Apresentação Professora Maria Valdete Simplício dos Santos

395 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Professora Maria Valdete Simplício dos Santos

  1. 1. ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NÚCLEO TECNOLÓGICO MUNICIPAL TERRA NOVA DO NORTE   ESCOLA MUNICIPAL NORBERTO SCHWANTES    PROGRAMA DE FOMAÇAO CONTINUADA “ ELABORAÇÃO DE PROJETOS”    Os Cupins Subterrâneos     TERRA NOVA DO NORTE, AGOSTO DE 2010 TERRA NOVA DO NORTE - MT
  2. 2. <ul><li>ESCOLA MUNICIPAL NORBERTO SCHWANTES </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>   </li></ul><ul><li>OS CUPINS SUBTERRÂNEOS </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>CURSISTA: MARIA VALDETE SIMPLÍCIO DOS SANTOS </li></ul><ul><li>  ORIENTADORA: ELENIR FÁTIMA FANIN </li></ul><ul><li>TERRA NOVA DO NORTE, AGOSTO DE 2010 </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Objetivos </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Conhecer as espécies de cupins subterrâneos presentes em nossa região e que eles possam perceber a diferenças entre suas casas, além de observarem o modo como eles vivem. </li></ul><ul><li>Pesquisar usando recursos tecnológicos tais como computador, internet e outros programas como tux paint e writer para registrar os conhecimentos. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Justificativa </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A principal função do trabalho é que os alunos tenham um conhecimento específico, como é que os cupins formam suas casas e como é que eles vivem. Os cupins subterrâneos estão tomando conta da pastagem das propriedades em que os alunos desta comunidade se encontram. A nossa preocupação através desta pesquisa é descobrir como fazer para acabar com esta espécie de cupim, sem ter que fazer o uso de produtos tóxicos. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Metodologia </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Este trabalho foi realizado através de um diálogo com os alunos da 4ª série, onde a problemática surgiu da curiosidade deles em fazer uma pesquisa para saber como fazer para terminar com os cupins que estão destruindo suas propriedades. </li></ul><ul><li>Através desse diálogo foi realizada uma pesquisa de campo com os alunos para observar como é formada a casa dos cupins. Depois da pesquisa em campo, os alunos pesquisaram na internet as formas naturais de combate a esta praga, produziram texto e representaram em forma de desenhos. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Cronograma </li></ul><ul><li>  </li></ul>Dias Atividades 27/08/2010 os alunos da 4ª série saíram para uma pesquisa de campo, para observar como são formadas as casas dos cupins. 30/08/2010 foi discutido com os alunos sobre como terminar com esses tipos de cupins subterrâneos. 10/09/2010 fomos fazer o uso dos recursos tecnológicos, como por exemplo, o laboratório de informática pesquisando na internet as formas de combate natural aos cupins subterrâneos. 13/09/2010 fizeram textos, desenhos e digitaram seus textos. 15/09/2010 tivemos outra discussão sobre os cupins onde eles continuaram produzindo textos e desenhos para pôr em mural.
  7. 7. <ul><li>Avaliação </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Será feita através do desenvolvimento de cada um após a realização de seus trabalhos, exemplo suas produções textuais e desenhos. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>PAULO, Wilson Roberto, Biologia seres vivos. Ática, 1 ed, 2008. </li></ul><ul><li>Cupim, insetotec. Disponível em: www.insetotec.com.br . Acesso em 10 sets 2010. </li></ul>
  9. 9. Início dos trabalhos de campo, a procura de cupins
  10. 10. Observando e tentando quebrar para encontrar os cupins
  11. 11. Fazendo as anotações de suas descobertas
  12. 12. Seguindo em frente encontramos outros cupins
  13. 13. Alunos perguntando e tirando suas dúvidas
  14. 14. Alguns dos buracos no cupim
  15. 15. Um cupim já quebrado onde podemos observar por dentro
  16. 16. O interior do cupim
  17. 17. No retorno, a professora em sala explicando sobre os túneis dos cupins
  18. 18. Alunos pesquisando no LIED, sobre os cupins
  19. 19. Observando os tipos de cupins na internet

×