Analise do mercado de citrus no utimos 4 anos e mercado futuro

2.068 visualizações

Publicada em

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.068
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • A citricultura brasileira está presente em todos Estados,alguns com maior destaque, como São Paulo e Minas Gerais na região Sudeste, e Bahia e Sergipe no Nordeste
  • A produção de laranjas na safra de 2011 foi maior do que a de 2010 com uma variação positiva mesmo tendo diminuição da área plantada. E a produção não comercial e perdas foi bem menor ao mesmo período da safra de 2010, superando sua produtividade média que fechou com 2011 com uma variação positiva.
  • O maior produtor de laranja foi São Paulo com uma produção acima de 13 milhões de toneladas com rendimento de 26,10 toneladas hectares.
  • O preço da fruta que já estava abaixo do custo de produção desde da safra anterior,devido a incidência do greening permaneceu na safra 2009/ 2010. Onde de acordo com a Associação Brasileira dos Citricultores (Associtrus), a maioria dos produtores continuou sem contrato e as negociações seguiram apenas no mercado spot, com preços considerados impraticáveis. Alem de sofre com pressões da forte concorrência das empresas localizadas na Flórida, nos Estados Unidos.

    Os preços internacionais do suco sofrem incrível volatilidade, chegando a oscilar entre US$ 700 e US$ 2 mil por tonelada em curto intervalo de tempo (Marcos Fava Neves,2010). Tendo ainda a interferência da crise econômica que vinha afetado o mercado mundial desde de 2008 .

    "A indústria do setor é um cartel. Como há muitos produtores e poucos compradores, eles forçam e estipulam o preço",diz Renato Toledo de Queiroz, presidente do Conselho da Associtrus(2009).
  • O preço do suco na bolsa de valores de NEW YORK iniciou em maio com um fechamento de 150,70 libra peso com uma variação negativa. Ao longo do ano teve seu aumento gradativo sendo que em novembro o fechamento do preço foi de 155,05 libra peso com variação positiva.
  • Já em 2011 a produção de laranja já foi maior do que em no ano anterior mesmo com a perca de uma quantidade significativa da lavoura devido a estiagem quem provocou a queda dos frutos antes da hora.
  • Por esse fato restaram menos laranjas para 2011 sendo o principal fator para o aumento do preço da fruta.

