ele mesmo não faz. 40 – Um mentor é alguém que lhe diz como fazer algo, referindo-se a como ele próprio já fez e segue fazendo. “O mundo está cheio de A/S lhe dando consultoria sobre como ser um D/B”.
  41. 41. Pense como investidor (1)Pense como investidor (1) OO objetivoobjetivo dodo donodono dede empresaempresa éé construirconstruir umum sistemasistema dede negóciosnegócios emem queque osos funcionáriosfuncionários trabalhem,trabalhem, ee lucrolucro sejaseja distribuídodistribuído parapara osos investidoresinvestidores.. OO segredosegredo nãonão éé oo produto,produto, éé oo sistemasistema dede negóciosnegócios 41 OO segredosegredo nãonão éé oo produto,produto, éé oo sistemasistema dede negóciosnegócios ÉÉ muitomuito fácilfácil montarmontar umum restauranterestaurante comcom comidacomida maismais gostosagostosa queque aa dodo McDonald'sMcDonald's.. MasMas éé difícildifícil montarmontar umum restauranterestaurante queque façafaça maismais dinheirodinheiro queque oo McDonald'sMcDonald's..
  42. 42. Pense como investidor (2)Pense como investidor (2) Conselhos de Warren Buffet 42
  43. 43. Pense como investidor (2)Pense como investidor (2) Conselhos de Warren Buffet Examine os balanços das empresas. Calcule o “valor estrutural” da empresa, baseado no histórico de pagamento de dividendos. Não acredite em promessas de venda futura. Compre empresas que estejam sendo vendidas por menos que seu 43 Compre empresas que estejam sendo vendidas por menos que seu valor estrutural. Se não tiver nada de bom para comprar, mantenha o dinheiro em “investimentos pasteurizados”. Converse com os administradores da empresa, e certifique-se que eles colocam os interesses da empresa acima dos interesses dos gestores. Não invista em empresas cujo negócio é complexo demais. A forma como a empresa gera lucro deve ser fácil de entender.
  44. 44. Fatores de realizaçãoFatores de realização Excesso de DinheiroExcesso de Dinheiro ExperiênciaExperiência 44 ExperiênciaExperiência TempoTempo
  45. 45. Primeiro passo: sair da corrida dos ratosPrimeiro passo: sair da corrida dos ratos 45
  46. 46. Análise EstratégicaAnálise Estratégica SWOTSWOT StrengthsStrengths,, WeaknessesWeaknesses,, OpportunitiesOpportunities,, ThreatsThreats (forças,(forças, fraquezas,fraquezas, oportunidadesoportunidades ee ameaças)ameaças).. AA observaçãoobservação dasdas forças,forças, fraquezas,fraquezas, oportunidadesoportunidades ee ameaçasameaças permitepermite criarcriar juízojuízo sobresobre aa probabilidadeprobabilidade dede umum negócionegócio serser bembem sucedidosucedido.. 46 Portanto,Portanto, quandoquando sese escreveescreve umum planoplano dede negóciosnegócios (business(business planplan)) éé importanteimportante incluirincluir umauma seçãoseção parapara aa análiseanálise SWOTSWOT.. CopieCopie oo queque funcionafunciona bembem...... InoveInove ondeonde forfor possívelpossível melhorarmelhorar..
  47. 47. Análise EstratégicaAnálise Estratégica -- SWOTSWOT 47
  48. 48. Análise EstratégicaAnálise Estratégica –– Matriz BCGMatriz BCG 48
  49. 49. Matriz BCG (na sua empresa)Matriz BCG (na sua empresa) Exercício:Exercício: ListeListe osos principaisprincipais produtosprodutos dada empresaempresa emem queque vocêvocê trabalhatrabalha.. LevanteLevante aa situaçãosituação dede participaçãoparticipação dede mercadomercado ((marketmarket shareshare)) dessesdesses produtos,produtos, ee tambémtambém dodo crescimentocrescimento dede mercadomercado dodo segmentosegmento econômicoeconômico aa queque oo produtoproduto pertencepertence.. AA partirpartir dessedesse levantamento,levantamento, classifiqueclassifique osos produtosprodutos dada empresaempresa 49 AA partirpartir dessedesse levantamento,levantamento, classifiqueclassifique osos produtosprodutos dada empresaempresa nana dede acordoacordo comcom aa matrizmatriz BCGBCG.. BaseadoBaseado nessanessa análise,análise, avalieavalie sese aa empresaempresa éé ouou nãonão umauma boaboa apostaaposta dede investimentoinvestimento.. QueQue produtosprodutos devemdevem serser reforçadosreforçados ee quaisquais devemdevem serser atenuadosatenuados nono mixmix dada empresa,empresa, comcom vistasvistas aa fazerfazer aumentaraumentar aa rentabilidaderentabilidade ee oo valorvalor dada mesmamesma ??
