ArcGIS Nivel Basico

19.616 visualizações

Publicada em

Apostila introdutória sobre o programa ArcGIS, mostrando as principais ferramentas do aplicativo ArcMap.

Publicada em: Educação
3 comentários
21 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.616
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
3
Gostaram
21
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ArcGIS Nivel Basico

  1. 1. Curso de ArcGIS: Nível BásicoOsvane JúniorEngenheiro AmbientalEngenheiro de SegurançaCREA 201.109 TOosvane@egesct.com (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  2. 2.  ABRINDO O ARCMAP 1. Clique no botão Iniciar do Windows. 2. Coloque o mouse sobre Programas. 3. Coloque o mouse sobre ArcGIS. 4. Clique em ArcMAP. TELA DE INICIALIZAÇÃO DO ARCMAPQuando se abre o ArcMAP aparece asua tela de inicialização como nafigura acima. Se abrirmos um projetojá existente do AcMap essa tela nãoirá aparecer, e também é possívelusar a opção de não mostrar essatela toda vez que se abre o ArcMAP.Veja as opções que há nessa tela:1. Cria um mapa totalmente em branco, sem nenhum dado ou configuração pré-existente.2. Cria um novo mapa com base em um template. Um template é um projeto já existente salvo no formato MXT (projetos do ArcMAP são salvos em MXD) que serve de “exemplo” para o seu novo projeto.3. Abre um mapa já existente.4. Lista dos últimos projetos que foram abertos no ArcMAP. Se o projeto que você deseja abrir não estiver nessa lista, basta clicar em “Browse for maps...” e aparecerá uma janela onde se pode navegar pelas pastas do computador e selecionar o projeto que você deseja abrir.5. Se você marcar essa opção, assim que você der OK para criar ou abrir um projeto, irá aparecer a janela para adicionar dados. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  3. 3. 6. Marcando essa opção, o ArcMAP não irá mais abrir essa janela de Inicialização toda vez.7. Marcando essa opção, toda vez que você abrir o ArcMAP ele irá carregar automaticamente o último projeto que você tenha aberto da última vez que o usou. TELA DO ARCMAP1. Map display area - Aqui aparecerá a parte “gráfica” dos dados que você inserir no projeto. Além servir para a visualização dos dados, é também a área onde você editará os seus dados.2. Table of contents - Aqui aparecerá todos os dados que você inserir no projeto. Esses dados devem ser inseridos em um Data Frame. Em um projeto sempre tem que ter pelo menos um Data Frame. O ArcMAP cria por padrão um Data Frame chama Layers, como você pode ver na figura acima. Você pode depois inserir outros Data Frames e mudar o nome deles para poder se organizar melhor, sendo que só é possível a visualização e edição na Map display area de um Data Frame de cada vez.3. Standart toolbar - Essa barra tem as opções mais gerais no ArcMAP.4. Editor toolbar - Essa é a barra onde se encontram as principais opções de edição no ArcMAP.5. Tools toolbar - Essas ferramentas auxiliam na visualização dos dados.6. Draw toolbar - Essa barra contém opções para se fazer “desenhos”. Desenhos devem ser entendidos como elementos sem informações geográficas associadas, podendo ser retângulos, (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  4. 4. círculos, caixas de texto, linhas, pontos, entre outros elementos que podem ser usados para deixar o seu mapa mais fácil de se entender pelas pessoas que forem utilizá-lo.7. Layout toolbar, que contém ferramentas semelhantes às da Tool toolbar, só que específicas para serem usadas no Layout do mapa.8. Status bar - Nessa barra aparece a coordenada do ponto em que o mouse se encontra. Essa coordenada será mostrada na unidade que você definir para o projeto.9. No ArcMAP há duas opções de Views: Data View e Layout View. Como os próprios nomes sugerem, a primeira é utilizada para se ver e editar os dados presentes no mapa e a segunda para ver e editar o layout do mapa. Há ainda um ícone chamado Refresh utilizado para atualizar