Trab

182 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
182
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trab

  1. 1. IMPLEMENTAÇÃO DE VILAS MILITARES Prof.: Cel Diogo Ten Nielsen Victor Machado
  2. 2. SUMÁRIO: 1.MOTIVAÇÃO 2.OBJETIVOS 3.INTRODUÇÃO 4.DESENVOLVIMENTO - Metodologia - Atributos mensuráveis; - Atributos específicos e objetivos; -Pontuação 5.CONCLUSÃO 6.REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
  3. 3. Motivação:  No Brasil, existem duas maneiras principais de ocupação de solo urbano com fins residenciais: condomínios residenciais horizontais e condomínios residenciais verticais.  Existem ainda no meio civil diversas pesquisas e trabalhos acadêmicos com o objetivo de aprimoramento e modernização dos empreendimentos com baseados em aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais.  Diferentemente da ocupação urbana convencional que ocorre lote a lote, a expansão Militar é feita por empreitada, construindo-se simultaneamente quarteirões completos ou até bairros inteiros de casas ou edifícios. Devendo assim ser melhor planejada em todos os aspectos, inclusive ambiental.
  4. 4. Objetivo:  Apresentar as diferenças entre o loteamento civil e o loteamento militar;  Apresentar os conceitos teórico sobre gestão de qualidade em loteamentos;  Apresentar metodologia desenvolvida para avaliação de vilas militares;  Exemplificar com um projeto de vila militar;
  5. 5. Introdução:  Ecovila é um assentamento humano caracterizado pela integração das atividades humanas com o mundo natural de maneira a não lhe causar danos e que permitam o desenvolvimento humano saudável.  Para a implementação das Ecovilas, faz-se uso da permacultura, que é um sistema de planejamento que tem como objetivo criar ambientes humanos sustentáveis. Este sistema oferece as ferramentas para o planejamento, a implantação e a manutenção de ecossistemas cultivados no campo e nas cidades, de modo a que eles tenham diversidade, a estabilidade e a resistência dos ecossistemas naturais.
  6. 6. Introdução: De maneira geral, as vilas estão embasadas em quatro elementos fundamentais:  Infraestrutura: sistemas de captação, armazenamento, distribuição e reciclagem da água; sistemas de geração de energia renovável; redução das necessidades de transporte; acesso à comunicação.  Produção e consumo de alimentos e necessidades básicas.  Arquitetura e construções ecológicas: considerações sobre o ciclo de vida dos materiais; restauração dos ecossistemas naturais.  Estruturas sociais e econômicas: decisão e governo em nível local; sistemas econômicos locais; sistemas de saúde preventiva; educação para a realidade; estruturas culturais.
  7. 7. Metodologia:  Criar regras que viessem a auxiliar a tomada de decisão durante a fase de projeto e implementação de vilas militares residenciais que resultassem em ambientes de maior satisfação para os seus usuários e de maneira menos custosa para o governo e ao meio ambiente.  Nesta metodologia procurou-se seguir o modelo já utilizado nas metodologias de certificação ambientais internacionais como LEED (EUA), HK BEAM (China), BREEAM (Inglaterra) e HQE (França). Metodologia Atributos Mensuráveis Atributos Objetivos Atributos Específicos
  8. 8. Metodologia: Atributos Mensuráveis Cobertura vegetal arbórea proporcionar um adequado balanço térmico Espaços livres de edificação caminhadas, descanso, passeios, pratica de esporte Opções de recreação ao ar livre equipamento que induza as pessoas a alguma atividade ao ar livre Permeabilidade do solo Evitar o aumento probabilidade de ocorrências de enchentes Forma de arruamento Segurança e privacidade Distancia mínima entre as edificações a insolação, o aumento de área permeável e a circulação de correntes de ar Densidade de desenvolvimento e conectividade da comunidade desenvolvimento de um canal de ligação com as áreas urbanas e com a infraestrutura existente Transporte alternativo, acesso ao transporte público. um incentivo a redução da poluição e impactos proveniente do uso de veículos
  9. 9. Metodologia: Atributos objetivos Sistema de tratamento de esgoto fossa séptica, biodigestor e vala de infiltração Reciclagem e coleta seletiva valorizar as administrações de vilas Reservatório para água de escoamento superficial enchentes urbanas Melhoria no comissionamento melhoria do desempenho das instalações Ciclovias independentes Segurança e Transporte alternativo Calçada de pedestres a Segurança e Transporte alternativo Atributos específicos Captação de águas pluviais Economia e evitar enchentes Reaproveitamento de águas servidas Economia Placas fotovoltaicas Economia
  10. 10. APLICAÇÃO DA METODOLOGIA:  Para padronização dos dados referentes aos atributos mensuráveis, aconselha-se fazer uso de imagens de satélite disponibilizadas gratuitamente no Google Earth.  Escolher a escala aproximada das imagens próximo a 1:2.500, o que torna possível a identificação de muitos detalhes do local.  Preenchimento do quadro de avaliação.  Calculo das notas parciais.  Obtenção da avaliação final (0 – 100)
  11. 11. APLICAÇÃO DA METODOLOGIA:
  12. 12. Conclusão:
  13. 13. Conclusão:
  14. 14. Conclusão:
  15. 15. Conclusão:
  16. 16. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA:  ECOVILAS – Um modelo ambiental presente no século XXI. 2003. Disponível em: HTTP://www.arq.ufsc.br/  VALASKI, S. Avaliação da qualidade ambiental em condomínios residenciais horizontais com base no princípio do planejamento da paisagem.  CAVALHEIRO, F.; NUCCI, J> C.; GUZZO, P.; ROCHA, Y.T. Proposição de terminologia para o verde urbano. Boletim informativo da SBAU  BERLIM. Berlin Digital Environmental Atlas. 2007. Disponível em: HTTP://www.stadtentwickung.berlin.de/  USGBC. LEED NC versão 3.0 Rating System for New Constructions and Renovations, User Manual. Disponível em: HTTP://www.usgbc.org/.

×