Paulo Monteiro

Fatos da linguagem no texto
Lista 1
Questão 01
Questão 02
Questão 03
Questão 04
Questão 04
Questão 05
Questão 05
Questão 06
Questão 06
Questão 07
Filho de engenheiro, Manuel Bandeira foi obrigado a abandonar os estudos de
arquitetura por causa da tuberculos...
A coesão do texto é construída principalmente a partir do(a)
a) repetição de palavras e expressões que entrelaçam as infor...
A coesão do texto é construída principalmente a partir do(a)
a) repetição de palavras e expressões que entrelaçam as infor...
Questão 08
“Como as universidades públicas são financiadas por impostos pagos por toda a
população, inclusive pelos pobres...
“Como as universidades públicas são financiadas por impostos pagos por toda a
população, inclusive pelos pobres, no Brasil...
Questão 09
Cidade grande
Que beleza, Montes Claros.
Como cresceu Montes Claros.
Quanta indústria em Montes Claros.
Montes ...
Questão 09
Cidade grande
Que beleza, Montes Claros.
Como cresceu Montes Claros.
Quanta indústria em Montes Claros.
Montes ...
Questão 10
Questão 11
Questão 12
Questão 13
Questão 13
Questão 14
Questão 15
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Fatos da linguagem no texto (I)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fatos da linguagem no texto (I)

518 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fatos da linguagem no texto (I)

  1. 1. Paulo Monteiro Fatos da linguagem no texto Lista 1
  2. 2. Questão 01
  3. 3. Questão 02
  4. 4. Questão 03
  5. 5. Questão 04
  6. 6. Questão 04
  7. 7. Questão 05
  8. 8. Questão 05
  9. 9. Questão 06
  10. 10. Questão 06
  11. 11. Questão 07 Filho de engenheiro, Manuel Bandeira foi obrigado a abandonar os estudos de arquitetura por causa da tuberculose. Mas a iminência da morte não marcou de forma lúgubre sua obra, embora em seu humor lírico haja sempre um toque de funda melancolia, e na sua poesia haja sempre um certo toque de morbidez, até no erotismo. Tradutor de autores como Marcel Proust e William Shakespeare, esse nosso Manuel traduziu mesmo foi a nostalgia do paraíso cotidiano mal idealizado por nós, brasileiros, órfãos de um país imaginário, nossa Cocanha perdida, Pasárgada. Descrever seu retrato em palavras é uma tarefa impossível, depois que ele mesmo já o fez tão bem em versos. Revista Língua Portuguesa, nº 40, fev. 2009.
  12. 12. A coesão do texto é construída principalmente a partir do(a) a) repetição de palavras e expressões que entrelaçam as informações apresentadas no texto; b)substituição de palavras por sinônimos como “lúgubre” e “morbidez”, “melancolia” e “nostalgia”; c)emprego de pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos: “sua”, “seu”, “esse”, “nosso”, “ele”; d)emprego de diversas conjunções subordinativas que articulam as orações e períodos que compõem o texto; e)emprego de expressões que indicam sequência, progressividade, como “iminência”, “sempre”, “depois”.
  13. 13. A coesão do texto é construída principalmente a partir do(a) a) repetição de palavras e expressões que entrelaçam as informações apresentadas no texto; b)substituição de palavras por sinônimos como “lúgubre” e “morbidez”, “melancolia” e “nostalgia”; c)emprego de pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos: “sua”, “seu”, “esse”, “nosso”, “ele”; d)emprego de diversas conjunções subordinativas que articulam as orações e períodos que compõem o texto; e)emprego de expressões que indicam sequência, progressividade, como “iminência”, “sempre”, “depois”.
  14. 14. Questão 08 “Como as universidades públicas são financiadas por impostos pagos por toda a população, inclusive pelos pobres, no Brasil, os pobres financiam a educação universitária dos ricos.” A relação semântica que se estabelece entre as orações do período anterior é de: a)Causa e consequência b)Comparação c)Adiação d)Conformidade e)finalidade
  15. 15. “Como as universidades públicas são financiadas por impostos pagos por toda a população, inclusive pelos pobres, no Brasil, os pobres financiam a educação universitária dos ricos.” A relação semântica que se estabelece entre as orações do período anterior é de: a)Causa e consequência b)Comparação c)Adiação d)Conformidade e)finalidade
  16. 16. Questão 09 Cidade grande Que beleza, Montes Claros. Como cresceu Montes Claros. Quanta indústria em Montes Claros. Montes Claros cresceu tanto, ficou urbe tão notória, prima-rica do Rio de Janeiro, que já tem cinco favelas por enquanto, e mais promete. (Carlos Drummond de Andrade) 6. (ENEM/2004) Entre os recursos expressivos empregados no texto, destaca-se a a) metalinguagem, que consiste em fazer a linguagem referir-se à própria linguagem. b) intertextualidade, na qual o texto retoma e reelabora outros textos. c) ironia, que consiste em se dizer o contrário do que se pensa, com intenção crítica. d) denotação, caracterizada pelo uso das palavras em seu sentido próprio e objetivo. e) prosopopéia, que consiste em personificar coisas inanimadas, atribuindo-lhes vida.
  17. 17. Questão 09 Cidade grande Que beleza, Montes Claros. Como cresceu Montes Claros. Quanta indústria em Montes Claros. Montes Claros cresceu tanto, ficou urbe tão notória, prima-rica do Rio de Janeiro, que já tem cinco favelas por enquanto, e mais promete. (Carlos Drummond de Andrade) 6. (ENEM/2004) Entre os recursos expressivos empregados no texto, destaca-se a a) metalinguagem, que consiste em fazer a linguagem referir-se à própria linguagem. b) intertextualidade, na qual o texto retoma e reelabora outros textos. c) ironia, que consiste em se dizer o contrário do que se pensa, com intenção crítica. d) denotação, caracterizada pelo uso das palavras em seu sentido próprio e objetivo. e) prosopopéia, que consiste em personificar coisas inanimadas, atribuindo-lhes vida.
  18. 18. Questão 10
  19. 19. Questão 11
  20. 20. Questão 12
  21. 21. Questão 13
  22. 22. Questão 13
  23. 23. Questão 14
  24. 24. Questão 15

×