Métodos de custeio

1.156 visualizações

Publicada em

Métodos de custeio aplicados na contabilidade empresarial

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
122
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Métodos de custeio

  1. 1. PEPS, UEPS e CUSTO MÉDIO 01/13
  2. 2. Avaliação dos Estoques  O princípio contábil de Custo de Aquisição determina que se incluam no custo dos materiais, além do preço, todos os outros custos decorrentes da compra, e que se deduzam todos os descontos e bonificações eventuais recebidas.  O método de avaliação escolhido afetará o total do lucro a ser calculado para um determinado período contábil.  Considerando que vários fatores podem fazer variar o preço de aquisição dos materiais entre duas ou mais compras (inflação, custo do transporte, outro fornecedor, etc.), surge o problema de selecionar o método que se deve adotar para avaliar os estoques.  Os metodos utilisados sao o PEPS, UEPS e o Custo Medio 02/13
  3. 3. PEPS ou FIFO  Primeiro que entra, primeiro que sai – first in, first out  No método PEPS, nós usamos o custo do lote mais antigo quando da venda da mercadoria até que se esgotem as quantidades desse estoque, daí partimos para o segundo lote mais antigo e assim sucessivamente... 03/13
  4. 4. As vantagens do método são:  Os itens usados são retirados do estoque e a baixa é dada nos controles de maneira lógica e sistemática;  O resultado obtido espelha o custo real dos itens específicos usados nas saídas;  O movimento estabelecido para os materiais, de forma contínua e ordenada, representa uma condição necessária para o perfeito controle dos materiais, especialmente quando estes estão sujeitos a deterioração, decomposição, mudança de qualidade, etc. Primeiro a entrar, primeiro a sair (PEPS). 04/13
  5. 5. As desvantagens do método são:  Teremos que analisar vários lotes para sabermos sempre o custo do mais antigo, na prática, muitas vezes, pode ser inviável e ou de pouca praticidade;  Outra desvantagem do PEPS é que a tendência é de que sempre as primeiras compras possuam um custo mais baixo e com o decorrer do tempo o valor dos estoques aumentem em valor, devido à inflação; Nesse caso o PEPS provocará um estoque com valor mais alto, um custo mais baixo e um lucro maior, fazendo com que a empresa pague mais impostos e mais dividendos. 05/13
  6. 6. PEPS P.E.P.S DATA ENTRADA SAÍDA SALDO QUANT. $ UNIT. $ TOTAL QUANT. $ UNIT. $ TOTAL QUANT. $ UNIT. $ TOTAL 01 1000 10 10.000 - - - 1000 10 10.000 - - - 1000 10 10.000 02 1000 15 15.000 1000 15 15.000 2000 25.000 03 - - - 1000 10 10.000 1000 15 15.000 06/13
  7. 7. UEPS  O UEPS (último a entrar, primeiro a sair)  É um método de avaliar estoque.  O custo do estoque é determinado como se as unidades mais recentes adicionadas ao estoque (últimas a entrar) fossem as primeiras unidades vendidas (saídas) (primeiro a sair).  No método UEPS, o custo dos itens vendidos/saídos tende a refletir o custo dos itens mais recentemente comprados (comprados ou produzidos, e assim, os preços mais recentes). 07/13
  8. 8. UEPS  É uma forma de se custear os itens consumidos de maneira sistemática e realista;  Nas indústrias sujeitas a flutuações de preços, o método tende a minimizar os lucros das operações 08/13
  9. 9. UEPS  Em períodos de alta de preços, os preços maiores das compras mais recentes são apropriados mais rapidamente às produções reduzindo o lucro;  O argumento mais generalizado em favor do UEPS é o de que procura determinar se a empresa apurou, ou não, adequadamente, seus custos correntes em face da sua receita corrente. De acordo com o UEPS, o estoque é avaliado em termos do nível de preço da época, em que o metodo UEPS foi introduzido. 09/13
  10. 10. UEPS U.E.P.S DATA ENTRADA SAÍDA SALDO QUANT. $ UNIT. $ TOTAL QUANT. $ UNIT. $ TOTAL QUANT. $ UNIT. $ TOTAL 01 1000 10 10.000 - - - 1000 10 10.000 - - - 1000 10 10.000 02 1000 15 15.000 1000 15 15.000 2000 25.000 03 - - - 1000 15 15.000 1000 10 10.000 10/13
  11. 11. Custo Médio  Este método, também chamado de método da média ponderada ou média móvel, baseia-se na aplicação dos custos médios em lugar dos custos efetivos. O método de avaliação do estoque ao custo médio é aceito pelo Fisco e usado amplamente. 11/13
  12. 12. Custo Médio CUSTO MÉDIO DAT A ENTRADA SAÍDA SALDO QUANT . $ UNIT. $ TOTAL QUANT . $ UNIT. $ TOTAL QUANT . $ UNIT. $ TOTAL 01 1000 10 10.000 - - - 1000 10 10.000 - - - 1000 10 10.000 02 1000 15 15.000 1000 15 15.000 2000 12,50 25.000 03 - - - 1000 12,50 12.500 1000 12,50 12.500 12/13
  13. 13.  Vale ressaltar que no Brasil a legislação do imposto de renda permite apenas o PEPS e a Média Ponderada Móvel para fins de contabilidade de custos. 13/13

×