Egipto

12.539 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
4 comentários
21 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Olá!Partilhamos o mesmo nome e profissão...curioso!Estou a trabalhar fora do país e com carências de manuais escolares.Gostei muito da sua apresentação.Simples, clara e com boas imagens.Parabéns pelo óptimo trabalho. Se for oportuno gostaria que me enviasse para usar nas aulas.Agradeço. mail:apatricia_costa@sapo.pt
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • o mail é pedro.palm@hotmail.com
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • podem me mandar o download para estudar... sff
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Gosto desta apresentação.É sintética mas tem o essencial, tal como a outra da revolução soviética. Se possívil gostava que me enviasse o download para a apresentar nas aulas. O meu mail é: carmo.marto@gmail.com.
    Obrigada, Rosário Marto
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.250
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
4
Gostaram
21
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Egipto

  1. 1. A Civilização Egípcia Prof. Patrícia Costa - História 7 1
  2. 2. A Civilização Egípcia no espaço Prof. Patrícia Costa - História 7 2
  3. 3. A Civilização Egípcia no tempo Prof. Patrícia Costa - História 7 3
  4. 4. A Civilização Egípcia: as condições naturais • Estreita faixa de terreno que se estende ao longo do rio Nilo • Situa-se entre os desertos da Arábia e Líbia • Rio Nilo corre de sul para norte e desagua no Mar Mediterrâneo 4 Prof. Patrícia Costa - História 7
  5. 5. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Cheias periódicas do Nilo Solo fertilizado Desenvolvimento da Agricultura Prof. Patrícia Costa - História 7 5
  6. 6. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Cheias periódicas do Nilo Julho a Período de Outubro inundações Novembro a Período de Março sementeiras Abril a Junho Período de colheitas Prof. Patrícia Costa - História 7 6
  7. 7. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Irrigação dos campos . Shaduf . Canais . Diques 7 Prof. Patrícia Costa - História 7
  8. 8. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Produtos agrícolas . Cereais: trigo, cevada e centeio . Vinha . Árvores de fruto . Linho e papiro Prof. Patrícia Costa - História 7 8
  9. 9. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Fabrico do pão Papiro 9 Prof. Patrícia Costa - História 7
  10. 10. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Criação de gado . Bois . Ovelhas . Cabras Pesca Prof. Patrícia Costa - História 7 10
  11. 11. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Artesanato - Olaria - Cestaria - Ourivesaria - Trabalho de vidro - Metalurgia - Construção naval Prof. Patrícia Costa - História 7 11
  12. 12. A Civilização Egípcia: as actividades económicas Rio Nilo Via de comunicação Transporte de mercadorias Prof. Patrícia Costa - História 7 12
  13. 13. A Civilização Egípcia: a sociedade Sociedade estratificada Faraó (composta por diferentes estratos). Nobres e Sacerdotes Sociedade hierarquizada (uns Escribas estratos tinham mais poder do que outros) Artesãos e Comerciantes Sociedade desigual: maioria pobre e minoria rica. Camponeses Escravos Prof. Patrícia Costa - História 7 13
  14. 14. A Civilização Egípcia: a sociedade Nekhbet, Uraéus, deusa Faraó Serpente protectora do protectora -Responsável pela ordem e Alto Egipto dos faraós estabilidade do Egipto; - Administrador da justiça; -Comandante do exército; Toucado -Distribuidor da riqueza; real - Considerado um deus vivo (poder sacralizado). Barba postiça (símbolo de Monarquia Teocrática imortalidade) Prof. Patrícia Costa - História 7 14
