02 pesquisa-crossmedia-paulofontes

395 visualizações

Publicada em

Pesquisa sobre pojecto cross-media
GDP - Measuring the human side of the Canadian economic crisis

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
105
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • 02 pesquisa-crossmedia-paulofontes

    1. 1. GDP - Measuring the human side of the Canadian economic crisis (PIB - Medir o lado humano da crise económica Canadiana) http://gdp.nfb.ca/ Produzido: National Film Board of Canada (NFB) Realizadora Coordenadora: Hélène Choquette | Montréal, Québec 2009-2010
    2. 2. SinopseTropeçar. Duvidar. Persistir. Imaginar. Construir. Estender amão.Desde dezembro de 2008, uma crise económica sem precedentes veiolentamente mudar as nossas vidas, às vezes deixando marcasindeléveis e profundas. Além da perda de empregos e mudanças decarreira, ela mudou o destino de milhares de pessoas, não só noCanadá, mas também em todo o mundo. Deixou também as sementes deum novo pensamento sobre a forma como organizamos a nossaeconomia e as nossas vidas.Para capturar esse momento importante na nossa história, oNational Film Board of Canadá (NFB) iniciou uma nova e excitanteaventura multimédia através da produção de GDP - Measuring thehuman side of the Canadian economic crisis (PIB - Medir o ladohumano da crise económica canadense), primeiro documentáriocanadense bilingue, reflectindo os efeitos a longo prazo dacrise na vida dos canadenses.
    3. 3. Este projecto multimédia tomou forma, sob a direção de HélèneChoquette que coordenou uma vasta equipa de realizadores efotógrafos independentes estabelecidos em diversos locais doCanadá. Juntos, deram início a uma busca ambiciosa de documentarhistórias pessoais da pior crise económica desde a GrandeDepressão. Histórias de mudança, resiliência, coragem, força evisão... De costa à costa, um vasto espectro de canadensesconcordaram em compartilhar as suas experiênciasIniciado em setembro de 2009 e concluído em setembro de 2010,estas histórias foram sendo publicadas no site. Ao todo, mais de185 documentários e foto-ensaios, cada um com cerca de 4 minutosde duração, combinam-se para criar um mosaico de como oscanadenses enfrentam esta crise.O projecto apelou à participação do cidadão a postar seuscomentários e imagens. Através de um formulário online, aspessoas eram convidadas a contar a história coletiva de um paísem transição.
    4. 4. Quem participa?O GDP une realizadores e fotógrafos independentes com especialistas daNFB na produção de documentários e multimédia.O GDP ganhou vida com a ajuda de empresas como a Turbulent responsávelpelo design do site, e a TOXA com a direcção artística, em colaboraçãocomo um conjunto de departamentos da NFB.Outros participantes são o público, que oferecem vídeos, imagens etextos que ajudaram em conjunto a documentar o efeito da recessão noCanadense comum.
    5. 5. Estrutura do site:O projecto é bilingue, os documentários tanto podem ser narrados eminglês ou francês, uma vez que as pessoas são de diferentes provínciasdo Canadá. Os post no blog revelam até uma certa alternância no idiomausado. Para além do conteúdo, os menus do site, as legendas dashistórias e explicações, tudo está traduzido nos dois idiomas, podendoaté serem acedidos em endereços distintos: http://gdp.nfb.ca/ http://pib.onf.ca/ texto em inglês texto em francês
    6. 6. Estrutura do Site:Podemos caracterizar o site e seguir o projecto dividindo-o em 4áreas:Histórias em vídeoEnsaios fotográficosMapaBlog
    7. 7. Histórias em vídeoAo longo de 365 dias foram recolhidas 17 histórias em vídeo.Realizadores locais aceitaram colocar a sua criatividade esensibilidade de forma a documentar e medir o índice humano dacrise
    8. 8. Histórias em vídeoCada história pode ter 4 a 13 episódios.O objectivo é acompanhar uma personagem ou situação ao longo deum período de tempo que pode ir até um ano, que foi a duraçãototal do GDP.
