SÉRIE ESTUDOS EM
Anestesiolo
gia
CASO
CLÍNICO
Dr. Leonardo
Azevedo
Médico R2 HCFMRP-USP
J.A.S, 23 anos, G3P2, chega trazida por familiares, em trabalho de parto.
 Anamnese
 Paciente referindo dor abdominal ba...
Paciente admitida no pré parto e solicitado analgesia de parto que foi
realizada com bloqueio subaracnóide com bupivacaina...
O caso foi conduzido com a retirada do cateter peridural e realizado novo
bloqueio subaracnóide com bupivacaina hiperbáric...
CONTRA-INDICAÇÕES DOS
BLOQUEIOS REGIONAIS
1.Recusa do paciente
2.Paciente não cooperativo
3.Paciente com pressão intracraniana elevada
Brown DL: Spinal, Epidural, a...
1.Recusa do paciente
2.Paciente não cooperativo
3.Paciente com pressão intracraniana elevada
Brown DL: Spinal, Epidural, a...
1.Experiência do anestesista
2.Hipovolemia ou choque (risco hipotensão)
3.Infecção local na pele/subcutâneo (risco meningi...
SITUAÇÃO CLÍNICA
definida
 Gestante obesa
 Plaquetopênica
 Mallampati IV
 Cifoescoliose (DEM = 3,5 cm)
 Não tem fibro...
Morgan & Mikhail 5’s Clinical
Aneshtesiology 2012



SITUAÇÃO CLÍNICA
indefinida
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL!
 918 questionários enviados a deptos de Anestesiologia: 397 responde
 Mais da metade não realizam bloqueio caso plaqueti...
Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais
Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais
Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais
Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais
Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais
Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais
Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais

625 visualizações

Publicada em

Webanest de 13 de agosto de 2014

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
625
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Assunto discutível... não definido.
  • Não há consenso!!!
  • There are few strong contraindications to neuraxial
    blockade. Some of the most important include patient refusal; a
    patient’s inability to maintain stillness during the needle
    puncture, which can expose the neural structures to an unacceptable
    risk of injury; and raised intracranial pressure, which may
    theoretically predispose to brainstem herniation. Relative contraindications
    that must be weighed against the potential benefits
    include intrinsic and idiopathic coagulopathy, such as that occurring
    with administration of warfarin (Coumadin) or heparin;
    skin or soft tissue infection at the proposed site of needle insertion;
    severe hypovolemia; and lack of anesthesiologist experience.
    The often-cited relative contraindication of preexisting neurologic
    disease (e.g., lower extremity peripheral neuropathy) is
    not usually based on medical criteria but rather on legal
    considerations.
  • There are few strong contraindications to neuraxial
    blockade. Some of the most important include patient refusal; a
    patient’s inability to maintain stillness during the needle
    puncture, which can expose the neural structures to an unacceptable
    risk of injury; and raised intracranial pressure, which may
    theoretically predispose to brainstem herniation. Relative contraindications
    that must be weighed against the potential benefits
    include intrinsic and idiopathic coagulopathy, such as that occurring
    with administration of warfarin (Coumadin) or heparin;
    skin or soft tissue infection at the proposed site of needle insertion;
    severe hypovolemia; and lack of anesthesiologist experience.
    The often-cited relative contraindication of preexisting neurologic
    disease (e.g., lower extremity peripheral neuropathy) is
    not usually based on medical criteria but rather on legal
    considerations.
  • Relative contraindications
    that must be weighed against the potential benefits
    include intrinsic and idiopathic coagulopathy, such as that occurring
    with administration of warfarin (Coumadin) or heparin;
    skin or soft tissue infection at the proposed site of needle insertion;
    severe hypovolemia; and lack of anesthesiologist experience.
    The often-cited relative contraindication of preexisting neurologic
    disease (e.g., lower extremity peripheral neuropathy) is
    not usually based on medical criteria but rather on legal
    considerations.
  • Webanest: Contra-indicação aos bloqueios regionais