  50. 50. Modelo 5 forças de PorterModelo 5 forças de Porter 50
  51. 51. O que é um Plano de Negócios?O que é um Plano de Negócios? É um documento de planejamento que demonstra a viabilidadeÉ um documento de planejamento que demonstra a viabilidade econômica de uma oportunidade identificada de negócio. Umeconômica de uma oportunidade identificada de negócio. Um bom Plano de Negócio deve ter cinco principais características:bom Plano de Negócio deve ter cinco principais características: 1.1. Integrar equipe, alinhando os esforços em uma única direçãoIntegrar equipe, alinhando os esforços em uma única direção 2.2. Ser dinâmico, com ajustes permanentes entre premissas eSer dinâmico, com ajustes permanentes entre premissas e 51 2.2. Ser dinâmico, com ajustes permanentes entre premissas eSer dinâmico, com ajustes permanentes entre premissas e projeçõesprojeções 3.3. Comunicar com clareza o seu conteúdo, para os públicos deComunicar com clareza o seu conteúdo, para os públicos de interesse internos e externos. É essencialmente um documentointeresse internos e externos. É essencialmente um documento de vendade venda 4.4. Assegurar fluxo de caixa positivo com rentabilidade atraenteAssegurar fluxo de caixa positivo com rentabilidade atraente 5.5. Ser um instrumento de controle gerencialSer um instrumento de controle gerencial
  52. 52. Em que situações típicas deveEm que situações típicas deve--se elaborar umse elaborar um Plano de NegóciosPlano de Negócios Expansão ou recuperação de resultados de uma empresa Lançamento de um novo produto ou serviço 52 Viabilização de um empreendimento Projeto Pessoal
  53. 53. Eventos que marcaram a economia no BrasilEventos que marcaram a economia no Brasil Milagre Brasileiro Período marcado pela hiperinflação Mercados protegidos Interferência do Governo nos preços da economia 53 Crise do Petróleo Lideração dos controles de preço Abertura da economia Plano Real 70 78 80 90 94 2000 Milagre Brasileiro Crédito farto
  54. 54. Notícias veiculadas em Janeiro de 2010Notícias veiculadas em Janeiro de 2010 Folha de SãoFolha de São PauloPaulo 659.364 Valor EconômicoValor Econômico IBGE conclui: 65% IBGE: para cada 10 novas empresas, 6,5 morrem no primeiro ano 54 45.264 4.894 426.856 27.120 3.235 Até 4 empregados De 5 a 19 De 20 a 99 Nascimentos: 710.258 Mortes: 457.990 das empresas fecham antes de completar 1 ano
  55. 55. Mortalidade de empresas no BrasilMortalidade de empresas no Brasil Pesquisa/monitoramentoPesquisa/monitoramento SEBRAESEBRAE ((20102010)):: 2727%% dasdas empresasempresas brasileirasbrasileiras fechamfecham emem seuseu 11ºº anoano dede atividadeatividade.. PrincipaisPrincipais causascausas queque levamlevam aoao fechamentofechamento dasdas empresasempresas:: - comportamento empreendedor pouco desenvolvido; 55 - comportamento empreendedor pouco desenvolvido; - falta de planejamento prévio; - gestão deficiente do negócio; - insuficiência de políticas de apoio; - flutuações na conjuntura econômica; - problemas pessoais dos proprietários.
  56. 56. Por que devemos ter um Plano de Negócios?Por que devemos ter um Plano de Negócios? Causas de insucesso no primeiro ano de implantação de empresas Incompetência gerencial 45% Inexperiência no ramo 9% Expertise desbalanceada 20% 56 Expertise desbalanceada 20% Negligência nos negócios 3% Fraudes 2% Desastres 1% TOTAL 98% USA – Small Business Administration
  57. 57. ... Por que devemos ter um Plano de Negócios?... Por que devemos ter um Plano de Negócios? Maiores armadilhas no gerenciamento de pequenas empresas Falta de experiência Falta de dinheiro Expansão inexplicada Excesso de capital em ativos fixos Atitudes erradas Localização errada Gerenciamento de inventário impróprio Usar grande parte dos recursos do dono 57 Excesso de capital em ativos fixos Difícil obtenção de crédito Usar grande parte dos recursos do dono The Business Planning Guide
  58. 58. O Plano de Negócios no contexto do cursoO Plano de Negócios no contexto do curso Plano de Negócios Missão /Missão / Visão do NegócioVisão do Negócio Plano dePlano de MarketingMarketing OrganizaçãoOrganização e Processose Processos PlanoPlano FinanceiroFinanceiro 58 Visão do NegócioVisão do Negócio Análise EstratégicaAnálise Estratégica MarketingMarketing e Vendae Venda e Processose Processos de Negóciode Negócio FinanceiroFinanceiro (Geração de(Geração de Caixa)Caixa) Estratégias de Mercado Planejamento de Marketing Módulo Produção Módulo Finanças
  59. 59. PúblicosPúblicos--alvo de um Plano de Negócioalvo de um Plano de Negócio Para estabelecer acordos e obter recursos para o Plano de Negócio Para estabelecer acordos e obter recursos para o Plano de Negócio Dirigentes e EquipesDirigentes e Equipes Para alinhamento de objetivos e metas do negócio Para alinhamento de objetivos e metas do negócio ParceirosParceiros Para estabelecer estratégias conjuntas Para estabelecer estratégias conjuntas Conselhos de Administração/ Sócios Capitalistas Conselhos de Administração/ Sócios Capitalistas 59 A própria EmpresaA própria Empresa Para comunicação interna com os colaboradores Para comunicação interna com os colaboradores Bancos / FinanciadoresBancos / Financiadores Para conseguir financiamentosPara conseguir financiamentos Clientes PotenciaisClientes Potenciais Para vender o produto/serviço - pré-venda Para vender o produto/serviço - pré-venda FornecedoresFornecedores Para obter crédito para compra de mercadorias e insumos Para obter crédito para compra de mercadorias e insumos
