neuelabs 
paulo !loriano 
De 
funcionários 
a sócios 
criando uma cultura 
de empreendedorismo
Disclaimer: 
Esta é uma história 
particular, sem 
embasamento acadêmico 
e construída em conjunto.
Todo mundo pode ser 
empreendedor.
De consultoria a investidores 
em 3 anos. 
A Neue Labs nasceu como uma empresa de consultoria e desenvolvimento de produto...
De consultoria a incubadora 
em 3 anos. 
Começamos a pensar no nosso diferencial e vimos que ele não estava no aporte de 
...
Projetos vs. Startups 
Dentro desse processo de mudança, começamos a pensar em qual seria a motivação 
para que a equipe p...
Como virar sócio: 
1. Trabalhando numa startup 
2. Tendo uma ideia 
A maneira que encontramos para motivar as pessoas foi ...
Bootcamp! 
O Bootcamp é um evento que fazemos internamente para estimular a cultura de geração 
de ideias e experimentação...
O que mudou?
1. Valores 
Nossos valores antes estavam mais concentrados no que é preciso para entregar bons 
projetos no prazo: resiliê...
2. Descrições de cargo 
Nós nunca trabalhamos com descrições de cargo, mas as pessoas tinham denominações 
gerais sobre o ...
3. Expediente 
sexta / 2 horas / 4 horas / full time / bye bye 
As pessoas que entram em nosso processo de incubação começ...
4. Chefe → mentor 
O conceito de chefe passou a ter ainda menos sentido na nova estrutura. O 
relacionamento não é mais de...
5. Ecossistema empresa você mundo 
Numa estrutura tradicional de empresa, seus limites 
estão definidos pelos relacionamen...
6. Noção de resultados 
Cronograma → Metas 
Deixamos de trabalhar orientados por cronogramas e passamos a nos orientar por...
7. Reação ao erro/ 
aprendizado 
Muitas empresas falam sobre “tolerância a erros”. Em nosso caso, precisamos ser muito 
ma...
Deu resultado?
1. Confiança 
Criamos profissionais muito mais confiantes sobre suas entregas e competências, por 
deslocarmos o processo ...
2. Autonomia 
Nossa equipe trabalha em um nível grande de autonomia e sabe lidar muito bem com 
isso. Esta mudança teve pr...
3. Produtividade 
Hoje somos mais produtivos do que no passado e somos muito mais produtivos do que a 
média do mercado. A...
4. Empatia empreendedora 
Toda a equipe consegue compreender melhor as decisões que um empreendedor 
precisa tomar em seu ...
5. Expansão da atuação 
e das competências 
Estamos criando profissionais completos, com competências que no mercado só 
p...
6. Inovação (de verdade) 
Aqui estamos criando coisas novas o tempo inteiro. Nosso processo consiste em 
experimentação e ...
Bônus: 
2 bootcamps 
10 ideias validadas 
3 ideias sendo incubadas 
50% da empresa trabalha tem 
sua startup (100% em 2015...
Todo mundo pode ser 
empreendedor.
Todo mundo pode ser 
empreendedor. Mas um 
empurraozinho ajuda.
Todo mundo pode ser 
empreendedor. Mas um 
empurraozinho ajuda.
Empreender é um 
caminho sem volta.
Obrigado! 
paulo.floriano@neuelabs.com 
@prfloriano 
neuelabs
De funcionários a sócios - Como construir uma cultura de empreendedorismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

De funcionários a sócios - Como construir uma cultura de empreendedorismo

849 visualizações

Publicada em

Apresentação de Paulo Floriano, nosso cofundador e especialista em UX, sobre como podemos desenvolver um perfil empreendedor e quais são as consequências de se trabalhar com uma equipe que é incentivada a empreender

Os slides fazem parte do Neue T, nosso encontro semanal de aprendizagem e socialização de conteúdos, que traz assuntos de dentro e fora das startups e que acontecem toda sexta-feira.

Você pode acompanhar o Neue T ao vivo, sempre às 17h30, pelo nosso canal: http://neuelabs.com/neuet/

E rever as apresentações através do Youtube: https://youtube.com/NeueLabs

Todo material é livre para download, cópia e alteração

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
849
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
228
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