    O preço médio da laranja, R$ 24,94 a caixa com 30 kg, sndo o maior desde 1995, quando o a medição começou a ser feita, sem contar a inflação, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).
  • EXPORTAÇÕES
    Em 2011, as exportações de suco de laranja do Brasil ficaram praticamente estáveis em relação ao volume de 2010 em equivalente em produto congelado concentrado.(DA REUTERS,2010)
  • No CEASA do estado do Paraná o volume transacionado de laranja foi acima de 62.937,7 toneladas, tendo uma redução de 4,85% comparado ao ano de 2010. Onde teve 4.000,0t a menos comercializada .
  • O preço praticado foi em média R$ 0,79 o quilo. Quanto à procedência anual, os principais estados de origem foram: Paraná (55,0%), São Paulo (44,1%) e de outros estados (0,9%). A maior quantidade da safra é direcionada para a indústria de sucos do Paraná.
  • O Brasil teve uma exportar 2,68 milhões de toneladas de suco de laranja no final do período.
  • A produção de laranjas na safra de 2012 foi maior do que a de 2011 com uma variação negativa com uma diminuição maior da área plantada . E a produção não comercial e perdas foi bem maior ao mesmo período da safra de 2011 devido o baixo custo do produto não pagar o custo de produção muitos produtores arrancarem a lavoura, superando sua produtividade média que fechou com 2012 com uma variação positiva.
  • O preço da laranja teve um queda em comparação ao ano anterior devido a um aumento de oferta do produto , mas mesmo assim ainda tava em um valor bom para os produtores. A produção de laranja em 2012 já foi de 364 milhos de caixa de 40,8kg
  • A queda drástica no valor do preço do suco de laranja foi devido a crise mundial que tomou grande proporções no final de 2011 inicio de 2012.
  • O fechamento do preço de suco da laranja no inicio de 2011 na bolsa de New York foi de US$ 168,60 libra peso com uma variação de -3,85 com progressivas quedas ate setembro onde a crise mundial chegou em seu ápice.
  • Já em 2012 o fechamento inicial devido a falta de produto foi alta com uma variação positiva decaindo ao longo do ano sendo que em novembro fechou no valor de 169,00 libra peso com variação positiva mais 2 vezes menor.
    Em abril, o preço médio do suco concentrado e congelado negociado na Bolsa de Nova York foi de US$ 2.160 a tonelada, 17,3% inferior ao de março. Porém, de julho de 2011 a abril de 2012, o suco em Nova York registra uma média de US$ 2.503 a tonelada. Além disso, a recente valorização do dólar frente ao Real também interfere positivamente no preço ao produtor. Simulações do Cepea indicam que o preço final a receber pelo citricultor será acima dos R$ 10,50 por caixa de 40,8 Kg. Vale ressaltar que os cálculos finais serão realizados em julho, sendo que o principal fator que poderá modificar essas estimativas é o valor a ser declarado pelas indústrias pela venda do suco à Europa. Os cálculos parciais do Cepea tomaram como base preços de suco ao redor de US$ 2.450 a tonelada e um dólar médio de R$ 1,75. Mas os preços futuros do suco de laranja concentrado e congelado (FCOJ) estão despencando. Nesta quinta-feira (17/05), o contrato julho caiu 6,16%, para 105,85 centavos de dólar por libra-peso, na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). A demanda fraca e a oferta ampla continuaram a pesar no mercado. A tendência é de que os preços caiam para 100 centavos de dólar por libra-peso no curto prazo. Na semana passada, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) elevou sua estimativa para a safra 2011/2012 de laranja da Flórida em 200 mil caixas, para 145,2 milhões de caixas de 40,8 Kg e parece improvável que haja uma redução da projeção num momento tão avançado da safra. Os preços futuros do suco já caíram 37% neste ano.
  • Ao traçarmos a linha de tendência dos custos para o ano de 2012 notamos a projeção de redução, principalmente registrada a partir do mês de agosto. Este é o resultado das ações dos produtores diante das dificuldades apresentadas pelo mercado citrícola, quando devido ao excesso de frutas no mercado, os preços de venda caíram e muitos produtores, inclusive, acabaram perdendo sua produção por não haver comprador disposto a adquiri-la.
  • A produção de laranja em 2012 pelo maior produtor foi de 13.365.983 com um rendimento de 28,43 t/há.
  • A crise internacional interferiu na exportação do suco de laranja brasileiro. Com uma safra 15% menor em relação ao ano passado, o preço da caixa da laranja foi baixo. Este ano foi marcado como um dos piores da história do setor no país, conseqüência de uma crise provocada por uma série de fatores. A safra foi uma das maiores e as indústrias não conseguiram absorver a produção porque estavam com os estoques cheios. Além disso, os Estados Unidos, principal destino do suco de laranja nacional, barrou a entrada de cargas brasileiras devido à presença do fungicida carbendazim, o que obrigou os produtores a mudarem o modo de produção e gerou aumento de custos.
  •  Este ano foi marcado como um dos piores da história do setor no país, conseqüência de uma crise provocada por uma série de fatores. A safra foi uma das maiores e as indústrias não conseguiram absorver a produção porque estavam com os estoques cheios. Além disso, os Estados Unidos, principal destino do suco de laranja nacional, barrou a entrada de cargas brasileiras devido à presença do fungicida carbendazim, o que obrigou os produtores a mudarem o modo de produção e gerou aumento de custos.
  • O gráfico mostra os custos envolvidos no processo produtivo de laranjas em diversas propriedades citrícolas espalhadas pelo Brasil e que utilizam um mesmo sistema avaliação evolutiva, ao longo dos últimos 3 anos/safra. Podemos afirmar que as laranjas colhidas para a safra 13/14 apresentarão um custo de produção inferior ao da safra anterior, interrompendo assim a sequência crescente que era registrado na safra anterior.
  •  
    O ano de 2013 ainda reflete as perdas na citricultura paulista verificadas em 2012, principalmente.
  • A presença dos frutos remanescentes da safra passada (2012/13) durante a atual florada impactou na diminuição da produção de 2013/14. Adicionando-se a isso, a descapitalização dos citricultores ao longo dos últimos anos, motivada não só pelos baixos preços recebidos pela caixa da fruta, mas também pelo aumento de custo de sua produção em razão de problemas fitopatológicos, não demonstram fatos que sustentem otimismo nesse segmento.
  • Expectativa pra 2013: ruins, pois, a crise europeia, baixo fluxo dos estoques de suco, nacional e internacional, bloqueios alfandegários no EUA, criam grande desestímulo na produção da fruta. Outro fator que contribui de forma negativa, são as doenças que atacam os talhões de São Paulo, principal produtor de laranja do país, com cerca de 70% da produção nacional.
  • A variação mais acentuada (negativamente) durante o período analisado, foi de fev/13 em relação a jan/13. O motivo foi o abandono ou erradicação de talhões menos produtivos, principalmente no estado de São Paulo, onde a área a ser colhida diminuiu 21%. De junho a agosto, foi o melhor período do ano em termos de rendimento por hectare, maior produção sem investimento capital.
  • O gráfico ilustra a estratégia dos produtores em abandonar os talhões menos produtivos. Pois, em janeiro, apesar da maior produção total, a produção por hectare foi ligeiramente mais baixa que no mês seguinte. Como os preços praticados no período estavam muito baixos, era necessário diminuir os custos operacionais. De que forma? Diminuindo a área erradicando os talhões pouco produtivos.
  • Os valores dos preços mensais vem da média dos preços praticados durante o mês. Em setembro, os preços se elevam. Embora o mercado do suco laranja não seja crescente, a baixa produção dos pomares americanos, aumento no fluxo de estoque e aumento no consumo de derivados da laranja impulsionaram o mercado de citrus. Dando uma nova perspectiva de futuro para o setor em 2014.
  • De acordo com analistas, o mercado ainda aguarda novidades e deve se manter em uma faixa estreita até a próxima estimativa do governo para a safra da Flórida, que sai no começo de março. (CitrusBR)
  • As projeções do Governo são bem positivas e empolgantes, de acordo com o MAPA, ações benéficas serão tomadas a favor deste crescimento do mercado.

