PRECEDÊNCIAS
Disciplina: TCAT

Patrícia Martins
Nº1, 11ºO
Professora: Bruna Nascimento
Escola Secundária Sebastião e Silva...
2-2-2014

Índice
Introdução .................................................................................................
2-2-2014

INTRODUÇÃO
Realizei este trabalho com o objectivo de ficar a saber mais sobre as precedências, mas também para c...
2-2-2014

PRECEDÊNCIAS
o

Conceito:

Uma precedência é a definição da prioridade na hierarquia protocolar e social em toda...
2-2-2014

~ No carro…
… Nas carroagens e automóveis, o lugar de honra é no banco de trás à direita em relação à marcha.
Os...
2-2-2014

~ A andar…
… No caso de serem duas pessoas a caminharem lado a lado, dá-se a direita à pessoa que nos merece mai...
2-2-2014

o

Lista de precedências:

Para efeitos protocolares, as altas entidades públicas hierarquizam-se pela ordem seg...
2-2-2014

13) Representantes da República para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira;
14) Presidentes das Assemblei...
2-2-2014

28) Chanceleres das Ordens Honoríficas Portuguesas;
29) Vice-presidente do Conselho Superior da Magistratura;
30...
2-2-2014

39) Membros dos conselhos das ordens honoríficas portuguesas;
40) Juízes desembargadores dos tribunais da relaçã...
2-2-2014

47) Directores do Instituto de Defesa Nacional e do Instituto de Estudos Superiores Militares, comandantes
da Es...
2-2-2014

CONCLUSÃO
Com este trabalho fiquei a saber que uma precedência é a definição da prioridade na hierarquia protoco...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Precedências - Turismo

2.276 visualizações

Publicada em

TCAT precedencias no carro, a andar, nas escadas, conceito, etc

Publicada em: Marketing, Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.276
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Precedências - Turismo

