“Resumindo, amigos, o melhor
que vocês têm a fazer é encher a
mente e o pensamento com coisas
verdadeiras, nobres, respeit...
Estou alegre em Deus, mais do que
vocês imaginam, porque vocês
mostram uma vez mais que estão
preocupados comigo. Claro qu...
Fico satisfeito com muito ou com
pouco. Encontrei a receita para
estar alegre, com fome ou
alimentado, com as mãos cheias
...
Passar
dificuldade é
ter
falta de fé
Bem aventuranças
do derrotado
Ricardo Gondim
“Os reveses da vida são
terrivelmente am...
Compreender a vida implica em
compreender Quem Deus é e como Ele age
“Senhor é
refúgio para
os oprimidos,
uma torre
segura...
Na escassez experimentamos
a providência de Deus
“O meu Deus, segundo as
suas riquezas, suprirá todas
as vossas necessidad...
“Cada crise pode representar a
hora em que Deus dá inicio a novas
dimensões em nossa vida”
Na escassez experimentamos
a providência de Deus
I – Paulo exprime sua profunda
intimidade com Deus.
II – As promessas de ...
Na escassez experimentamos
a providência de Deus
I – Paulo exprime sua profunda
intimidade com Deus.
II – As promessas de ...
Na escassez experimentamos
a providência de Deus
I – Paulo exprime sua profunda
intimidade com Deus.
II – As promessas de ...
Aprendemos a
viver satisfeitos
“porque aprendi a viver contente em toda e
qualquer situação”.
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez

487 visualizações

Publicada em

Continuação da Série de Mensagens: Vivendo Pela Fé
Pregado na IPI São Bartolomeu no dia 8 de setembro de 2013

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
487
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez

  1. 1. “Resumindo, amigos, o melhor que vocês têm a fazer é encher a mente e o pensamento com coisas verdadeiras, nobres, respeitáveis, autênticas, úteis, graciosas — o melhor, não o pior; o belo, não o feio. Coisas para elogiar, não para amaldiçoar. Ponham em prática o que aprenderam de mim, o que ouviram, viram e entenderam. Façam assim, e Deus, que é soberano, irá tornar real em vocês a mais excelente harmonia. 
  2. 2. Estou alegre em Deus, mais do que vocês imaginam, porque vocês mostram uma vez mais que estão preocupados comigo. Claro que estavam orando a meu favor e pensando em mim, apenas não tinham tido a chance de demonstrá-lo. De fato, pelo que me consta, não preciso de nada. Já aprendi a estar contente, a despeito das circunstâncias.
  3. 3. Fico satisfeito com muito ou com pouco. Encontrei a receita para estar alegre, com fome ou alimentado, com as mãos cheias ou com as mãos vazias. Onde eu estiver e com o que tiver, posso fazer qualquer coisa por meio daquele que faz de mim o que sou.” Filipenses 4.8-13
  4. 4. Passar dificuldade é ter falta de fé Bem aventuranças do derrotado Ricardo Gondim “Os reveses da vida são terrivelmente amargos, mas nunca improdutivo”
  5. 5. Compreender a vida implica em compreender Quem Deus é e como Ele age “Senhor é refúgio para os oprimidos, uma torre segura na hora da adversidade” Passar dificuldade é ter falta de fé
  6. 6. Na escassez experimentamos a providência de Deus “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Jesus Cristo”
  7. 7. “Cada crise pode representar a hora em que Deus dá inicio a novas dimensões em nossa vida”
  8. 8. Na escassez experimentamos a providência de Deus I – Paulo exprime sua profunda intimidade com Deus. II – As promessas de Deus somente poderão ser cumpridas quando agirmos como servos obedientes. III – A última expressão empregada neste texto “É por Cristo Jesus” “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Jesus Cristo”
  9. 9. Na escassez experimentamos a providência de Deus I – Paulo exprime sua profunda intimidade com Deus. II – As promessas de Deus somente poderão ser cumpridas quando agirmos como servos obedientes. “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Jesus Cristo” III – A última expressão empregada neste texto “É por Cristo Jesus”
  10. 10. Na escassez experimentamos a providência de Deus I – Paulo exprime sua profunda intimidade com Deus. II – As promessas de Deus somente poderão ser cumpridas quando agirmos como servos obedientes. “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Jesus Cristo” III – A última expressão empregada neste texto “É por Cristo Jesus”
  11. 11. Aprendemos a viver satisfeitos “porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação”.

×