  60. 60. Elaboração deElaboração de Plano de NegóciosPlano de Negócios 60 Plano de NegóciosPlano de Negócios
  61. 61. Plano de NegóciosPlano de Negócios Visão EsquemáticaVisão Esquemática Providencio uma pesquisa de mercado e análise da concorrência Estabeleço premissas de projeções de mercado Dimensiono os meus recursos humanos operacionais e tecnológicos Estrutura de OrganizaçãoEstrutura de OrganizaçãoParticipaçãoParticipação 5% 10% 61 IdentificamosIdentificamos uma oportunidadeuma oportunidade DimensionoDimensiono o mercadoo mercado ProcessosProcessos ☺ClientesClientes Sintetizo tudo em números num plano financeiro 5% Projeto oProjeto o crescimentocrescimento Elaboro o meu plano estratégico - Missão/Visão - Objetivos - SWOT Estabeleço o meu plano de marketing - Produto - Preço - Praça - Promoção CustosCustos operacionaisoperacionais InvestiInvesti-- mentomento
  62. 62. Plano de NegóciosPlano de Negócios Visão EsquemáticaVisão Esquemática Providencio uma pesquisa de mercado e análise da concorrência Estabeleço premissas de projeções de mercado ParticipaçãoParticipação 5% 10% Dimensiono os meus recursos humanos operacionais e tecnológicos Estrutura de OrganizaçãoEstrutura de Organização 62 IdentificamosIdentificamos uma oportunidadeuma oportunidade DimensionoDimensiono o mercadoo mercado 5% Projeto oProjeto o crescimentocrescimento Sintetizo tudo em números num plano financeiro Projeção vendasProjeção vendas Custo de vendaCusto de venda InvestiInvesti-- mentomento ProcessosProcessos ☺ClientesClientes CustosCustos operacionaisoperacionais Estabeleço o meu plano de marketing - Produto - Preço - Praça - Promoção Elaboro o meu plano estratégico - Missão/Visão - Objetivos - SWOT
  63. 63. Plano de NegóciosPlano de Negócios Visão EsquemáticaVisão Esquemática Providencio uma pesquisa de mercado e análise da concorrência Estabeleço premissas de projeções de mercado ParticipaçãoParticipação 5% 10% Dimensiono os meus recursos humanos operacionais e tecnológicos Estrutura de OrganizaçãoEstrutura de Organização 63 IdentificamosIdentificamos uma oportunidadeuma oportunidade DimensionoDimensiono o mercadoo mercado 5% Projeto oProjeto o crescimentocrescimento Estabeleço o meu plano de marketing - Produto - Preço - Praça - Promoção Projeção vendasProjeção vendas Custo de vendaCusto de venda InvestiInvesti-- mentomento ProcessosProcessos ☺ClientesClientes CustosCustos operacionaisoperacionais Sintetizo tudo em números num plano financeiro Elaboro o meu plano estratégico - Missão/Visão - Objetivos - SWOT
  64. 64. Plano de NegóciosPlano de Negócios Visão EsquemáticaVisão Esquemática Providencio uma pesquisa de mercado e análise da concorrência Estabeleço premissas de projeções de mercado Dimensiono os meus recursos humanos operacionais e tecnológicos Estrutura de OrganizaçãoEstrutura de OrganizaçãoParticipaçãoParticipação 5% 10% 64 IdentificamosIdentificamos uma oportunidadeuma oportunidade DimensionoDimensiono o mercadoo mercado ProcessosProcessos ☺ClientesClientes 5% Projeto oProjeto o crescimentocrescimento Estabeleço o meu plano de marketing - Produto - Preço - Praça - Promoção Projeção vendasProjeção vendas Custo de vendaCusto de venda CustosCustos operacionaisoperacionais InvestiInvesti-- mentomento Sintetizo tudo em números num plano financeiro Elaboro o meu plano estratégico - Missão/Visão - Objetivos - SWOT
  65. 65. Plano de NegóciosPlano de Negócios Visão EsquemáticaVisão Esquemática Providencio uma pesquisa de mercado e análise da concorrência Estabeleço premissas de projeções de mercado ParticipaçãoParticipação 5% 10% Dimensiono os meus recursos humanos operacionais e tecnológicos Estrutura de OrganizaçãoEstrutura de Organização 65 IdentificamosIdentificamos uma oportunidadeuma oportunidade DimensionoDimensiono o mercadoo mercado Sintetizo tudo em números num plano financeiro 5% Projeto oProjeto o crescimentocrescimento Estabeleço o meu plano de marketing - Produto - Preço - Praça - Promoção InvestiInvesti-- mentomentoProjeção vendasProjeção vendas Custo de vendaCusto de venda ProcessosProcessos ☺ClientesClientes CustosCustos operacionaisoperacionais Elaboro o meu plano estratégico - Missão/Visão - Objetivos - SWOT
  66. 66. Pesquisa Direta:Pesquisa Direta: –– Elementos quantitativos de oferta x demanda e relativosElementos quantitativos de oferta x demanda e relativos aos participantes do mercado sob análiseaos participantes do mercado sob análise Entrevistas com empresários, executivos, técnicos do setor eEntrevistas com empresários, executivos, técnicos do setor e fornecedoresfornecedores Levantamentos junto aos clientes (amostra)Levantamentos junto aos clientes (amostra) Material de divulgação das empresas do setorMaterial de divulgação das empresas do setor Fontes de Pesquisa de MercadoFontes de Pesquisa de Mercado ExemplosExemplos 66 Material de divulgação das empresas do setorMaterial de divulgação das empresas do setor Pesquisa Indireta:Pesquisa Indireta: –– Estudos, análises e dados estatísticos disponíveisEstudos, análises e dados estatísticos disponíveis nas diversas fontes de informaçãonas diversas fontes de informação BNDESBNDES Atlas do Consumo no BrasilAtlas do Consumo no Brasil Estudos SetoriaisEstudos Setoriais –– GMGM CONABCONAB IBGEIBGE InternetInternet Publicações especializadasPublicações especializadas Jornais e revistasJornais e revistas -- “Clipping”“Clipping” Publicações e relatórios dePublicações e relatórios de segmento de mercadosegmento de mercado--alvoalvo
