Your SlideShare is downloading. ×
G22   estrutura interna da terra
Próximos SlideShare
Carregando em...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

G22 estrutura interna da terra

3,413
views

Published on

Published in: Educação

0 Comentários
3 pessoas curtiram isso
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3,413
No Slideshare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
261
Comentários
0
Curtidas
3
Incorporar 0
No embeds

Conteúdo do relatório
Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
No notes for slide

Transcript

  • 1. Geologia 10º Sismologia
  • 2.  O estudo da variação da velocidade de propagação das ondas sísmicas no interior da Terra constitui um método de análise das diferentes camadas que compõem o planeta: crusta, manto e núcleo. Nuno Correia 10/11 2
  • 3. Nuno Correia 10/11 3
  • 4. Nuno Correia 10/11 4
  • 5.  Se a Terra fosse uma esfera homogénea, as trajectórias dos raios sísmicos seriam rectas. Nuno Correia 10/11 5
  • 6. Nuno Correia 10/11 6
  • 7. Nuno Correia 10/11 7
  • 8. Nuno Correia 10/11 8
  • 9.  A trajectória das ondas é arqueada a direcção d a superfície, uma vez que a velocidade aumenta com a profundidade. Nuno Correia 10/11 9
  • 10.  Superfície no interior da Terra, que separam materiais com diferentes composições e propriedades. Nuno Correia 10/11 10
  • 11. Crosta A Manto Macedo de Cavaleiros Foto cedida por Ana LerenoNuno Correia 10/11 11
  • 12. DescontinuidadeCrosta de Moho Manto Macedo de Cavaleiros Foto cedida por Ana Lereno Nuno Correia 10/11 12
  • 13. Nuno Correia 10/11 13
  • 14. Nuno Correia 10/11 14
  • 15. Nuno Correia 10/11 15
  • 16. Nuno Correia 10/11 16
  • 17.  Percorrer uma maior distância pode ser compensador quando se pode atingir uma maior velocidade. Nuno Correia 10/11 17
  • 18. Nuno Correia 10/11 18
  • 19. Nuno Correia 10/11 19
  • 20. Nuno Correia 10/11 20
  • 21.  A maior velocidade das ondas sísmicas nas placas oceânicas é explicada pelo facto de serem formadas por rochas basálticas mais rígidas do que as rochas graníticas que compõem os continentes. Nuno Correia 10/11 21
  • 22. Questão de aula :Qual a importância da definição de uma zona de baixas velociades para a compreensão global da Teoria da Tectónica de Placas? Nuno Correia 10/11 22
  • 23. Muitos pressupostos da Teoria da Tectónica de Placasassentam na ideia de que as placas litosféricas flutuam sobreuma zona plástica do manto Nuno Correia 10/11 23
  • 24. Nuno Correia 10/11 24
  • 25. Nuno Correia 10/11 25
  • 26. Nuno Correia 10/11 26
  • 27. Nuno Correia 10/11 27
  • 28. 28Nuno Correia 10/11
  • 29. As elevadíssimas pressõesexistentes no núcleo serãosuficientes para que, abaixo dos5150 quilómetros, se retome oestado sólido.Àquela profundidade foiidentificada, em 1936, por IngeLehmann, uma descontinuidadesecundária que serve,precisamente, de base àseparação do núcleo externo(líquido) relativamente ao núcleointerno (sólido) 29 Nuno Correia 10/11
  • 30. Nuno Correia 10/11 30
  • 31. Nuno Correia 10/11 31
  • 32. Nuno Correia 10/11 32
  • 33. Nuno Correia 10/11 33
  • 34. Nuno Correia 10/11 34
  • 35. Nuno Correia 10/11 35
  • 36. Nuno Correia 10/11 36
  • 37. Nuno Correia 10/11 37
  • 38. Nuno Correia 10/11 38
  • 39. Os geofísicos pensam que a camada D" constitui a chave para compreender o dinamismo interno da máquina Terra. Actualmente alguns investigadores admitem que a camada D" será a fonte das plumas térmicas, uma matéria menos densa e menos viscosa que forma penachos com dezenas de quilómetros de diâmetro que alimentam os pontos quentes. Há também quem admita que as zonas mais frias da camada D" correspondem à chegada até essas profundidades das placas litosféricas que mergulham nas zonas de subducção.Nuno Correia 10/11 39