Conhecendo Ruby on Rails

2.268 visualizações

Publicada em

Conhecendo o Framework Ruby On Rails

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.268
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
405
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conhecendo Ruby on Rails

  1. 1. Conhecendo Ruby on Rails
  2. 2. http://slideshare.com/pedro.delfino 11/06/09 2
  3. 3. 1993 2004 11/06/09 3
  4. 4. 11/06/09 4
  5. 5. O que é Ruby ? 11/06/09 5
  6. 6. “Tornar as coisas simples fáceis e as coisas complexas possíveis” Filosofia Ruby 11/06/09 6
  7. 7. É uma linguagem de script interpretada 11/06/09 7
  8. 8. Programação orientada a objetos com uma filosofia e sintaxe muito limpa 11/06/09 8
  9. 9. Programação divertida 11/06/09 9
  10. 10. Sintaxe simples 11/06/09 10
  11. 11. Recursos de tratamento de exceções 11/06/09 11
  12. 12. Todo dado em Ruby é um objeto 11/06/09 12
  13. 13. Ruby tem blocos em sua sintaxe (código delimitado por '{'. . . '}' ou 'do'. . . 'end') 11/06/09 13
  14. 14. Ruby tem um garbage collector que realmente é do tipo marca-e-limpa. Atua em todos os objetos do Ruby 11/06/09 14
  15. 15. Não precisa de declaração de variáveis 11/06/09 15
  16. 16. Usa a convenção de nomenclatura para delimitar o escopo das variáveis 'var' = variável local, '@var' = variável de instância, '$var' = variável global. 'VAR' = constante 11/06/09 16
  17. 17. Ruby tem um sistema de threading independente do sistema operacional 11/06/09 17
  18. 18. Ruby é altamente portável 11/06/09 18
  19. 19. 11/06/09 19
  20. 20. 11/06/09 20
  21. 21. 11/06/09 21
  22. 22. Framework de desenvolvimento web gratuito e de código aberto 11/06/09 22
  23. 23. Permite a escrita de código de forma elegante, favorecendo a convenção ao invés da configuração 11/06/09 23
  24. 24. O Rails foi criado com o intuito de permitir o desenvolvimento ágil 11/06/09 24
  25. 25. Arquitetura MVC 11/06/09 25
  26. 26. Rails realmente leva a idéia de separar os dados 11/06/09 26
  27. 27. Separa Interface do usuário Lógica de controle da aplicação 11/06/09 27
  28. 28. Model Tratamento do dados e lógica do negócio 11/06/09 28
  29. 29. View Manipular objetos gráficos da interface do usuário e lógica de apresentação 11/06/09 29
  30. 30. Controller Tratamento da interface do usuário e lógica da aplicação 11/06/09 30
  31. 31. Convenção sobre configuração Refere-se ao fato que Rails assume uma série de padrões para a forma como se deve construir uma típica aplicação web 11/06/09 31
  32. 32. Não repetição (Don’t repeat yourself) Quando você decidir mudar o comportamento de um aplicativo baseado no princípio DRY, você não precisa modificar o código da aplicação em mais de um local. 11/06/09 32
  33. 33. Desenvolvimento ágil 11/06/09 33
  34. 34. Estrutura de Diretórios 11/06/09 34
  35. 35. Estrutura de Diretórios Uma das convenções é que uma aplicação escrita em Rails sempre tem a mesma estrutura de diretório 11/06/09 35
  36. 36. MVC x Rails Como podemos ver, cada componente da arquitetura MVC tem seu lugar dentro do diretório app. 11/06/09 36
  37. 37. MVC x Rails Esta separação continua no código que compreende o framework em si. As classes que formam o núcleo da funcionalidade Rails reside dentro dos seguintes módulos: 11/06/09 37
  38. 38. ActiveRecord 11/06/09 38
  39. 39. Lógica de Negócio, Comunicação com Banco de Dados 11/06/09 39
  40. 40. ActionController 11/06/09 40
  41. 41. Componente que processa as requisições do browser e facilita a comunicação entre as camadas model e view 11/06/09 41
  42. 42. ActionView 11/06/09 42
  43. 43. Componente que controla a apresentação das páginas retornadas ao cliente 11/06/09 43
  44. 44. 11/06/09 44
  45. 45. 11/06/09 45
  46. 46. 11/06/09 46
  47. 47. Quem utiliza Rails hoje ? 11/06/09 47
  48. 48. 11/06/09 48
  49. 49. Site com até 23 milhões de visitantes por mês. A conversão resultou em 20.000 linha de código ruby, em vez de 125.000 linhas de código em Java, com uma manutenção bem mais simples. Depois de concluído e otimizado, o site agora é mais rápido do que antes. O site foi reescrito em três meses, com quatro desenvolvedores 11/06/09 49
  50. 50. http://rankedindex.com/rails 11/06/09 50
  51. 51. 11/06/09 51
  52. 52. Eu já trabalho com Java, C++, C#, PHP ... 11/06/09 52
  53. 53. “Bons profissionais não temem coisas novas” Fabio Akita 11/06/09 53
  54. 54. Conhecendo Ruby on Rails ? Pedro Delfino Twitter: @pedrodelfino pedro.delfino@gmail.com Julio Cesar Twitter: @jota_C jota_adsuni@yahoo.com.br Acesse o blog sobre TI 11/06/09 http://www.e-tinet.com 54

×