Banana reta bananix

602 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado na disciplina de Comunicação Digital pelos Acadêmicos Jefferson Fischer, Mariana Nunes, Ramsés Nunes, Taise Araujo e Vanessa Melo.

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
602
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Banana reta bananix

  1. 1. Agência WISE Comunicação Jefferson Fischer Mariana Nunes Ramsés Nunes Taise Araujo Vanessa Melo
  2. 2. Nesse primeiro gráfico, percebemos claramente que o Brasil é o segundo maior consumidor de bananas, com um consumo de 15% de todas as bananas produzidas. Neste outro gráfico, percebemos que na produção, o Brasil também é o segundo maior com 17%. Como o Brasil é um país que tanto na produção como no consumo de bananas é muito ativo, concluímos que nesse primeiro momento é importante focar nas vendas somente no país. Brasil como produtor, consumidor e país em potencial para as bananas retas
  3. 3. Nesses gráficos, percebemos que o consumo pela internet está aumentando rapidamente. Em amarelo vimos os novos consumidores e em verde, os consumidores já existentes. Onde sua empresa quer chegar? 2013 2011 2009 2007 2005 2003 2001
  4. 4. O consumo da banana no Brasil é de 15% entre todas as frutas, ficando atrás apenas para o consumo de laranja.
  5. 5. No período de março de 2010 à março de 2011 ouve um aumento de 13,9% de novos internautas. Sendo que em 2001 tínhamos somente 8,6 milhões de internautas brasileiros. Crescimento da internet no Brasil de 2007 á 2010. Casas com banda larga crescem 73% no 1º semestre de 2010. No 1º semestre de 2010, as casas com internet passaram de 29,1 milhões para 35,1 milhões. A internet não para de crescer e as empresas estão migrando rapidamente para este meio de comunicação. Sua empresa também não pode ficar de fora! Importante lembrar que na região sul a internet já alcança 65% da região. 2011? Banda larga 1º semestre 2010 3 anos internet 75,3% 73% Casas internet 29,1 35,1 Milhões Março 2010 37,9 Março 2011 43,2 2001 8,6
  6. 6. Comércio eletrônico: Compras online no Brasil 2008 Movimentou 8,2 bilhões 2009 Movimentou 10,6 bilhões 2010 Movimentou 14,8 bilhões 2011 expectativa de 20 bilhões O Brasil é o país que mais movimenta o comércio digital da América Latina. Os dados apresentados, mostram o crescimento desse comércio no Brasil, na qual pode chegar a dobrar de 2009 à 2011. A região Sul e Sudeste são as maiores responsáveis por este crescimento. Em 2010 o comércio digital já ocupava o terceiro lugar em vendas de varejo no Brasil.
  7. 7. Região Sul 24% ficam online Região sudeste 23% ficam online Região Norte 17% ficam online Região nordeste 10% ficam online Região Centro-oeste 17% ficam online Paraná 10.439,601 Santa Catarina 6.249,682 Rio Grande do Sul 10.695,532 Habitantes dos estados do Sul
  8. 8. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL
  9. 9. Pesquisa do primeiro semestre de 2009 mostra à internet como o quarto maior meio de publicidade Os dados mostram todo crescimento da internet. Devido a isso podemos afirmar que os resultados para 2011 serão maiores.
  10. 10. Necessidades dos clientes: praticidade no dia-dia, conciliada a uma alimentação saudável. Problemas: valor mais alto e falta de conhecimento do produto. Características: pais de crianças preocupados com a alimentação de seus filhos e que desejam aliar alimentação saudável com praticidade. Estes revendedores venderão as Bananix para o consumidor final, que são as crianças em geral. Porém, este alimento serve para todas as idades. Clientes em potencial Mercados Sacolões Feiras São alguns dos clientes em potencial
