Química (do egípcio kēme (chem), "terra")

     Ciência que trata das substâncias da natureza, dos
   elementos que a cons...
A origem da Ciência

A ciência química surge no século XVII, a partir dos estudos de alquimia,
  populares entre muitos do...
A Hipótese Atomística
   Cientista inglês que ficou intrigado com o
   fato de que, ao decompor qualquer
   substância em ...
Racionalização da Matéria
       Baseado em dados experimentais, um
       cientista francês, chamado Joseph
       Proust...
Conceitos fundamentais
Fases ou estados da matéria
        Conjuntos de configurações que objetos macroscópicos podem apre...
Conceitos Fundamentais
Substância
Possui uma composição característica, determinada, e um conjunto definido
de propriedade...
Conceitos Fundamentais
Elementos e Compostos Químicos
Denominam-se elemento químico todos os átomos que possuem o mesmo nú...
Tabela Periódica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

QuíMica

1.261 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.261
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

QuíMica

  1. 1. Química (do egípcio kēme (chem), "terra") Ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, de suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, suas aplicações e sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações.
  2. 2. A origem da Ciência A ciência química surge no século XVII, a partir dos estudos de alquimia, populares entre muitos dos cientistas da época. Considera-se que os princípios básicos da Química se recolhem pela primeira vez, na obra do cientista britânico Robert Boyle: The Sceptical Chymist (1661). A Química, como tal, começa um século mais tarde, com os trabalhos do francês Antoine Lavoisier e suas descobertas em relação ao oxigênio, à lei da conservação da massa e à refutação da teoria do flogisto como teoria da combustão.
  3. 3. A Hipótese Atomística Cientista inglês que ficou intrigado com o fato de que, ao decompor qualquer substância em seus constituintes mais simples, observava razões entre as massas das diversas substâncias obtidas. Frequentemente do tipo 1:2, 2:3, 5:2 etc. Propôs, em 1881, um modelo para a constituição da matéria: tais dados seriam facilmente explicados se toda a matéria fosse constituída por unidades indivisíveis, nomeadas de átomo (do grego "indivisível"). Tal conceito, cuja primeira descrição provinha do filósofo grego Demócrito, agora surgia, naturalmente, de medidas quantitativas rigorosas.
  4. 4. Racionalização da Matéria Baseado em dados experimentais, um cientista francês, chamado Joseph Proust, já tinha proposto formalmente o conceito de que toda substância tinha uma composição constante e homogênea. Assim, a água, por exemplo, independente de sua origem, era sempre composta pela mesma proporção de dois gases: oxigênio e hidrogênio. Juntando esse conceito e seus postulados atomísticos, Dalton organizou de forma racional as diversas substâncias conhecidas, criando uma tabela de substâncias que seriam formadas por apenas um tipo de átomo, e substâncias que eram formadas por uma combinação característica de átomos.
  5. 5. Conceitos fundamentais Fases ou estados da matéria Conjuntos de configurações que objetos macroscópicos podem apresentar. São três os estados ou fases considerados: sólido, líquido e gasoso. Outros tipos de fases da matéria, como o estado pastoso ou o plasma, são estudados em níveis mais avançados de física. No estado sólido, considera-se que a matéria do corpo mantém a forma macroscópica e a posição relativa de suas partículas. É particularmente estudado nas áreas da Estática e da Dinâmica. No estado líquido, o corpo mantém a quantidade de matéria e, aproximadamente, o volume; a forma e a posição relativa das partículas não se mantêm. É particularmente estudado nas áreas da Hidrostática e da Hidrodinâmica. No estado gasoso, o corpo mantém apenas a quantidade de matéria, podendo variar, amplamente, a forma e o volume. É particularmente estudado nas áreas da aerostática e da aerodinâmica.
  6. 6. Conceitos Fundamentais Substância Possui uma composição característica, determinada, e um conjunto definido de propriedades. Exemplos de substâncias: cloreto de sódio, sacarose e o oxigênio, entre outros. Uma substância pode ser formada por um único elemento químico (substância simples), como, por exemplo, o ouro, o ferro ou o cobre, ou por dois ou mais elementos, numa proporção definida (substância composta), como é o caso do cloreto de sódio (39,34% de sua massa é de sódio e 60,66%,de cloro). Duas ou mais substâncias agrupadas constituem uma mistura, cuja composição e propriedade são variáveis. O leite, por exemplo, é uma mistura.
  7. 7. Conceitos Fundamentais Elementos e Compostos Químicos Denominam-se elemento químico todos os átomos que possuem o mesmo número atômico (Z), ou seja, o mesmo número de prótons. Um composto químico é uma substância química constituída por moléculas ou cristais de dois ou mais átomos, ou íons, ligados entre si numa proporção fixa e definida, isto é, as proporções entre elementos de uma substância não podem ser alteradas por processos físicos. Por exemplo, a água é um composto formado por hidrogênio e oxigênio, na proporção de dois para um.
  8. 8. Tabela Periódica

×