DEPARTAMENTO DE CLÍNICA
MÉDICA
F.C.M.S.
 Sintoma e sinal caracterizado pela
coloração azulada da pele, leito
ungueal e membranas mucosas.
 Produzida pelo aument...
 Presença de desoxi-Hb ≥ 5g/dl no leito capilar.
 Subtipos:
 1. central
 2. periférica
 3. mista
 4. hemoglobina ano...
CENTRAL:
- Queda do conteúdo de O2 arterial, chegando
sangue com Hb reduzida (desoxigenada) ≥
5g/dl.
- Causas: 1. queda da...
PERIFÉRICA ( generalizada ou localizada )
- Secundária ao aumento na extração de O2
pelos tecidos periféricos.
- Generaliz...
MISTA:
Associação dos mecanismos central + periférico.
Exemplos:
-insuficiência cardíaca esquerda
- embolia pulmonar
- pne...
HEMOGLOBINA ANORMAL: devido à Hb
anômala, especialmente a meta-hemoglobina
que confere cor marrom e se confunde com
desoxi...
Realizada à luz natural
Locais de pesquisa:
Mucosa oral e conjuntival
Lábios e língua
Pontas dos dedos e leito ungueal
Lob...
Quanto a presença:
Presente = cianótico
Ausente = acianótico
Formas de Graduação de Intensidade:
1+ a 4+/4+
Leve Moderada ...
- É generalizada: lábios, lobo da orelha, mucosa bucal e
da língua e extremidades, mento e região malar.
- Desaparece quan...
- localiza-se preferencialmente em extremidades
- Não desaparece com a inalação de oxigênio
- Melhora quando se mergulha a...
FENÔMENO DE RAYNAUD
(Causado por vasoconstrição de vasos san-
guíneos da pele, por provável alteração no
seu controle term...
Cianose Periférica
Cianose Central
Cianose Central – DPOC – Enfisema
pulmonar
TROMBOSE VENOSA - CIANOSE PERIFÉRICA
Cianose 2012
Cianose 2012
Cianose 2012
Cianose 2012
Cianose 2012
Cianose 2012
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cianose 2012

4.483 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.501
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
138
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cianose 2012

  1. 1. DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA F.C.M.S.
  2. 2.  Sintoma e sinal caracterizado pela coloração azulada da pele, leito ungueal e membranas mucosas.  Produzida pelo aumento da concentração de Hemoglobina (Hb) reduzida ou de pigmentos hemoglobínicos anormais nas áreas de perfusão sanguínea.
  3. 3.  Presença de desoxi-Hb ≥ 5g/dl no leito capilar.  Subtipos:  1. central  2. periférica  3. mista  4. hemoglobina anormal [meta-hemoglobina – (Fe +2 a FE +3) – (deficiência enzimática ou ag. Tóxicos como cloratos, clorobenzeno, cloroquina, nitroprussiato de Na, nitro benzeno, paracetamol, produtos de combustão, tintas de tecidos, sulfonamidas, nitratos, quinina, etc...)
  4. 4. CENTRAL: - Queda do conteúdo de O2 arterial, chegando sangue com Hb reduzida (desoxigenada) ≥ 5g/dl. - Causas: 1. queda da pressão parcial de O2 no ar inspirado ; diminuição da ventilação ou oxigenação pulmonar . 2. doenças cardíacas com desvio de sangue do lado direito não oxigenado, para o lado esquerdo, sem passar pelo pulmão (“shunt” direito-esquerdo).
  5. 5. PERIFÉRICA ( generalizada ou localizada ) - Secundária ao aumento na extração de O2 pelos tecidos periféricos. - Generalizada: devido a baixa perfusão tecidual nos caso de hipotensão grave - Localizada: na obstrução arterial, na trombose venosa ou à exposição ao ar ou água fria. - Obs: a Insuficiência Cardíaca Direita acarreta congestão venosa e lentificação do fluxo.
  6. 6. MISTA: Associação dos mecanismos central + periférico. Exemplos: -insuficiência cardíaca esquerda - embolia pulmonar - pneumonia grave associadas à hipotensão arterial.
  7. 7. HEMOGLOBINA ANORMAL: devido à Hb anômala, especialmente a meta-hemoglobina que confere cor marrom e se confunde com desoxi-Hb. Meta-hemoglobina: Hb (Fe³+) ≥ 1,5g/dl (10% do normal) Os sintomas de intoxicação só aparecem quando o nível é de 25 a 40% do normal.
  8. 8. Realizada à luz natural Locais de pesquisa: Mucosa oral e conjuntival Lábios e língua Pontas dos dedos e leito ungueal Lobo da orelha Alguns autores: nariz, mento e região malar
  9. 9. Quanto a presença: Presente = cianótico Ausente = acianótico Formas de Graduação de Intensidade: 1+ a 4+/4+ Leve Moderada Grave
  10. 10. - É generalizada: lábios, lobo da orelha, mucosa bucal e da língua e extremidades, mento e região malar. - Desaparece quando inala oxigênio (exceto nos “shunts”) - Acompanha-se de extremidades quentes - Não desaparece quando se mergulha a extremidade em água quente - Elevação do membro cianótico por 1 minuto: surge primeiro palidez e surge a cianose imediatamente após seu abaixamento
  11. 11. - localiza-se preferencialmente em extremidades - Não desaparece com a inalação de oxigênio - Melhora quando se mergulha a extremidade em água quente por 5 a 10 minutos - Elevação do membro cianótico por 1 minuto seguida de seu abaixamento: onda sanguínea subsequente de cor avermelhada levando certo tempo para o reaparecimento da cianose.
  12. 12. FENÔMENO DE RAYNAUD (Causado por vasoconstrição de vasos san- guíneos da pele, por provável alteração no seu controle termoregulatório)
  13. 13. Cianose Periférica
  14. 14. Cianose Central
  15. 15. Cianose Central – DPOC – Enfisema pulmonar
  16. 16. TROMBOSE VENOSA - CIANOSE PERIFÉRICA

×