    EXEMPLO: A Política Agrícola, seja como crédito de investimento, custeio e comercialização, associada à defesa sanitária animal e vegetal, igualmente dá sustentação para o desenvolvimento.

    FATOR IMPORTANTE PARA O CRESCIMENTO: A utilização de tecnologias que aproveitem melhor o solo, reduzam o uso de agroquímicos e diminuam uma parcela importante dos gases de efeito estufa que causam aquecimento global. E também é preciso produtores engajados no aumento produtivo a partir da modernização nos campos brasileiros.
  • Embora não haja uma definição precisa para barreira comercial, esta pode ser entendida como qualquer lei, regulamento, política, medida ou prática governamental que imponha restrições ao comércio exterior.

    Há duas categorias mais comuns de barreiras, quais sejam:

    Barreiras tarifárias: que tratam de tarifas de importações, taxas diversas e valoração aduaneira;

    Barreiras não-tarifárias: que tratam de restrições quantitativas, licenciamento de importação, procedimentos alfandegários e medidas sanitárias e fitossanitárias.

    Ou seja, se não houver nenhuma implicação que possa vir a retardar o mercado, a exportação do suco de laranja tende a se expandir cada vez mais.

  • A tabela mostra a relação entre produção e exportação em toneladas, de 2013 até 2023. Estão tabelados as projeções e o limite superior para cada ano, tanto para a exportação quanto para a produção, percebe-se que ao final do período a diferença em toneladas foi positiva.
    O gráfico a seguir representa bem essa variação de produção e exportação.
    Lsup.: Limite Superior
  • Percebe-se que, mesmo tendo quase 18% de aumento da produção no período de 10 anos, existe ainda uma disparidade entre a quantidade produzida e a exportada, algo que já era perceptível em 2013 e que permaneceu em 2023
  • Mercado Futuro EUA: Resumo do fechamento do mercado futuro americano de commodities agrícolas das Bolsas de Chicago (CBOT) e de New York (NYSE). Produtos dos quais o Brasil é exportador, como Soja, Suco de Laranja, Café e Açúcar, têm nessas cotações suas principais referências.
  • Índice Esalq/BM&F: Indicador diário de preços elaborado pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) da Esalq-USP para diversos produtos agropecuários. Tem um importante papel, não somente na análise econômica dos mercados, mas também como referência na liquidação de contratos futuros da BM&F (Bolsa de Mercadoria e Futuros de São Paulo).
  • Estimativas de preço dos contratos futuros para os meses de Maio, Julho, Setembro e Novembro de 2014, e suas variações. Durante esse período, os preços vão variar bem pouco, chegando ao final de Novembro com uma aumento de apenas 1,25.
  • De acordo com a companhia, o novo suco é feito a partir de uma mistura das variedades de laranja Valência (50%) e Clementine (50%), o que resulta em uma mistura agradavelmente complexa e doce. O resultado é um suco suave, que não contém pasta de papel e sem aditivos.