De funcionários a sócios - Como construir uma cultura de empreendedorismo

  1. 1. neuelabs paulo !loriano De funcionários a sócios criando uma cultura de empreendedorismo
  2. 2. Disclaimer: Esta é uma história particular, sem embasamento acadêmico e construída em conjunto.
  3. 3. Todo mundo pode ser empreendedor.
  4. 4. De consultoria a investidores em 3 anos. A Neue Labs nasceu como uma empresa de consultoria e desenvolvimento de produtos digitais. Depois de aprender muito em dezenas de projetos para empresas grandes e pequenas, repensamos nosso modelo: por que não criar para nós o que vínhamos fazendo para os outros?
  5. 5. De consultoria a incubadora em 3 anos. Começamos a pensar no nosso diferencial e vimos que ele não estava no aporte de capital, mas sim de competências, equipe e dedicação. Por isso nos transformamos em uma incubadora de negócios digitais.
  6. 6. Projetos vs. Startups Dentro desse processo de mudança, começamos a pensar em qual seria a motivação para que a equipe participasse da transição, que não era óbvia. Em projetos, a motivação reside em pegar projetos legais e desafiadores, para clientes legais, durante um curto período de tempo (para que se possa assumir novos e maiores desafios). Em uma startup, você precisa ficar durante um bom período de tempo trabalhando - muitas vezes fazendo coisas “não tão legais”. Mais do que isso, trabalha-se durante anos sob o risco de que o negócio pode dar errado.
  7. 7. Como virar sócio: 1. Trabalhando numa startup 2. Tendo uma ideia A maneira que encontramos para motivar as pessoas foi tornando-as sócias dos negócios nos quais investimos*. *além da participação na Neue
  8. 8. Bootcamp! O Bootcamp é um evento que fazemos internamente para estimular a cultura de geração de ideias e experimentação de métodos para validação de negócios. Todos participam e as ideias vencedoras entram em nosso processo de incubação, tendo a equipe como sócia.
  9. 9. O que mudou?
  10. 10. 1. Valores Nossos valores antes estavam mais concentrados no que é preciso para entregar bons projetos no prazo: resiliência, pontualidade, excelência, etc. Revisitamos os nossos valores junto com a equipe para definir que comportamentos eram necessários para atuar nesse novo contexto de incubação. Incluímos valores como empreendedorismo, hacking, independência e autogestão.
  11. 11. 2. Descrições de cargo Nós nunca trabalhamos com descrições de cargo, mas as pessoas tinham denominações gerais sobre o que faziam aqui: UX Designer, Developer, Marketing, etc. Neste novo contexto, essas descrições passaram a fazer ainda menos sentido - quando você é empreendedor, você faz o que é preciso e não apenas o que lhe foi designado.
  12. 12. 3. Expediente sexta / 2 horas / 4 horas / full time / bye bye As pessoas que entram em nosso processo de incubação começam a dividir seu expediente entre o trabalho “normal” e a dedicação à sua startup. Iniciamos com as sextas livres, evoluindo para 2 e 4 horas diárias. Conforme o negócio evolui, a pessoa ganha o dia inteiro para se dedicar e quando ela sai do nosso processo de incubação, a equipe se desloca da Neue para se dedicar inteiramente à sua empresa.
  13. 13. 4. Chefe → mentor O conceito de chefe passou a ter ainda menos sentido na nova estrutura. O relacionamento não é mais de chefe-subordinado, mas sim de sócio para sócio.
  14. 14. 5. Ecossistema empresa você mundo Numa estrutura tradicional de empresa, seus limites estão definidos pelos relacionamentos de trabalho que você possui: chefes, colegas, clientes, parceiros. Esse paradigma foi profundamente alterado, pois as pessoas passaram a ter que criar seus próprios ecossistemas (atrelados às suas startups): seus próprios clientes, parceiros, mentores e colegas.
  15. 15. 6. Noção de resultados Cronograma → Metas Deixamos de trabalhar orientados por cronogramas e passamos a nos orientar por metas, profundamente discutidas e revisitadas ao longo do tempo. Isso tem um impacto muito grande sobre o modo como as pessoas trabalham e sua postura em termos de autonomia e dedicação.
  16. 16. 7. Reação ao erro/ aprendizado Muitas empresas falam sobre “tolerância a erros”. Em nosso caso, precisamos ser muito mais do que tolerantes. Nós realmente abraçamos os erros como parte fundamental do processo de aprendizado. Precisamos testar constamente tudo o que estamos fazendo e erros são um aspecto natural deste processo.
  17. 17. Deu resultado?
  18. 18. 1. Confiança Criamos profissionais muito mais confiantes sobre suas entregas e competências, por deslocarmos o processo de validação de clientes para os usuários finais.
  19. 19. 2. Autonomia Nossa equipe trabalha em um nível grande de autonomia e sabe lidar muito bem com isso. Esta mudança teve profundo impacto em como as pessoas enxergam o próprio trabalho e inclusive seu autodesenvolvimento.
  20. 20. 3. Produtividade Hoje somos mais produtivos do que no passado e somos muito mais produtivos do que a média do mercado. A equipe é motivada não por cronogramas, mas por acelerar os aprendizados (que levam a resultados melhores e mais rápidos).
  21. 21. 4. Empatia empreendedora Toda a equipe consegue compreender melhor as decisões que um empreendedor precisa tomar em seu dia-a-dia: quando cobrar alguém, quando colocar o pé no freio nos gastos, quando pivotar e até mesmo quando abortar algo.
  22. 22. 5. Expansão da atuação e das competências Estamos criando profissionais completos, com competências que no mercado só profissionais mais sênior possuem. Nossa equipe consegue compreender e operar em aspectos de negócio e de produto ao mesmo tempo, sem perder a qualidade.
  23. 23. 6. Inovação (de verdade) Aqui estamos criando coisas novas o tempo inteiro. Nosso processo consiste em experimentação e aprendizado contínuo, sem medo de errar.
  24. 24. Bônus: 2 bootcamps 10 ideias validadas 3 ideias sendo incubadas 50% da empresa trabalha tem sua startup (100% em 2015)
  25. 25. Todo mundo pode ser empreendedor.
  26. 26. Todo mundo pode ser empreendedor. Mas um empurraozinho ajuda.
  27. 27. Todo mundo pode ser empreendedor. Mas um empurraozinho ajuda.
  28. 28. Empreender é um caminho sem volta.
  29. 29. Obrigado! paulo.floriano@neuelabs.com @prfloriano neuelabs

×