  15. 15. A Civilização Egípcia: a sociedade Nobres e Sacerdotes -Funções militares, como defender o reino, e administrativas. -Funções religiosas, como o culto aos deuses e administração dos bens existentes nos templos. Prof. Patrícia Costa - História 7 15
  16. 16. A Civilização Egípcia: a sociedade Escribas . Dominavam a escrita e o cálculo; . Tinham funções administrativas no palácio real ou nos templos. Prof. Patrícia Costa - História 7 16
  17. 17. A Civilização Egípcia: a sociedade Artesãos e Comerciantes -Trabalhavam para o faraó e nobres. - Eram a maioria da população. - Pagavam impostos 17 Prof. Patrícia Costa - História 7
  18. 18. A Civilização Egípcia: a sociedade Camponeses - Dedicavam-se aos trabalhos agrícolas. - Durante as cheias trabalhavam na construção das grandes obras públicas (templos). Prof. Patrícia Costa - História 7 18
  19. 19. A Civilização Egípcia: a sociedade Escravos -Eram prisioneiros de guerra -Trabalhavam na agricultura, obras públicas e serviços domésticos. Prof. Patrícia Costa - História 7 19
  20. 20. A Civilização Egípcia: a religião Religião politeísta: adoravam vários deuses Hórus: deus Osíris: deus da Ísis: deusa da protector do fecundidade e vida e do amor, faraó e filho de dos mortos mulher de Osíris e Ísis. 20 Osíris. Prof. Patrícia Costa - História 7
  21. 21. A Civilização Egípcia: a religião Tot: deus da Anúbis: deus Ámon: rei dos Ámon Rá: sabedoria e dos mortos. deuses. deus-sol. dos escribas. Prof. Patrícia Costa - História 7 21
  22. 22. A Civilização Egípcia: a religião Culto aos deuses: construíram templos. Prof. Patrícia Costa - História 7 22 Templo de Luxor, cerca de 1250 a.C.
  23. 23. A Civilização Egípcia: a religião 23 Prof. Patrícia Costa - História 7
  24. 24. A Civilização Egípcia: a religião Crença na imortalidade da alma: após a morte existia uma outra vida Julgamento da alma no Tribunal de Osíris Bom comportamento na vida terrena, a alma regressava ao corpo como recompensa. Prof. Patrícia Costa - História 7 24
  25. 25. A Civilização Egípcia: a religião O “julgamento dos mortos” no Tribunal de Osíris Tot anota o resultado da O defunto faz Osíris pesagem uma confissão Anúbis pesa o Se o coração do morto pesasse Ísis e Maet25 coração do mais do que a pena de avestruz Prof. Patrícia Costa - História 7 morto seria comido pelo monstro
  26. 26. A Civilização Egípcia: a religião Necessidade de conservar o corpo humano, para que a alma voltasse a habitá-lo - MUMIFICAÇÃO 1.º Extracção do cérebro (através da narinas) e das vísceras (pulmões, intestinos, etc) que eram limpos e metidos em vasos especiais. Apenas o coração era recolocado dentro do corpo. 2.º Mergulhavam o cadáver numa espécie de salmoura, feita com um produto desidratante natural. Prof. Patrícia Costa - História 7 26
  27. 27. A Civilização Egípcia: a religião 3.º Após a secagem, enchiam-se as cavidades do corpo com resinas perfumadas e outras substâncias, como mirra e canela. 4.º O cadáver era esfregado com óleos aromáticos e enfaixado com panos de linho e colocado dentro de um sarcófago. Prof. Patrícia Costa - História 7 27
  28. 28. A Civilização Egípcia: a religião 5.º O cadáver era colocado dentro do túmulo juntamente com alimentos, utensílios, etc. Sala do túmulo de Tutankamon. Os egípcios comuns não eram mumificados, mas enterrados em sepulturas, onde as condições do deserto quente e seco mumificavam os corpos naturalmente. Prof. Patrícia Costa - História 7 28
