Apenas um alerta… <ul><li>Convém ter presente que o  objecto da EC  está  sujeito a mutações  e que pode e deve ser revist...
E agora as FINALIDADES! Finalidades da EC. <ul><li>Talvez a  finalidade  mais  ambiciosa  da EC seja a de  encontrar princ...
(finalidades) <ul><li>Ferran Ferrer  (1990) – as finalidades da EC podem ser classificadas do seguinte modo: </li></ul><ul...
<ul><li>Tanto para uns como para outros, o  estudo comparativo  pode contribuir para  optimizar  e para  expandir   a educ...
(finalidades) <ul><li>Reforçar o carácter humanista e internacional da educação  com o objectivo de promover a tolerância,...
(finalidades) <ul><li>García Garrido: </li></ul><ul><ul><li>A finalidade da EC não é a de oferecer modelos para imitar ou ...
Actividade 2 <ul><li>Leitura do texto “O campo da Educação Comparada” de António Gomes Ferreira. </li></ul>
O Campo da EC <ul><li>A EC é sempre um  produto duma história e de uma sociedade . </li></ul><ul><li>Dominique Groux (1997...
<ul><li>A  abordagem  dos factos e fenómenos educativos é  múltipla  e  complexa </li></ul><ul><ul><li>Necessita de  conhe...
… diversidade das problemáticas… <ul><li>Unesco, OCDE, Conselho da Europa, Cedefop, etc. </li></ul><ul><ul><li>Situação da...
O Campo da Educação Comparada <ul><li>(…) a [EC]  não  pode ser um  mero registo de dados  respeitantes aos sistemas escol...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Parte II - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC

1.609 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.609
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parte II - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC

  1. 1. Apenas um alerta… <ul><li>Convém ter presente que o objecto da EC está sujeito a mutações e que pode e deve ser revisto. </li></ul><ul><li>Segundo García Garrido (1986) seria preciso encontrar uma nova formulação do objecto que tivesse em conta : </li></ul><ul><ul><li>Que os sistemas sociais são imprescindíveis para compreender os sistemas educativos dos países e que a diferença dos sistemas legais ou políticos só nos elucidam sobre aspectos de tipo formal ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Que os termos escolar e educativo não são equivalentes e que convém que a EC incida mais sobre o segundo. </li></ul></ul>
  2. 2. E agora as FINALIDADES! Finalidades da EC. <ul><li>Talvez a finalidade mais ambiciosa da EC seja a de encontrar princípios ou generalizações universalmente aceites . </li></ul><ul><li>Friedrich Schneider e Lê Thành Khôi não se coibiram mesmo de empregar a palavra “ leis ”. </li></ul>Lê Thành Khôi – regularidades de grande significado tendo em conta que resultam de observações numerosas e efectuadas em sociedades diferentes (económico, social, político e cultural).
  3. 3. (finalidades) <ul><li>Ferran Ferrer (1990) – as finalidades da EC podem ser classificadas do seguinte modo: </li></ul><ul><ul><li>De âmbito pessoal : quando incidem sobre a formação dos sujeitos, professores dos diferentes níveis educativos e outros profissionais ligados à educação. </li></ul></ul><ul><ul><li>De âmbito nacional e internacional : quando pretendem influenciar uma comunidade nos seus aspectos especificamente educativos. </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><li>Tanto para uns como para outros, o estudo comparativo pode contribuir para optimizar e para expandir a educação de vocação internacional . (Unesco (1945), Direitos do Homem (1948), Direitos da Criança (1989). </li></ul>
  5. 5. (finalidades) <ul><li>Reforçar o carácter humanista e internacional da educação com o objectivo de promover a tolerância, a paz, a compreensão mundial e a solidariedade internacional. (Daele, 1993). </li></ul><ul><li>CONTUDO , </li></ul><ul><ul><li>A EC pode ter uma finalidade de carácter especulativo : o conhecimento do processo educativo tal como se desenrola nos diversos países e porque diverge de país para país . ( investigação teórica, puramente racional ) </li></ul></ul>
  6. 6. (finalidades) <ul><li>García Garrido: </li></ul><ul><ul><li>A finalidade da EC não é a de oferecer modelos para imitar ou para recusar mas a de compreender os povos e aprender com as suas experiências educacionais e culturais . </li></ul></ul><ul><ul><li>A finalidade da EC, não é a de melhorar um sistema educativo isoladamente considerado mas a de melhorar a educação no mundo inteiro através da melhoria de sistemas educativos concretos . </li></ul></ul>
  7. 7. Actividade 2 <ul><li>Leitura do texto “O campo da Educação Comparada” de António Gomes Ferreira. </li></ul>
  8. 8. O Campo da EC <ul><li>A EC é sempre um produto duma história e de uma sociedade . </li></ul><ul><li>Dominique Groux (1997) – a comparação gera uma dinâmica de raciocínio obrigando a identificar semelhanças e diferenças e a interpretá-las a partir dos contextos a que pertencem. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>A abordagem dos factos e fenómenos educativos é múltipla e complexa </li></ul><ul><ul><li>Necessita de conhecimentos e achegas de outras áreas científicas . (ex. História, Sociologia e Economia, etc.) </li></ul></ul><ul><ul><li>Pluridisciplinaridade . </li></ul></ul><ul><li>Importa que o estudo das problemáticas ou das realidades se faça tendo em conta contextos diferentes para que se possa estabelecer o que há de diferente e semelhante. </li></ul>
  10. 10. … diversidade das problemáticas… <ul><li>Unesco, OCDE, Conselho da Europa, Cedefop, etc. </li></ul><ul><ul><li>Situação das mulheres no mundo da educação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Relação da educação com o emprego. </li></ul></ul><ul><ul><li>Problema do funcionamento com a educação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistemas de formação profissional. </li></ul></ul><ul><ul><li>Formação contínua dos professores. </li></ul></ul><ul><ul><li>Situação dos currículos escolares. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ensino primário. </li></ul></ul><ul><ul><li>Participação dos pais nos sistemas educativos. </li></ul></ul>CEDEFOP - European Agency to promote the development of vocational education and training
  11. 11. O Campo da Educação Comparada <ul><li>(…) a [EC] não pode ser um mero registo de dados respeitantes aos sistemas escolares. Ela deve trazer novas informações e produzir saber ; ela deve elucidar-se sobre a dinâmica dos sistemas educativos, de perspectivar os problemas ao nível regional e mundial. Para isso deve trabalhar os dados quantitativos e qualitativos recolhidos por instituições nacionais ou internacionais mas deve também integrar informações contextuais que lhes dão sentido. Por outro lado, a complexidade dos fenómenos educativos, necessita que a EC admita abordagens múltiplas ; quadros teóricos complementares que permitam uma visão diversificada e uma compreensão global do objecto de estudo. (Ferreira, s/d). </li></ul>

×