SUBSÍDIOS PARA O PLANODE AÇÃO EM EAD DA FAST   Pedro Ferreira de Andrade   Núcleo de Educação a Distância            Dezem...
Porque implantar educação a  distância: fundamentos• A ções na educação informal  – A tuação não pr ecisa de autor ização ...
Porque implantar educação a  distância: fundamentos• A ções na educação for mal  – Instituições de ensino     • Obser var ...
Objetivo geral Ofer ecer à direção da FA ST e àscoordenações pedagógicas dos cur sos esetores inter-complementares subsídi...
Levantamento• A cervo bibliográfico e documentos• A mbientes de cur sos de EA D• Per cepções, expectativas internas• Or ga...
À guisa de conclusão• Subsidiar a tomada de decisão quanto à  conveniência e oportunidade de implantar  ações de EA D• Dis...
À guisa de conclusão:        ações preparatórias• Escolha e customização do ambiente de cur sos a  distância. Pr é-testage...
FimElabor ada em 2006 by Pedro Ferreira de A ndrade
FimElabor ada em 2006 by Pedro Ferreira de A ndrade
Subsídios para o plano de ação em ead
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Subsídios para o plano de ação em ead

638 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
638
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Subsídios para o plano de ação em ead

  1. 1. SUBSÍDIOS PARA O PLANODE AÇÃO EM EAD DA FAST Pedro Ferreira de Andrade Núcleo de Educação a Distância Dezembro de 2006
  2. 2. Porque implantar educação a distância: fundamentos• A ções na educação informal – A tuação não pr ecisa de autor ização legal – Pr ogr amas e cur sos e-learning • Empr esar iais • Cur sos livr es • Univer sidades vir tuais
  3. 3. Porque implantar educação a distância: fundamentos• A ções na educação for mal – Instituições de ensino • Obser var em as nor mas e legislação educacional • Públicas e pr ivadas• No ensino super ior – Panor ama de expansão • Consór cios / par cer ias / autor ização – Instituições autor izadas • Dir etamente: – UnB / UCB / FA A B-A IEC • Indir etamente – Par cerias / fr anquias
  4. 4. Objetivo geral Ofer ecer à direção da FA ST e àscoordenações pedagógicas dos cur sos esetores inter-complementares subsídiospar a a tomada de decisões sobr einiciativas de organização e estr utur açãodas atividades na modalidade de EA D
  5. 5. Levantamento• A cervo bibliográfico e documentos• A mbientes de cur sos de EA D• Per cepções, expectativas internas• Or ganização, estr utura e funcionamento das instituições que ofertam EA D• Oferta de cur sos e preços cobrados no DF• Remuneração de mercado da equipe de tr abalho
  6. 6. À guisa de conclusão• Subsidiar a tomada de decisão quanto à conveniência e oportunidade de implantar ações de EA D• Disciplinas semipresenciais: necessidade de uma ação mais sistematizada• Pr ojeto do cur so e pr ojeto de EA D
  7. 7. À guisa de conclusão: ações preparatórias• Escolha e customização do ambiente de cur sos a distância. Pr é-testagem• Definição dos cur sos em EA D• Institucionalização de um Núcleo de Educação a Distância, implicando na sua or ganização, estr utur a e funcionamento• Estudo de uma tabela de r emuner ação da equipe de atuação EA D• Pr ojeto de capacitação da equipe (ambiente e
  8. 8. FimElabor ada em 2006 by Pedro Ferreira de A ndrade
  9. 9. FimElabor ada em 2006 by Pedro Ferreira de A ndrade

×