  29. 29. A Civilização Egípcia: a arte Construção de túmulos - MASTABA São os túmulos mais antigos e simples. A câmara funerária era subterrânea Prof. Patrícia Costa - História 7 29
  30. 30. A Civilização Egípcia: a arte Construção de túmulos - PIRÂMIDES Pirâmides do vale de Gizé: túmulos dos faraós Queóps (2600 a.C), Quéfren e Miquerinos. Prof. Patrícia Costa - História 7 30
  31. 31. A Civilização Egípcia: a arte Construção de túmulos - PIRÂMIDE 146 m Ventilador Câmara Escadaria Funerária Entrada Câmara anexa Câmara Pirâmide de Queóps. Falsa Prof. Patrícia Costa - História 7 31
  32. 32. A Civilização Egípcia: a arte Construção de túmulos - HIPOGEU São os túmulos subterrâneos. Prof. Patrícia Costa - História 7 32
  33. 33. A Civilização Egípcia: a arte Pintura: paredes interiores dos túmulos, onde foram representados aspectos do quotidiano e cenas religiosas. Interior do templo de Ramsés III em Medinet Habu Pintura de Nefertari no seu 33 túmulo Prof. Patrícia Costa - História 7
  34. 34. A Civilização Egípcia: a arte Escultura: estátuas e baixos-relevos. Lei da frontalidade: a cabeça e as pernas apareciam de perfil e o tronco e olho de frente. Lei da hierarquia: o tamanho das figuras dependia da sua importância social. 34 Prof. Patrícia Costa - História 7
  35. 35. A Civilização Egípcia: a arte Arquitectura: templos e túmulos. Principais características: -Monumentalidade; - Grandiosidade; -Durabilidade. Esfinge, localiza-se junto do templo do Vale; possui cabeça humana (do Rei Kefren) e corpo de leão. Tem 70 metros de comprimento e 20 metros de altura. 35 Prof. Patrícia Costa - História 7
  36. 36. A Civilização Egípcia: ciências Astronomia . Calendário . Tinha 3 com 365 dias e estações do 12 meses, cada ano: a cheia, a um com 30 sementeira e dias. colheita). Carta do céu do templo de Hátor, em Dendera. Estão representadas as constelações que os egípcios conheciam. O céu é sustentado pelos deuses. Prof. Patrícia Costa - História 7 36
  37. 37. A Civilização Egípcia: ciências Matemática e Geometria Adição Subtracção - Cálculo da raiz quadrada - Adição e subtracção - Desenvolvimento de noções de peso e volume para a construção de grandes monumentos. 37 Prof. Patrícia Costa - História 7
  38. 38. A Civilização Egípcia: ciências Medicina -Devido à mumificação, conheciam o corpo humano; -Conheciam as propriedades de plantas medicinais. Papiro de Edwin Smith (c. 1600 a.C.) Prof. Patrícia Costa - História 7 38
  39. 39. A Civilização Egípcia: a escrita Partir do 4.º milénio – Escrita hieroglífica (composta por centenas de hieróglifos) Prof. Patrícia Costa - História 7 39
  40. 40. A Civilização Egípcia: a escrita Como se decifrou a Escrita hieroglífica? Escrita hieroglífica Pedra de Roseta Descoberta em 1799, Escrita demótica junto da foz do rio Nilo. Data de cerca de 197 – 196 a.C. Escrita grega Prof. Patrícia Costa - História 7 40
  41. 41. A Civilização Egípcia: a escrita Escrita Hierática Usada nos documentos oficiais Escrita Demótica Usada nos textos do dia a dia. 41 Prof. Patrícia Costa - História 7
  42. 42. A Civilização Egípcia: a escrita Como era preparado o papiro? Prof. Patrícia Costa - História 7 42
  43. 43. A Civilização Egípcia: a escrita Ensino da escrita Troca de mensagens entre os líderes nas A escrita era batalhas usada em… Decoração dos túmulos Agricultura Templos Governo (recolha de impostos) 43 Prof. Patrícia Costa - História 7
  44. 44. O Egipto nos dias de hoje Prof. Patrícia Costa - História 7 44
  45. 45. O Egipto nos dias de hoje Prof. Patrícia Costa - História 7 45

×