Autodesk                 3ds MaxIntrodução ao 3ds MAX: Ambiente de trabalho      PEDRO JORGE DA COSTA
Área de trabalho do 3ds MAXBarra de programaBarra de menusBarra ferramentasprincipal                      Área dos Viewpor...
Área de trabalho em detalhe                                             1   21.    Comutação de selecção      Window/Cross...
Configuração do Viewport             (até versão 2010)                Ver Max 9 / 2010    • Customize -> Viewport Configur...
Configuração do Viewportmétodo de      configuração mostra janelas     ajuste do método   define áreas      permitevisuali...
Configuração do Viewport    método de    visualização                   O método de visualização (Rendering Method)       ...
1     2    3     4    1               2               3               4    5     6    5               6               7   ...
Configuração do Viewport                           (versão 2012)                                                      Ver ...
Configuração do Viewport                                                      (versão 2012)    Nesta versão o Rendering Le...
Configuração do Viewport                                              (versão 2012)                                       ...
Configuração do Viewport                                         (versão 2012)     •[   + Edged Faces] indica que as arest...
Configuração do Viewport   (versão 2012)Graphite       Color PencilInk            Color Ink12
Configuração do Viewport      (versão 2012)Acrylic         PastelTech            Tech + Edged Faces13
2- Command panel     O command panel inclui seis painéis que dão ao acesso à     maioria das ferramentas de modelação do 3...
Modelação em arame (Wireframe)        Modelar em Wireframe requer menor         capacidade de processamento (render)     ...
16
Configurações dos viewports        3ds Max permite diversos arranjos dos         viewports:17
A propósito:        Dar um nome a cada objecto        Quando se faz um pequeno exercício não         é muito importante,...
Métodos de criação de objectos:        Há diversas formas de criar objectos            Clicar e arrastar            Ent...
Selecção     Diferentes formas de selecção:      Selecção directa (pick)      Selecção pelo Nome      Selecção por Regi...
Selecção        Selecção múltipla (pressionar tecla Ctrl)        Trabalhar apenas com os objectos         seleccionados:...
Unidades e escala        Por norma, deve-se trabalhar sempre à         escala real. Podem-se escolher diversos         si...
Espaço tridimensional        Sistema de Coordenadas         Rectangulares        Também chamado Sistema         de Coord...
24
Eixos e Coordenadas        Eixos            Linhas imaginárias             que dividem o espaço            Eixo x é hor...
Eixos e Coordenadas        Coordenadas                       z+            Cada ponto é definido             por 3 númer...
Primitivas        Blocos básicos de construção        Podem ser usados para começar qualquer         projecto de modelaç...
Primitivas 3D standard                        Consegue descobrir?                            Cone                       ...
Standard Primitives29
Standard Primitives                                                                                Plane                  ...
Extended Primitives31
Extended Primitives(Barra de ferramentas create docommand panel, subcategoriaExtended Primitives)    32
Actividade – Standard primitives        Abrir o 3ds max            Desenhar uma primitiva (spline) rectangular         ...
Rendering        Um objecto tridimensional é visualizado no         ecrã a duas dimensões        Através do Rendering co...
Exportação/importação     Conversão de ficheiros                         Opções de Rendering (output do rendering)       ...
Revisão        Modelação Paramétrica:            Espaço 3D            Eixos e Coordenadas            Primitivas: sólid...