    1. 1. SÉRIE ESTUDOS EM Anestesiolo gia
    2. 2. CASO CLÍNICO Dr. Leonardo Azevedo Médico R2 HCFMRP-USP
    3. 3. J.A.S, 23 anos, G3P2, chega trazida por familiares, em trabalho de parto.  Anamnese  Paciente referindo dor abdominal baixa, em cólica, nega sangramento, saída de liquido por via vaginal, outros sintomas ou comorbidades.  Ao exame:  Paciente consciente, orientada, temperatura axilar não aferida.  BRNF 2T sem sopro, FC 140 Bpm, PA 100 x 60 mmHg  MV + bilateralmente, sem ruídos adventícios, FR 23 irpm, SpO2 98 % ar ambiente  Abdome gravídico, 4 contrações de 40 seg/ 10 minutos  Sem edema de membros inferiores, panturrilhas livres, Perf < 4 seg  Dilatação de 5 cm  Amnioscopia não descrita
    4. 4. Paciente admitida no pré parto e solicitado analgesia de parto que foi realizada com bloqueio subaracnóide com bupivacaina hiperbárica 2,5 mg com sufentanil 5,0 mcg e colocação de cateter peridural. Após 90 minutos, foi solicitado repique da analgesia. Paciente apresentava, neste momento, 7 cm de dilatação. Realizado com ropivacaina 0,2% 10 ml e houve melhora da dor, segundo relato da paciente. Após 40 minutos, foi indicada cesárea de urgência por sofrimento fetal agudo. Na sala de parto: SpO2 = 98 % (ar ambiente), FC 180 bpm, PA 90 x 50 mmHg, temperatura axilar de 38°C.
    5. 5. O caso foi conduzido com a retirada do cateter peridural e realizado novo bloqueio subaracnóide com bupivacaina hiperbárica 10 mg e morfina 60 mcg, liberando para cirurgia após. Houve necessidade de um grande volume de vasopressor para controle da hipotensão. Foi diagnosticado pela equipe cirúrgica, após a histerotomia: corioamniotite, relacionado isso ao foco de sepsis. Paciente evoluiu bem na enfermaria, tendo alta hospitalar 72 horas após a admissão. O RN também evoluiu bem.
    6. 6. CONTRA-INDICAÇÕES DOS BLOQUEIOS REGIONAIS
    7. 7. 1.Recusa do paciente 2.Paciente não cooperativo 3.Paciente com pressão intracraniana elevada Brown DL: Spinal, Epidural, and Caudal Anesthesia in Miller RD: Anesthesia, ch 51, p 1612, 7th ed, 2010
    8. 8. 1.Recusa do paciente 2.Paciente não cooperativo 3.Paciente com pressão intracraniana elevada Brown DL: Spinal, Epidural, and Caudal Anesthesia in Miller RD: Anesthesia, ch 51, p 1612, 7th ed, 2010 Bernards CM: Epidural and Spinal Anesthesia in Barash PG, Cullen BF, Stoelting RK: Clinical Anesthesia, ch 25, 5th ed, 2006
    9. 9. 1.Experiência do anestesista 2.Hipovolemia ou choque (risco hipotensão) 3.Infecção local na pele/subcutâneo (risco meningite, abscesso epidural) 4.Coagulopatia (Warfarin/heparina) (risco hematoma) 5.Doença neurológica prévia (aspectos legais)
    10. 10. SITUAÇÃO CLÍNICA definida  Gestante obesa  Plaquetopênica  Mallampati IV  Cifoescoliose (DEM = 3,5 cm)  Não tem fibroscópio
    11. 11. Morgan & Mikhail 5’s Clinical Aneshtesiology 2012
    12. 12.    SITUAÇÃO CLÍNICA indefinida DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL!
    13. 13.  918 questionários enviados a deptos de Anestesiologia: 397 responde  Mais da metade não realizam bloqueio caso plaquetimetria < 65.000  Pré-eclampsia = 15%; placenta prévia = 30%  Aspirina 3 dias antes = epidural (40,2%) e raqui (21,7%)

    ×