  1. 1. PRECEDÊNCIAS Disciplina: TCAT Patrícia Martins Nº1, 11ºO Professora: Bruna Nascimento Escola Secundária Sebastião e Silva Ano Lectivo: 2013/2014
  2. 2. 2-2-2014 Índice Introdução ........................................................................................................................................ 2 Precedências ..................................................................................................................................... 3 o Conceito ....................................................................................................................................................... 3 o Precedência Oficial ...................................................................................................................................... 3 o Precedência Não Oficial .............................................................................................................................. 3 ~ No carro… .................................................................................................................................................... 4 ~ A andar…..................................................................................................................................................... 5 ~ Nas escadas… .............................................................................................................................................. 5 o Lista de precedências .................................................................................................................................. 6 Conclusão........................................................................................................................................ 11 ESSS 1
  3. 3. 2-2-2014 INTRODUÇÃO Realizei este trabalho com o objectivo de ficar a saber mais sobre as precedências, mas também para compensar a aula de TCAT. Neste trabalho irei referir o que é uma precedência, assim como explicar a diferença entre precedências oficiais e não oficiais. Também irei enumerar várias regras utilizadas nas precedências não oficiais, ou sociais. Vou referir também as Leis das precedências do Protocolo do Estado Português com o objectivo de ficar a conhecer e a perceber algumas. ESSS 2
  4. 4. 2-2-2014 PRECEDÊNCIAS o Conceito: Uma precedência é a definição da prioridade na hierarquia protocolar e social em todas as cerimónias em que há convidados, tendo em consideração a sua categoria e idade. o Precedência Oficial: Estes tipos de precedências estão regulamentadas pela competência do serviço de protocolo, que é uma dependência do Ministério dos Negócios Estrangeiros. o Precedência Não Oficial, ou social: Neste sector as regras cumprem uma tradição, em várias circunstâncias sociais, como por exemplo, a andar, no carro e nas escadas. Várias situações de precedências sociais: ESSS 3
  5. 5. 2-2-2014 ~ No carro… … Nas carroagens e automóveis, o lugar de honra é no banco de trás à direita em relação à marcha. Os automóveis deverão estar estancionados de modo a que o lado esquerdo fique ao longo do passeio. A pessoa que ocupa o lugar de honra sobe primeiro, seguindo-se as outras por ordem de importância. À chegada, o condutor deve agir de modo a que a saída se faça pelo lado direito. A pessoa que ocupa o lugar de honra é a primeira a sair. Nas deslocações oficiais só o banco de trás é ocupado. ESSS 4
  6. 6. 2-2-2014 ~ A andar… … No caso de serem duas pessoas a caminharem lado a lado, dá-se a direita à pessoa que nos merece maior respeito, a uma pessoa idosa ou a uma senhora. Se ao darmosa direita se verificarque as pessoas que nos acompanham ficaram do lado de fora do passeio, deve-se inverter as posições. As senhoras e as crianças devem sempre caminhar na parte mais chegada à parede. Se o passeio for muito estreito, o senhor deve seguir ao lado da mulher pelo lado da estrada, sempre com a devida cautela em relação ao trânsito. ~ Nas escadas… … O homem é sempre o que passa à frente (especialmente se a senhora estiver de saia). A descer é também o homem quem vai à frente, como gesto de amparo no caso de a senhora tropeçar ou até mesmo cair. ESSS 5
  7. 7. 2-2-2014 o Lista de precedências: Para efeitos protocolares, as altas entidades públicas hierarquizam-se pela ordem seguinte: 1) Presidente da República; 2) Presidente da Assembleia da República; 3) Primeiro-Ministro; 4) Presidente do Supremo Tribunal de Justiça e Presidente do Tribunal Constitucional; 5) Presidente do Supremo Tribunal Administrativo e Presidente do Tribunal de Contas; 6) Antigos Presidentes da República; 7) Ministros; 8) Presidente ou secretário-geral do maior partido da oposição; 9) Vice-presidentes da Assembleia da República e presidentes dos grupos parlamentares; 10) Procurador-Geral da República; 11) Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas; 12) Provedor de Justiça; ESSS 6
  8. 8. 2-2-2014 13) Representantes da República para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira; 14) Presidentes das Assembleias Legislativas das Regiões Autónomas; 15) Presidentes dos Governos Regionais; 16) Presidentes ou secretários-gerais dos outros partidos com representação na Assembleia da República; 17) Antigos Presidentes da Assembleia da República e antigos Primeiros-Ministros; 18) Conselheiros de Estado; 19) Presidentes das comissões permanentes da Assembleia da República; 20) Secretários e subsecretários de Estado; 21) Chefes dos Estados-Maiores da Armada, do Exército e da Força Aérea; 22) Deputados à Assembleia da República; 23) Deputados ao Parlamento Europeu; 24) Almirantes da Armada e marechais; 25) Chefes da Casa Civil e Militar do Presidente da República; 26) Presidentes do Conselho Económico e Social, da Associação Nacional dos Municípios Portugueses e da Associação Nacional das Freguesias; 27) Governador do Banco de Portugal; ESSS 7
  9. 9. 2-2-2014 28) Chanceleres das Ordens Honoríficas Portuguesas; 29) Vice-presidente do Conselho Superior da Magistratura; 30) Juízes conselheiros do Tribunal Constitucional; 31) Juízes conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça, do Supremo Tribunal Administrativo e do Tribunal de Contas; 32) Secretários e subsecretários regionais dos Governos das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira; 33) Deputados às Assembleias Legislativas das Regiões Autónomas; 34) Comandante-geral da Guarda Nacional Republicana e director nacional da Polícia de Segurança Pública; 35) Secretários-gerais da Presidência da República, da Assembleia da República, da Presidência do Conselho de Ministros e do Ministério dos Negócios Estrangeiros; 36) Chefe do Protocolo do Estado; 37) Presidentes dos tribunais da relação e tribunais equiparados, presidentes do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e do Conselho Coordenador dos 3 Institutos Politécnicos, bastonários das ordens e presidentes das associações profissionais de direito público; 38) Presidentes da Academia Portuguesa da História e da Academia das Ciências de Lisboa, reitores das universidades e presidentes dos institutos politécnicos de direito público; ESSS 8
  10. 10. 2-2-2014 39) Membros dos conselhos das ordens honoríficas portuguesas; 40) Juízes desembargadores dos tribunais da relação e tribunais equiparados e procuradores-gerais adjuntos, vice-reitores das universidades e vice-presidentes dos institutos politécnicos de direito público; 41) Presidentes das câmaras municipais; 42) Presidentes das assembleias municipais; 43) Governadores civis; 44) Chefes de gabinete do Presidente da República, do Presidente da Assembleia da República e do Primeiro-Ministro; 45) Presidentes, membros e secretários-gerais ou equivalente dos conselhos, conselhos nacionais, conselhos superiores, conselhos de fiscalização, comissões nacionais, altas autoridades, altos-comissários, entidades reguladoras, por ordem de antiguidade da respectiva instituição, directores-gerais e presidentes dos institutos públicos, pela ordem dos respectivos ministérios e dentro destes da respectiva lei orgânica, provedor da Misericórdia de Lisboa e presidente da Cruz Vermelha Portuguesa; 46) Almirantes e oficiais generais com funções de comando, conforme a respectiva hierarquia militar, comandantes operacionais e comandantes de zona militar, zona marítima e zona aérea, das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira; ESSS 9
  11. 11. 2-2-2014 47) Directores do Instituto de Defesa Nacional e do Instituto de Estudos Superiores Militares, comandantes da Escola Naval, da Academia Militar e da Academia da Força Aérea, almirantes e oficiais generais de 3 e 2 estrelas; 48) Chefes de gabinete dos membros do Governo; 49) Subdirectores-gerais e directores regionais; 50) Juízes de comarca e procuradores da República; 51) Vereadores das câmaras municipais; 52) Assessores, consultores e adjuntos do Presidente da República, do Presidente da Assembleia da República e do Primeiro-Ministro; 53) Presidentes das juntas de freguesia; 54) Membros das assembleias municipais; 55) Presidentes das assembleias de freguesia e membros das juntas e das assembleias de freguesia; 56) Directores de serviço; 57) Chefes de divisão; 58) Assessores e adjuntos dos membros do Governo. ESSS 10
  12. 12. 2-2-2014 CONCLUSÃO Com este trabalho fiquei a saber que uma precedência é a definição da prioridade na hierarquia protocolar e social em todas as cerimónias em que há convidados, tendo em consideração a sua categoria e idade. Fiquei também a saber que existem dois tipo de precedências: oficiais e sociais. Dentro do ramo das precedências sociais temos várias regras que variam cnsoante a circunstância em que se está, desde o momento em que se entra num carro, até que se sai; quando se está a caminhar num passeio, ou até mesmo a subir umas escadas. Fiquei também a saber e a compreender algumas das alíneas da Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português. Patrícia Martins ESSS 11

×