  11. 11. Vendedores de bananas em geral  Vendedores de produtos alimentícios   Vendem produtos que já estão no mercado.  Nenhum possui a banana reta, e grande parte não utiliza a internet para divulgação dos produtos. Maior tempo de mercado  Qualquer produto alimentício  Possuem transporte e máquinas para  armazenar os alimentos. concorrentes Potenciais Atuais Características Pontos fracos Pontos fortes Produtos Tecnologias
  12. 12. Disponibilidade de recursos humanos  Há disponibilidade para o aumento de 80% da produção, chegando ao seu máximo. Know-how Preocupação com recursos humanos a partir dessa produção. Capacidade que a empresa possui de deixar as bananas retas.
  13. 13. Parceiros de negócios Alguns revendedores no Rio Grande do Sul, e os fornecedores de matéria prima e de materiais para empresa. No momento, só há produção de bananas retas. A empresa pode buscar parceiros (como por exemplo, revendedores) que lhe darão suporte.
  14. 14. Conflitos potenciais com: Clientes: problemas com a entrega do produto. Fornecedores e parceiros: problemas na manutenção dos equipamentos.
  15. 15. Competências atuais da empresa Possui capacidade produtiva, capital, tecnologia e funcionários para chegar a produção de 500 mil.
  16. 16. Pontos Fracos da Empresa Capacidade produtiva limitada. Pouco conhecida no mercado. Produto novo. Inicialmente será restrita ao sul do Brasil.
  17. 17. Montante de investimentos e retorno esperado Montante de investimento: 500 mil. Retorno esperado: crescer 70% durante cinco anos.
  18. 18. <ul><li># Porque fazer propaganda nas Redes Sociais? </li></ul>Todos estão sempre conectados.... ...Em qualquer meio.... ... Compartilhando conteúdos... ...Se tornando o Veículo de Mídia.
  19. 20. Referências <ul><li>http://www.midiaeconsumo.com.br/2009/09/investimento-publicitario-no-brasil.html </li></ul><ul><li>COBRA, Marcos. Marketing básico: uma perspectiva brasileira. São Paulo: Atlas, 2007. </li></ul><ul><li>GODRI, Daniel. Marketing de Ação. Curitiba: Educa 2ª ed. 1990. </li></ul><ul><li>KOTLER, Philip. Marketing. São Paulo: Atlas, 3ª ed., 1980. </li></ul><ul><li>LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Marketing: Conceito, exercícios e casos. São Paulo: Atlas, 7ª ed. 2006. </li></ul><ul><li>SANT’ ANA, Armando. Propaganda: teoria, técnica e prática. São Paulo: Pioneira, 1989. </li></ul><ul><li>http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/imprensa/ppts/0000000408.pdf </li></ul><ul><li>http://www.administracaoegestao.com.br/planejamento-estrategico/analise-social-do-ambiente-externo/ </li></ul><ul><li>http://www.ibge.gov.br/estadosat/temas.php?sigla=rs&tema=sinopse_censodemog2010 </li></ul><ul><li>http://www.ibge.gov.br/estadosat/temas.php?sigla=rs&tema=pofavaliacaonutricional </li></ul><ul><li>http://www.ibge.gov.br/estadosat/perfil.php?sigla=pr </li></ul><ul><li>http://www.ibge.gov.br/estadosat/perfil.php?sigla=sc </li></ul><ul><li>http://www.ibge.gov.br/estadosat/temas.php?sigla=sc&tema=pofavaliacaonutricional </li></ul><ul><li>http://br.monografias.com/trabalhos/patrient/patrient.shtml </li></ul><ul><li>http://portal.mda.gov.br/dotlrn/clubs/redestematicasdeater/agroindstria/contents/photoflow-view/index?keyword_id=912031 </li></ul><ul><li>http://portal.mda.gov.br/dotlrn/clubs/redestematicasdeater/agroindstria/contents/photoflow-view/index?keyword_id=912025 </li></ul><ul><li>http://portal.mda.gov.br/dotlrn/clubs/redestematicasdeater/agroindstria/contents/photoflow-view/index?keyword_id=912006 </li></ul><ul><li>http://portal.mda.gov.br/dotlrn/clubs/redestematicasdeater/agroindstria/contents/photoflow-view/index?keyword_id=912000 </li></ul><ul><li>http://portal.mda.gov.br/dotlrn/clubs/redestematicasdeater/agroindstria/contents/photoflow-view/index?keyword_id=911994 </li></ul>

×