Trab

153 visualizações

Publicada em

classificação de Vilas militares

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
153
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trab

  1. 1. IMPLEMENTAÇÃO DE VILAS MILITARES Prof.: Cel Diogo Ten Nielsen Victor Machado
  2. 2. SUMÁRIO: 1.MOTIVAÇÃO 2.OBJETIVOS 3.INTRODUÇÃO 4.DESENVOLVIMENTO - Metodologia - Atributos mensuráveis; - Atributos específicos e objetivos; -Pontuação 5.CONCLUSÃO 6.REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
  3. 3. Motivação:  No Brasil, existem duas maneiras principais de ocupação de solo urbano com fins residenciais: condomínios residenciais horizontais e condomínios residenciais verticais.  Existem ainda no meio civil diversas pesquisas e trabalhos acadêmicos com o objetivo de aprimoramento e modernização dos empreendimentos com baseados em aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais.  Diferentemente da ocupação urbana convencional que ocorre lote a lote, a expansão Militar é feita por empreitada, construindo-se simultaneamente quarteirões completos ou até bairros inteiros de casas ou edifícios. Devendo assim ser melhor planejada em todos os aspectos, inclusive ambiental.
  4. 4. Objetivo:  Apresentar as diferenças entre o loteamento civil e o loteamento militar;  Apresentar os conceitos teórico sobre gestão de qualidade em loteamentos;  Apresentar metodologia desenvolvida para avaliação de vilas militares;  Exemplificar com um projeto de vila militar;
  5. 5. Introdução:  Ecovila é um assentamento humano caracterizado pela integração das atividades humanas com o mundo natural de maneira a não lhe causar danos e que permitam o desenvolvimento humano saudável.  Para a implementação das Ecovilas, faz-se uso da permacultura, que é um sistema de planejamento que tem como objetivo criar ambientes humanos sustentáveis. Este sistema oferece as ferramentas para o planejamento, a implantação e a manutenção de ecossistemas cultivados no campo e nas cidades, de modo a que eles tenham diversidade, a estabilidade e a resistência dos ecossistemas naturais.
  6. 6. Introdução: De maneira geral, as vilas estão embasadas em quatro elementos fundamentais:  Infraestrutura: sistemas de captação, armazenamento, distribuição e reciclagem da água; sistemas de geração de energia renovável; redução das necessidades de transporte; acesso à comunicação.  Produção e consumo de alimentos e necessidades básicas.  Arquitetura e construções ecológicas: considerações sobre o ciclo de vida dos materiais; restauração dos ecossistemas naturais.  Estruturas sociais e econômicas: decisão e governo em nível local; sistemas econômicos locais; sistemas de saúde preventiva; educação para a realidade; estruturas culturais.
  7. 7. Metodologia:  Criar regras que viessem a auxiliar a tomada de decisão durante a fase de projeto e implementação de vilas militares residenciais que resultassem em ambientes de maior satisfação para os seus usuários e de maneira menos custosa para o governo e ao meio ambiente.  Nesta metodologia procurou-se seguir o modelo já utilizado nas metodologias de certificação ambientais internacionais como LEED (EUA), HK BEAM (China), BREEAM (Inglaterra) e HQE (França).
  8. 8. Metodologia:
  9. 9. Metodologia:
  10. 10. APLICAÇÃO DA METODOLOGIA:  Para padronização dos dados referentes aos atributos mensuráveis, aconselha-se fazer uso de imagens de satélite disponibilizadas gratuitamente no Google Earth.  Escolher a escala aproximada das imagens próximo a 1:2.500, o que torna possível a identificação de muitos detalhes do local.  Preenchimento do quadro de avaliação.  Calculo das notas parciais.  Obtenção da avaliação final (0 – 100)
  11. 11. APLICAÇÃO DA METODOLOGIA:
  12. 12. Conclusão:
  13. 13. Conclusão:
  14. 14. Conclusão:
  15. 15. Conclusão:
  16. 16. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA:  ECOVILAS – Um modelo ambiental presente no século XXI. 2003. Disponível em: HTTP://www.arq.ufsc.br/  VALASKI, S. Avaliação da qualidade ambiental em condomínios residenciais horizontais com base no princípio do planejamento da paisagem.  CAVALHEIRO, F.; NUCCI, J> C.; GUZZO, P.; ROCHA, Y.T. Proposição de terminologia para o verde urbano. Boletim informativo da SBAU  BERLIM. Berlin Digital Environmental Atlas. 2007. Disponível em: HTTP://www.stadtentwickung.berlin.de/  USGBC. LEED NC versão 3.0 Rating System for New Constructions and Renovations, User Manual. Disponível em: HTTP://www.usgbc.org/.

×