Apresentação grandes navegações tmp

6.058 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Achei muito interessante este trabalho!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.058
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
634
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação grandes navegações tmp

  1. 1. GRANDESNAVEGAÇÕES VANIA
  2. 2. 1.IntroduçãoDurante os séculos XV e XVI, os europeus,principalmente portugueses e espanhóis,lançaram-se nos oceanos Pacífico, Índico eAtlântico com dois objetivos principais : descobriruma nova rota marítima para as Índias eencontrar novas terras. Este período ficouconhecido como a Era das Grandes Navegaçõese Descobrimentos Marítimos.
  3. 3. 2. Fatores que contribuíram para expansão marítima:
  4. 4. Encontrar um novo caminho para as Índias:
  5. 5. Necessidade de conquistar novas terras:
  6. 6. Aumentar o número de fiéis:
  7. 7. Conhecimento de novas técnicas, bússola
  8. 8. ASTROLÁBIO O astrolábio era um antigo instrumento para medir a altura dos astros acima do horizonte, utilizado na Idade Média para fins astrológicos e astronômicos. Também era utilizado para resolver problemas geométricos, como calcular a altura de um edifício ou a profundidade de um poço. Era formado por disco de latão graduado na sua borda, num anel de suspensão e numa mediclina (espécie de ponteiro).O astrolábio náutico era uma versão simplificada do tradicional e tinha a
  9. 9. Necessidade de novosmercados consumidores N
  10. 10. Já utilizavam a pólvora nas armasde fogo, dando mais segurança àsexpedições.
  11. 11. imprensa serviu para divulgar os conhecimentos e ampliou o número de cartas náuticas.
  12. 12. pioneiros: os doisprimeiros países que possuíam essascondições favoráveis eram Portugal e Espanha.
  13. 13. IDEIASPortugal, conhecedor de que asÍndias (como genericamente erachamado o Oriente), ficava aLeste, decidiu navegar nessadireção, contornando os obstáculosque fossem surgindo. Optou peloCiclo Oriental. (costear a África)
  14. 14. RAZÕES DO PIONEIRISMO PORTGUESFormação precoce de uma monarquia centralizada graças àguerra de Reconquista, contra os muçulmanos;Localização geográfica favorável, no extremo sul daEuropa, com fácil acesso para o Atlântico e para o continenteafricano;Formação de uma classe mercantil mais dinâmica que a velhanobreza feudal, facilitando a modernização da monarquia. Período de inovações técnicas através da influência árabe, foramdivulgados e aperfeiçoados diversos conhecimentos: algarismosarábicos ,bússola, pólvora, papel. Com a invenção de imprensa, essesconhecimentos ganhavam maior divulgação.A grande experiência em navegações, principalmente da pesca,COM caravelas,Portugal contou com uma quantidade significativa de investimentosde capital vindos da burguesia e também da nobreza, interessadas
  15. 15. ESCOLA DE SAGRES
  16. 16. Rosa dos ventos da fortaleza de Sagres, noAlgarve, Portugal.
  17. 17. 4.1. Planejamento das Navegações:Primeira conquista deveria ser de Ceuta: (1415) era muçulmana e muito rica e por isso serviria para financiar as outras expedições.
  18. 18. 4.2. Os descobrimentos portugueses:1415 conquistaram Ceutadurante o século XV o litoral da África e Ilha daMadeira, Açores, Cabo Verde e Cabo Bojador; 1434 – os portugueses chegaram ao Cabo Bojador•1488 Bartolomeu Dias chegou ao Sul da África, contornando o Cabo da Boa Esperança;• No ano de 1498, Portugal realiza uma das mais importantes navegações:Vasco da Gama às Índias.CAbral CHEGOU AO Brasil em abril de 1500. Após fazer um reconhecimentoda terra "descoberta", Cabral continuou o percurso em direção às Índias.Em função destes acontecimentos, Portugal tornou-se a principal potência econômica daépoca.
  19. 19. 5. Navegações EspanholasEnquanto os portugueses navegaram para as Índias contornando aÁfrica, os espanhóis optaram por um outro caminho. O genovêsCristovão Colombo, financiado pela Espanha, pretendia chegar àsÍndias, navegando na direção oeste.Em 1492, as caravelas espanholas partiram rumo ao orientenavegando pelo Oceano Atlântico. Colombo tinha o conhecimento de quenosso planeta era redondo, porém desconhecia a existência do continenteamericano. Chegou em 12 de outubro de 1492 nas ilhas da AméricaCentral, sem saber que tinha atingido um novo continente. Foi somente anosmais tarde que o navegador Américo Vespúcio identificou aquelas terras comosendo um continente ainda não conhecido dos europeus. Em contato com osíndios da América ( maias, incas e astecas ), os espanhóis começaram umprocesso de exploração destes povos, interessados na grande quantidade deouro. Além de retirar as riquezas dos indígenas americanos, os espanhóisdestruíram suas culturas.
