Trm by samuel

2.439 visualizações

Publicada em

aula sobre traumatismo raquimedular

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
71
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trm by samuel

  1. 1. SAMUEL BARBOSA Estudante do 10º período do Curso de Medicina da FUNORTE TRM (TRAUMATISMO RAQUIMEDULAR)
  2. 2. TRM <ul><li>Christopher Reeve </li></ul><ul><li>TRM em 27 de maio de 1995; </li></ul><ul><li>Transecção em C2 (queda de cavalo) </li></ul><ul><li>Óbito: 10 de outubro de 2004 (infecção) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>ACIDENTE INTERPESSOAL E VIOLÊNCIA; </li></ul><ul><li>10 MIL ACOMETIDOS ANUALMENTE E POR VOLTA DOS 20 E 30 ANOS; </li></ul><ul><li>CERVICAL: 55%; TORÁCICA: 15%, TOROCOLOMBAR: 15% E LOMBOSSACRA:15%; </li></ul><ul><li>REGIÕES MAIS SENSÍVEIS (TRANSIÇÕES). </li></ul>EPIDEMIOLOGIA
  4. 4. <ul><li>NÍVEL ÓSSEO OU ESQUELÉTICO; </li></ul><ul><li>NÍVEL NEUROLÓGICO (PONTO MAIS DISTAL COM CONCOMITÂNCIA MOTORA E SENSITIVA); </li></ul><ul><li>NÍVEL SENSITIVO: ÚLTIMO PONTO DE PRESERVAÇÃO SENSITIVA BILATERAL; </li></ul><ul><li>NÍVEL MOTOR: ÚLTIMO PONTO DE PRESERVAÇÃO MOTORA BILATERAL; </li></ul>DEFINIÇÕES
  5. 5. <ul><li>LESÃO INDIRETA (ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO); </li></ul><ul><li>LESÃO DIRETA (PAF) </li></ul><ul><li>ESCALA DE COMPROMETIMENTO: COMPLETO; INCOMPLETO (SENSITIVO); INCOMPLETO (MOTOR); INCOMPLETO (MOTOR < OU = 3); NORMAL. </li></ul><ul><li>PRODUZ AS SEGUINTES LESÕES: COMPLETA, INCOMPLETA E ZONA DE PRESERVAÇÃO PARCIAL. </li></ul>TIPOS DE LESÃO
  6. 6. <ul><li>ATLS (A,B,C,D,E); </li></ul><ul><li>PRÉ-HOSPITALAR PREVINE NOVAS LESÕES; </li></ul><ul><li>CHOQUE NEUROGÊNICO; </li></ul><ul><li>CHOQUE MEDULAR E OS REFLEXOS “ESTRANHOS” </li></ul><ul><li>MÉTODO PRÁTICO: *T2, T10, T12 E L4 (SENSITIVO) </li></ul>ABORDAGEM DO PACIENTE
  7. 7. <ul><li>ESTABILIZAR O PACIENTE; </li></ul><ul><li>CUIDADOS GERAIS (EVITAR TEP; ESCARAS ETC) </li></ul><ul><li>METILPREDNISOLONA ? </li></ul><ul><li>CIRURGIA </li></ul><ul><li>MELHOR TRATAMENTO: PREVENÇÃO. </li></ul>TRATAMENTO
  8. 8. <ul><li>FUNÇÃO VESICAL E FUNÇÃO PULMONAR; </li></ul><ul><li>ESCARAS, DEFICIÊNCIA NUTRICIONAL, ESPASMOS, FUNÇÃO SEXUAL. </li></ul><ul><li>PROGNÓSTICO VAI DEPENDER DA EXTENSÃO DA LESÃO, ÓBITO OCORRE POR COMPLICAÇÕES COMO PNEUMONIA, SEPSE OU ATÉ MESMO SUICÍDIO. </li></ul>COMPLICAÇÕES E PROGNÓSTICO
  9. 9. <ul><li>A SÍNDROME DE SECÇÃO MEDULAR TRANSVERSA UNILATERAL (BROWN SÉQUARD) É RARA NA SUA APRESENTAÇÃO COMPLETA. SUPERADO O CHOQUE MEDULAR INICIAL, NA SUA APRESENTAÇÃO CLÍNICA, NÃO PODE FIGURAR A: </li></ul><ul><li>A) PARALISIA ESPÁSTICA IPSOLATERAL COM HIPERREFLEXIA E REFLEXOS </li></ul><ul><li>ANORMAIS NO PÉ, ABAIXO DO NÍVEL DA LESÃO. </li></ul><ul><li>B) ABOLIÇÃO DA SENSIBILIDADE TÉRMICA E DOLOROSA IPSOLATERAL, ABAIXO DO NÍVEL DA LESÃO. </li></ul><ul><li>C) ABOLIÇÃO DA SENSIBILIDADE POSTURAL E VIBRATÓRIA IPSOLATERAL, </li></ul><ul><li>ABAIXO DO NÍVEL DA LESÃO. </li></ul><ul><li>D) PRESERVAÇÃO DA SENSIBILIDADE TÁTIL SIMPLES </li></ul><ul><li>E) PARALISIA FLÁCIDA DO MIÓTOMO, ACIMA DO NÍVEL DA LESÃO. </li></ul>Só pra relaxar...
  10. 10. <ul><li>B... </li></ul>GABARITO
  11. 11. <ul><li>LESÃO DA CAUDA EQÜINA; </li></ul><ul><li>LESÃO DO CONE MEDULAR; </li></ul><ul><li>LESÃO MISTA; </li></ul><ul><li>BROWN-SEQUARD; </li></ul><ul><li>SÍNDROME MEDULAR CENTRAL </li></ul>LESÕES ESPECÍFICAS
  12. 12. <ul><li>SÍNDROME MEDULAR ANTERIOR; </li></ul><ul><li>SÍNDROME MEDULAR POSTERIOR; </li></ul>LESÕES ESPECÍFICAS
  13. 13. <ul><li>AIHH...COMO DÓI! </li></ul>POR FIM...
  14. 14. <ul><li>ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR AO TRAUMATIZADO (PHTLS), 6ED, 2007. </li></ul><ul><li>MANUAL DO PRONTO SOCORRO – USP. </li></ul><ul><li>TRAUMA RAQUIMEDULAR – HELTON DEFINO, PUBLICADO NO ANO 2000, NA REVISTA DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO. </li></ul><ul><li>MERRIT, TRATADO DE NEUROLOGIA, 10 EDª, 2002. </li></ul><ul><li>BOTELHO, RICARDO VIEIRA ET AL.EFETIVIDADE DA METILPREDNISOLONA NA FASE AGUDA DO TRAUMA RAQUIMEDULAR – REVISÃO SISTEMÁTICA DOS ENSAIOS CLÍNICOS RANDOMIZADOS. REV ASSOC MED BRAS 2009; 55(6): 729-37 </li></ul><ul><li>WWW.NEUROSOROCABA.SITE88.NET /NET/PROVAS/NEUROCIRURGIA2002 . </li></ul><ul><li>CETIN (AMIB) 5ªED, 2005. </li></ul>FONTES BIBLIOGRÁFICAS
  15. 15. <ul><li>“ O DESTINO DO TRAUMATIZADO ESTÁ NAS MÃOS DE QUEM FAZ O PRIMEIRO CURATIVO” </li></ul><ul><li>NICHOLAS SENN, MD (1844-1908) </li></ul><ul><li>CIRURGIÃO AMERICANO </li></ul>OBRIGADO…

×