  67. 67. Componentes do Plano de NegócioComponentes do Plano de Negócio NegócioNegócio (Resultado)(Resultado) 7) Plano Financeiro 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 67 Identificação deIdentificação de uma oportunidadeuma oportunidade (Idéia)(Idéia) 4) Análise Estratégica 1) Sumário Executivo 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão
  68. 68. 1) Sumário Executivo1) Sumário Executivo O Sumário Executivo deve sintetizar os seis componentesO Sumário Executivo deve sintetizar os seis componentes que integram o Plano de Negócio. Normalmente é o últimoque integram o Plano de Negócio. Normalmente é o último a ser elaboradoa ser elaborado Deve ser escrito e revisado diversas vezes para interessarDeve ser escrito e revisado diversas vezes para interessar 7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 1) Sumário Executivo1) Sumário Executivo 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão 68 Deve ser escrito e revisado diversas vezes para interessarDeve ser escrito e revisado diversas vezes para interessar o leitor com o seu conteúdoo leitor com o seu conteúdo Normalmente é a única parte lida do Plano de NegóciosNormalmente é a única parte lida do Plano de Negócios pelas pessoas responsáveis por tomada de decisõespelas pessoas responsáveis por tomada de decisões
  69. 69. 2) Missão / Visão do Negócio2) Missão / Visão do Negócio É uma declaração sintética da oportunidade do negócioÉ uma declaração sintética da oportunidade do negócio em termos de visão do mercado e potencialidade doem termos de visão do mercado e potencialidade do serviço/produtoserviço/produto 7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 1) Sumário Executivo 2) Missão/Visão do Negócio2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão MISSÃOMISSÃO 69 Atendimento de uma necessidade de mercado identificadaAtendimento de uma necessidade de mercado identificada Os diferenciais que se pretende introduzir com o serviço/produtoOs diferenciais que se pretende introduzir com o serviço/produto As característicasAs características--chave do serviço/produtochave do serviço/produto
  70. 70. É uma visão de futuro que descreve onde e como oÉ uma visão de futuro que descreve onde e como o negócio deve estar num horizonte definido de futuronegócio deve estar num horizonte definido de futuro Orienta o caminho para o negócioOrienta o caminho para o negócio VISÃOVISÃO ... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio 70 Orienta o caminho para o negócioOrienta o caminho para o negócio Compartilha a visão de futuro com os participantes do negócioCompartilha a visão de futuro com os participantes do negócio Cria uma imagem inspiradora do futuro ideal do negócio emCria uma imagem inspiradora do futuro ideal do negócio em função da qual os objetivos devem convergir.função da qual os objetivos devem convergir.
  71. 71. CARACTERÍSTICAS DA MISSÃO CARACTERÍSTICAS DA VISÃO Identifica o negócio É a partida É o que se sonha para o negócio É inspiradora ... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio DIFERENÇAS ENTRE VISÃO E MISSÃODIFERENÇAS ENTRE VISÃO E MISSÃO 71 É a partida Identifica quem somos Dá rumo à empresa É motivadora Foco do presente para o futuro É estável no tempo É inspiradora Focalizada no futuro É aonde vamos Projeta quem desejamos ser Energiza a empresa É mutável conforme os desafios
  72. 72. MISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIOMISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIOMISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIOMISSÃO E VISÃO DO NEGÓCIO ... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio Exemplo: COMPRAFÁCILExemplo: COMPRAFÁCIL MISSÃOMISSÃO:: FFazerazer fornecedoresfornecedores ee consumidoresconsumidores sese comunicaremcomunicarem porpor ee--mailmail (correio(correio 72 FFazerazer fornecedoresfornecedores ee consumidoresconsumidores sese comunicaremcomunicarem porpor ee--mailmail (correio(correio eletrônico),eletrônico), proporcionandoproporcionando condiçõescondições necessáriasnecessárias parapara aa concretizaçãoconcretização dede negóciosnegócios porpor intermédiointermédio dada InternetInternet.. VISÃOVISÃO DODO NEGÓCIONEGÓCIO:: ÉÉ caracterizadacaracterizada pelopelo potencialpotencial dodo modelomodelo dede leilãoleilão reversoreverso adotado,adotado, dirigidodirigido pelapela demandademanda ee nãonão pelapela ofertaoferta dodo produtoproduto ouou serviçoserviço.. Hoje,Hoje, osos sitessites dede comérciocomércio eletrônicoeletrônico convencionalconvencional sãosão dirigidosdirigidos pelapela ofertaoferta dede produtos/serviçosprodutos/serviços (lojas(lojas virtuais)virtuais)..
