Câncer de próstata

512 visualizações

Publicada em

Câncer de próstata

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
512
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Câncer de próstata

  1. 1. Acadêmicos: Robinson Faim Vinicius H. Buzzi Câncer de Próstata
  2. 2. Prevenção: Dietas saudáveis ricas em frutas, legumes, grãos e cereais, evitar gordura de origem animal, manter o peso ideal, praticar atividade física, evitar fumar e consumir bebida alcolicas ajudam a diminuir o risco de câncer.
  3. 3. Sintomas: Na fase inicial sua evolução é silenciosa, em alguns casos pode ter semelhança ao crescimento benigno da próstata que é dificuldade em urinar, necessidade de urinar varias vezes, na fase avançada gera dor óssea e pode gerar infecção e insuficiência renal.
  4. 4. Tratamento: Quando a doença esta localizada e começa a aumentar é necessário a intervenção cirúrgica, radioterapia ou tratamento hormonal. Caso a doença já esta em metástase o mais indicado será a terapia hormonal
  5. 5. Detecção precoce: Uma forma eficaz de prevenção do paciente onde se busca o diagnostico precoce quando há suspeita com o aparecimento de sinais iniciais da doença, ou de rastreamento como uma forma de rotina de exames.
  6. 6. Diagnóstico: O mais conhecido é o exame clinico (toque retal), muito importante para estabelecer informações histopatológicas da próstata podendo assim avaliar o estagio em que se encontra, a dosagem de antígeno prostático especifico (PSA) no sangue também ajuda no diagnostico da patologia. A ultrassonografia pélvica, a biopsia da próstata expressa um diagnostico mais exato.
  7. 7. Brasil Estimativas para o ano de 2012 das taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes e de número de casos novos por cancêr, segundo sexo e localização
  8. 8. Região: Nordeste Estimativas para o ano de 2012 das taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes e de número de casos novos por cancêr, segundo sexo e localização
  9. 9. Região: Sul Estimativas para o ano de 2012 das taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes e de número de casos novos por cancêr, segundo sexo e localização
  10. 10. Região: Centro oeste Estimativas para o ano de 2012 das taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes e de número de casos novos por cancêr, segundo sexo e localização
  11. 11. Região: Norte Estimativas para o ano de 2012 das taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes e de número de casos novos por câncer, segundo sexo e localização
  12. 12. Região: Sudeste Estimativas para o ano de 2012 das taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes e de número de casos novos por cancêr, segundo sexo e localização
  13. 13. Referências

×