Catálogo Mostra Filatélica "Implantação da República"

2.324 visualizações

Publicada em

A Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português, iniciada no dia 2 e vitoriosa na madrugada do dia 5 de outubro de 1910, que destituiu a monarquia e implantou um regime republicano em Portugal.
A subjugação do país aos interesses coloniais Britânicos, os gastos da família real, o poder daigreja, a instabilidade política e social, o sistema de alternância de dois partidos no poder (os progressistas e os regeneradores), a ditadura de João Franco, a aparente incapacidade de acompanhar a evolução dos tempos e se adaptar à modernidade — tudo contribuiu para um inexorável processo de erosão da monarquia portuguesa do qual os defensores da república, particularmente o Partido Republicano, souberam tirar o melhor proveito. Por contraponto, o partido republicano apresentava-se como o único que tinha um programa capaz de devolver ao país o prestígio perdido e colocar Portugal na senda do progresso.
Após a relutância do exército em combater os cerca de dois mil soldados e marinheiros revoltosos entre 3 e 4 de outubro de 1910, a República foi proclamada às 9 horas da manhã do dia seguinte da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa. Após a revolução, um governo provisório chefiado por Teófilo Braga dirigiu os destinos do país até à aprovação da Constituição de 1911 que deu início à Primeira República. Entre outras mudanças, com a implantação da república, foram substituídos os símbolos nacionais: o hino nacional e a bandeira.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.695
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Catálogo Mostra Filatélica "Implantação da República"

  1. 1.  Mostra Filatélica 
  2. 2. Organização: Núcleo de Filatelia de Faro - ATAF Local: Museu Regional do Algarve Praça da Liberdade 2, 8000-164 Faro Horário: 2ª a 6ª das 10h00 às 13h30 e das 14h30 às 18h00 Encerra ao fim de semana e feriados Carimbo Comemorativo: Mostra Filatélica - Implantação da República Posto de Correio: 2014/10/05 (15:00 / 17:30) Coleções Quadro Coleção Classe 1 Cartofilia alusiva ao 5 de Outubro de 1910 (Luís Brás) Cartofilia 2 A Implantação da República (Luís Brás) Temática 3 Escritores Portugueses (Sérgio Pedro) Temática 4 Maravilhas do Mundo (José Palma) Temática 8 Individualidades do Reino Unido (Sérgio Pedro) Temática 9 Cruz Vermelha (José Palma) Temática 10 A Nossa Saúde Mental (Sérgio Pedro) Temática 11 Transportes (Sérgio Pedro) Temática 12 Bélgica-100 anos de Filatelia-1849 a 1949 (Jorge Bomba) Clássica 13 Património da UNESCO (Francisco Paiva) Maximafilia
  3. 3. A Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português, iniciada no dia 2 e vitoriosa na madrugada do dia 5 de outu- bro de 1910, que destituiu a monarquia e implantou um regime republicano em Portugal. A subjugação do país aos interesses coloniais Britânicos, os gastos da família real, o poder daigreja, a instabilidade política e social, o sistema de alternância de dois partidos no poder (os progressistas e os regeneradores), a ditadura de João Franco, a aparente incapacidade de acompanhar a evolução dos tempos e se adaptar à modernidade — tudo contribuiu para um inexorável processo de erosão da monarquia portuguesa do qual os defensores da repú- blica, particularmente o Partido Republicano, souberam tirar o melhor proveito. Por contra- ponto, o partido republicano apresentava-se como o único que tinha um programa capaz de devolver ao país o prestígio perdido e colocar Portugal na senda do progresso. Após a relutância do exército em combater os cerca de dois mil soldados e marinheiros revoltosos entre 3 e 4 de outubro de 1910, a República foi proclamada às 9 horas da manhã do dia seguinte da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa. Após a revolução, um gover- no provisório chefiado por Teófilo Braga dirigiu os destinos do país até à aprovação da Cons- tituição de 1911 que deu início à Primeira República. Entre outras mudanças, com a implan- tação da república, foram substituídos os símbolos nacionais: o hino nacional e a bandeira. Amigos da Filatelia
  4. 4. organização apoios

×