Discipulado mentoreamento

2.998 visualizações

Publicada em

Para mais informações:

Pr. Anderson Menger

andersonmenger@hotmail.com

Publicada em: Espiritual
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.998
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
223
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Discipulado mentoreamento

  1. 1. DISCIPULADO/ MENTOREAMENTO
  2. 2. Discipulado/mentoreamento A palavra discipulado tem sido distorcida por muitas práticas manipuladoras e extremistas. Assim, para facilitar o entendimento a prática do discipulado tem sido associada ao mentoreamento.
  3. 3. Discipulado/mentoreamento A palavra mentoreamento vem da mitologia grega. Mentor era o nome do conselheiro de Ulisses. Quando Ulisses saiu para uma longa viagem confiou o treinamento de seu filho, Telêmaco, ao seu conselheiro, Mentor.
  4. 4. Discipulado/mentoreamento  Mentorear, portanto, descreve um relacionamento com outra pessoa. Esse relacionamento pode ser formal ou informal, intenso ou ocasional, passivo ou ativo.
  5. 5. Discipulado/mentoreamento  Mentorear é um relacionamento no qual uma pessoa capacita a outra compartilhando com ela os recursos dados por Deus.  Mentorear ou discipular é capacitar outros para o sucesso.  O alvo do discipulador/mentor é levar o seu discípulo a desenvolver completamente o seu potencial em Deus.
  6. 6. Tipos de discipulado ou mentoreamento O mentoreamento pode ser de três tipos: – Ativo – Ocasional – Passivo
  7. 7. Tipos de discipulado ou mentoreamento  Mentoreamento ativo – Discipulado – Acompanhamento técnico, até que o discípulo aprenda a fazer o que está sendo ensinado. – Supervisão de estágio. Todo estagiário precisa de um supervisor para acompanhá-lo nas funções que está aprendendo.
  8. 8. Tipos de discipulado ou mentoreamento  Mentoreamento ocasional – Conselheiro – em situações esporádicas poderá ser de grande ajuda um bom conselheiro. – Professor – Padrinho ou Anjo da guarda
  9. 9. Tipos de discipulado ou mentoreamento  Mentoreamento passivo – Você pode ter discipulos que nem conheçe – Seguir outros através de ministrações e exemplo ministerial – Seguir outros através de livros
  10. 10. Elementos de um relacionamento de discipulado/mentoreamento  Ser modelo - I Cor. 11:1 – As pessoas sempre se moldam para se assemelharem a aqueles a quem elas admiram ou respeitam. – O discípulo é sempre interesseiro. Ele está inicialmente interessado em adquirir os recursos e o conhecimento do seu discipulador.
  11. 11. Elementos de um relacionamento de discipulado/mentoreamento  Atração – As pessoas tentam viver de acordo com as expectativas daqueles que elas admiram ou respeitam. Nunca seja motivo de vergonha para seus discipulos. Exemplo: Pr Estêvão Hernandes e o escândalo contra a igreja Renascer. – A atração é a chave de um discipulado eficiente. É essa atração que estimula a pessoa a trabalhar duro e responder apropriadamente para ter a aprovação do discipulador cumprindo as condições colocadas por ele.
  12. 12. Elementos de um relacionamento de discipulado/mentoreamento  Relacionamento – Nossa personalidade é moldada em nossos relacionamentos. O discipulador não se preocupa com o ensino acadêmico, mas em se relacionar com o discípulo em bases de paternidade espiritual.
  13. 13. Elementos de um relacionamento de discipulado/mentoreamento  Prestação de contas – Para evitar desapontamentos no relacionamento de discipulado/mentoreamento é melhor começar colocando o padrão claramente. Questões como freqüência dos encontros, atribuições, material, limites de autoridade e tempo de mentoreamento devem ser colocadas claramente.

×