a visualização dos dados e outro chamada Pause que serve para suspender a visualização dos dados, ou seja, os dados “desaparecem” da sua visualização temporariamente.Observação: note que é possível posicionar as toolbars em diversos locais: na parte superior, noslados esquerdo e direito e embaixo e também há a opção de se deixar a barra “flutuando”, como noexemplo acima está a Layout toolbar. Mais adiante você poderá ver melhor como posicionar essasbarras de ferramentas em um tópico específico para Customização de toolbars. TABLE OF CONTENTSNa Table of Contents são mostrados os dados que você inseriu no seu projeto. Esses dados sãoorganizados por Data Frames, que é um conjunto de Layers. Layer é uma camada que contéminformações. Essas informações podem ser:  Uma ou várias feições (no inglês: features) que podem ser: pontos, linhas ou polígonos;  Superfícies contínuas representando, por exemplo, a elevação do terreno de um local;  Imagens de satélites ou fotos aéreas;  Annotation, que são textos que representam alguma informação existente no mundo real, podendo também armazenar elementos gráficos;  Tabelas;  Entre outros. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  5. 5. ATENÇÃO! Layer NÃO é a mesma coisa que shapefile. Shape é simplesmente o formatado de um arquivo. O layer pode ser um arquivo shape mas também pode ser arquivos de outros formatos, como uma imagem nos formatos TIFF, JPG e IMG e tabelas no formato DBF ou XLS (apenas para citar alguns exemplos). Um layer pode ter uma feição assim como pode ter várias feições. Por exemplo, um layer do tipo polígono que represente os Estados e Territórios do Brasil, terá 27 feições, uma feição para cada Estado e uma para o Distrito Federal.Resumindo: um Projeto pode ser composto por um ou vários Data Frames, e cada Data Frame podeconter vários layers, que podem ter diversos formatos (não só shapes). No caso dos shapes, cadalayer poderá ter uma ou várias feições, sendo que essas feições podem ser de três tipos: ponto, linhaou polígono. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  6. 6. 1. Esses são os Data Frames do projeto. No exemplo ao lado, têm os nomes de: Layers, New Data Frame e New Data Frame 2. Esses nomes podem ser mudados, basta selecionar com o mouse o Data Frame ali na Table of Contents, apertar a tecla F2, digitar o nome que deseja e apertar a tecla Enter. Se você clicar no sinal de - que aparece ao lado do Data Frame o seu conteúdo será retraído/escondido (em inglês: collapse). Se clicar no sinal de + o conteúdo será expandido/mostrado (em inglês: expand). O New Data Frame 2 não possui nenhum conteúdo, dessa forma não aparecerá os sinais de - ou +. Note que o Data Frame chamado Layers está em negrito. Isso quer dizer que ele está ativado, ou seja, o conteúdo dele aparecerá na Map Display Area. Lembrem que na Map Display Area só aparece o conteúdo de um Data Frame de cada vez.2. Essas pequenas caixas que ficam ao lado de cada layer servem para mostrar ou não o layer na Map Display Area.3. Nome do layer, que no exemplo é “aua”. Por padrão, o ArcMAP coloca como nome do layer o mesmo nome do arquivo correspondente, porém você pode alterar o nome do layer sem que seja necessário se alterar no nome do arquivo. Basta selecionar com o mouse o layer, aperta a tecla F2, digitar o nome que deseja e apertar a tecla Enter.4. Aqui a figura destaca o rótulo (em inglês: label) que foi dada ao layer. Esse rótulo poderá ser utilizada na legenda ou como rótulo das feições desse layer na Map Display Area.5. Esta é a simbologia que foi definida para esse layer.6. Tab Display - Na tab Display são mostrados os layers separados por Data Frames e na ordem em que serão mostrados na Map Display Area (o layer que estiver na parte superior da Table of Contents será desenhado “por cima” layers que estiverem listados abaixo). Aqui é possível clicar e arrastar os layers para modificar essa ordem, o que não pode ser feito nas outras tabs. