Professora Esdras Educação Artística EMEF PADRE ALDO DA TOFORI
Um Presentinho Especial Em 2002 eu trabalhava em uma escola estadual há nove anos. Foi quando engravidei da Camila minha p...
Foi muito legal, parecia que a escola estava grávida, era tanta paparicação, beijos na minha barriga, presentinhos, partic...
Eu muito boboca não queria nada usado para minha filhinha, achava que teria que ser tudo novo e especial! Lá pelos oito me...
conversando com uma aluna da 5.ª série, disse-me que queria presentear minha bebê. Eu respondi que não precisava. Mas ela ...
Foi lindo parecia que todo carinho que ela tinha para mim foi entregue naquele pequeno vestido, não sei explicar,... fique...
Hoje após seis anos tenho quase nada do enxoval da minha bebê, mas guardei a saída da maternidade e o “vestidinho”, esse e...
Editado por Aluno-monitores Nossa Escola tem História Bárbara e Eliana 7.ª A
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Esdras

631 visualizações

Publicada em

Nossa Professora, suas memórias dizem respeito à Boa Lembrança de ser professor!

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
631
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Esdras

  1. 1. Professora Esdras Educação Artística EMEF PADRE ALDO DA TOFORI
  2. 2. Um Presentinho Especial Em 2002 eu trabalhava em uma escola estadual há nove anos. Foi quando engravidei da Camila minha primeira filha.
  3. 3. Foi muito legal, parecia que a escola estava grávida, era tanta paparicação, beijos na minha barriga, presentinhos, participação geral!
  4. 4. Eu muito boboca não queria nada usado para minha filhinha, achava que teria que ser tudo novo e especial! Lá pelos oito meses parecendo um “B” maiúsculo.
  5. 5. conversando com uma aluna da 5.ª série, disse-me que queria presentear minha bebê. Eu respondi que não precisava. Mas ela insistiu e trouxe um vestidinho rosa e branco, simples e singelo. Meigo, lindo, era um vestidinho usado por ela quando pequena.
  6. 6. Foi lindo parecia que todo carinho que ela tinha para mim foi entregue naquele pequeno vestido, não sei explicar,... fiquei toda emocionada. E vi o tamanho da minha tolice. Tudo novo?! Que bobagem!
  7. 7. Hoje após seis anos tenho quase nada do enxoval da minha bebê, mas guardei a saída da maternidade e o “vestidinho”, esse eu não dei, é especial, puro, valioso e verdadeiro.
  8. 8. Editado por Aluno-monitores Nossa Escola tem História Bárbara e Eliana 7.ª A

×