Sociedades antigas

9.221 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.221
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
231
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sociedades antigas

  1. 1. Profª: Nila Michele
  2. 2. <ul><li>Na região conhecida historicamente como Crescente Fértil desenvolveram-se civilizações como: “Mesopotâmia”, Egito, Palestina, Fenícia e Persa. </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Mesopotâmia = Entre Rios = Tigre e Eufrates </li></ul><ul><li>Povos da Mesopotâmia = Sumérios, Acádios, Babilônicos e Assírios </li></ul><ul><li>Classe dominante = governante, sacerdote, militares e comerciantes </li></ul><ul><li>Classe dominada = camponeses, pequenos artesãos e escravos </li></ul><ul><li>Escrita = Sumérios = Cuneiforme </li></ul><ul><li>Arquitetura = Zigurate (torre com vários andares, um menor que o outro) </li></ul><ul><li>Direito: Código de Hamurabi = Lei Talião </li></ul><ul><li>Nabucodonosor = Jardins suspensos da Babilônia </li></ul>
  4. 5. <ul><li>JARDINS SUSPENSOS DA BABILÔNIA </li></ul>
  5. 6. Zigurates
  6. 8. Êxodo
  7. 9. Egito Delta do Nilo Mar Mediterrâneo Mar Vermelho Canaã Mt. Sinai NASA Photo © EBibleTeacher.com Península do Sinai
  8. 10. <ul><li>Atual Líbano </li></ul><ul><li>Região sem grandes rios – descentralização política e ligação com o oceano </li></ul><ul><li>Cidades-Estado independentes governadas pelas famílias mais ricas mas dominadas regularmente pelos grandes impérios – egípcios, mesopotâmicos, hititas </li></ul>
  9. 11. <ul><li>Importantes cidades comerciais: </li></ul><ul><li>Ugarit (Ras Chamra), </li></ul><ul><li>Biblos (Gubla), </li></ul><ul><li>Sídon e Tiro </li></ul>
  10. 12. <ul><ul><li>Comércio marítimo e artesanato eram as principais fontes de riqueza </li></ul></ul><ul><ul><li>Madeiras – cedros do Líbano </li></ul></ul><ul><ul><li>Agricultura e pecuária em torno das cidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Colonização do Mediterrâneo </li></ul></ul>
  11. 13. <ul><li>Os fenícios foram os maiores navegadores do mundo antigo. Com audácia, perícia e grandes galeras, percorreram o mar Mediterrâneo, atingiram o Atlântico e viajaram em torno da África. </li></ul><ul><li>Aliando vocação marítima com habilidade comercial, fundaram importantes colônias, como Cartago </li></ul><ul><li>Para facilitar a escrita comercial, criaram o alfabeto, maravilhosa invenção da história da comunicação humana. </li></ul>
  12. 15. <ul><ul><li>Pouco original devido às influencias estrangeiras </li></ul></ul><ul><li>As cidades fenícias foram famosas por sua religião panteísta e seus templos eram o centro da vida cívica. A divindade fenícia mais importante era Astarté </li></ul><ul><li>Religião com sacrifícios humanos à Baal, Dagon </li></ul>
  13. 16. <ul><ul><li>Desenvolvimento do alfabeto e da navegação </li></ul></ul><ul><ul><li>A contribuição fenícia mais importante para a civilização foi o alfabeto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Atribui-se também a esta cultura a invenção da tinta de púrpura e do vidro. </li></ul></ul>
  14. 17. Alfabeto Cuneiforme Letras (30) (Ugarit) Hieróglifos Ideogramas 1400 a.C. 3500 a.C. Fenícia Egito Sumérios, Acadianos, Babilônicos Escrita Cuneiforme 350 Caracteres Alfabeto Linear Letras (22) 1100 a.C.
  15. 19. <ul><li>A Pérsia situava-se a leste da Mesopotâmia, no extenso planalto do Irã, possuía poucas áreas férteis. </li></ul><ul><li>Os medos tinham constituído um reino e possuíam um exército ágil e organizado. Submeteram os outros povos, inclusive os persas, cobrando-lhes tributos. </li></ul><ul><li>Ciro, o Grande, liderou uma rebelião contra os medos e saiu vitorioso. </li></ul>Medos Persas Unificação Ciro (549-529 aC) 1000 aC
  16. 20. <ul><li>Com o objetivo de obter riquezas e resolver problemas causados pelo aumento da população e pela baixa produção agrícola local, Ciro, o Grande, deu início ao expansionismo persa. </li></ul><ul><li>Em poucos anos, o exército persa apoderou-se de uma imensa área. Ciro tornou-se, então, o imperador do Oriente Antigo. </li></ul>
  17. 21. <ul><li>Cambises, filho e sucessor de Ciro, deu continuidade a expansão persa e finalmente conquista o Egito na Batalha de Pelusa. </li></ul><ul><li>Episódio dos gatos. </li></ul><ul><ul><ul><li>Tolerância religiosa e autonomia das aristocracias locais garantiram o êxito dos persas – noção de um Império Universal </li></ul></ul></ul>
  18. 22. <ul><li>Dario sucede Cambises. </li></ul><ul><li>Ele dividiu o Império Persa em Satrapias (províncias) e nomeou administradores de sua confiança, Sátrapas. </li></ul><ul><li>Olhos e ouvidos do rei = espiões. </li></ul><ul><li>As comunicações, o comércio e o deslocamento de tropas eram facilitados por grandes estradas. </li></ul><ul><li>Unificação monetária (darico) </li></ul>
  19. 23. <ul><li>Dario e Xerxes foram derrotados ao tentarem conquistar a Grécia (guerras Médicas) </li></ul><ul><li>Essas derrotas, somadas às rebeliões dos povos dominados e às disputas pelo poder, enfraqueceram o Império Persa, que foi conquistado por Alexandre da Macedônia em 330 a.C. </li></ul>
  20. 24. <ul><li>Os persas criaram o zoroastrismo, uma religião dualista que acreditava na existência de dois deuses: Ormuz (Bem) e Arimã (Mal). </li></ul><ul><li>Os princípios do zoroastrismo foram reunidos num livro, o Zend Avesta. </li></ul>
  21. 25. <ul><li>O Maniqueísmo presente na religião persa influenciou o judaísmo e o cristianismo </li></ul>Templo do fogo Divindade persa Carro de batalha utilizado pelos persas em combate
  22. 27. Nila Michele Bastos Santos Historiadora, Psicopedagoga e Professora da Rede Municipal e Privada de São Luis –Ma Professora Da Faculdade Santa Fé <ul><li>Email: nilamichele@yahoo.com.br </li></ul>

×