Tiago lição 02

532 visualizações

Publicada em

CARTA DE TIAGO

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tiago lição 02

  1. 1. Pr. Sandro Amora Comentarista: ESTUDOS PASTORAIS NA CARTA DE TIAGO COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA
  2. 2. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA TEXTO ÁUREO “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o fato de passardes por várias provações” (Tg 1.2)
  3. 3. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA A razão pela qual devemos reagir com alegria mediante as provações é que elas são o meio pelo qual Deus utiliza para aperfeiçoar nossa fé. VERDADE PRÁTICA
  4. 4. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA PALAVRA - CHAVE Provação: Teste, afição, sofrimento. PALAVRA CHAVE
  5. 5. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA OBJETIVOS DA LIÇÃO: Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: • Conhecer o propósito das provações • Saber como agir diante das provações. • Avaliar a transitoriedade da vida e das riquezas .
  6. 6. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA ESBOÇO DA LIÇÃO – O2 I.COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA 1. ENFRENTANDO AS PROVAÇÕES COM ALEGRIA 2. PERSEVERANDO NAS PROVAÇÕES 3. DESENVOLVENDO A MATURIDADE CRISTÃ II. O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES: 1.BUSCAR SABEDORIA DE DEUS 2. TER UMA FÉ FIRME E PERSEVERANTE 3. UM CARÁTER FIRME E RESOLUTO III. A TRANSITORIEDADE DAS RIQUEZAS 1. A DIGNIDADE DO POBRE 2. A INSUFICIÊNCIA DO RICO 3. A TRANSITORIEDADE DOS BENS TERRENOS E A BREVIDADE DA VIDA.
  7. 7. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA INTRODUÇÃO Provações são um tema abrangente nas sagradas escrituras, disse Jesus:No mundo tereis aflições(Jo 16.33), Paulo disse aos seus convertidos, que por muitas tribulações nos importa entrar no reino dos céus(At 14.22). A bíblia declara que todos os que querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.(2Tm 3.11) Os problemas e dificuldades desta vida atingem a justos e injustos, são inerentes a todos os seres humanos.
  8. 8. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA INTRODUÇÃO(CONT.) A bíblia não promete uma caminhada tranquila, pelo contrário, o caminho que nos leva ao céu é apertado e estreito e são poucos os que entram por ele. Várias são as situações as quais estamos expostos, isto faz parte da vida e não temos como evitar.
  9. 9. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA Como reagir diante destas crises que nos acomete? O que fazer quando o mal bater a nossa porta? Como devemos proceder diante destas situações? Como ter alegria em meio a situações que trazem aflição? Como sentir alegria em situações em que a reação natural seria entristecer-se?
  10. 10. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA I. COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA 1.1 ENFRENTANDO AS PROVAÇÕES COM ALEGRIA 1.2 PERSEVERANDO NAS PROVAÇÕES 1.3 DESENVOLVENDO A MATURIDADE CRISTÃ
  11. 11. 1.1 ENFRENTANDO AS PROVAÇÕES COM ALEGRIA I. COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA Vivemos em uma sociedade hedonista, orientada para a busca do prazer a todo e qualquer custo. O homem mundano em situações difíceis, normalmente, reage com ira, murmuração e blasfêmias. Tiago, ao contrário, nos diz que o cristão ao passar por dificuldades, deve encará-las com toda alegria.
  12. 12. 1.1 ENFRENTANDO AS PROVAÇÕES COM ALEGRIA I. COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA Obviamente, não está nos conclamando a uma atitude masoquista, de ter prazer na dor ou sofrimento, mas a reagirmos com bom ânimo e contentamento diante das adversidades que nos advêm, sob uma óptica espiritual e eterna. A razão pela qual devemos reagir com alegria mediante as provações é que elas são o meio que Deus utiliza para aperfeiçoar nossa fé.