    9. 9. Ensaios fotográficosForam produzidos 53 ensaios fotográficos que retratam normalmentepersonagens ou situações de sectores económicos que não foramabordados nas curta metragens documentais.Ao trabalho fotográfico está sempre associada uma narrativa emaudio.
    10. 10. O MapaOs filmes, os ensaios fotográficos e os comentários podem seracedidos, por localização e por data através da ajuda de umatimeline.
    11. 11. O BlogO blog é uma secção do gdp.nfb.ca onde o público pode comentar ouniverso deste documentárío web. Os tópicos vão desde do económicoaté aos bastidores dos trabalhos de realização dos documentários eensaios fotográficos, passando pela abordagem dalguns assuntosrelacionados com os protagonistas, até informação dos novos trabalhoscarregados no site. Ocasionalmente é colocado artigos de opinião deespecialistas em economia e sociologia.
    12. 12. Formas de participarO público é convidado a participar através da submissão de textoescrito, vídeos e/ou imagens (fotografias, desenhos, caricaturas...).O objectivo é apelar a documentar o efeito da crise.Outra forma de participar é através de comentários no blog. (11) (9)
    13. 13. Exemplo de uma história“Auto-workers at a crossroad” curta metragem documental divida em 7episódios de 4 minutos, relata a história de um casal descendente deuma família de trabalhadores da industria automóvel, vêem o seu futuroe da sua filha comprometido depois de terem perdido os seus empregosna fábrica da GM.
    14. 14. Exemplo de um ensaio fotográfico“Food bank: The legacy of Father Les” é um ensaio fotográfico sobre umbanco alimentar e que é acompanhado pela voz do seu administrador erelata a evolução desta instituição nos últimos anos, o ambiente quese vive, fala de quem lá trabalha como voluntário e das pessoas querecorrem aos seus serviços.
    15. 15. ReflexãoO GDP - Measuring the human side of the Canadian economic crisis éum projecto cuidado em termos visuais. A introdução do sitepraticamente ilustra tudo. Temos a linha gráfica do PIB, mas em cadapico desse gráfico temos o resumo de uma história relacionada com acrise económica. Ao mesmo tempo toda a linha gráfica faz lembrar umpercurso num mapa.Mas o mais interessantes acaba por ser o conteúdo.Embora o cidadão comum é incentivado a participar com a sua própriaprodução audiovisual, devemos fazer notar que neste projecto, sãorealizadores e fotógrafos locais cada um com a sua criatividade esensibilidade mas com saber técnico que permite conferir um grau dequalidade a cada história, que poderia eventualmente escapar a umcidadão comum, sem o saber técnico.É feito um registo documental através de narrativas audiovisuais de ummomento histórico através da voz de cidadão comuns. Qualquer pessoa temuma história passível de ser contada. Neste caso de estudo, o ponto departida é o efeito da crise económica. As crónicas de momentoshistóricos eram feitos antigamente por alguém sábio que sabia escrevere contratado para o efeito. Neste momento e com os meios tecnológico aodispor de cada cidadão, este passa a ser o cronista dos momentoshistóricos. O registo é feito em direto pela voz de quem vive ahistória, com imagem, som e texto escrito.
    16. 16. Referências- GDP - Measuring the human side of the Canadian economic crisishttp://gdp.nfb.ca/- PIB - L’indice humain de la crise économique canadienne -http://pib.onf.ca/- National Filme Board of Canadá - http://www.nfb.ca/- Office National du Film du Canadá - http://www.onf.ca/- Transmedia Development Workshop - http://www.screenworks.com.au/news.asp?i=175- The Association of Independents in Radio - http://www.airmedia.org/PageInfo.php?PageID=704
    17. 17. Exercício : Pesquisa projecto cross-media 4.0Unidade Curricular: Laboratório Multimédia I Docente: Pedro Rosário Curso: Comunicação e Multimédia Pesquisa feita por: Paulo Carlos Gonçalves Fontes Aluno 8503 2011-2012 UTAD

    ×