  73. 73. EXEMPLOS DE MISSÃOEXEMPLOS DE MISSÃO DucôcoDucôco ... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio 73 “Ofertar produtos de singular qualidade,“Ofertar produtos de singular qualidade, agregando uma prestação de serviços eficaz,agregando uma prestação de serviços eficaz, junto a clientes e consumidores”.junto a clientes e consumidores”.
  74. 74. “Sermos a empresa reconhecida por todos“Sermos a empresa reconhecida por todos FrigoríficoFrigorífico CerattiCeratti ... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio EXEMPLOS DE MISSÃO NO AGRONEGÓCIOEXEMPLOS DE MISSÃO NO AGRONEGÓCIOEXEMPLOS DE MISSÃOEXEMPLOS DE MISSÃO 74 “Sermos a empresa reconhecida por todos“Sermos a empresa reconhecida por todos (consumidores, clientes, funcionários e(consumidores, clientes, funcionários e fornecedores) como a que produz osfornecedores) como a que produz os melhores produtos de sua linha, que melhormelhores produtos de sua linha, que melhor atende seus clientes, que melhor remunera eatende seus clientes, que melhor remunera e mais investe nos seus funcionários”.mais investe nos seus funcionários”.
  75. 75. VisãoVisão SerSer líder,líder, inovarinovar ee tornartornar--sese referênciareferência parapara aa sociedadesociedade ee parapara ... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio 75 SerSer líder,líder, inovarinovar ee tornartornar--sese referênciareferência parapara aa sociedadesociedade ee parapara oo mercadomercado comocomo umauma empresaempresa queque superasupera aa expectativaexpectativa dede seusseus clientesclientes.. MissãoMissão ProverProver produtosprodutos ee serviçosserviços comcom altaalta qualidadequalidade ee estiloestilo próprio,próprio, garantindogarantindo aa excelênciaexcelência nono atendimentoatendimento aoao clientecliente..
  76. 76. Produzir e comercializar cigarros legalmente é uma atividade lícita. ... 2) Missão/Visão do Negócio... 2) Missão/Visão do Negócio 76 Missão: “Fornecer produtos de qualidade a adultos que escolheram fumar, cientes dos riscos associados ao hábito”. OO negócionegócio dada empresaempresa nãonão éé persuadirpersuadir pessoaspessoas aa fumar,fumar, masmas ofereceroferecer marcasmarcas dede qualidadequalidade aa adultosadultos queque decidiramdecidiram fumar,fumar, livrelivre ee conscientementeconscientemente..
  77. 77. 3) Equipe de Gestão3) Equipe de Gestão Deve mostrar claramente a capacidade da equipe paraDeve mostrar claramente a capacidade da equipe para ter sucesso na realização do Plano de Negócioster sucesso na realização do Plano de Negócios Indicar a formação e experiências específicas dosIndicar a formação e experiências específicas dos principais responsáveis pela condução do plano, queprincipais responsáveis pela condução do plano, que 7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão3) Equipe de Gestão 1) Sumário Executivo 77 principais responsáveis pela condução do plano, queprincipais responsáveis pela condução do plano, que pode incluir:pode incluir: Experiência no ramoExperiência no ramo Domínio da tecnologia a ser empregadaDomínio da tecnologia a ser empregada Perfil empreendedorPerfil empreendedor Principais atribuições dos componentes da equipePrincipais atribuições dos componentes da equipe
  78. 78. 4) Análise Estratégica4) Análise Estratégica É o dimensionamento da oportunidade do negócio dentroÉ o dimensionamento da oportunidade do negócio dentro da realidade do mercado, e como nos posicionamos nelada realidade do mercado, e como nos posicionamos nela Dimensionamento do mercado e potencial de crescimentoDimensionamento do mercado e potencial de crescimento 7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão 1) Sumário Executivo 78 Posicionamento de mercadoPosicionamento de mercado Análise da oportunidade identificada face às ameaças deAnálise da oportunidade identificada face às ameaças de mercado e dos pontos fortes e fracos identificadosmercado e dos pontos fortes e fracos identificados Estabelecimento de objetivos de participação de mercado ouEstabelecimento de objetivos de participação de mercado ou escala de produção pretendida, com horizonte de cinco anosescala de produção pretendida, com horizonte de cinco anos
  79. 79. ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica HojeHoje AmeaçasAmeaças Pontos FracosPontos Fracos Visão do NegócioVisão do Negócio Objetivos EstratégicosObjetivos Estratégicos ANÁLISE ESTRATÉGICAANÁLISE ESTRATÉGICA SWOTSWOT 79 HojeHoje Pontos FracosPontos Fracos OportunidadeOportunidade Pontos FortesPontos Fortes ObstáculosObstáculos MissãoMissão do Negóciodo Negócio
