Egito antigo

427 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
427
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Egito antigo

  1. 1. Egito Antigo
  2. 2. 1-localização  Norte da África, margem sul do mar Mediterrâneo, se estendo ao longo do rio Nilo. 2- Sistema de governo: Uma monarquia teocrática onde o faraó era considerado filho de Rá (deus do Sol) e tinha apoio dos sacerdotes e generais.
  3. 3. 3- Religião  Politeísta (crença em vários deuses). 4- Principais Realizações:  Os egípcios eram excelentes engenheiros e arquitetos, construindo desde canais de irrigação e sistemas de drenagem, até obras monumentais como as pirâmides de Gizé e a Esfinge;  Sua crença na necessidade do corpo ser preservado após a morte levou-os a desenvolver o processo de mumificação os tornou excelentes, tornando-os exímios conhecedores do corpo humano;  Eles também desenvolveram um processo de escrita conhecido como hieroglifos, que eram exclusivos de um determinado grupo ligado aos nobres e sacerdotes (os escribas). Depois essa escrita foi simplificada e inventou-se uma forma de escrita popular (demótica).  O Egito foi um dos impérios mais poderosos do mundo
  4. 4. 5-Periodização  Antigo Império  Ainda durante o final do Neolítico, as populações egípcias estiveram organizadas em diversas comunidades agrícolas conhecidas como nomos, chefiada por um nomarca.  Com o crescimento populacional e a construção de grandes obras hidráulicas, a região do Vale do Rio Nilo passou a ser dividia em dois diferentes reinos: o reino do Alto Egito e o reino do Baixo Egito.  A composição desses dois reinos sofreu um processo de unificação política chefiada por Menés (ou Narmer), na época, rei do Alto Egito.  Por volta de 2300 a.C. o próspero quadro que vigorou durante boa parte do Antigo Império ruiu. A fome, as epidemias e uma série de tensões político-sociais.
  5. 5. Médio Império  Entre os anos de 2300 e 2000 a.C. a ruína econômica e as contendas internas possibilitaram a invasão de povos provenientes da Ásia que se estabeleceram no Delta do Rio Nilo, região norte do Egito.  Somente nas últimas décadas do século XXI a.C., os egípcios     reassumiram o total controle do território. Com o retorno do faraó, o sistema de servidão coletiva voltou mais uma vez a vigorar e, dessa forma, permitiu a construção de grandes canais de irrigação e o surgimento de outros pontos de exploração agrícola. Ao longo dos anos, a prosperidade material alcançada ao longo do Médio Império fez com que as diferenças sociais fossem cada vez mais agudas.Mais uma vez, os nobres passaram a reivindicar maior autonomia política e as contendas fragilizaram o opulento governo centralizado nas mãos do faraó. Por volta de 1800 e 1700 a.C., algumas tribos hebraicas adentraram o território egípcio em busca de melhores condições de vida. Contudo, o evento que desestabilizou o governo egípcio foi a
  6. 6. Novo Império  O estabelecimento do Novo Império teve início com o processo de união da população egípcia contra a dominação exercida pelos hicsos em seus territórios. A grande mobilização gerada por esse episódio fortaleceu o exército egípcio e propagou ações militaristas que ampliaram as fronteiras do império.  Segundo apontado por recentes pesquisas, foi nessa mesma época que os hebreus haviam se instalado no Egito, aproximadamente no século XIII a.C..  Após a saída dos hicsos, o governo egípcio converteu a população hebraica à condição de escravos. Mediante tal mudança, os hebreus deram início ao seu processo de retirada do território egípcio, feito que contou com a liderança políticoreligiosa de Moisés.  No final do Novo Império, as disputas políticas entre os faraós e os sacerdotes foram responsáveis pelo enfraquecimento político da nação. Por volta de 1100 a.C., o império egípcio foi novamente dividido em Alto e Baixo Egito. A dissolução acabou permitindo que os assírios avançassem sob o território. Em 662
  7. 7.  Pesquise sobre o faraó Tutancamon e a expedição que descobriu o seu túmulo e responda: 1-Quando ele viveu e morreu? 2-Quando descobriram o túmulo dele? 3-Qual era a maldição? 4-Por que acharam que a expedição que descobriu o túmulo foi vítima da maldição? (valor 4 pontos) Entrega: 07/06 Valor total: 10 pontos Formato: individual em papel almaço escrita a mão. Link de material de apoio: http://rockehistoria.blogspot.com.br/2012/05/tutancamon.ht ml

×