“O Espírito do Senhor está sobremim, porque ele me ungiu para pregar  as boas-novas aos pobres. Ele meenviou para proclama...
A igreja segundo Jesus
“Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus”         (Mt 3.2)
IntroduçãoÉ de extrema importância que a igreja local tenhauma visão correta das doutrinas bíblicas. Na igreja     segundo...
O QUE PRECISAMOS          ENTENDER?  Precisamos entender que o evangelho não é o anúncio de que tudo vai bem conosco, nem ...
O QUE É AS BOAS-NOVAS OU       EVANGELHO?O evangelho é a boa notícia de que Jesus morreuna cruz como um sacrifício vicário...
O QUE PODE SER TENTADOR          PARA NÓS?    Apresentar os benefícios que o evangelho  proporciona ao crente como se esse...
O QUE ESTAMOS PREGANDO         AFINAL?
QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS    DISSO PARA NÓS?  Alcançaremos apenas falsas conversões e oaumento de membros em nossas igrejas q...
E QUANDO SE COMPREENDE AS  BOAS-NOVAS CORRETAMENTE?Temos desejo de compartilhá-lo;“... Apareceu João Batista pregando no d...
ConclusãoÉ de extrema importância que a igreja local tenha       uma visão correta das boas-novas. Que o evangelho é a boa...
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã

391 visualizações

Publicada em

Mês de Junho - A igreja segundo Jesus - 1º domingo - manhã

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
391
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã

  1. 1. “O Espírito do Senhor está sobremim, porque ele me ungiu para pregar as boas-novas aos pobres. Ele meenviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos eproclamar o ano da graça do Senhor” [NVI] (Lc 4.18-19)
  2. 2. A igreja segundo Jesus
  3. 3. “Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus” (Mt 3.2)
  4. 4. IntroduçãoÉ de extrema importância que a igreja local tenhauma visão correta das doutrinas bíblicas. Na igreja segundo Jesus, todo membro desfruta das maravilhas das boas-novas de salvação de uma forma correta. O entendimento correto das boas- novas deve ser a base de cada mensagem pregada, das músicas e de tudo que envolve a vida da igreja.
  5. 5. O QUE PRECISAMOS ENTENDER? Precisamos entender que o evangelho não é o anúncio de que tudo vai bem conosco, nem deque Deus é amor, nem de que Deus quer ser nosso amigo. O evangelho não é a mensagem de que Deus tem um plano e um propósito maravilhoso para nós.
  6. 6. O QUE É AS BOAS-NOVAS OU EVANGELHO?O evangelho é a boa notícia de que Jesus morreuna cruz como um sacrifício vicário, em favor dospecadores, e ressuscitou, estabelecendo o meio de sermos reconciliados com Deus.
  7. 7. O QUE PODE SER TENTADOR PARA NÓS? Apresentar os benefícios que o evangelho proporciona ao crente como se esses fossem opróprio evangelho. São coisas que os não-cristão naturalmente desejam, comoalegria, paz, felicidade, satisfação, auto estima ou amor. Precisamos saber que isso é uma verdade apenas parcial.“Uma meia-verdade que se mascara como se fosse a verdade inteira torna-se uma mentira completa” (J. I. Packer)
  8. 8. O QUE ESTAMOS PREGANDO AFINAL?
  9. 9. QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DISSO PARA NÓS? Alcançaremos apenas falsas conversões e oaumento de membros em nossas igrejas que não entendem o verdadeiro sentido da vida cristã. Tornaremos mais difícil o privilégio de evangelizarmos o mundo ao nosso redor.
  10. 10. E QUANDO SE COMPREENDE AS BOAS-NOVAS CORRETAMENTE?Temos desejo de compartilhá-lo;“... Apareceu João Batista pregando no deserto” (Mc 1.4)Investimos tempo nas coisas celestiais;“... Seja isso o que ocupe o vosso pensamento” (Fp 4.8)Não a trocaremos por nada.“Pois não me envergonho do evangelho...” (Rm 1.16)
  11. 11. ConclusãoÉ de extrema importância que a igreja local tenha uma visão correta das boas-novas. Que o evangelho é a boa notícia de que Jesus morreu na cruz como um sacrifício por nós. Podemos deturpar o evangelho da graça pregando meias-verdades.

×