Powerpoint 1 Vulcanologia (Conceitos BáSicos)

2.201 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.201
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
182
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Powerpoint 1 Vulcanologia (Conceitos BáSicos)

  1. 1. COMPREENDER A ESTRUTURA E A DINÂMICA DA GEOSFERA Vulcanologia – Conceitos básicos
  2. 2. Sumário 2 Vulcanologia  Conceitos básicos  Nuno Correia 08/09
  3. 3. 3 A Vulcanologia é o ramo das Ciências da Terra que  estuda a formação, a distribuição e a classificação dos fenómenos vulcânicos. http://www.uhh.hawaii.edu/ Nuno Correia 08/09
  4. 4. Vulcanismo 4 conjunto de fenómenos de  transferência de energia Superfície da Terra (essencialmente térmica) e de matéria do manto para a superfície da Terra ou Energia Matéria para as camadas mais superficiais da crosta (magmatismo Interior da Terra hipovulcânico). Nuno Correia 08/09
  5. 5. 5 Todo o processo  vulcânico tem origem no manto ou em zonas profundas da crosta. Nuno Correia 08/09
  6. 6. 6 as lavas fornecem através  da sua “memória” mineralógica, química, isotópica e cronológica informação preciosa sobre as diferentes etapas da evolução físico-química dos produtos mantélicos no espaço e através dos tempos geológicos. Nuno Correia 08/09
  7. 7. 7 O interior da Terra está mais quente do que a  superfície Nuno Correia 08/09
  8. 8. Tipos de magmas 8 O magma é material de origem rochosa fundido, total ou parcialmente. Além da fase líquida, um magma contém uma fase gasosa e, eventualmente, uma fase sólida. Pg 152, 1º pgf Nuno Correia 08/09
  9. 9. Como se formam os magmas? 9 Os magmas têm origem  em rochas que sofrem fusão em regiões muito profundas, astenosfera e manto inferior, ou a nível da litosfera. Nuno Correia 08/09
  10. 10. Como se formam os magmas ? 10 Numa experiência laboratorial submeteu-se uma amostra de peridotito a condições de pressão e de temperatura variáveis. Foram postos em evidência três domínios: um domínio em que a rocha está completamente sólida, um domínio em que a rocha começa a fundir e um domínio em que ela está completamente fundida. Esses domínios são separados, respectivamente, pelas linhas solidus seco e liquidus. Nuno Correia 08/09
  11. 11. TPC 1 Nuno Correia 08/09 11
  12. 12. 12 Os magmas formam-  se por fusão parcial. Nuno Correia 08/09
  13. 13. 13 Neste processo de fusão, existem dois factores  principais que catalisam o processo, a saber:  pressão e  água. Nuno Correia 08/09
  14. 14. Pressão 14 A pressão aumenta com a  profundidade. O aumento da pressão  faz aumentar a temperatura de fusão dos minerais Nuno Correia 08/09
  15. 15. 15 a diminuição da pressão  conduz à fusão da rocha, mantendo a temperatura constante. Durante a subida, a  diminuição da pressão provoca a fusão do material astenosférico por descompressão. Nuno Correia 08/09
  16. 16. Fusão parcial por descompressão 16 processo  responsável pela formação dos basaltos nos limites divergentes. Nuno Correia 08/09
  17. 17. Água 17 a dissolução de uma  substância noutra, provoca o abaixamento do ponto de fusão da solução Quando colocamos o sal a água passa a ter um ponto de fusão mais baixo, fazendo com que a água passe para o estado líquido e só volte a congelar quando a temperatura estiver muito inferior ao seu ponto de fusão Nuno Correia 08/09
  18. 18. A presença da água é importante em rochas que estiveram em contacto com os subsistemas mais superficiais do planeta. No limites convergentes, a litosfera hidratada ao ser reabsorvida na astenosfera vai fundir a temperatura mais baixa do que aquela que seria de esperar em ambiente anidro (sem água). Nuno Correia 08/09 18
  19. 19. 19 O conteúdo de água é considerável nas rochas  sedimentares, mas ocorre também nas rochas magmáticas e nas rochas metamórficas. Nuno Correia 08/09
  20. 20. Formação de câmaras magmáticas 20 Magmas parcialmente  fundidos, são menos densos que as rochas que os geraram. Ascendem na  astenosfera e na litosfera. Nuno Correia 08/09
  21. 21. Classificação dos Magmas 21 Nuno Correia 08/09
  22. 22. Magmas basálticos 22 Formam-se no manto, sem  intervenção de água. As rochas do manto superior  (peridotito), aos 100 km de profundidade sob a crusta oceânica sofrem fusão parcial (10 a 15%) originando um magma basáltico. O magma ascende ao longo dos  riftes. Se solidificar lentamente (cristalizar) em profundidade origina gabros, ou basaltos quando solidifica rapidamente em condições superficiais. Nuno Correia 08/09
  23. 23. Magmas andesíticos 23 Pode-se formar pela fusão total de  rochas da crusta continental, ou pela fusão parcial de rochas de composição basáltica, como as que se encontram presentes nas placas oceânicas ou no manto superior, na presença de água e elevadas pressões e temperaturas. Conforme a placa oceânica  mergulha sob a continental, as rochas basálticas e os sedimentos saturados aquecem libertando água, que induz a fusão parcial do manto superior. Parte da placa oceânica também pode fundir. Nuno Correia 08/09
  24. 24. Magmas riolíticos 24 A sua génese está associada à fusão  parcial de rochas da crusta continental, na presença de elevadas quantidades de água. Nas erupções explosivas (composição  riolítica) ocorre a libertação de elevadas quantidades de vapor de água e voláteis. As rochas intrusivas (granito, por exemplo) são ricas em minerais contendo água na sua estrutura. A fusão parcial pode dever-se a fontes de calor originárias do manto e que provocam a fusão parcial da crusta. As rochas plutónicas formam-se  frequentemente nos limites convergentes entre duas placas continentais, em que o choque provoca o afundamento e fusão parcial da crusta continental em função das elevadas temperaturas e pressões. Nuno Correia 08/09
  25. 25. 25 Durante a ascensão, o magma pode solidificar em  profundidade. A fracção do magma que atinge a superfície é  emitida por aberturas corresponde a um conjunto de processos designados de vulcanismo. O vulcanismo consiste nos processos pelos quais o  magma e os gases a ele associados ascendem, a partir do interior da Terra, à superfície da crusta terrestre incluindo a atmosfera. Nuno Correia 08/09

×