  80. 80. ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica •• Forças potenciais internasForças potenciais internas − Recursos financeiros abundantes − Alguma competência distintiva − Bem conhecida como líder de mercado − Economia de escala − Tecnologia própria 80 − Custos mais baixos − Boa imagem de mercado − Talento gerencial superior − Habilidades de marketing melhores − Qualidade de produto notável − Parcerias com outras empresas − Boa experiência em distribuição − Comprometida com os funcionários
  81. 81. ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica •• Fraquezas internas potenciaisFraquezas internas potenciais − Falta de direção estratégica − Poucos gastos em P&D − Linha de produtos muito estreita − Distribuição limitada − Custos mais altos 81 − Produtos desatualizados − Problemas operacionais internos − Imagem de mercado fraca − Experiência da administração limitada − Funcionários mal treinados
  82. 82. ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica •• Oportunidades potenciais externasOportunidades potenciais externas − Crescimento de mercado rápido − As empresas rivais são complacentes − Mudanças nas necessidades/gostos dos consumidores − Uma empresa rival enfrenta dificuldades − Encontrados novos usos do produto 82 − Boom econômico − Desregulamentação − Nova tecnologia − Mudanças demográficas − Outras empresas procuram alianças − Movimentos de mudança de marca − Novos métodos de distribuição
  83. 83. ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica •• Ameaças externas potenciaisAmeaças externas potenciais − Entrada de concorrentes estrangeiros − Introdução de novos substitutos − Ciclo de vida do produto em declínio − Mudança das necessidades/gostos dos consumidores − As empresas rivais adotam novas estratégias 83 − Aumento da regulamentação − Recessão − Nova tecnologia − Mudanças demográficas − Barreiras ao comércio exterior − Mal desempenho das empresas associadas
  84. 84. EstabelecimentoEstabelecimento ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica 84 dos Objetivosdos Objetivos
  85. 85. ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica CONCEITOS BÁSICOS BALANCED SCORECARD (BSCCONCEITOS BÁSICOS BALANCED SCORECARD (BSC PERSPECTIVAS ESTRATÉGICASPERSPECTIVAS ESTRATÉGICAS RELAÇÃO DE CAUSA E EFEITORELAÇÃO DE CAUSA E EFEITO 85 AprendizadoAprendizado e InovaçãoFinanceira Cliente Processos Internos Processos Internos
  86. 86. Exemplo de Objetivos e IndicadoresExemplo de Objetivos e Indicadores ... 4) Análise Estratégica... 4) Análise Estratégica Perspectiva estratégica N atureza do objetivo Indicad or do objetivo (Exem plificativo) Lucrativid ade Lucro líquido Financeira (R esultado ) C rescim ento Faturam ento Fidelidad e C o m pras repetidas O ferta co m pleta de prod utos Q uantidad e de produtos – vendas cruzad asD o C liente C rescim ento da b ase de clientes C arteira 86 D esenvolvim e nto de m arca R espo sta das ações de m arketing Q ualidade dos prod utos Pesquisa/B enchm arking Eficiência C ustos unitários D o s Pro cessos D esenvolvim e nto de processos Im p acto no s custos C lim a organizacional Pesquisa interna D esenvolvim e nto ou adoção d e novas tecnologias em processos e pro dutos C o nsecução de p rojeto específicoD o Aprendizad o e Ino vação H abilidades C apacitação do p essoal
  87. 87. 5) Marketing e Venda5) Marketing e Venda Descreve como se pretende vender os produtos/serviços eDescreve como se pretende vender os produtos/serviços e conquistar seus clientesconquistar seus clientes (4Ps do Marketing Mix)(4Ps do Marketing Mix) Diferenciais do produto/serviço para o clienteDiferenciais do produto/serviço para o cliente (Produto)(Produto) Política de preçoPolítica de preço (Preço)(Preço) 7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão 1) Sumário Executivo 87 Política de preçoPolítica de preço (Preço)(Preço) Principais clientes e canais de distribuiçãoPrincipais clientes e canais de distribuição (Praça)(Praça) Promoção e publicidadePromoção e publicidade (Promoção)(Promoção) O posicionamento competitivo irá orientar como a empresaO posicionamento competitivo irá orientar como a empresa se posicionará no mercadose posicionará no mercado (Posicionamento de Mercado)(Posicionamento de Mercado)
  88. 88. Para escolher uma posição competitiva precisamos decidir em que competir ePara escolher uma posição competitiva precisamos decidir em que competir e em queem que não competirnão competir Para quem? => Definição do mercadoPara quem? => Definição do mercado--alvoalvo Definições ... 5) Marketing e Venda... 5) Marketing e Venda POSICIONAMENTO DE MERCADOPOSICIONAMENTO DE MERCADO 88 –– Escopo amplo ou restritoEscopo amplo ou restrito –– Nível de renda a atenderNível de renda a atender -- foco em preço ou diferenciação?foco em preço ou diferenciação? –– Abrangência geográficaAbrangência geográfica Com o que? => Definição de produtosCom o que? => Definição de produtos –– Gama ampla ou restrita de produtos/serviçosGama ampla ou restrita de produtos/serviços Como? => Posição competitivaComo? => Posição competitiva –– Através de diferentes cadeias de valoresAtravés de diferentes cadeias de valores
