5/24/11                                   Historia Da Arte                                       Maneirismo,              ...
5/24/11            Contexto Histórico                               A luz se detém sobre                                  ...
5/24/11                                    •  predomínio das                                       linhas diagonais.      ...
5/24/11                                                                             Rubens - Danza aldeanosCaravaggio (a b...
5/24/11                                                             Veermer                                               ...
5/24/11Matriz de Nossa Senhora da Conceição de   http://interata.squarespace.com/jornal-de-viagem/                        ...
5/24/11                              •  Antônio Francisco Lisboa,                                 o Aleijadinho, nasceu em...
5/24/11                                                                                •  Valores de uma  Rococó          ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

08 barroco e-rococo_2011.ppt

3.042 visualizações

Publicada em

08 barroco e-rococo_2011.ppt

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.042
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
103
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

08 barroco e-rococo_2011.ppt

  1. 1. 5/24/11 Historia Da Arte Maneirismo, Barroco e Rococó Parte I ManeirismoProfessora: Carolina Lara KallasUnip 2011•  Foge do realismo Maneirismo Renascentista 1520 ao fim do século 16•  Formas esguias e alongadas, contorções. O termo maneirismo, deriva da palavra italiana maneira (estilo).•  Confusão e fuga da realidade Momento de transição entre o Renascimento e o•  Rostos Barroco. melancólicos e misteriosos•  Aconteceu paralelamente ao •  Estilização exagerada estilo clássico. que extrapola os limites das rígidas linhas•  Movimento artístico afastado clássicas. conscientemente do modelo da antiguidade clássica. •  Capricho nos detalhes•  Os artistas se vêem obrigados a partir em busca de •  O maneirismo é uma elementos que lhes permitam conseqüência de um renovar e desenvolver todas renascimento clássico as habilidades e técnicas que entra em decadência adquiridas durante o renascimento. 1
  2. 2. 5/24/11 Contexto Histórico A luz se detém sobre objetos e figuras, produzindo sombras•  Contra Reforma de Lutero (Europa dividida) inadmissíveis.•  Inspiração: forte espírito religioso da Europa naquele Novo conceito momento. intelectual da arte pela arte•  Os grandes impérios começam a se formar, e o homem já não é a principal e única medida do universo. Distanciamento da realidade Principais Artistas Maneirismo•  El Greco (Pintura) •  O maneirismo provocou •  A procura do inesperado, rompimento profundo do surpreendente, do com os cânones extravagante e as•  Bartolomeu Amanti (arquitetura e escultura)) clássicos de ordem, proporções do corpo proporção, equilíbrio, humano caprichosamente racionalismo e clareza e revolucionou a História alongadas estabeleceu-•  Giorgio Vasari (arquitetura) da Arte ao criar se como uma tônica paradigmas totalmente desse período novos, como a arte•  Paladdio (arquitetura) divergindo da natureza.•  Giambologna (escultura) Parte II Barroco Barroco •  Com o intuito de •  Fortes contrastes de despertar emoções no claro e escuro espectador, •  Dramaticidade dos •  expressou-se pelo gosto êxtases dos santos – das curvas e contra- curvas, das espirais Pedra •  todos como elementos geradores de emoções Irregular •  predomínio das linhas intensas. diagonais. •  Teatralidade 2
  3. 3. 5/24/11 •  predomínio das linhas diagonais. Contexto Histórico •  Intimamente ligada a Contra •  Fortes contrastes Reforma. de claro e escuro •  Tem o objetivo de resgatar a •  Dramaticidade dos fé e a credibilidade da igreja êxtases dos santos •  Procura comover intensamente o espectador •  todos como elementos •  Exaltação de sentimentos geradores de emoções intensas. •  A religiosidade é expressa de forma dramática, intensa, procurando envolver •  Teatralidade emocionalmente as pessoas. Contexto Histórico A dúvida é que rege a arte deste período.•  A arte barroca nasce em •  retomada do espírito Roma, capital do religioso e místico da catolicismo Idade Media•  Temática religiosa •  Ressurgimento da visão teocêntrica do mundo.•  Os temas mitológicos e a pintura que exaltava o •  O Barroco se caracteriza, direito divino dos reis portanto, num período de (teoria defendida pela dualidades; num eterno Igreja e pelo Estado jogo de poderes entre Nacional Absolutista que divino e humano, no qual se consolidava) não há mais certezas. E nas emoções o artista vê uma ponte entre os dois mundos, assim, tenta desvendá-las em suas representações.DualidadeBarroca Características Principais •  Antropocentrismo versus •  efeito de ilusão buscado •  exploração do jogo de luz teocentrismo pelos artistas e sombra•  Claro e escuro •  céu versus inferno •  incrível ilusão de •  Traços diagonais movimento e ampliação•  Deus e o Diabo de espaço, chegando, em •  substituir o absoluto pelo alguns casos, a dar a •  inesgotabilidade, relativo impressão de que a •  incompreensibilidade e•  Certo e Errado pintura é a realidade e a parede, de fato, não infinidade de representação •  rigidez e liberdade existe. 3