    Como as condições onde se localiza a empresa não são ideais para o cultivo da fruta, uma parceria com produtores espanhóis certificados e conhecidos por sua produção familiar foi feita.
  • CITRIUS BR: ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EXPORTADORES DE SUCOS CITRICOS

    MAPA: MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO

    IBGE: INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA

    CATI:CORDENAÇÃO DE ASSISTENCIA TECNICA INTEGRAL

    CONAB: COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO

  • Analise do mercado de citrus no utimos 4 anos e mercado futuro

    1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE AGRONOMIA Analise de mercado Citrus em :2010/2011 2011/2012 2012/2013 2013/2014 Perspectivas do mercado Futuro Discentes:Aline Andrade Felipe Leal João Esdras Núbia Santos Thauanne Sales Diamantina,2014
    2. 2. Introdução  Citricultura é uma das mais destacadas agroindústria brasileira.  Responsável por 60% da produção mundial de suco  São colhidas, anualmente mais de 18 milhões de toneladas de laranja ou cerca de 30% da safra mundial da fruta.  o Ministério da Agricultura investe no apoio e na adoção de sistemas mais eficientes, como a produção integrada, com medidas para reduzir os custos, aperfeiçoar e ampliar a comercialização do produto. Citrus-MAPA
    3. 3. Analise da Safra 2010/2011
    4. 4. Evolução das Estimativas das Safras Anterior de Laranja Estado de São Paulo Item Unidade Safra 2010 Safra 2011 Var.% Área Total com Laranja ha 608.629 601.622 -1,2 Produção Comercial c x. 40,8 kg 297.525.105 354.981.988 19,3 Produção não Comercial e Perdas c x. 40,8 kg 24.646.097 14.177.767 Produtividad e Média c x. 40,8 kg /ha 5 80 6 72 15,9 Fonte:CATI
    5. 5. Fonte :Embrapa, 2010
    6. 6. Fonte:IEA. 2010
    7. 7. Preço do suco de laranja na bolsa de Nova Iorque Fonte:Noticias Agrícolas,2010
    8. 8. Fonte:Embrapa, 2011
    9. 9. Fonte: IEA,2011
    10. 10. Fonte:Noticias Agrícolas,2011
    11. 11. Evolução do volume de comercialização da laranja no CEASA em Paraná– 2010/2011 Fonte: Boletim Técnico CEASA/PR. 2012
    12. 12. Evolução dos preços da laranja – 2010/2011 Fonte: Boletim Técnico CEASA/PR. 2012
    13. 13. Analise da Safra 2011/2012
    14. 14. Analise da Safra 2011 /2012 Produção e Exportação de Laranja e Suco de laranja Ano Produção (Laranja) Exportação (suco) Projeção linf. Lsup. Projeção linf. Lsup. 2010/11 19.362,6 17.923,4 20.801,8 2.102,1 1.866,4 2.337,7 2011/12 19.858,9 17.884,9 21.832,9 2.135,0 1.863,0 2.406,9 Fonte:MAPA.2011
    15. 15. Item unidade 2010/2011 2011/2012 Var% A.Total com laranja 1.000 ha 608,6 569,6 -6,4 A.Em produção 1.000 ha 512,9 525,5 2,5 P. comercial Cx40,8kg 297,5 375,1 26,3 P.Não comercial Cx40,8kg 2,7 9,1 -63,2 P.Média Cx40,8kg/ha 580 715 23,3 Evolução das Estimativas das Safras Anterior de Laranja Estado de São Paulo Conab,2011
    16. 16. IEA, 2011
    17. 17. IEA,2012
    18. 18. Noticia Agrícola,2011
    19. 19. Noticia Agrícola,2012
    20. 20. Analise da Safra 2012/2013
    21. 21. Estratégias diferentes derrubam custo de produção de laranja em 2012 Citricultura Atual, Ed. 94
    22. 22. Fonte:Embrapa, 2012
    23. 23. Fonte: IEA,2012
    24. 24. Fonte: IEA,2013
    25. 25. Citricultura Atual, Ed. 96
    26. 26. IBGE/CEPAGRO
    27. 27. Fonte: IEA,2013
    28. 28. Safra 2013/2014 Novos rumos para o setor
    29. 29. * Expectativa para 2013 * Baixo fluxo de mercado * Crise europeia * Bloqueios alfandegários nos EUA * Problemas fitossanitários Safra 2013/hoje
