Energia

1.742 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.742
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
720
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Energia

  1. 1. EnergiaSlides Energia Cinética Relação entre Trabalho e Energia Cinética Energia Potencial Gravitacional Energia Potencial Elástica Energia Mecânica Sistema Conservativo Moinho de Vento - http: www.ser.com.br Aplicações Internet Simulador de queda livre e elasticidade. 1
  2. 2. De uma forma simplificada Energia Cinética podemos dizer que energia é o potencial para realizar uma ação.Energia Cinética é a energia relacionada ao movimento. 2 m v EC 2 Vídeo de animação do portal www.ser.com.br EC = Energia Cinética (J) m = massa (kg) v = velocidade (m/s) 2
  3. 3. Relação entre trabalho e energia cinéticaUm móvel, ao aumentar a sua velocidade, aumenta a sua energia cinética. Nestecaso dizemos que o trabalho de uma força é que fez variar esta energia: vi Trabalho de uma força, vf como o motor do carro. O mesmo ocorre para o móvel que reduz a velocidade. Devido ao trabalho de uma força, sua energia cinética diminuiu: vi Trabalho de uma força, vf como o freio do carro. 3
  4. 4. Relação entre trabalho e energia cinéticaEm resumo, o valor do trabalho pode ser obtidoatravés da variação da energia cinética:T EC ECf ECi ECi = energia cinética inicial (J) ECf = energia cinética final (J) ΔEC = variação da energia cinética (J) 2 2 m v f m v i T= trabalho (J) vi = velocidade inicial (m/s)T vf = velocidade final (m/s) 2 2 m = massa (kg) 4
  5. 5. Energia potencial é a forma de energia que se encontra Energia Potencial Gravitacional “armazenada” em um sistema e pode ser utilizada a qualquer momento.Energia potencial gravitacional é a forma de energia relacionadacom a gravidade. É a que faz um corpo adquirir velocidade quandocai ou perder velocidade quando arremessado para cima. No ponto A da montanha russa, o carrinho tem uma energia potencial em relação ao chão pois ao descer a pista ele irá ganhar velocidade, atingindo o seu máximo no ponto B. EP = Energia Potencial EP m g h Gravitacional (J) m = massa (kg) h = altura (m) 5
  6. 6. Energia Potencial ElásticaEnergia potencial elástica é a forma de energia relacionada aelasticidade dos corpos. Em geral tomamos como referência amola. Quanto maior a deformação feita na mola, maior será a forçapara gerar esta deformação e consequentemente maior será aenergia potencial elástica “armazenada”. Força Chamamos de “x” o valor da Força deformação sofrida pela mola em relação ao seu estado natural, ou seja, sem deformar. 6
  7. 7. Energia Potencial Elástica Assim, é possível calcular o valor da constante elástica “k” da molaA relação entre a força “F” e a deformação “x” utilizando os valores do gráfico e a fórmula abaixo:é diretamente proporcional e linear. F k x Molas frágeis, que esticam ou comprimem facilmente tem um valor de k pequeno, como as das canetas com botão para aparecer a ponta. Molas duras tem um valor de k grande, como as da suspensão de um automóvel. 2 k x Eel = Energia Potencial Elástica (J) Eel k = constante elástica da mola (N/m) x = deformação da mola (m) 2 7
  8. 8. Energia MecânicaEnergia Mecânica é a energia total deum sistema. Ela é obtida através dasoma das energias cinética e potencialem um determinado ponto. EMEC EC EP Eel EMEC A EP EMEC A EP EMEC B EC EMEC B Eel EMEC C EC EP 8
  9. 9. Sistema ConservativoUm sistema é conservativo quando não há dissipaçãode energia mecância, ou seja, transformação em outrotipo de energia como térmica, sonora, luminosa, etc.No sistema conservativo, a energia mecânica em cadaponto é constante. EMEC A EC 400J EMEC B EC EP 150 250 400J Pode-se afirma que: EMEC A EMEC B 9
  10. 10. Imagine um looping em um parque de diversões. Como fazer para saber a altura mínima que o carrinho Aplicações tem que descer para conseguir fazer o todo o percurso em segurança e sem cair do ponto B? Despreze todas as forças dissipativas. EMEC A EMEC B EPA EPB ECB m v2 m g hA m g hB 2 Como as massas são iguais, podemos simplificá-las. Isto significa que independente da massa do carrinho a altura de lançamento sempre será a mesma. Perceba que: v2 R g hA g hB hA 2R hB 2 raio 2R 2 2 2A velocidade mínima para R g hA 2,5 Rfazer o looping é: vMínima R g g hA g 2R 2 10

×