  13. 13. O objetivo de Deus permitindo que passemos por provações ou testes, não é determinar se temos ou não fé, mas testar e fortalecer a fé já existente. Nesse processo de teste, Deus desenvolve em nós a perseverança. Este termo em seu sentido original, traz a ideia de avanço, mesmo debaixo de golpes. Não é uma fé passiva e estática diante das circunstâncias, mas ativa e dinâmica. 1.2 PERSEVERANDO NAS PROVAÇÕES I. COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA
  14. 14. Uma fé que olha, não para o que é aparente, mas para Deus, de maneira firme, ativa, atuante, de caráter resoluto. Uma fé que segue, obstinadamente, para um alvo, mesmo onde tudo conspire contra, como no exemplo de Abraão que creu contra a esperança(Rm 4.18). Uma fé que segue confiante na soberania de Deus, na certeza de que ele tem o controle sobre todas as coisas. 1.2 PERSEVERANDO NAS PROVAÇÕES I. COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA
  15. 15. O objetivo final de Deus mediante a provação é para que sejamos perfeitos e íntegros, em nada deficientes. Com isto, não significa que Deus exige de nós uma perfeição no sentido de ausência de falhas, impecáveis. O termo “perfeito” (do grego teleios), era usado para o jovem que alcançava a maioridade civil e também para as frutas maduras. Em analogia, cristãos maduros são o produto final das provações. 1.3 DESENVOLVENDO A MATURIDADE CRISTÃ I. COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA
  16. 16. O plano de Deus é que sejamos perfeitos e íntegros em nada deficientes.Não há vida cristã vitoriosa para crentes inconstantes e imaturos. Quando entendemos que Deus está utilizando as situações adversas para aperfeiçoar nossa fé e nosso caráter, veremos estas provas de forma positiva e com alegria, pois são necessárias para o nosso desenvolvimento e amadurecimento espiritual. 1.3 DESENVOLVENDO A MATURIDADE CRISTÃ I. COMO ENFRENTAR AS PROVAÇÕES DA VIDA
  17. 17. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA II. O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES 2.1 BUSCAR SABEDORIA DE DEUS 2.2 TER UMA FÉ FIRME E PERSEVERANTE 2.3 UM CARÁTER FIRME E RESOLUTO
  18. 18. 2.1 BUSCAR SABEDORIA DE DEUS II.O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES Deus tem prazer em conceder sabedoria a seus filhos que lhe pedem. Se fizermos tudo com nossa própria força e entendimento jamais aprenderemos a confiar e depender do Senhor.Todavia Deus permite provações e circunstâncias difíceis as quais não temos outra alternativa a não ser confiar e depender Dele.
  19. 19. 2.1 BUSCAR SABEDORIA DE DEUS II. O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES A sabedoria a qual Tiago se refere não é a sabedoria adquirida pelo conhecimento teórico ou intelectual ,visto que há pessoas de grande conhecimento e cultas, mas que são tolas no seu proceder.A sabedoria a qual Tiago se refere é a sabedoria que vem do alto, de Deus, cujo princípio é o temor ao Senhor.Não é simplesmente conhecimento, mas aplicação correta do conhecimento, sob a orientação de Deus.
  20. 20. 2.1 BUSCAR SABEDORIA DE DEUS II.O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES A verdadeira sabedoria é olhar para a vida e circunstâncias, sob a ótica de Deus.
  21. 21. 2.2 TER UMA FÉ FIRME E PERSEVERANTE II.O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES Deus exige inteireza de coração, firmeza de propósito e um coração consagrado e devotado a Ele. Se quisermos receber o favor de Deus temos que ter uma disposição firme e fé perseverante, independente se o vento é contrário ou a favor, o crente maduro persiste não confiando em suas forças ou circunstâncias, mas prossegue rompendo em fé, sabendo que Deus tem o controle das circunstâncias e que nem uma folha cai sem sua permissão.
  22. 22. 2.3 UM CARÁTER FIRME E RESOLUTO II.O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES Tiago compara o homem que ora a Deus, mas duvida à onda do mar agitada pelo vento, uma pessoa levada de um lado para outro, conforme as circunstâncias, que oscila entre a fé e a incredulidade, ânimo e desanimo, otimismo e pessimismo, um dia fervoroso já no outro e abatido.