    30. 30. Período Produção (t) Área I Área II Rend. M./ha Δ p/mês Jan/13 18.408.645 854.426 810.443 22.714 Fev/13 16.252.815 786.668 695.839 23.357 -11,7% Mar/13 16.271.062 788.430 696.611 23.357 0,1% Abril/13 16.436.201 789.467 697.335 23.570 1,0% Maio/13 16.414.589 786.897 695.894 23.588 -0,1% Jun/13 18.250.194 834.841 740.337 24.651 11,2% Jul/13 18.061.084 834.798 735.742 24.548 -0,4% Ago/13 18.044.068 834.672 735.650 24.528 -0,1% Set/13 16.343.196 785.538 724.292 22.564 -9,4% Out/13 16.404.447 785.371 724.104 22.655 0,4% Nov/13 16.409.952 785.217 724.099 22.663 0,0% Dez/13 16.303.752 789.746 708.776 23.003 -1,5% Jan/14 16.281.903 791.140 721.180 22.577 Fonte: IBGEÁrea I – Área plantada Área II – Área colhida Safra 2013/2014
    31. 31. 0 2,000,000 4,000,000 6,000,000 8,000,000 10,000,000 12,000,000 14,000,000 16,000,000 18,000,000 20,000,000 jan fev mar abril maio jun jul ago set out nov dez jan Produção(t) Período PRODUÇÃO 2013/HOJE Fonte: IBGE Safra 2013/2014
    32. 32. 0 5,000 10,000 15,000 20,000 25,000 30,000 jan fev mar abril maio jun jul ago set out nov dez jan Produção(t) Período PRODUÇÃO MÉDIA/HA Fonte: IBGE Safra 2013/2014
    33. 33. 0 100,000 200,000 300,000 400,000 500,000 600,000 700,000 800,000 900,000 JAN FEV MAR ABRIL MAIO JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN Área(ha) Período Área aproveitada Plantada Colhida Fonte: IBGE Safra 2013/2014
    34. 34. 5.89 6 6.54 6.94 6.31 6.36 6.61 6.84 9.66 11.1 12.24 14.12 19.31 21.77 0 5 10 15 20 25 jan fev mar abr mail jun jul ago set out nov dez jan fev R$ Período PREÇO CAIXA 40,8KG(IN NATURA) Fonte: CEPEA Safra 2013/2014
    35. 35. Projeções Futuras
    36. 36. • 317 milhões de caixas na safra 2014/2015, no Cinturão Citrícola, • Não foram computados os efeitos da seca Estoques de suco • Com uma demanda estimada em 1,2 milhão de toneladas • haverá uma forte redução nos estoques de passagem de 766 mil toneladas para cerca de 450 mil toneladas equivalente em 30 de junho de 2014. (CITRUSBR)
    37. 37. PRODUÇÃO • A produção de laranja deverá passar de 20,2 milhões de toneladas na safra 2013 para 23,8 milhões de toneladas em 2023. Essa variação corresponde a uma taxa anual de crescimento de 1,7%.
    38. 38. EXPORTAÇÃO • O Brasil deve exportar 2,6 milhões de toneladas de suco de laranja no final do período das projeções. • Mas esse número poderá chegar, em seu limite superior, a 3,2 milhões de toneladas de suco. • Restrições comerciais na forma de barreiras ao comércio são o principal fator limitante da expansão do suco de laranja.
    39. 39. Fonte: Elaboração da AGE/Mapa e SGE/Embrapa com dados do IBGE e Agrostat. LARANJA E SUCO DE LARANJA (mil toneladas) LARANJA E SUCO DE LARANJA (mil toneladas) ANO PRODUÇÃO EXPORTAÇÃO PROJEÇÃO Lsup. PROJEÇÃO Lsup. 2013 20.197 21.761 2.113 2.342 2014 20.157 22.247 2.140 2.405 2015 20.789 23.300 2.207 2.523 2016 21.037 23.896 2.257 2.610 2017 21.504 24.675 2.314 2.703 2018 21.847 25.299 2.369 2.789 2019 22.260 25.974 2.424 2.875 2020 22.633 26.591 2.479 2,957 2021 23.029 27.216 2.534 3.039 2022 23.412 27.817 2.589 3.119 2023 23.803 28.415 2.644 3.198
    40. 40. Produção e Exportação de Laranja e Suco de Laranja 0 5,000 10,000 15,000 20,000 25,000 30,000 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022 2023 MILTONELADAS LARANJA E SUCO DE LARANJA Produção Exportação Fonte: AGE/Mapa e SGE/Embrapa