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  7. 7. 7. Tab Source - Na tab Source são mostrados os layers separados por Data Frames e organizados de acordo com a localização nas pastas do Windows ou databases. Aqui não se pode mudar a ordem dos layers como na tab Display. Note na figura ao lado que os layers continuam separados por Data Frames e dentro do Data Frame eles estão organizados de acordo com as pastas em que estão salvos. Em destaque estão os endereços completos das pastas em que os layers se encontram. Nessa tab também são mostradas as tabelas que você tenha adicionado ao seu projeto, mas que, como não têm feições associadas, não são mostradas no modo Display, uma vez que esse modo está associado à visualização das feições. 8. Tab Selection - Essa tab mostra somente os layers do Data Frame que estiver ativo. Cada quadrado ao lado dos layers agora irão representar se as feições do layer podem ou não serem selecionadas na Map Display Area, ou seja, quando o quadrado estiver vazio, não será possível selecionar as feições daquela layer. Na figura ao lado, os layers “appa” e “app” não podem ser selecionados, enquanto todos os demais podem. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  8. 8. DicasAperte a tecla CTRL e clique em qualquer das caixas para desmarcar ou marcar todas as caixas doslayers de um Data Frame.Aperte a tecla ALT e clique no nome de um layer para dar zoom em todas as suas feições (zoom tolayer).Dê um clique duplo em cima do nome do layer ou do Data Frame para abrir as suas propriedades.Clique com o botão direito em cima do nome do layer ou do Data Frame para abrir “menus decontexto”.Dê um clique simples em cima da simbologia do layer e aparecerá suas propriedades.Dê um clique com o botão direito em cima da simbologia para mudar sua cor.Clique e arraste os layers para mudar a ordem em que aparecerão na Map Display Area.Para copiar um layer de um Data Frame para outro, clique no layer, arraste e solte-o em outro DataFrame.Para mover um layer de um Data Frame para outro, aperte CTRL e clique no layer, arraste e solte olayer em outro Data Frame.Para selecionar vários layers ao mesmo tempo aperte as teclas CTRL ou SHIFT e clique no nome doslayers.Para desmarcar ou marcar as caixas somente dos layers que estão selecionados, basta selecionar oslayers que deseja marcar ou desmarcar e apertar CTRL + clique em uma das caixas de um dos layersque estão selecionados.Para deixar somente a caixa de um layer marcado e todas as outras desmarcadas, aperte ALT e cliquena caixa que queira deixar marcada.Para expandir ou contrair todas os layers, aperte CTRL e clique no sinal de + ou - de um dos layers.Para ativar um Data Frame aperte ALT e clique no nome do Data Frame que queira ativar.Para abrir a tabela de atributos de um layer, aperte CTRL e dê um clique duplo no nome do layer. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  9. 9.  STANDARD TOOLBAR1. Criar um novo mapa.2. Abrir um mapa existente.3. Salvar o projeto.4. Imprimir.5. Recortar.6. Copiar.7. Colar.8. Excluir.9. Desfazer últimas ações.10. Refazer últimas ações.11. Adicionar dados ao Data Frame ativo.12. Mostra a escala atual do mapa. Você pode clicar na seta ao lado dos números para escolher outros valores para a escala ou pode digitar o valor desejado.13. Mostra ou esconde a Editor toolbar.14. Abre o ArcCatalog.15. Abre o ArcToolbox.16. Mostra ou esconde a Command Line window.17. A Command Line window permite que você execute ferramentas do ArcGIS apenas digitando o comando correspondente à ação que você queira executar.18. Abre o ModelBuilder.19. Através do ModelBuilder você pode criar um modelo para geoprocessamento. Normalmente é usado quando se pretender fazer uma mesma tarefa várias vezes sem precisar repetir os comandos dados ao programa, bastando executar o modelo construído.20. Ferramenta What’s This? Clique nessa ferramenta e depois clique em alguma ferramenta do ArcMAP. Será aberta uma pequena janela de ajuda no próprio ArcMAP onde você terá uma breve explicação sobre aquela ferramenta ou funcionalidade. