SemináriosRedes de Computadores I“Pervasive Computing: A Paradigm for the 21st Century”     Saha, D. and Mukherjee, A.    ...
Introdução   Surgimento    ◦ Mark Weiser, em 1991: “As mais profundas tecnologias      são aquelas que desaparecem.”   C...
Definições Computação Pervasiva considera o  ambiente único. Dispositivo Aplicação Ambiente Computacional             ...
Evolução                        Computação Móvel     Popularização da         Internet         Anos 90  PCAnos 70         ...
Modelo - Diagrama Ilustrativo                 Mirna Silva e Rafael Reis   5
Modelo - Dispositivos Presença de muitos dispositivos em um  mesmo ambiente Um sistema pervasivo deve tratar cada  dispo...
Modelo - Rede Crescimento (fim de 2003 supera 6  bilhões – de acordo com IDC) Aumentar backbone para antecipar-se  a dem...
Modelo - Middleware Mediar interações entre usuários e o núcleo  do sistema Usuário sinta-se imerso no “espaço  pervasiv...
Modelo - Aplicações   São mais centradas no ambiente do que    aplicações para web ou para sistemas    móveis Ex.: Casa ...
Desafios Escalabilidade Heterogeneidade Integração Invisibilidade Percepção Gerenciamento do contexto               ...
Escalabilidade Ambiente “inteligente” demanda  crescimento Para cada novo dispositivo, uma nova  aplicação              ...
Heterogeneidade Mascaramento de condições desiguais  dentro do ambiente Diferença de protocolos de comunicação.  Deve fo...
Integração Diversos dispositivos em um único  ambiente Prioridade de uso entre  dispositivos/aplicações Envolve aspecto...
Invisibilidade Sistema tem que requerer o mínimo  de intervenções humanas Interferência humana apenas para  melhorar “in...
Percepção O sistema e os dispositivos devem  perceber / “sentir” o ambiente em que estão  inseridos Tem que ser precisa ...
Gerenciamento do Contexto A partir da percepção, um controle  inteligente pode ser implementado Adição de “inteligência”...
Algumas Iniciativas   Aura      Carnegie Mellon University      Ênfase em middleware e aplicação   Endeavour      Uni...
Considerações Finais Computação Pervasiva tornará nossa  vida mais simples através de  ambientes digitais sensitivos,  ad...
Referência   SAHA, D; MUKHERJEE, A.    Pervasive Computing: A Paradigm    for the 21st Century. IEEE    Computer. 2003.  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Computação Pervasiva: um paradigma para o século 21

932 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
932
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Computação Pervasiva: um paradigma para o século 21

  1. 1. SemináriosRedes de Computadores I“Pervasive Computing: A Paradigm for the 21st Century” Saha, D. and Mukherjee, A. IEEE Computer, 2003 vol.36(3), p25–31 Mirna Silva Rafael Reis
  2. 2. Introdução Surgimento ◦ Mark Weiser, em 1991: “As mais profundas tecnologias são aquelas que desaparecem.” Computação Tradicional ◦ Programas + Entradas/Saídas Computação Pervasiva ◦ Ambiente + Percepção Mirna Silva e Rafael Reis 2
  3. 3. Definições Computação Pervasiva considera o ambiente único. Dispositivo Aplicação Ambiente Computacional Mirna Silva e Rafael Reis 3
  4. 4. Evolução Computação Móvel Popularização da Internet Anos 90 PCAnos 70 Mirna Silva e Rafael Reis 4
  5. 5. Modelo - Diagrama Ilustrativo Mirna Silva e Rafael Reis 5
  6. 6. Modelo - Dispositivos Presença de muitos dispositivos em um mesmo ambiente Um sistema pervasivo deve tratar cada dispositivo que seja dotado de alguma “inteligência”. Vários dispositivos podem compor um único sistema. Mirna Silva e Rafael Reis 6
  7. 7. Modelo - Rede Crescimento (fim de 2003 supera 6 bilhões – de acordo com IDC) Aumentar backbone para antecipar-se a demanda futura Aplicações precisam integrar tais dispositivos Mirna Silva e Rafael Reis 7
  8. 8. Modelo - Middleware Mediar interações entre usuários e o núcleo do sistema Usuário sinta-se imerso no “espaço pervasivo” Executará tanto em modo cliente-servidor como em ponto-a-ponto Questões de Interfaces Mirna Silva e Rafael Reis 8
  9. 9. Modelo - Aplicações São mais centradas no ambiente do que aplicações para web ou para sistemas móveis Ex.: Casa inteligente Ex.: Sistemas de Segurança Mirna Silva e Rafael Reis 9
  10. 10. Desafios Escalabilidade Heterogeneidade Integração Invisibilidade Percepção Gerenciamento do contexto Mirna Silva e Rafael Reis 10
  11. 11. Escalabilidade Ambiente “inteligente” demanda crescimento Para cada novo dispositivo, uma nova aplicação Mirna Silva e Rafael Reis 11
  12. 12. Heterogeneidade Mascaramento de condições desiguais dentro do ambiente Diferença de protocolos de comunicação. Deve fornecer operabilidade entre redes. Aplicações são desenvolvidas para dispositivos específicos Mirna Silva e Rafael Reis 12
  13. 13. Integração Diversos dispositivos em um único ambiente Prioridade de uso entre dispositivos/aplicações Envolve aspectos de confiabilidade, qualidade de serviço e segurança Mirna Silva e Rafael Reis 13
  14. 14. Invisibilidade Sistema tem que requerer o mínimo de intervenções humanas Interferência humana apenas para melhorar “inteligência” do sistema Técnicas de reconfiguração dinâmica Mirna Silva e Rafael Reis 14
  15. 15. Percepção O sistema e os dispositivos devem perceber / “sentir” o ambiente em que estão inseridos Tem que ser precisa para não depender da experiência do usuário Mirna Silva e Rafael Reis 15
  16. 16. Gerenciamento do Contexto A partir da percepção, um controle inteligente pode ser implementado Adição de “inteligência” ao sistema Exemplo: temperatura e luminosidade podem ser controlados dependendo do gosto do usuário Mirna Silva e Rafael Reis 16
  17. 17. Algumas Iniciativas Aura  Carnegie Mellon University  Ênfase em middleware e aplicação Endeavour  University of California at Berkeley  Utilitário de informação Oxygen  MIT  Dispositivos móveis e estáticos. Rede auto-configurável Mirna Silva e Rafael Reis 17
  18. 18. Considerações Finais Computação Pervasiva tornará nossa vida mais simples através de ambientes digitais sensitivos, adaptativos e inteligentes Apesar de vários avanços na área, muitos são os desafios para se chegar no ponto descrito por Weiser Mirna Silva e Rafael Reis 18
  19. 19. Referência SAHA, D; MUKHERJEE, A. Pervasive Computing: A Paradigm for the 21st Century. IEEE Computer. 2003. Mirna Silva e Rafael Reis 19

×