Referências        Barata J, Santos J, (2007) 3DS Max 9 Curso Completo,         FCA – Editora de Informática; ISBN: 97897...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ambiente de trabalho 3ds Max

7.600 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.600
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
148
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ambiente de trabalho 3ds Max

  1. 1. Autodesk 3ds MaxIntrodução ao 3ds MAX: Ambiente de trabalho PEDRO JORGE DA COSTA
  2. 2. Área de trabalho do 3ds MAXBarra de programaBarra de menusBarra ferramentasprincipal Área dos ViewportsRótulo do Viewport Viewport activo Time Line Controlos de visualização no espaço 2
  3. 3. Área de trabalho em detalhe 1 21. Comutação de selecção Window/Crossing 32. Ferramenta Snap 43. Painel de Commando4. Categorias de Objectos 55. Lista Rollout6. Controlos de navegação no Viewport7. Controlos de play da Animação8. Controlo das Animation keying9. Comutação de coordenadas Absolutas/Relativas10. Linha Prompt e barra de estado11. Auscultador de MAXScript12. Barra de pistas: Track bar13. Deslocação no Tempo: Time slider 13 12 11 10 9 8 7 6 3
  4. 4. Configuração do Viewport (até versão 2010) Ver Max 9 / 2010 • Customize -> Viewport Configuration ou • Botão direito sobre o rótulo do Viewport e escolher Configure…4
  5. 5. Configuração do Viewportmétodo de configuração mostra janelas ajuste do método define áreas permitevisualização dos Viewports que previnem o de visualização (rectangulares) mostrar corte no render para permitir de Render estatísticas e pós- visualizar uma dentro do do projecto e produção animação Viewport do viewport 5
  6. 6. Configuração do Viewport método de visualização O método de visualização (Rendering Method) define a forma como o programa apresenta os sólidos na janela activa. Os métodos de visualização que estão mais acima na lista são mais complexos e exigem maior processamento do computador.6
  7. 7. 1 2 3 4 1 2 3 4 5 6 5 6 7 8 7 8 9 a)7 9 1+a)
  8. 8. Configuração do Viewport (versão 2012) Ver Max 2012 • Views -> Viewport Configurations… ou • Botão direito sobre o rótulo do Viewport e escolher Configure…8
  9. 9. Configuração do Viewport (versão 2012) Nesta versão o Rendering Level tem mais opções: Ver Max 2012 • Além das definições anteriores tem um viewport mais realista, apresentando sombras mais reais e ainda um conjunto de modos de expressão que simulam o desenho manual9
  10. 10. Configuração do Viewport (versão 2012) Ver Max 2012 O rótulo do Viewport tem 3 partes: • [+] indica diversas opções genéricas para o viewport • [Perspective] indica a vista que está no viewport (Top, Front, Perspective, Camera, etc • [Realistic] indica o tipo de render do viewport, ou seja o nível de realismo da imagem10
  11. 11. Configuração do Viewport (versão 2012) •[ + Edged Faces] indica que as arestas dos objectos são visíveis11
  12. 12. Configuração do Viewport (versão 2012)Graphite Color PencilInk Color Ink12
  13. 13. Configuração do Viewport (versão 2012)Acrylic PastelTech Tech + Edged Faces13
  14. 14. 2- Command panel O command panel inclui seis painéis que dão ao acesso à maioria das ferramentas de modelação do 3ds Max, bem como a algumas ferramentas de animação, características de visualização e diversas utilidades. Para mudar de painel, basta clicar nos respectivos ícones no topo do mesmo.14 3ds max 2009
  15. 15. Modelação em arame (Wireframe)  Modelar em Wireframe requer menor capacidade de processamento (render)  Por defeito:  3 viewports wireframe  1 viewport rendered  É usado o processamento gráfico OpenGL ou DirectX para obter a vista em rendered  Este render não processa as luzes, sombras e texturas com rigor  Para tal é necessário recorrer massivamente à capacidade de processamento do sistema15
  16. 16. 16
  17. 17. Configurações dos viewports  3ds Max permite diversos arranjos dos viewports:17
  18. 18. A propósito:  Dar um nome a cada objecto  Quando se faz um pequeno exercício não é muito importante, mas conforme aumentam o número de peças, este é um meio rápido de localizar e seleccionar os objectos18
