Artigocientficoetcnico

354 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
153
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigocientficoetcnico

  1. 1. Definição: Texto de caráter expositivo-argumentativo, geralmente longo, em que os cientistas apresentam uma tese e/ou refutam teses alheias.
  2. 2. Os artigos de divulgação científica e técnica têm hoje em dia grande utilidade, sobretudo porque vivemos num tempo que é caracterizado pelo excesso de informação. (...) Além disso, nem sempre a atual disponibilidade de dados corresponde a níveis óbvios de hierarquização e de pertinência. (...) O jornalista deverá (...) escolher qual o tópico preciso a divulgar, tendo como base uma avaliação do que se poderá tornar útil, importante ou até indis-pensável para os seus públicos.
  3. 3. Conceito e seu desenvolvimento Um artigo científico é um trabalho técnico-científico e constitui um instrumento de difusão de conhecimentos científicos a um determinado público. Tem de expressar o pensamento pessoal ou argumentação de quem o elabora, apoiado em autores conceituados, com quem se concorda, discorda ou se tem divergência parcial. Distingue-se do artigo de opinião, que pode exprimir apenas ideias próprias e, frequentemente, surge nos meios de comunicação social. Pode resultar de investigações experimentais originais, de estudos de caso, de defesa de uma opinião, de trabalhos de revisão bibliográfica, de análise ou de atualização a partir de novas descobertas e informações.
  4. 4. Em qualquer artigo científico ou técnico é fundamental saber o assunto (o que se quer comunicar), o destinatário (a quem se quer comunicar) e o objetivo (para que se quer comunicar). Assunto • Trata de questões científicas, apresentando resultados de estudos e pesquisas: - é publicado em jornais, revistas, anais ou outros órgãos de divulgação científica especializados; - adequa a linguagem ao público a que se destina - mais acessível para um público mais amplo, mais específica e mais apurada para um público especializado.
  5. 5. Objetivo / Finalidade O seu principal objetivo não é noticiar um acontecimento ou conjunto de acontecimentos mas comentar, relacionar os factos com os seus antecedentes, integrando-os num contexto mais amplo, interpretando e projetando o seu alcance através da formulação de hipóteses. • Comunicar resultados de pesquisas e ideias • Clarificar ideias e assuntos • Provar teorias ou confirmar hipótese • Servir de medida em decisões • Contribuir para a produtividade (qualitativa e quantitativa) • Contribuir para o progresso científico e técnico • Favorecer o intercâmbio científico
  6. 6. Classificação Pode ser veículo de sensibilidades sociais, políticas e culturais, influenciando, desse modo, a opinião pública. Os artigos podem ser analíticos, classificatórios ou argumentativos. • Os analíticos definem e descrevem o assunto e têm em conta a forma e o objetivo que se tem em vista. • Os classificatórios ordenam aspetos de determinado assunto e explicam os seus constituintes. • Os argumentativos enfocam um argumento e apresentam factos que comprovam ou refutam o mesmo.
  7. 7. Estrutura 1. Título que reflete, adequadamente, o assunto; 2. Resumo com apresentação concisa de todos os pontos relevantes. É frequente surgir, também, em inglês (abstract) e, algumas vezes, em francês (résumé). 3. Texto com introdução, corpo do trabalho e conclusão: 3.1. Na introdução, surge a apresentação do tema, a sua natureza e importância, o enquadramento, a problemática, as hipóteses, as metodologias, os objetivos. 3.2. No corpo do trabalho, aparece a moldura conceptual (com a revisão de literatura), para apoio teórico do tema, a partir de autores e estudos que o possam esclarecer. De seguida, deve haver uma breve descrição dos materiais e procedimentos básicos utilizados (amostragem, técnicas e métodos, análise dos dados). Por fim, há a apresentação e discussão dos resultados principais do estudo (dados concretos e estatísticos). 3.3. Na conclusão, deve afirmar-se, em síntese, a ideia central e os pontos relevantes, deduzidos, logicamente, do que foi apresentado e discutido no corpo do trabalho. 4. Bibliografia, com a lista de referências usadas para a realização do trabalho. Se necessário, pode ter notas de rodapé.
  8. 8. Características do discurso • Linguagem objetiva, rigorosa e precisa • Uso de vocabulário técnico e científico • Apresentação de argumentos e/ou contra argumentos • Utilização de numerais ordinais e cardinais • Citações • Destinado a público específico
  9. 9. Português 11º ano

×