  4. 4. 5/24/11 Rubens - Danza aldeanosCaravaggio (a beleza não é privilegio da aristocracia)(R.E.M Losing my religion) Rubens (força das cores quentes)Ceia na casa de Emmaus - Caravagio •  El Greco, O Baptismo de Cristo (1608-1614) •  El Greco (ícones bizantinos e linhas verticais) Rembrant-Ronda Nocturna Rembrandt (a emoção através da luz) Velázquez (retratista) Velasquez As Meninas Vênus olhando no espelho 4
  5. 5. 5/24/11 Veermer A leiteira Vermeer (claridade e cotidiano) Tintoretto (intensidade da luz e da cor) •  Barroco Murillo Brasileiro (define o barroco espanhol) Séc VXIII •  Associado a religião católica •  Minas Gerais •  Duas vertentes •  Aleijadinho •  Mestre Taíde Crianças com concha, finais do século XVII. Murillo •  No Brasil do séc. XVIII, a adoção do •  O papel da Igreja foi relevante no processo de estilo barroco vincula- colonização e organização da sociedade e das se ao enriquecimento ocupações urbanas no Circuito do Ouro. de algumas camadas da população. •  A partir do momento em que o ouro era dscoberto em uma localidade, iniciava-se um processo natural de •  Contando com o ocupação e desenvolvimento daquela área. apoio dos protetores das artes – •  As primeiras providências dos povoadores era a paróquias, confrarias construção de uma capela, e sua construção era feita e associações em local estratégico, para funcionar como ponto de religiosas –, tornou- atração onde se construíam as moradias em torno da se a primeira mesma, dando início à formação dos primeiros núcleos•  Nossa Senhora das Dores - expressão artística urbanos. Aleijadinho do país. 5
  6. 6. 5/24/11Matriz de Nossa Senhora da Conceição de http://interata.squarespace.com/jornal-de-viagem/ 2008/9/7/ouro-preto-o-acervo-arquitetonico- Antônio Dias capitulo-final.html 6
  7. 7. 5/24/11 •  Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, nasceu em Vila Rica, hoje Ouro •  1977 – Contraiu uma Preto MG, por volta de doença que o deixou 1730. aleijado, ninguém sabe ao certo a origem da mesma •  Era filho natural de um mestre-de-obras português, Manuel •  ao perder os dedos dos Francisco Lisboa, um dos pés ele passou a andar primeiros a atuar como de joelhos, protegendo- arquiteto em Minas os com dispositivos de Gerais, e de uma escrava couro, ou a se fazer africana ou mestiça que carregar. se chamava Isabel.•  Ao perder os dedos das mãos, passou a esculpir com o cinzel e o martelo amarrados aos punhos pelos ajudantes.•  Morreu em algum dia de 1814 sobre um estrado em casa de sua nora, na mesma Vila Rica onde nascera. •  “Novos Ricos” Contexto HistóricoParte III Rococó •  1710 a 1780 Burguesia •  Libertação do reinado de•  Vem da palavra Luis XVI, na França, francesa “rocaille” = governo centralizador e rocha e autoritário. “coquille”=concha •  Pessoas que não nasceram na aristocracia, mas eram ricos, queriam manter o prestigio•  Requintada para serem aceitos pela•  Aristocrática sociedade aristocrática •  Eram eles: homens de•  Convencional negócios, financistas e banqueiros (clientes preferidos dos artistas) 7
  8. 8. 5/24/11 •  Valores de uma Rococó sociedade fútil que buscava nas obras de •  Domínio da arte algo que lhes técnica perfeita oferece prazer para esquecer dos problemas •  Expressão de reais sentimentos agradáveis •  Cores suaves e tons pasteis •  Formas leves e delicadasChegada do Embaixador Francês, , de Canaletto (1697-1768), Cenas graciosas Sensualidade Sutil Personagens: Temas mundanos membros da ambientados em aristocracia parques, jardins, interiores Tonalidades claras e iluminadas luxuosos Técnicas do pastel Festa do Amor - de Jean Antoine Watteau O Beijo Roubado - Jean Honoré Fragonard Escultura: retratos intimistas das pessoas importantes na época Estatuetas decorativas Tenta-se, pelo exagero, se comemorar a alegria de viver, um espírito que se reflete inclusive nas obras sacras, em que o amor de Deus pelo homem assume agora a forma de uma infinidade de anjinhos rechonchudos. 8

×