  23. 23. 2.3 UM CARÁTER FIRME E RESOLUTO II.O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES É a pessoa com a mente ou alma dividida, entre Deus e o mundo, é tentar servir a dois senhores, é o inconstante, instável, revela a fraqueza de caráter, falta de firmeza, cuja raiz é a incredulidade, essa pessoa é hipócrita, pois apesar de acreditar em Deus superficialmente e ocasionalmente, deixa de confiar quando os sofrimentos lhe sobrevém, a sua fé é condicionada as circunstâncias e não em Deus.
  24. 24. 2.3 UM CARÁTER FIRME E RESOLUTO II.O QUE FAZER DIANTE DAS PROVAÇÕES Esta pessoa não espere receber algo de Deus, pois é inconstante em todos os seus caminhos. Deus não está disposto a conceder suas bênçãos a pessoas que nele “crê” com reservas.
  25. 25. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA III. A TRANSITORIEDADE DAS RIQUEZAS 3.1 A DIGNIDADE DO POBRE 3.2 A INSUFICIÊNCIA DO RICO 3.3 A TRANSITORIEDADE DOS BENS TERRENOS E A BREVIDADE DA VIDA
  26. 26. 3.1 A DIGNIDADE DO POBRE III. A TRANSITORIEDADE DAS RIQUEZAS A igreja nesta época era compreendida em sua maioria, por cristãos pobres, que eram oprimidos por patrões ricos, nestas provas estes irmãos de condição humilde, estavam propensos a murmurar julgando a Deus como injusto, nesta situação estavam sujeitos a desanimar e retroceder de sua fé.
  27. 27. 3.1 A DIGNIDADE DO POBRE III. A TRANSITORIEDADE DAS RIQUEZAS Tiago os exorta e os encoraja a não olharem sua condição de escassez momentânea, mas deveriam se gloriar em sua dignidade, que Deus não os tratou com menosprezo, pelo contrário, preparou as verdadeiras riquezas espirituais, reservadas aos santos na glória.
  28. 28. 3.2 A INSUFICIÊNCIA DO RICO III. A TRANSITORIEDADE DAS RIQUEZAS Todavia o rico deveria gloriar-se na sua insignificância, não é pecado ser rico, a bíblia não condena a pessoa possuir bens e posses, a bíblia condena o amor à riqueza, a colocar o coração nestes bens, o problema é o sentimento de auto-suficiência e confiança gerada por estas posses , em vez de colocar a confiança no Senhor e depender Dele.
  29. 29. 3.2 A INSUFICIÊNCIA DO RICO III. A TRANSITORIEDADE DAS RIQUEZAS O rico é exortado a analisar a transitoriedade e brevidade da vida, e reconhecer sua insuficiência e dependência de Deus, em vez de colocar sua confiança em seus bens e riquezas, que analisadas pela perspectiva da eternidade, são vaidade e podem se tornar um laço para tirar a visão das coisas espirituais e da vida eterna.
  30. 30. 3.3 A TRANSITORIEDADE DOS BENS TERRENOS E A BREVIDADE DA VIDA. III. CONTEXTO DA CARTA Tiago nos leva a refletir através desta ilustração, que a glória das riquezas e passageira, ela passará como a flor da erva, as flores silvestres de cores brilhantes, que brotavam anualmente do solo, eram muito belas, mas apesar de sua beleza, após exposta ao sol da palestina, rapidamente em poucos dias embranqueciam e murchavam.
  31. 31. 3.3 A TRANSITORIEDADE DOS BENS TERRENOS E A BREVIDADE DA VIDA. III. CONTEXTO DA CARTA Tiago enfatiza que o rico em seu esplendor, e como a flor do campo,sua riqueza e prosperidade e exaltação e poder passarão rapidamente e não suportarão ao Juízo de Deus, o sol da Justiça. A bíblia nos ensina a não termos inveja dos ricos, Deus tem reservado as verdadeiras riquezas aos justos, em seu reino eterno.
  32. 32. 3.3 A TRANSITORIEDADE DOS BENS TERRENOS E A BREVIDADE DA VIDA. III. CONTEXTO DA CARTA Todas as coisas passarão, riquezas,bens,dinheiro,fama,sucess o,beleza tudo isto passará, e breve! Mas o que faz a vontade do Senhor e nele põe a sua esperança este permanecerá para sempre.
  33. 33. COMO ENFRENTAR E VENCER AS PROVAÇÕES DA VIDA CONCLUSÃO Precisamos entender que enquanto estivermos nesta vida, passaremos por diversas provações, que visam nosso amadurecimento espiritual.Devemos reagir a estas provas com alegria e contentamento sabendo que Deus através do seu amor, utiliza estas provas para o nosso crescimento espiritual. Buscando sua sabedoria e graça estaremos preparados para vencer estas provações da vida.

×