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  10. 10.  EDITOR TOOLBAR1. Menu Editor.2. Edit Tool - usada para selecionar linhas, pontos, polígonos e vértices quando se está editando.3. Ferramentas de desenho.4. Task - contém as opções de “tarefas” que se pode fazer quando se está editando.5. Target - contém o layer alvo que se queira editar.6. Split Tool - usada para quebrar linhas usando o clique do mouse.7. Rotate Tool - usado para girar feições.8. Atributes - abre uma janela que mostra os atributos da feição que estiver selecionada.9. Sketch Properties - abre uma janela com a propriedade dos vértices da feição selecionada.Menu Editor 1. Start Editing - Entra no modo de edição. Quando não se está nesse modo, não é possível alterar as feições dos layers, apenas algumas opções de visualização. 2. Stop Editing - Sai do modo de edição. 3. Save Edits - Salva as alterações feitas nas feições dos layers, porém não salva alterações feitas no projeto (como alterações na simbologia dos layers e em elementos do layout). Depois de ter salvo a edição, não será mais possível desfazer as ações. 4. Move - Move as feições selecionadas em uma determinada distância. É aberta uma janela onde se pode inserir a distância que será deslocada nos eixos X e Y. 5. Split - Quebra uma feição linear selecionada usando uma distância ou uma porcentagem do comprimento total, definidas pelo usuário em uma janela de diálogo. Essa opção só estará ativa para uso se uma feição linear estiver selecionada. 6. Divide - Cria uma nova feição do tipo linha ou ponto no layer alvo dividindo a feição selecionada (que deve ser uma feição de linha). (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  11. 11. 7. Buffer - cria uma nova feição a partir de ponto(s), linha(s) ou polígono(s) selecionado(s). A feição será criada no layer que estiver no Target. O layer alvo deve ser do tipo linha ou polígono. Digitando o valor do buffer sem medida de comprimento, o programa entenderá que o valor está na medida definida nas propriedades do Data Frame.8. Copy Parallel - Copia feições de linha paralelamente à feição original usando uma distância determinada pelo usuário. Tanto a feição selecionada quanto o layer alvo devem ser do tipo linha.9. Merge - Mescla duas ou mais feições selecionadas em uma única feição. Se as feições selecionadas não estiverem espacialmente conectadas, será criada uma feição do tipo multi-part.10. Union - Cria uma nova feição a partir de duas ou mais feições selecionadas (que devem ser do mesmo tipo, linhas ou polígonos). A nova feição será criada no layer alvo. As feições selecionadas continuarão a existir após a operação.11. Intersect - Cria uma nova feição a partir de uma parte comum entre duas feições selecionadas (que devem ser do mesmo tipo). A nova feição será criada no layer alvo.12. Clip - Recorta polígonos que têm áreas sobrepostas ou faz um recorte de um buffer de uma feição selecionada. Somente polígonos podem ser recortados.13. More Editing Tools - Reúne barras de ferramentas ligadas à edição.14. Valida feições de um geodatabase. Não se aplica à edição de shapefiles.15. Snapping - Abre a janela com as opções de Snapping.16. Options - Permite que o usuário modifique algumas opções relacionadas à edição. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO
  12. 12. Ferramentas de desenhoSketch tool Clique para adicionarUsada para criar feições do tipo ponto e um vértice.digitalizar os vértices de feições do tipo Clique-duplo paralinha ou polígono. finalizar o esboço.Trace toolUsada para criar seguimentos seguindo o traçado de seguimentos existentes. (63) 8431-1391 | contato@egesct.com www.egesct.com | www.facebook.com/EGESCT 106 Norte ACSV NE 12 Lote 01 Sala 101 – Palmas - TO

×