  20. 20. 5.1. CRONOLOGIA1492 – Colombo descobre a AméricaDe América do Sul – descobrimento das Antilhas, Panamá eda 1492 ate 15041504 – Américo Vespúcio afirmou que as terras descobertaspor Colombo eram um novo continente.1513 – Nunes BalboaCentral chegando ao Oceano Pacífico.por terra a América Vespúcio, deu o hipótese, atravessando confirmou essaEm homenagem anovo continente. nome de América aoEntre 1519 e 1522 circunavegação.primeira viagem de – Fernão de Magalhães iniciou a
  21. 21. 1ª VIAGEM DECIRCUNAVEGAÇÃO ESPANHOLA
  22. 22. 5.2. Cristóvão Colombo:
  23. 23. COLONIAS ESPANHOLAS NA AMÉRICA
  24. 24. 6. Tratado de Tordesilhas:
  25. 25. 8. O atraso da Inglaterra,França e Holanda nas Grandes Navegações
  26. 26. INGLATERRAInglaterra: além do desgaste na Guerra dos Cem Anos(1337-1453), travada contra a França, a Inglaterra sofreu osefeitos da Guerra das Duas Rosas (1455-85) retardandoassim sua presença nas Grandes Navegações, que somenteocorreria a partir do reinado de Henrique VII (Tudor),estimulada pelo êxito ibérico: com a viagem dos italianos Joãoe Sebastião Caboto (1497-98) foi atingido o Labrador, noCanadá; entre 1584 e 1587, Walter Raleigh fundou acolônia da Virgínia, o primeiro núcleo colonial inglês, além detentar fundar colônias na Flórida. A partir daí, e até 1740, serãoformadas as 13 colônias inglesas da América do Norte.Um dos feitos mais importantes das navegações inglesas foi a segundaviagem de circunavegação, realizada por Francis Drake, entre 1587 e1590.Como não participaram da colonização utilizavam a pirataria para lucrar.
  27. 27. FRANÇAproblemas que marcaram o processo de centralizaçãomonárquica, dificultado pela nobreza, e aos efeitosdevastadores da Guerra dos Cem Anos. As GrandesNavegações francesas começaram no século XVI, apoiadas peladinastia Valois e com a participação de navegadoresestrangeiros.Em 1523, o italiano Verrazano atingiu o litoral do Canadá e o norte dosEUA. Em seguida, Jacques Cartier penetrou o rio São Lourenço,fundando em 1534 a colônia de Nova França, o primeiroestabelecimento francês na América. Em 1604, já sob o governo dosBourbons, os franceses ocuparam a Guiana e em 1608 fundaram acolônia de Quebec, no Canadá. Ainda neste século, penetraram o rioMississipi e fundaram os núcleos de Saint Louis e Nova Orleans,embrião da colônia da Louisiana. Além disso, os franceses fizeram duastentativas de colonização no Brasil: no Rio de Janeiro (1555-67), com aFrança Antártica, e no Maranhão (1612-15), com a França Equinocial,ambas de curta duração. A penetração do Oriente começou no reinadode Luís XIV com a conquista de parte da Índia.
  28. 28. HOLANDAMesmo com uma sólida tradição mercantil, os holandeses eramdominados pela Espanha. Sua independência 1581, com o surgimentodas Províncias Unidas dos Países Baixos do Norte (Holanda).criadas as Companhias de Comércio, das Índias Orientais (E.I.C.) e dasIndias Ocidentais (W.I.C.), responsáveis pela penetração no blococolonial ibérico.Em 1626, os flamengos entraram para as Grandes Navegações eatingiram a América do Norte, onde fundaram a colônia de NovaAmsterdã, que depois de tomada pelos ingleses passou a se denominarNova York. Entre 1624 e 1654, a W.I.C. realizou duas invasões noNordeste brasileiro, buscando o controle da produção açucareira e, aomesmo tempo, incursões na África portuguesa, nas Antilhas espanholase no Oriente. Na América do Sul, em sua parte setentrional, criaram aGuiana holandesa, atual Suriname. No século XVII, os holandesescontrolavam um grande império colonial, especialmente nas ÍndiasOrientais.
  29. 29. 9. As consequências da expansão marítimaO deslocamento do eixo econômico europeu do Mediterrâneo para o Atlântico-Índico, com a ascensão dos países ibéricos e a consequente decadência das cidades mercantis italianas.♦ A consolidação do Estado Absolutista, típico da Época Moderna, quedepois de patrocinar o movimento expansionista, passou agora ausufruir dos seus lucros.,♦ Adoção da política econômica mercantilista, baseada noprotecionismo do Estado e no regime de monopólios.♦ A formação do Sistema Colonial Tradicional vinculado à políticaeconômica mercantilista e responsável pela colonização da América.♦ O renascimento da escravidão nas áreas colônias nos moldes docapitalismo moderno, com a utilização intensiva da força de trabalhoindígena e africana.♦ O fortalecimento da burguesia mercantil nos países atlânticos.♦ Início do processo de europeização do mundo, especialmente, coma expansão do cristianismo.♦ A destruição das avançadas civilizações pré-colombianas existentesna América.♦ A expansão do comércio europeu (Revolução Comercial), dentro deuma nova noção de mercado, agora entendido em escala mundial.♦ Aceleração da acumulação primitiva de capital, realizada através dacirculação de mercadorias.

×