  89. 89. Custo mais baixoCusto mais baixo DiferenciaçãoDiferenciação Liderança no custo Diferenciação Nicho ... 5) Marketing e Venda... 5) Marketing e Venda ... POSICIONAMENTO DE MERCADO... POSICIONAMENTO DE MERCADO 89 Liderança no custo Liderança na Diferenciação Nicho de Custo Nicho de Diferenciação EstratégiasEstratégias de nichode nicho AlvoAlvo amploamplo AlvoAlvo restritorestrito VANTAGEM COMPETITIVAVANTAGEM COMPETITIVA ESCOPOCOMPETITIVOESCOPOCOMPETITIVO
  90. 90. Exemplo:Exemplo: Laboratório FleuryLaboratório Fleury Para quem?Para quem? –– População de alta renda ou com planos de saúde elitizadosPopulação de alta renda ou com planos de saúde elitizados –– Concentração na região metropolitana deConcentração na região metropolitana de ... 5) Marketing e Venda... 5) Marketing e Venda ... POSICIONAMENTO DE MERCADO... POSICIONAMENTO DE MERCADO 90 –– Concentração na região metropolitana deConcentração na região metropolitana de São PauloSão Paulo Com o quê?Com o quê? –– Laboratório geral com ampla gama de exames tudo num só lugarLaboratório geral com ampla gama de exames tudo num só lugar Como?Como? –– Diferenciação por competência técnicaDiferenciação por competência técnica –– Negócio concebido como sociedade em que os sócios atuamNegócio concebido como sociedade em que os sócios atuam diretamente na operação do laboratóriodiretamente na operação do laboratório
  91. 91. Cadeia de valores desenhada para atingir oCadeia de valores desenhada para atingir o mínimo custo dentro demínimo custo dentro de características aceitáveiscaracterísticas aceitáveis para o clientepara o cliente Conceito Características Liderança em CustoLiderança em Custo ... 5) Marketing e Venda... 5) Marketing e Venda ... POSICIONAMENTO DE MERCADO... POSICIONAMENTO DE MERCADO 91 Gol Empresas AéreasGol Empresas Aéreas –– Redução de serviços, padronização, confiabilidadeRedução de serviços, padronização, confiabilidade TubainasTubainas –– Produto sem investimento com marca, embalagem econômica, etc.Produto sem investimento com marca, embalagem econômica, etc. Bradesco => Caso de dinâmica competitivaBradesco => Caso de dinâmica competitiva –– Foco tradicional em faixa interior de renda, com atendimento simplificadoFoco tradicional em faixa interior de renda, com atendimento simplificado –– TI vem provocando mudança de posiçãoTI vem provocando mudança de posição Características Produtos/serviços comProdutos/serviços com mínima diferenciaçãomínima diferenciação Toda a operação voltada para a obtenção do menor custo possívelToda a operação voltada para a obtenção do menor custo possível Exemplos
  92. 92. Liderança em DiferenciaçãoLiderança em Diferenciação Cadeia de valores desenhada para desenvolver atributos pelos quais os clientesCadeia de valores desenhada para desenvolver atributos pelos quais os clientes estão dispostos a pagar um prêmioestão dispostos a pagar um prêmio ... 5) Marketing e Venda... 5) Marketing e Venda Conceito ... POSICIONAMENTO DE MERCADO... POSICIONAMENTO DE MERCADO 92 Diferenciação pode ocorrer em diferentes dimensõesDiferenciação pode ocorrer em diferentes dimensões –– Qualidade, estilo, rapidez, confiabilidade, etc.Qualidade, estilo, rapidez, confiabilidade, etc. Laboratório FleuryLaboratório Fleury –– ConfiabilidadeConfiabilidade AudiAudi –– Desempenho, statusDesempenho, status Grandes distribuidoras de combustívelGrandes distribuidoras de combustível –– Imagem de confiabilidade/qualidade de combustívelImagem de confiabilidade/qualidade de combustível Características Exemplos
  93. 93. 6) Estrutura e Operação6) Estrutura e Operação Esta seção deve incluir:Esta seção deve incluir: O organograma da empresa ou da equipe responsável peloO organograma da empresa ou da equipe responsável pelo negócionegócio Descrição breve dos processos fim do negócio e tecnologiaDescrição breve dos processos fim do negócio e tecnologia 7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação6) Estrutura e Operação 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão 1) Sumário Executivo 93 Descrição breve dos processos fim do negócio e tecnologiaDescrição breve dos processos fim do negócio e tecnologia empregadasempregadas Um cronograma de implantação para a programação dosUm cronograma de implantação para a programação dos recursos necessários. Quanto e quando.recursos necessários. Quanto e quando. Os custos fixos (administrativos) e os custos variáveisOs custos fixos (administrativos) e os custos variáveis (operacionais) resultantes da estrutura de organização e(operacionais) resultantes da estrutura de organização e processosprocessos--fim do negóciofim do negócio