  19. 19. Métodos de criação de objectos:  Há diversas formas de criar objectos  Clicar e arrastar  Entrada pelo teclado para dimensões rigorosas  Alterar os parâmetros dos objectos  Dependendo da geometria de cada objecto, é necessária a introdução de um número diferente de dados (parâmetros)  O mesmo objecto pode ter diferentes opções  A esfera pode ser criada pelo contorno (diâmetro) ou pelo centro (raio)19
  20. 20. Selecção Diferentes formas de selecção:  Selecção directa (pick)  Selecção pelo Nome  Selecção por Região  Selecção com Pincel  Selecção por Filtro20
  21. 21. Selecção  Selecção múltipla (pressionar tecla Ctrl)  Trabalhar apenas com os objectos seleccionados: Isolate selection (quad menu)  Para bloquear os itens seleccionados: premir Barra de espaço21
  22. 22. Unidades e escala  Por norma, deve-se trabalhar sempre à escala real. Podem-se escolher diversos sistemas de medidas (menu Customize- Units Setup…):  Métrico  Milímetros, centímetros, metros e Quilómetros  Inglês ou Imperial  Polegadas ou pés  Escala definida pelo utilizador  Genéricas (unidades decimais em que 1 unidade corresponde a 1 polegada)22
  23. 23. Espaço tridimensional  Sistema de Coordenadas Rectangulares  Também chamado Sistema de Coordenadas Cartesianas  Sistema de coordenadas Globais  Cada objecto pode ter o seu próprio sistema de coordenadas locais, mas reporta sempre a um sistema de coordenadas globais23
  24. 24. 24
  25. 25. Eixos e Coordenadas  Eixos  Linhas imaginárias que dividem o espaço  Eixo x é horizontal e define a largura  Eixo y desloca-se da frente para trás e define a profundidade  Eixo z é vertical e define a altura25
  26. 26. Eixos e Coordenadas  Coordenadas z+  Cada ponto é definido por 3 números, as coordenadas Y+ Ponto de Origem  X, Y, Z 0, 0, 0 Largura, Profundidade X- X+  e Altura Y- z-26
  27. 27. Primitivas  Blocos básicos de construção  Podem ser usados para começar qualquer projecto de modelação  No início começa-se por criar e mover os objectos  Cada objecto tem os seus parâmetros27
  28. 28. Primitivas 3D standard  Consegue descobrir?  Cone  Sphere  GeoSphere  Teapot  Box  Tube  Cylinder  Taurus28
  29. 29. Standard Primitives29
  30. 30. Standard Primitives Plane Box Cone Sphere Isosphere Cylinder Tube Torus Pyramid Tea Pot(Barra de ferramentascreate do command panel) 30
  31. 31. Extended Primitives31
  32. 32. Extended Primitives(Barra de ferramentas create docommand panel, subcategoriaExtended Primitives) 32
  33. 33. Actividade – Standard primitives  Abrir o 3ds max  Desenhar uma primitiva (spline) rectangular  Experimentar a visualização com pan e zoom  Mudar de pontos de vista  Mudar de viewport com ‘click direito do rato’  Desenhar uma primitiva (spline) curva  Alterar o número de segmentos (Interpolation)33
  34. 34. Rendering  Um objecto tridimensional é visualizado no ecrã a duas dimensões  Através do Rendering consegue-se obter um conjunto de propriedades que vão simular a tridimensionalidade e conferir maior realismo  O Rendering ‘pinta’ cada pixel com cor, luz e sombra  O Rendering cria uma imagem mais detalhada:  Numa janela do ecrã  Num ficheiro de imagem fotográfica  Num ficheiro de vídeo34
  35. 35. Exportação/importação Conversão de ficheiros Opções de Rendering (output do rendering)  3D Studio (3DS)  AVI Files  Adobe Illustrator (AI)  BMP Files  ASC Scene Export (ASE)  CIN (Kodak Cineon) Files  AutoCAD (DWG)  CWS (combustion Workspace) Files  AutoCAD (DXF)  DDS Files  Shockwave 3D  EPS and PS (Encapsulated PostScript) Files  FiLMBOX (FBX)  FLC Files  Initial Graphics Exchange Standard (IGES)  GIF Files  Lightscape Material (ATR)  HDR Files  Lightscape Blocks (BLK)  IFL Files  Lightscape Parameter (DF)  JPEG Files  Lightscape Layers (LAY)  MOV (QuickTime Movie) Files  Lightscape View (VW)  MPEG Files  Lightscape Preparation File (LP)  PIC Files  Stereolithography (STL)  PNG Files  VRML97 (WRL)  PSD Files  RLA Files  RPF Files  RGB (SGI Image) Files  TGA (Targa) Files  TIFF Files  YUV Files35
  36. 36. Revisão  Modelação Paramétrica:  Espaço 3D  Eixos e Coordenadas  Primitivas: sólidos 3D e figuras 2D  Dúvidas?36
  37. 37. Referências  Barata J, Santos J, (2007) 3DS Max 9 Curso Completo, FCA – Editora de Informática; ISBN: 978972722564-4  Print screen do Help do 3ds max37

×