    41. 41. Variação % 2012/13 a 2022/2023 PRODUÇÃO 17,9% EXPORTAÇÃO 25,1% Fonte: AGE/Mapa e SGE/Embrapa
    42. 42. New York (NYBOT) CONTRATO (¢/lb) PREÇO VAR Suco de Lar (May 2014) 147,70 2,80 Suco de Lar (Jul 2014) 147,85 3,55 Suco de Lar (Sep 2014) 147,90 2,45 Suco de Lar (Nov 2014) 148,95 4,10 Última atualização: 03:16 (21/02)
    43. 43. FUTURO CRESCENTE: Maynard House • Dona de um dos principais sucos de maçã do Reino Unido, a empresa Maynard House, acaba de anunciar sua entrada no mercado de suco de laranja Premium • A empresa fez parcerias com produtores de frutas cítricas da região de Valência, na Espanha, para lançar o seu Maynard House Orange Juice.
    44. 44. Referencias • CitrusBR: http://www.citrusbr.com/exportadores-citricos/noticias/os-laranjas-da-mayhard-house- foodbev-19-02-14-307678-1.asp http://www.citrusbr.com/exportadores-citricos/estoques/press-release-estoques-globais- de-suco-de-laranja-brasileiro-2013-277946-1.asp http://www.citrusbr.com/exportadores-citricos/noticias/a-espera-de-novidades-citrusbr- 14-02-14--307566-1.asp • MAPA: http://www.agricultura.gov.br/ • Rural BR: http://agricultura.ruralbr.com.br/ultimas-noticias/tag/citrus/
    45. 45. • COT - CORRETORA TRUMAN S/C LTDA.: http://www.truman.com.br/htm/indicadores/indices.php?indice=truman • Rural BR: http://agricultura.ruralbr.com.br/ultimas-noticias/tag/citrus/ • Notícias Agrícolas: http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/laranja- citrus/?busca=mercado%20futuro
    46. 46. • IBGE: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/agropecua ria/estoque/default.shtm • CONAB: http://www.conab.gov.br/detalhe.php?a=1135&t=2 • Embrapa Mandioca e Fruticultura: http://www.cnpmf.embrapa.br/index.php
    47. 47. • DA REUTERS.Indústria prevê aumento na safra de laranja de São Paulo.2010.Disponivel :http://www1.folha.uol.com.br/mercado/850208-industria-preve- aumento-na-safra-de-laranja-de-sao-paulo.shtml • Noticia Agricola.2010. Disponivel:http://www.noticiasagricolas.com.br/cotacoes/laranja/20 10-03-15. • Noticia Agricola.2011.Disponivel :http://www.noticiasagricolas.com.br/cotacoes/laranja/2011-03-15
    48. 48. • Embrapa Mandioca e Fruticultura.2010.Disponivel:http://www.cnpmf.embrapa.br/planilha s/Laranja_Brasil_2010.pdf. • Embrapa Mandioca e Fruticultura.2010.Disponivel:http://www.cnpmf.embrapa.br/planilha s/Laranja_Brasil_20101pdf • Safra de laranja começa com preço baixo e demanda menor.Noticia agrícola.Disponivel :http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/laranja-citrus/49668- safra-de-laranja-comeca-com-preco-baixo-e-demanda-menor.html
    49. 49. • http://agricultura.ruralbr.com.br/noticia/2012/12/preco-da-laranja- de-mesa-sobe-mas-nao-e-suficiente-para-mudar-perspectivas-da- citricultura-paulista-3982707.html • http://www.iea.sp.gov.br/out/verTexto.php?codTexto=12728 • IBGE: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/agropecuaria/ls pa/estProdAgr_201309.pdf
    50. 50. • Boletim Tecnico CEASA/PR.2011. Disponivel:http://www.ceasa.pr.gov.br/arquivos/File/DITEC/BOLETIM_ TECNICO/BOLETIM_TECNICO_2011_FINAL.pdf • Safra Agrícola de laranja no estado de São Paulo. Encerramento Safra Agrícola 2009/2010 .1º Previsão Safra Agrícola 2010/2011.MAPA.2011 • Laranja safra 2011.CATI.2011.DISPONIVEL EM http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/file/camaras_setoriais/Citri cultura/27RO/App_Safra.pdf Lpiteli: http://lpiteli.wordpress.com/2012/10/10/custos-de-producao-de- citros-para-laranjas-da-safra-1213/
    51. 51. OBRIGADA!!!

    ×