  94. 94. Atendimento dasIdentificação de As macroAs macro--funções são grupamentos de atividadesfunções são grupamentos de atividades--fimfim que agregam valor ao negócioque agregam valor ao negócio ...6) Estrutura e Operação...6) Estrutura e Operação ORGANIZAÇÃO/PROCESSOSORGANIZAÇÃO/PROCESSOS 94 Atendimento das necessidades do cliente-alvo ☺☺☺☺ Identificação de necessidades do cliente-alvo Operação Marketing e Venda Distri- buição Pós- Venda Desenvol- vimento de Produtos/ Serviços A estrutura de organização e os processos operacionais devem serA estrutura de organização e os processos operacionais devem ser derivados da análise das macrofunções da organização ou do negócio.derivados da análise das macrofunções da organização ou do negócio. Atividades de Apoio
  95. 95. 7) Plano Financeiro7) Plano Financeiro Os principais elementos desta seção são:Os principais elementos desta seção são: Investimentos necessáriosInvestimentos necessários Demonstrativo de resultados (cinco anos)Demonstrativo de resultados (cinco anos) Fluxo de caixaFluxo de caixa Indicadores financeiros do negócio: margem sobre venda, VPLIndicadores financeiros do negócio: margem sobre venda, VPL e TIRe TIR 7) Plano Financeiro7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão 1) Sumário Executivo 95 e TIRe TIR As premissas que sustentam as projeções financeirasAs premissas que sustentam as projeções financeiras devem estar perfeitamente especificadasdevem estar perfeitamente especificadas Política de preço ao longo dos cinco anos da projeçãoPolítica de preço ao longo dos cinco anos da projeção Custos operacionais e gastos administrativos e de pessoalCustos operacionais e gastos administrativos e de pessoal Custo de capital de giroCusto de capital de giro Taxa de aplicações financeirasTaxa de aplicações financeiras
  96. 96. Evolução dos ResultadosEvolução dos Resultados Discriminação 1 2 3 4 5 Receita líquida Custos operacionais Margem de contribuição ...7) Plano Financeiro...7) Plano Financeiro 96 Margem de contribuição Despesas administrativas Margem líquida Impostos Rentabilidade Investimento no 1o ano = ___________________ Valor Presente Líquido (VPL) descontado a 15% a.a. = ___________________
  97. 97. ANÁLISE DE PONTO DE EQUILÍBRIOANÁLISE DE PONTO DE EQUILÍBRIO Volume de produção em que não existe lucro nem prejuízoVolume de produção em que não existe lucro nem prejuízo É um prático instrumento para analisar as variáveis mais críticas de umÉ um prático instrumento para analisar as variáveis mais críticas de um negócionegócio -- preço, custo e volume de produçãopreço, custo e volume de produção GRÁFICOGRÁFICOFÓRMULAFÓRMULA ReceitaReceita $$ ...7) Plano Financeiro...7) Plano Financeiro 97 Ru x N = CF + Cu x NRu x N = CF + Cu x N Ru x NRu x N -- Cu x N = CFCu x N = CF NNEE = CF= CF RuRu -- CuCu • Custo VariávelCusto Variável Custo FixoCusto Fixo NNEE NN $$ CuCu RuRu N = QuantidadeN = Quantidade Cu = Custo UnitárioCu = Custo Unitário Ru = Receita UnitáriaRu = Receita Unitária
  98. 98. Os três principais instrumentos de avaliação econômica no fluxo de caixa deOs três principais instrumentos de avaliação econômica no fluxo de caixa de um plano de negócios são:um plano de negócios são: ...7) Plano Financeiro...7) Plano Financeiro GERAÇÃO DE CAIXA/RESULTADOSGERAÇÃO DE CAIXA/RESULTADOS 98 PayPay--backback (Retorno do investimento)(Retorno do investimento) Valor Presente Líquido (VPL)Valor Presente Líquido (VPL) Taxa Interna de Retorno (TIR)Taxa Interna de Retorno (TIR)
  99. 99. Públicos de interessePúblicos de interesse Negócio/Negócio/ ResultadoResultado 7) Plano Financeiro 4) Análise Estratégica 5) Marketing e Venda 6) Estrutura e Operação 99 Acionistas/Cotistas Financiadores Bancos Fornecedores 1) Sumário Executivo 2) Missão/Visão do Negócio 3) Equipe de Gestão Identificação deIdentificação de uma oportunidadeuma oportunidade (Idéia)(Idéia)
  100. 100. Cálculo do Valor Presente Líquido (VPL)Cálculo do Valor Presente Líquido (VPL) e da Taxa Interna de Retorno (TIR)e da Taxa Interna de Retorno (TIR) Utilizando a HP 12cUtilizando a HP 12c Utilizando o ExcelUtilizando o Excel 100 Utilizando a HP 12cUtilizando a HP 12c
  101. 101. ReferênciasReferências onon lineline http://www.planodenegocios.com.brhttp://www.planodenegocios.com.br http://www.empreende.com.brhttp://www.empreende.com.br http://www.empreendedor.com.brhttp://www.empreendedor.com.br http://www.papodeempreendedor.com.brhttp://www.papodeempreendedor.com.br http://www.josedornelas.com.brhttp://www.josedornelas.com.br 101 http://www.josedornelas.com.brhttp://www.josedornelas.com.br http://fernandodolabela.wordpress.comhttp://fernandodolabela.wordpress.com http://www.starta.com.br/#academiahttp://www.starta.com.br/#academia http://www.geranegocio.com.brhttp://www.geranegocio.com.br http://www.sebrae.com.brhttp://www.sebrae.com.br http://www.mundosebrae.com.brhttp://www.mundosebrae.com.br http://www.businesscase.comhttp://www.businesscase.com

×